ALdCS – Capítulo 23

~Início do Volume 2~

Deveres diários de um Cavaleiro

Eu sou um cavaleiro. Para ser preciso, eu sou o Cavaleiro Sol da Igreja do Deus da Luz.

Ser o Cavaleiro Sol é ter cabelos dourados brilhantes, olhos azuis celestes, uma natureza compassiva e um sorriso brilhante.

Para sempre usar um sorriso e dizer:

— Que o benevolente Deus da Luz perdoe os seus pecados. — Essa é a vida de um Cavaleiro Sol.

Mas, como diz o ditado: “Quem pode, pode; quem não pode se sacode”, ou ainda “Os de cima fazem as regras, mas os debaixo constroem os atalhos”.

Enquanto não houver ninguém por perto, ou ninguém por perto que ouse expor meu eu verdadeiro, sempre direi:

— Que o benevolente Deus da Luz perdoe os seus pecados.

Só que não!

Prólogo: Este é nosso Capitão

Agora, vamos apresentar-lhe os deveres que o nobre Cavaleiro Sol tem que realizar todos os dias.

Seu primeiro dever é assistir a vários tipos de eventos públicos, como a cerimônia para celebrar a ascensão do novo rei ao trono.

Seu segundo dever é agir como uma máquina automática de acenar. Em eventos públicos como o mencionado acima, saber como balançar a mão por longos períodos de tempo e não quebrar a munheca no processo é uma arte profundamente profunda.

O terceiro dever que precisa ser seguido é o manejo cuidadoso das criaturas mortas-vivas.

O quarto dever… Olha, em um único dia, há mais de três tarefas na agenda, então vocês devem entender como é difícil ser Cavaleiro Sol agora, certo?

Meu nome é Adair. Ainda ontem, eu ainda era um cavaleiro sagrado comum. No entanto, a partir de hoje, isso não será mais assim. A partir de hoje, sou membro do Pelotão do Cavaleiro Sol que recebe ordens diretamente do Cavaleiro Sol! Uau!

Bem, meu superior direto não é o Cavaleiro Sol oficial ainda, já que ele tem a mesma idade que eu. Neste momento, ele tem apenas dezoito anos e, historicamente, somente quando o cavaleiro escolhido para ser o futuro Cavaleiro Sol completar 20 anos, é que oficialmente assumirá o posto e as funções de Cavaleiro Sol.

— Adair, Adair! Ele chegou!

Um cavaleiro sagrado que, da mesma forma, havia sido escolhido para fazer parte do Pelotão do Cavaleiro Sol, correu para fora. Seu rosto estava cheio de excitação e ele parecia confuso. Embora tivéssemos sido ensinados desde a tenra idade que um cavaleiro sagrado deveria permanecer calmo e sereno, a pessoa que estávamos prestes a conhecer era, afinal, o futuro Cavaleiro Sol! Então tudo bem.

Como é que deveríamos ficar calmos quando a pessoa que íamos conhecer teria a posição de líder da Igreja do Deus da Luz, que comandava todos os Doze Cavaleiros Sagrados e que também era o capitão de quem receberíamos ordens diretas?

Embora não conseguíssemos nos acalmar completamente, não nos atrevíamos a agir de forma rude e desordeira diante do Cavaleiro Sol. Em poucos segundos, vinte e cinco cavaleiros sagrados do Pelotão do Cavaleiro Sol se reuniram em fileiras uniformes. Todos esperavam com ansiedade e entusiasmo a chegada do Cavaleiro Sol.

O primeiro que entrou era o atual Cavaleiro Sol. Eu o vira algumas vezes em várias cerimônias e sessões de culto da Igreja, e toda vez que via este Cavaleiro Sol, não podia deixar de elogiar e admirar seu comportamento elegante mais uma dúzia de vezes. As razões para eu querer me tornar um membro do Pelotão do Cavaleiro Sol tinham muito a ver com a minha admiração por essa pessoa. É uma pena que eu tenha nascido tarde demais e, portanto, não consegui me juntar ao Pelotão do Cavaleiro Sol deste Cavaleiro Sol.

Desta vez, o Cavaleiro Sol não falou muito. Ele estava com seu sorriso casual enquanto entrava, e então imediatamente deu um passo para o lado. Neste momento, finalmente vi que havia alguém atrás dele.

É ele?

Eu mantive meus olhos bem abertos, não ousando sequer piscar. Lá estava ele, em pé à luz do sol. Embora a posição do sol atrás dele não parecesse claramente visível, a luz do sol brilhando em seu cabelo dourado fazia aquele cabelo brilhar ainda mais que o ouro puro.

Esse cabelo dourado! É tão bonito, como se pertencesse ao próprio Deus da Luz, como dito nas lendas. — Quanto mais eu olhava, mais animado eu ficava — Talvez o Cavaleiro Sol que eu servirei no futuro seja ainda mais perfeito do que este que eu admiro atualmente?

Nesse momento, ele deu alguns passos à frente e revelou seu rosto e silhueta. Ele tinha cabelos que brilhavam como ouro puro, olhos azuis como o oceano, pele branca como a neve, um sorriso radiante como o próprio sol e um comportamento tão elegante como o de um príncipe. — Meu Deus! Por que eu pareço ser um cidadão comum descrevendo o Cavaleiro Sol das lendas?

Pode ser um pouco estranho para mim dizer isso assim, afinal, este era o futuro Cavaleiro Sol. É só que… é que ele parecia ser muito parecido com o “Cavaleiro Sol das Lendas”. Mesmo o Cavaleiro Sol atual diferia um pouco das lendas, mas essa pessoa diante dos meus olhos era exatamente igual ao Cavaleiro Sol da lenda original.

O futuro Cavaleiro Sol exibia um sorriso radiante e olhou para cada um de nós um a um com seus profundos olhos azuis. Finalmente, ele suspirou em gratidão e, com um sorriso, nos disse:

— Ah, testemunho hoje mais uma vez a benevolência do Deus da Luz que trouxe a mim, Grisia, estes irmãos. Que nossos laços de fraternidade sejam unidos cada vez mais forte à medida que nos aproximamos cada vez mais uns aos outros. Que possamos estar de mãos dadas e nos unir para trazer um futuro ainda mais brilhante para o povo do Deus da Luz.

Ouvindo isso, eu estava tão animado que não consegui me conter. Não pude deixar de olhar para a esquerda e para a direita e ver que todos os membros do Pelotão do Cavaleiro Sol estavam tão empolgados quanto eu. Nós não poderíamos deixar de levantar nossos queixos e estufar nossos peitos, enquanto orgulhosamente gritávamos em nossos corações:

— Este é o Cavaleiro Sol que vamos servir.

Deodoro
Tradutor nas horas vagas. Só joga no hard.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!