API – Capítulo 113

Manda-Chuva

Quando Kieran viu o número, mais números começaram a aparecer em sua mente. Se o número III apareceu em sua frente, então isso significava que haveria um I e um II, ou mesmo um IV ou V, e assim por diante.

Então o suposto Executor não era apenas Kailuark? — Kieran começou a pensar em várias teorias.

Considerando o poder e a riqueza da Sphendix, não seria difícil para ela adquirir um monte de bons lutadores e fazê-los usar um nome ou número comum como ponto de distinção.

O Executor diante de Kieran era obviamente de um grupo. O que estava incomodando Kieran, era o por que de Kailuark aparecer ali. Era impossível para ele estar atrás de Kieran ou Larry, então ele tinha que estar atrás de Kreedo.

A Corporação Sphendix deve ter seguido as pistas deixadas por Larry e descobriu que Kreedo e Leonard haviam entrado em contato. Como resultado, eles decidiram matar a testemunha.

Droga, eles são rápidos! — Kieran respirou fundo, espantado com a influência e poder da Sphendix.

Se Kieran tivesse chegado lá um pouco mais tarde, a única pista que eles teriam estaria perdida para sempre.

Ainda assim, Kieran precisava de uma fonte mais confiável para identificar o corpo, mesmo que ele tivesse quase certeza de que era o próprio Executor.

— Larry, venha aqui, por favor! É este o Executor que você falou tanto? — Kieran perguntou a Larry, que alegou estar muito familiarizado com o homem.

Larry saiu do carro imediatamente e aproximou-se do corpo. Ele iluminou o rosto do homem morto, usando seu celular para enxergar melhor.

Embora Larry já tivesse confirmado a identidade do Executor, ele demorou mais dez segundos para confirmar quem era o homem. O próprio Ferrão das Sombras lhe pediu para fazer isso, afinal de contas.

Ele pode estar enganado sobre a identidade de Kieran, mas ele era 120% sério quando se tratava da identidade de Kailuark.

Depois de dar uma boa olhada no homem morto, ele disse:

— Sim, ele é o próprio Executor! Apenas o Ferrão das Sombras conseguiria matar o Executor com tanta facilidade! — As palavras de Larry tinham uma profunda admiração.

— Quê? Que Ferrão das Sombras? — Kieran ficou surpreso com o nome desconhecido.

— Não se preocupe, eu entendo. Você tem que esconder sua segunda identidade, certo? Deixa comigo, não vou contar para ninguém sobre isso. Será nosso segredo. Um segredo entre amigos! Então me diga, por que você desapareceu por três anos? Foi por causa de alguma mulher? Ou algum homem? — Larry continuou com um sorriso, suas perguntas mostravam seu trabalho como informante.

— Não, eu não sou nenhum Ferrão das Sombras, ou seja lá como se chama! — Kieren repetiu.

Ele podia adivinhar o que estava acontecendo. Parecia que Larry o havia confundido com aquele Ferrão das Sombras por causa de sua luta com o Executor.

— Tudo bem, tudo bem, se você é o que você diz, então, por que você se tornou um repórter? — Apesar de Larry ter dito que estava tudo bem, ele ainda continuava tentando tirar informações de Kieran.

— Se você quiser esperar que os policiais de patrulha cheguem até aqui, então continue fazendo perguntas.

Kieran revirou os olhos, farto das perguntas persistentes de Larry

Ele caminhou até o banco de trás do carro e pegou sua mochila e o inconsciente Kreedo antes de ir para o final do beco.

— Espere! Espere por mim! — Larry rapidamente o seguiu.

Um pouco de água gelada despertou Kreedo de seu sono. Quando ele viu Larry diante dele, um largo sorriso se formou em seu rosto.

De repente, ele gritou para Larry num tom feroz, mas fraco:

— Que merda você quer, Larry?

Kreedo lutou contra suas amarras enquanto gritava.

Apesar de todo o seu esforço, as amarras de corda não se soltaram. Em vez disso, elas se apertaram ainda mais ao ponto de apertar sua gordura.

— É melhor você não se mexer muito. Eu aprendi este método de amarração de um dos caçadores de recompensa. Quanto mais você se mexe, mais apertado fica! — Larry explicou com um largo sorriso no rosto.

Depois daquele sorriso malicioso, o rosto de Larry ficou impetuoso e ele olhou ferozmente para Kreedo. Antes que Kreedo pudesse pronunciar qualquer palavra, Larry começou a socá-lo repetidamente no rosto.

— Os Irmãos Marrocos! Você os contratou para me matar? Você achou que eu estava morto? Pense de novo, seu imbecil! — Larry gritou em insatisfação enquanto continuava a socá-lo.

Sua voz ecoava ao redor da pequena sala subterrânea, mas não era alta o suficiente para cobrir o som de seus socos. Larry usou todas as suas forças para desabafar sua raiva em Kreedo. Cada soco atingiu o rosto do homem com força.

Depois de cerca de cinco socos, o rosto de Kreedo ficou inchado, os cantos dos olhos e narinas estavam sangrando e dois dentes haviam caído.

Larry parecia exausto da surra e repetidamente respirava fundo para se recuperar. De repente, ele se virou e caminhou em direção a uma caixa de ferramentas, puxando um alicate.

— Não! Você não pode fazer isso! Isso arruinará sua honra e reputação como informante se você fizer isso comigo! — Kreedo gritou em pânico enquanto observava Larry caminhar em sua direção com o alicate.

— Claro que posso! Eu posso fazer o que eu quiser! Que honra e reputação? No momento em que Sphendix decidiu me caçar, tudo desceu pelo ralo! Que uso minha honra tem? Não se preocupe, meu amigo, a noite ainda é jovem e longa. Vou te tratar muito bem para recompensá-lo pelo seu tratamento! — Quando Larry terminou de falar, pegou o enorme alicate e colocou no dedo indicador de Kreedo.

Não permitindo que Kreedo dissesse mais alguma coisa, ele apertou o alicate com força.

— Aghhh!

A imensa dor fez com que Kreedo gritasse alto.

Quando Larry soltou o dedo indicador e se moveu para o dedo do meio, Kreedo parou de gritar e disse:

— Não sou eu quem queria vingança! Eu também não estava procurando problemas com Leonard! Eu não sei porque Sphendix iria tão longe só por um cara!

As palavras de Kreedo provaram que ele havia entendido mal a situação, mas era exatamente isso que Larry queria. Ele parou de torturá-lo e olhou para Kreedo.

— Então quem foi? Quem diabos está mandando em sua bunda gorda? — Ele perguntou.

— É… É… Aaargh! — A hesitante pausa de Kreedo resultou em mais dor no dedo médio.

Quando Larry passou para o dedo anelar, Kreedo implorou:

— Pare, pare! Eu vou falar! Eu conto tudo! Por favor, me solte.

Kieran estava sorrindo do lado quando ouviu o pedido de Kreedo. Como ele esperava, Kreedo de fato sabia algo que os dois não sabiam. Desde o início do interrogatório, Kieran estava escondido no canto, fora do campo de visão de Kreedo.

— Deixe ele para mim! Eu sei como lidar com desgraçados como Kreedo!Foi o que Larry disse quando chegaram na sala subterrânea que supostamente pertencia a uma gangue.

Kieran não se opôs à ajuda de Larry. Assim como Kreedo, Larry era um informante à espreita nas sombras. Ele sabia o suficiente sobre Kreedo para fazê-lo falar, então Kieran acreditava que ele poderia lidar com a situação.

A realidade provou que ele estava certo.

Enquanto Larry estava interrogando Kreedo, Kieran também não estava relaxando. Ele estava de olho em seus arredores usando sua Percepção.

Larry assegurou-lhe que a sala subterrânea não era um de seus esconderijos secretos ou relacionado a ele de qualquer maneira. Ele disse que a gangue que possuía aquele lugar havia se separado, então levaria Sphendix algum tempo para localizá-los.

Apesar da garantia de Larry, Kieran não podia se dar ao luxo de baixar a guarda. Mesmo que sua vigia se mostrasse inútil, ele não ficaria frustrado com isso.

Entre arriscar sua vida e desperdiçar um pouco de energia para vigiar, ele naturalmente escolheria o último.

Depois de algum tempo, Larry terminou o interrogatório com uma expressão amarga.

— É Compton! Compton quem estava comandando Kreedo por trás das cortinas! O único Rei do Submundo, também conhecido como Manda-Chuva! — Larry pronunciou o nome com dificuldade, como se tivesse usado toda a sua força para falar sobre o homem por trás de Kreedo.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

3 Comentários

  1. Estão aparecendo cada vez mais adversários, daqui a pouco nem vou lembrar mais qual é a missão principal ahuauuhuahuah

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!