API – Capítulo 231

Paradeiro

*Bang!*

A mão direita de Kieran segurava [Rancor de Wilco], socando a sombra com força na cabeça. No momento em que o soco de Kieran entrou em contato com a sombra, [Toque Macabro] foi ativado.

O ar gelado cobriu a sombra toda em segundos. O ar removeu a forma medonha da sombra e revelou seu verdadeiro corpo, mas não parou.

Havia um homem por baixo, seus olhos expressavam pânico quando a temperatura de seu corpo caiu ao ponto de congelamento. Ele caiu do ar e bateu no chão. A sombra congelada caiu com força e quebrou em pedaços como um bloco de gelo. Então desintegrou-se em pequenos pedaços e desapareceu.

[Toque Macabro: Infligiu 500 de Dano de gelo, Efeito Especial, Congelamento Ativado. alvo morreu…]

[Rancor Amaldiçoado: Você não tem nenhuma habilidade ou equipamento para resistir ao Danos. Infligiu 300 de Dano ao seu PV, Status Moderadamente Ferido…]

[Jogador morto: Agressor Sombrio]

[Tratado como autodefesa por meio de autenticação]

[Categorizado como uma Morte Honrosa]

[Você receberá todos os Pontos e Pontos de Habilidade do jogador…]

[Total: 8.000 Pontos e 8 Pontos de Habilidade]

[Recebeu a chave da casa do jogador]

[Concedido o direito de usar a casa do jogador]

[Todos os pertences do jogador estão em sua casa]

[Morte Honrosa: 4]

A notificação de batalha que pareceu chocou Kieran, Hanses e os outros.

Kieran ficou chocado porque o homem não era quem eles esperavam. Não era Flégias Negro, mas sim outro assassino.

Hanses e os outros ficaram chocados, pois não sabiam que havia jogadores entre as almas incorpóreas.

Depois de um pequeno atraso, todos olharam para Sem-lei, cujo rosto estava pálido e desidratado.

— Estou bem, só um pouco exausto. Acho que tenho que comprar outra arma. — Sem-lei respondeu com um sorriso e um aceno de mão. Ele apontou para o pedaço de lixo que estava segurando. Essa peça de metal deformada foi o que restou do [Tekken-II].

— Agora eu sei porque você sempre está sem Pontos. Suas habilidades estão realmente queimando dinheiro, cara! — Hanses disse com um tom que expressava sua admiração.

Todos os presentes testemunharam o que Sem-lei havia feito. Seu ataque anterior havia excedido o alcance de jogadores normais, até mesmo veteranos. Com um poder tão aterrorizante, seria fácil para qualquer um completar sete ou oito masmorras, mesmo que tivesse suas restrições.

— Uau, então você alcançou um nível de Supernova agora? — Ramont perguntou admirado.

Hanses e Raven não se opuseram ao seu comentário. Se Sem-lei pôde combater o ataque de Flégias Negro, ele mesmo deve ter força similar. Ele tinha que estar a par com os Supernovas.

Quando o véu negro se dissipou, o sol voltou a brilhar sobre eles, abençoando-os com calor.

— Ainda estou um pouco longe disso. — Sem-lei balançou a cabeça sob o sol quente e olhou para Kieran. — Obrigado, parça! — Ele disse.

Mesmo sem a ajuda de Kieran, a emboscada repentina não teria matado Sem-lei, mas ele teria sofrido muito mais dano. Esse foi um custo que Sem-lei não podia pagar depois do último ataque. Ele perdeu a arma principal, afinal de contas. Se ele perdesse mais equipamentos, voltaria à estaca zero em apenas uma noite.

— Lembre-se de me dar um desconto de comissão de 5%, e ficaremos quites. Então, alguém aqui conhece o Agressor Sombrio? — Kieran disse em tom de brincadeira, instantaneamente ficando sério quando mencionou o culpado.

— Agressor Sombrio? Não, não me é familiar. — Sem-lei franziu a testa, voltando sua atenção para o pessoal.

Hanses e os outros balançaram a cabeça também.

— Isso é estranho. Por que tantos nomes estranhos estão aparecendo e mostrando uma força tão formidável? — Hanses disse curiosamente.

Raven e Ramont pareciam confusos também.

Nobian, Escudista, Correy, Agressor Sombrio e Rouxinol, o homem que sequestrou Coll, eram nomes desconhecidos para os veteranos. No entanto, os assassinos não eram novatos. Se fosse apenas um ou dois, poderia ser considerado uma coincidência, mas todos apareciam um após o outro. Era muito estranho.

— Vamos voltar então. O caminho ficou frio. Vamos voltar para a Pousada da Colheita antes de fazermos mais movimentos. — Sem-lei disse. Os outros não se opuseram.

Depois da súbita emboscada de Flégias, os outros três veteranos pareciam pássaros assustados pelo som de uma corda de arco. Apesar de Sem-lei ter vencido Flégias com sucesso, ele perdeu sua arma principal, então se Flégias atacasse novamente, eles não teriam tanta sorte.

Kieran também não se opôs. Ele ainda estava olhando para Sem-lei com uma expressão confusa. Ele podia sentir que Sem-lei tinha notado algo, assim como na Praça Shameiken, quando também notou o comportamento incomum de Sem-lei.

Quando Hanses mencionou que estranhos com força formidável estavam surgindo em todo o lugar, Kieran viu Sem-lei respirar fundo antes de voltar rapidamente ao normal. A diferença era óbvia demais para Kieran. Se Hanses e os outros não tivessem se assustado, teriam notado também.

O que ele descobriu? — Kieran perguntou a si mesmo em silêncio depois de dar outra olhada em Sem-lei. No final, optou por não dizer nada.

Sem-lei era seu amigo, então não pressionaria mais. Ele estava com muito medo de que isso pudesse prejudicar o relacionamento entre eles. Além disso, Kieran acreditava que Sem-lei revelaria tudo quando for o tempo certo. Tudo o que Kieran precisava era um gatilho. Ele só tinha que esperar pacientemente para que esse gatilho em particular surgisse.

Os cinco voltaram para a Pousada da Colheita sem mais incidentes. De volta à pousada, os outros veteranos ainda estavam esperando por eles.

No caminho de volta, Hanses já havia informado o que aconteceu. Portanto, assim que os cinco entraram na pousada, os veteranos que tinham ficado para trás começaram a falar em voz alta.

— Era realmente o Flégias Negro?

— Droga, ouvi falar que ele estava morto! Por que ele apareceria de novo?

— Como alguém como ele poderia morrer tão facilmente? Sem-lei realmente me surpreendeu!

— Sim, beleza. Eu sabia que você era forte, mas não esperava que você fosse tão forte quanto os dez Supernovas!

— Ele será o décimo primeiro Supernova. Sem-Lei, o Caçador de Armas de Fogo!

— Sem-Lei, Caçador de Armas de Fogo!

Depois que os veteranos terminaram de falar sobre Flégias, o assunto acabou mudando para Sem-lei. Quando um dos veteranos levantou a taça para um brinde, os outros se juntaram a ele.

Rachel estava sorrindo alegremente, vendo seu vinho sendo consumido taça por taça. Ela estava tão feliz que estava cantarolando uma melodia desconhecida.

— Você deveria se juntar a eles! — Ela disse a Kieran, que estava no bar.

— Tirando Sem-lei, não conheço mais ninguém tão bem. Só conheço Hanses um pouco, e não estou acostumado a situações tão boas. — Kieran falou o que pensa em um tom leve.

Ele não queria esconder seu caráter em tais lugares.

No entanto, quando seu tom leve de fala permaneceu ao redor e a textura da [Pena Negra de Corvo] tremeu um pouco, como se o rosto de outro homem estivesse cobrindo o embaçado de Kieran, Rachel ficou surpresa.

— CORVO? — Ela disse em voz alta inconscientemente.

— O quê? — Kieran ficou chocado com sua voz repentina e aguda.

— Hmm… Nada. — Rachel balançou a cabeça, então acrescentou em um tom estranho: — Por que ele está aqui?

— Quem? — Kieran perguntou.

— Zorl. Você o conhece? — Rachel disse.

— Zorl? O registrador de leilão do bazar? O braço direito do Agente? — Kieran perguntou.

— Sim. Ele disse que sabia onde Coll estava.

A voz estridente de Rachel atravessou o lugar apesar da atmosfera alegre e barulhenta. Toda a pousada ficou quieta subitamente.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!