API – Capítulo 223

Verdadeiro ou falso (Parte 2)

As tropas que seguiam o Grão-Duque entraram em combate imediatamente quando as tropas de Titã apareceram. Todos os soldados do Grão-Ducado Morko eram bem disciplinados, resultado de seu treinamento militar excepcional.

Quando a batalha começou, um pelotão com menos de trinta homens conseguiu deter uma infantaria Titã de centenas de milhares fora da caverna. Os cavaleiros tinham a vantagem do terreno, e cada um era muito forte.

Enquanto a batalha estava acontecendo lá fora, a batalha entre Ferlin e Stagner continuava dentro da caverna. Essa era, sem dúvida, ainda mais feroz. Poderosas ondas de lâminas eram desferidasa cada balanço, suficiente para quebrar rochas e montanhas. Suas sombras mal conseguiam acompanhar seus movimentos, e a destruição era silenciosa, assim como o som também não conseguia acompanhar.

Na opinião de Kieran, os dois eram iguais em termos de força.

Quando os segundos se passaram, Ferlin lentamente conseguiu uma vantagem, não por causa de sua força, mas por causa do que o Grão-Duque estava dizendo.

— Um acidente juntou eu e Kylie. Ela era ainda mais jovem do que você quando eu a conheci, e eu ainda era apenas um menino…

— Cale a boca! FIQUE QUIETO!

O Grão-Duque contava segredos ao lado de seu filho. Mesmo os gritos indignados de Stagner não conseguiram impedi-lo. Foi por isso que Stagner se distraiu, dando a vantagem a Ferlin.

A névoa escura voou em direção a ele como seda, acariciando levemente seu corpo. Sua armadura não conseguia defendê-lo contra a névoa estranha. Um simples toque poderia causar um pequeno corte sob sua armadura. Sangue fresco começou a sair e, em algumas respirações, o corpo de Stagner foi tingido de vermelho.

Alguma coisa está errada!

Kieran assistiu a luta entre Ferlin e Stagner antes de olhar para os soldados Morko e Titã e o Grão-Duque, que ainda estava contando uma história para seu filho. As coisas não se somavam. Kieran franziu a testa.

Por que o Grão-Duque escolheria contar essa história agora? Parece que ele está tentando distrair Stagner. E por que Ferlin escolheria esse lugar, e não algum lugar seguro? Ele sabia que Stagner tinha um relacionamento incomum com Titã. É como se ele estivesse tentando atrair os soldados Titãs para cá. — Kieran olhou espantado para o Grão-Duque.

Suas palavras eram suaves enquanto ele falava com Mordred, mas seu rosto estava calmo como água e fresco como gelo. Não era o rosto de um pai contando uma história para seu filho.

O Grão-Duque desembainhou a espada novamente e apontou a lâmina para o céu. A luz do sol se refletia na lâmina, brilhando intensamente, o reflexo deslumbrante perceptível até mesmo a 100 metros de distância. O reflexo brilhou em direção ao riacho do vale.

De repente, um som estrondoso veio dele.

Os troncos gigantes dentro do córrego, que deveriam ser usados para a reconstrução do Muro Crepuscular, estavam rolando para baixo junto com pedras do tamanho de bolas de futebol a uma velocidade ridícula.

Em segundos, os troncos e pedras bateram com força contra as cabeças dos soldados Titã. Menos de um quinze segundos depois, os soldados Titã que se infiltraram no Vale Crepuscular foram mortos.

Alguns sobreviventes afortunados que não entraram no vale ainda correram por suas vidas. Após o ataque, mais soldados Morko apareceram de ambos os lados do vale e atacaram seus inimigos.

Foi um sinal para ativar a armadilha. Foi tudo uma grande armadilha desde o começo. Uma armadilha criada especificamente para o Grão-Ducado Titã! — Kieran percebeu em silêncio.

O Grão-Duque sabia sobre a revolta no castelo, e usou isso contra eles. Ele sabia de tudo desde o início, mas fingiu não saber. Foi ele quem planejou tudo?

A segunda teoria fez Kieran arrepiar. Após um cuidadoso pensamento, ele percebeu que era possível.

Ferlin dissera que, quando Stagner apareceu ao Grão-Duque dez anos atrás, teve dúvidas. Se Ferlin sabia, por que o Grão-Duque não?

A resposta era óbvia. Grão-Duque sabia de tudo desde o começo. Caso contrário, Ferlin não teria aparecido no castelo na hora certa.

Que homem assustador. Não acho que ele tenha alguma humanidade. Ele queria vencer essa guerra e usou todos os meios necessários para isso!

Kieran olhou para o Grão-Duque. Sua espada ainda estava no ar, e ainda estava sussurrando para seu filho. Ele parecia um escorpião pronto para picar sua presa.

Kieran deu uma segunda olhada em Mordred, que já havia desmaiado. Sua vida estava pendurada por um fio.

Ainda assim, essa não era uma razão boa o suficiente para o Grão-Duque parar. Ele continuou sussurrando suavemente sobre aquela mulher, Kylie, e como eles se conheceram e se apaixonaram.

Stagner estava rugindo como uma fera furiosa enquanto ainda lutava com Ferlin.

Ferlin o feriu repetidamente, fazendo pequenos cortes de tempos em tempos. Enquanto o Grão-Duque continuava sua história, as feridas se multiplicaram no corpo de Stagner e seu tom ficou mais agitado.

— Você sabe por que sua mãe acabou me deixando, mas me presenteou com você? Você sabe Mor? Foi porque ela descobriu meus segredos. Alguns segredos muito obscuros… Ela pensou que eu era apenas um tirano sem mente, impiedoso. Foi por isso que ela me deixou você. Porém, ela me subestimou! Minha determinação trouxe você de volta para mim. Não valeu a pena? Uma vila inteira para você? Assim como eu usei a vida de LeGrand e Reedrall em troca de todo o Grão-Ducado Titã! Foi um ótimo negócio. — O Grão-Duque estava olhando para Stagner enquanto falava.

— Realmente tenho que agradecer a você, Leor! Você ainda é tão simplista. Tudo o que eu tinha que fazer era te alimentar com algumas pistas. Você não podia nem esperar para ir atrás dele. Foi muito decepcionante você ter levado dez anos para completar seus planos. Pensei que você iria formar um relacionamento com Titã em três a cinco anos. Eu te dei muitas chances antes. — O Grão-duque balançou a cabeça enquanto falava para Stagner.

— MORKO! — Stagner gritou.

— Estou aqui! Ah, tenho uma ideia!

O Grão-Duque assentiu como se concordasse, com os cantos enrugados da boca sorrindo maliciosamente.

— Que tal você tirar a sua própria vida? Se você fizer isso, vou deixar Mor viver. Sua existência é apenas um incômodo. Não consigo dormir ou ter mais uma boa refeição! — Ele disse antes de apontar sua espada para o inconsciente Mordred.

— Você está falando sério? — Stagner de repente parou de atacar e Ferlin também.

Ferlin foi até o Grão-Duque sem pensar duas vezes.

— Claro, Mor é meu filho, afinal das contas. Ele é o único filho que tenho agora. Se a situação permitir, prefiro não perdê-lo! — Grão-Duque disse.

— Muito bem… escolho a morte então. Mas, não vou tirar minha própria vida. Ferlin, seu desgraçado, você queria me matar por tanto tempo, não queria? Aqui está sua chance. Faça logo! — Stagner jogou a espada para longe.

A espada caiu no chão, fazendo um som alto. Dentro de segundos, a espinhosa espada de Ferlin atravessou o peito de Stagner.

A espada longa e fina estava dentro do peito dele, sangue jorrando e Stagner respondeu com um sorriso inesperado. Ele agarrou Ferlin, que estava dentro do alcance dos braços, e correu em direção ao Grão-Duque.

Antes que o Grão-Duque pudesse reagir, o outro braço de Stagner o agarrou com força, impedindo de fugir.

Stagner instantaneamente virou a cabeça, gritando em direção a um ponto específico:

— AGORA!

Era onde Kieran estava se escondendo!

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!