ALdCS – Capítulo 26

Primeiro Dever Diário do Cavaleiro Sol: Não pule o café da manhã! (Parte 3)

Julgamento terminou seu hino e voltou para sua posição original. Agora era a minha vez. Eu mal tinha dado um passo para frente quando a multidão começou a aplaudir, e a comemoração foi ainda mais alta do que teria sido nas grandes cerimônias anuais de adoração. Parece que eles já sabiam que eu cantaria o Hino do Deus da Luz dessa vez. Então, espalhou-se a notícia de que o Cavaleiro Sol cantaria o Hino do Deus da Luz, que ninguém cantou durante vinte anos. Todo mundo sabia de antemão qual hino o Cavaleiro Sol cantaria, menos o próprio Cavaleiro Sol.

Não houve acompanhamento no início do Hino do Deus da Luz, por isso tive de começar tudo sozinho.

Respirei fundo e confirmei que tinha o Luz Sagrada suficiente por duas rodadas do Hino do Deus da Luz. Como esse era o caso, decidi que poderia usar um pouco mais de Luz Sagrada, para que, mesmo que eu saísse do tom, ninguém notasse.

Eu liberei uma grande quantidade de Luz Sagrada, tanto que até meu corpo brilhou fracamente. Fechei os olhos e ainda podia ouvir os suspiros da multidão. Abri os olhos e cantei as linhas de abertura:

 

“A luz nasceu, explodindo através da escuridão, lançando um raio de brilho, trazendo esperança infinita…”

 

Minha voz perfurou os céus, e a Salão do Louvor reverberou com o som de seus ecos e com Luz Sagrada. Era como se o Deus da Luz realmente estivesse presente. Em um instante, todos ficaram quietos, apenas olhando para mim.

Estou acabado!

Assim que eu cantei a primeira linha eu sabia que estava acabado. Isso não vai funcionar sem prática. Eu comecei muito alto, e esse hino tem um tom muito agudo, e o tom sobe ainda mais no meio. Agora que comecei alto assim, como vou conseguir alcançar esse tom?

Naquele momento, pude perceber que todos os outros Cavaleiros Sagrados atrás de mim estavam boquiabertos. Todos haviam praticado o Hino do Deus da Luz antes, e é claro que eles sabiam o quão alta era essa música. Eu não sei quem, mas alguém disse calmamente:

— Mas que canto maravilhoso. Essa primeira linha foi absolutamente maravilhosa. Você é admirável, começando com uma nota tão alta assim.

Admirável? Eu não comecei tão alto de propósito. Eu já estou quase aos prantos!

As notas do Hino do Deus da Luz tinham que ser sustentadas em um só fôlego por tanto tempo que algumas frases quase me sufocaram até chegar a uma parte onde eu poderia respirar novamente.

Para os outros cavaleiros sagrados, a parte mais difícil desta música é a vasta liberação de Luz Sagrada que está além das habilidades normais de um cavaleiro sagrado. Mas para mim, a liberação de Luz Sagrada não é um problema. O problema é que essa música é superdifícil de cantar!

Merda, esse próximo verso tem um final incrivelmente longo!

Eu coloquei minhas mãos graciosamente no meu diafragma e pressionei com força, empurrando o ar para fora com toda a minha força. Força, força, força!

 

“Fome, doença, desastres naturais… o mal desaparece sem deixar vestígios sobre a graciooooooo… (força, diagragma!) oooooooooo…. (mais força!) ooooooooooosa luz!”

 

Naquele momento, fechei a boca com lágrimas nos olhos. Agradeço ao Deus da Luz que finalmente terminei com segurança… a primeira seção. Mesmo que no final eu não tivesse nem um pingo de ar nos pulmões, e minha voz até deu uma tremidinha, isso era a menor das minhas preocupações agora. Em seguida, houve um minuto de acompanhamento, então o melhor que podia fazer era me soltar e relaxar o máximo possível.

Enquanto relaxava, minhas mãos também soltaram meu diafragma, só para descobrir que…. eu estava morrendo de fome!

Eu já estava com muita fome antes, mas naquele momento eu estava cantando com tanta força e pressionando meu diafragma com tanta força que senti uma fome quase desumana. Meu estômago vazio parecia que não via comida há dias.

A multidão atônita finalmente saiu de seu estado catatônico e o salão se encheu de sons de aplausos. Os aplausos calorosos sobrepujaram até mesmo o coro dos clérigos.

— É um milagre! Uma voz tão maravilhosa, eu nunca tinha percebido que o Cavaleiro Sol era um soprano masculino tão maravilhoso.

— Olhe! O Cavaleiro Sol está até mesmo com lágrimas nos olhos! Ele deve ter sentido a presença do Deus da Luz durante a música!

— O vibrato na última nota foi esplêndido! Ele expressou a paixão nas letras tão perfeitamente!

Nesse momento, Folha, que estava atrás de mim, sussurrou:

— Sol, esse canto de agora foi realmente ótimo e maravilhoso, mas você pode continuar? Você quer que eu assuma o controle?

Ouvindo isso, pensei feliz —  Folha você é um cara de coração tão grande, eu te amo até a morte!

Eu estava prestes a dizer sim ao Folha quando Tempestade interrompeu:

— Isso não vai funcionar. — Ele explicou sussurrando — A seção intermediária do Hino do Deus da Luz é a mais longa, com quase vinte minutos de duração. Para liberar continuamente vinte minutos de Luz Sagrada, você é o único entre os Doze que poderiam fazer isso, Sol. Basta terminar a parte do meio, e depois Folha e eu vamos ajudá-lo a cantar a última seção.

Ouvindo a explicação de Tempestade, até mesmo o bondoso Folha recuou.

Só então, meus olhos pararam no Capitão Terra. Além de mim, Terra tinha as melhores habilidades com Luz Sagrada. Bem, seu escudo especial é feito com aura de batalha e um pouco de Luz Sagrada adicionado, razão pela qual ele oferece tais qualidades protetoras fortes. Para ele, vinte minutos não seriam um problema.

— Hehehe, desculpe Sol, minha voz é grave demais, então não tem como eu cantar o Hino do Deus da Luz. — A simpatia estava escrita no rosto do Terra enquanto ele se desculpava, mas seus olhos brilhavam com malícia no meu infortúnio, sem qualquer indício de simpatia.

Mesmo que Terra estivesse dizendo a verdade sobre sua voz, que é apenas um pouco mais aguda que a de Julgamento, ele realmente não tinha esperança de cantar o Hino do Deus da Luz, e foi realmente minha culpa que por ter começado a cantar em um tom tão alto… Mas, quando vi aquele olhar presunçoso em seu rosto, meu coração se encheu de desprezo.

Além disso, avistei o príncipe herdeiro e o Barão Gerland na primeira fila. O primeiro estava usando seu habitual sorriso gentil enquanto o último tinha uma expressão de merda no rosto. Ele estava me encarando como se não pudesse acreditar que eu era capaz de cantar esse hino.

Dois malditos canalhas!

Forçar-me a cantar uma música tão incrivelmente difícil como o Hino da Deus da Luz sem saber de antemão já é suficientemente mal, mas fazer-me cantar com o estômago vazio é enfurecedor!

Eles não sabiam que quando eu fico com fome, meus níveis de glicose se tornam anormalmente baixos? Para alguém de sangue doce como eu ter baixos níveis de açúcar no sangue, meu humor azeda fácil! Sinceramente, quando estou de mau humor, costumo ficar fora de mim. Nem respondo pelas minhas ações.

— Terminarei o hino sozinho.

— O quê?

Ouvindo minhas palavras, Tempestade e Folha ficaram atordoados por um segundo, e todos os outros Cavaleiros Sagrados não puderam deixar de olhar para mim, cada um com um olhar diferente em seus olhos. Alguns brilhavam com admiração, alguns tinham aparência de desaprovação, mas a maioria deles estava simplesmente preocupado.

Apenas naquele momento, o minuto de acompanhamento estava em alta. Eu ignorei as chamadas silenciosas e urgentes de Tempestade e Folha, respirei profundamente e comecei a cantar a próxima seção.

 

“Vós pecadores, abaixais vossas cabeças e arrependei-vos. Mesmo na escuridão das sombras, suas transgressões não escaparão do julgamento. Ó justos, levantem vossas cabeças e observai. Enquanto o sol ainda brilha sobre a terra, a luz nunca será derrotada.”

 

Embora a primeira seção quase tenha me sufocado, a segunda seção foi muito mais fácil, apesar desta seção ter o apelido de “Desgraçadora de Cavaleiros Sagrados”. Eles a chamavam assim porque precisava de 20 minutos inteiros de liberação de Luz Sagrada, e quase nenhum cavaleiro sagrado era capaz de terminá-la. No entanto, a música em si era muito fácil de cantar, portanto, esta seção foi como roubar doce de criança, pois eu estava praticamente transbordando com Luz Sagrada. Ainda assim, eu tive outro problema… estava tudo muito enfadonho!

Como a primeira seção foi tão difícil, eu só me concentrei em cantar e não tive tempo de refletir sobre como estava com fome. Mas agora, com a segunda seção maçante sem me incomodar, sentia constantemente o vazio no meu estômago. Eu estava com tanta fome que acho que minha voz estava tão alta e clara devido a um estômago vazio ter um efeito de eco.

Eu devagar e vagarosamente me arrastei pela segunda seção, e houve aplausos no final, mas não chegou nem perto da recepção depois da primeira seção. Tudo bem, isso nem é culpa deles embora. Não é tarefa fácil lembrar de bater palmas nesse tipo de situação sonolenta. Em seguida foi outro minuto de acompanhamento, dando-me um pouco de tempo para descansar.

— Sol, você realmente não precisa de nós para assumir? — Folha perguntou novamente, desta vez em um tom muito mais urgente.

— Não se force a continuar! Você já liberou uma quantidade enorme de Luz Sagrada, e ainda precisa sobrepujar a quantidade de Luz Sagrada liberada pelos sacerdotes na última seção, então será ainda mais difícil do que antes. — Tempestade implorou.

A liberação de Luz Sagrada não é o problema… O problema é que estou com muita fome!

A terceira seção tem um tom inacreditavelmente alto e letras que são extremamente longas, e podem ser consideradas a parte mais difícil de toda a música. Uma vez que eu comece a cantar, vai colocar tanta tensão em mim que vou esquecer momentaneamente a dor da fome!

— Irmão Tempestade, irmão Folha, por favor, tenham fé em mim, pois certo estou de que com as bênçãos do Deus da Luz, poderei definitivamente completar o Hino do Deus da Luz.

Depois que eu disse isso, não houve mais protestos atrás de mim.

O primeiro minuto de acompanhamento estava quase terminado, e então a seção final do Hino do Deus da Luz começou oficialmente. A primeira linha era muito retumbante e sonora, simbolizando a luz cortando a escuridão… o que também atua como uma maneira de acordar a multidão cochilando após a segunda seção.

Eu parecia ter feito esse trabalho muito bem, já que muitos da multidão acordaram instantaneamente, e pelas expressões em seus rostos, pude ver que eles tinham se assustado bastante e estavam completamente sóbrios agora.

Enquanto eu estava realmente entrando na música, eu queria olhar arrogantemente nos olhos do Barão Gerland. Mas em vez disso, eu o peguei virando e piscando para algo em um canto. Havia apenas um cavaleiro de aparência comum ali, então o Barão Gerland provavelmente não estava flertando com ele.

Depois que o cavaleiro recebeu o olhar do Barão Gerland, ele assentiu e tirou um pergaminho, mesmo olhando para o palco sinistramente enquanto fazia isso.

Se ele não está tentando armar uma arapuca pra mim, então meu nome não é Grisia!

O tomo que o cavaleiro tirou parecia um pergaminho mágico. Um pergaminho mágico é criado quando um mago transcreve seus poderes em um pergaminho especial, produzindo um pergaminho que pode ser vendido a outros. Esse tipo de pergaminho mágico pode liberar uma magia apenas uma vez, e o tipo de magia liberada depende do que o mago inscreveu nele. Depois que a magia é lançada, o pergaminho se torna nada mais do que uma folha de papel inútil.

Há pouquíssimos magos que podem transcrever suas magias em pergaminhos, pois um pergaminho mágico requer o uso de um tipo especial de papel e tinta. Por conseguinte, o seu preço exorbitante não é apenas o resultado dos custos do próprio produto em si, mas também de várias outras despesas incorridas durante a sua confecção. Como tal, os pergaminhos mágicos são considerados um dos consumíveis mais caros disponíveis.

Algo tão valioso como este definitivamente tem que ser um item que o Barão Gerland deu ao cavaleiro com o propósito expresso de me envergonhar. Esta é a própria definição de ser um desperdício!

Se você tivesse me dado o dinheiro que você usou para o pergaminho, então talvez eu tivesse feito papel de bobo para você, mesmo sob o risco de ser visto pelo meu professor!

Eu vou convenientemente pegar esse pergaminho enquanto eu impeço esse cara de fazer essa arapuca às escondidas como minha compensação pelo estresse mental de tudo isso!

Enquanto cantava o hino, observei o cavaleiro de soslaio. Quando eu estava quase terminando a música, aquele cara finalmente fez um movimento. Ele levantou o braço, mas não lançou a magia. Era como se ele ainda estivesse esperando por algo.

Eu ponderei sobre isso… oh certo!

Ele deve estar esperando pelo final, quando eu deveria ter exaurido quase toda a minha Luz Sagrada. Assim, eu teria gasto toda essa energia e ainda assim não conseguiria completar o Hino do Deus da Luz.

Mas que desprezível! Não é de admirar que o Barão Gerland o tenha enviado para fazer seu trabalho sujo. Mas, por mais desprezível que você seja, será que você é tão desprezível quanto eu? Digo, tão inteligente quanto eu?

Pensando no pergaminho mágico que estava prestes a se tornar meu, eu não pude deixar de cantar ainda mais alto do que antes!

Só falta o último verso, então espere por mim, meu pergaminho mágico!

 

“Louvado seja a luz.”

 

Quando eu cantei esse verso, liberei uma grande quantidade de Luz Sagrada. A luz varreu o salão como uma tempestade, jorrando pelas portas e janelas, cegando a todos. No entanto, não é possível que a luz bloqueie minha própria linha de visão, e vi claramente que o cavaleiro do Barão Gerland também ficou atordoado com o súbito influxo de Luz Sagrada.

Agora! — Enquanto ninguém podia ver claramente, eu queria usar uma magia de Paralisia para enredar aquele cavaleiro, mas quando eu estava apenas na metade da magia, senti uma súbita onda de tontura. Caramba, a magia nem importa mais, porque as minhas pernas de repente ficaram bambas!

De repente, alguém me segurou e me apoiou. Eu olhei, mas só vi uma sombra negra descendo pelo palco, exatamente onde o cavaleiro estava parado.

Deve ser Julgamento, que nesta luz brilhante não poderia ver nada. O único que poderia ver alguma coisa era o velho Papa, mas Julgamento ainda foi capaz me apoiar e depois correr para a localização exata daquele cavaleiro. — Affe, mas que ridículo!

A luz persistiu por dez segundos antes de desaparecer gradualmente, e todos estavam me encarando, aturdidos. Eu mantive um rosto solene e olhei de soslaio para o cavaleiro que queria me atacar furtivamente. O cavaleiro já estava deitado miseravelmente no chão com o pergaminho enfiado em sua boca, e o responsável que o prendeu lá já estava de pé atrás de mim como se nunca tivesse saído.

Julgamento, ah Julgamento, por que você não trouxe o pergaminho junto com você? Mas que desperdício enfiar o pergaminho na boca daquele cara!

Depois de lamentar pela perda pergaminho, olhei para o barão Gerland enquanto ria do seu fracasso. Quando viu que o hino terminara perfeitamente, virou-se para o cavaleiro com uma carranca, mas quando viu o destino miserável que caíra em seu cavaleiro, seu rosto ficou pálido de medo.

Vendo isso, eu zombei por dentro. — Você é apenas um cavaleiro sujo e queria tramar contra mim? Barão Gerland, você me subestimou grandemente o mais desprezível… digo, o mais inteligente e líder dos Doze Cavaleiros Sagrados!

— Este hino é dedicado à Sua Alteza, o príncipe herdeiro, que está prestes a ascender ao trono. Estou certo de que o Reino de Som Esquecido receberá as bênçãos do Deus da Luz sob seu governo, consagrando o início da aurora de uma era de ouro. — Depois que terminei, saudei graciosamente o príncipe herdeiro e, em seguida, dei um passo atrás com compostura para o meu lugar entre os Cavaleiros Sagrados.

Ao ouvir isso, o príncipe sorriu alegremente e até aplaudiu enquanto proclamava:

— Que música! Como esperado de um Cavaleiro Sol tão perfeito!

Agora, todos no salão estavam finalmente acordados. Todos, desde os cidadãos comuns até os cavaleiros reais e até os outros membros da Igreja do Deus da Luz, começaram a aplaudir e gritar sem parar:

— Viva o Cavaleiro Sol! Vida longa ao Rei! Viva o Deus da Luz!

Isso mesmo! Torça mais pelo rei e faça o príncipe herdeiro ainda mais feliz! — Eu insisti em minha mente. Eu olhei para o príncipe secretamente — Heh esse sorriso é quase tão brilhante quanto o do Cavaleiro Sol agora.

Com certeza, todo mundo adora quando as pessoas elogiam. Com louvores suficientes, o príncipe ainda diria que eu sou perfeito, apesar do fato de eu ter desonrado seu pai. Por causa de todos os aplausos, os clérigos e sacerdotes levaram um bom tempo para acalmar a multidão. Finalmente, eles anunciaram o próximo item da agenda:

— A Rodada de Inspeções do Novo Rei. — Para simplificar, o objetivo deste evento era desfilar pelas ruas e informar a todos que este é o novo rei, então imprimi-lo em sua mente e nunca o ofender na próxima vez que ele for para uma rodada de inspeções.

O príncipe herdeiro levantou-se primeiro e duas fileiras de cavaleiros reais correram para abrir caminho para ele. Então eles majestosamente deixaram o Salão do Louvor.

O próximo a sair foi o Papa, mas conhecendo aquele velhote que adora agir de forma misteriosa, tanto que se encobriu em um véu, sabe-se lá se era realmente ele debaixo desse véu. Por tudo que eu sei, este poderia ser apenas um parecido e o verdadeiro Papa já estava de folga tomando seu café da manhã!

Em seguida, chegou a hora de os Doze Cavaleiros Sagrados saírem do salão. Como líder, eu estava, obviamente, liderando o caminho. Quando passei por Julgamento, rapidamente sussurrei para ele:

— Obrigado pelo apoio!

Quando eu saí do palco e me certifiquei de que meu professor não pudesse me ver, eu imediatamente tropecei e quase me caí graciosamente de cara no chão. Por sorte, Folha e Tempestade, que estavam atrás de mim, sentiram que algo estava errado e me apoiaram dos dois lados.

— Sol, Sol! Você está bem? — Folha perguntou, preocupado.

Eu disse desanimado que só:

— Eu… Eu…

Estou faminto!

— Depois de liberar uma quantidade tão grande de Luz Sagrada, é claro que você não poderia estar bem. — Tempestade disse com urgência — Folha, pare de fazer perguntas e apenas ajude Sol a ficar em pé.

— Sim, sim. —  Folha assentiu vigorosamente.

— Adair!

De repente eu espiei meu vice-capitão de pé ao lado da porta lateral, segurando uma bandeja com meu sanduíche de geleia mirtilo e leite. No entanto, claramente ele estava hesitante, como se não tivesse certeza se deveria vir. Vendo isso, comecei a lutar, tentando me libertar de Folha e Tempestade para poder colocar meu querido café da manhã no lugar que lhes era de direito, ou seja, no meu pobre estômago roncando.

— Não há necessidade de chamar seu vice-capitão agora, vamos apoiá-lo. Não se preocupe, Tempestade e eu seremos suas muletas por hoje.

Labareda me agarrou com força e acenou para Adair, dizendo que não havia necessidade de ele se aproximar. Adair olhou para mim com os olhos arregalados, e não sabia se se aproximava ou se ia embora.

— O desfile está começando, então vamos. — Tempestade disse rapidamente, e me arrastou para longe com Labareda.

Não, não, não. Me solte!

Estou com tanta fome. Meu sanduíche de mirtilo, meu leite, meus biscoitos de mel! Labareda, Tempestade! Me soltem!

Adair! Meu café da manhã!

Deodoro
Tradutor nas horas vagas. Só joga no hard.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!