API – Capítulo 232

Trabalhando juntos

Após cerca de 10 segundos, a porta da pousada foi aberta.

— Bom dia a todos!

O registrador Zorl entrou.

Zorl cumprimentou cada veterano presente educadamente. Apesar do sistema borrar seu rosto, sua voz e sua maneira de falar sozinhos eram suficientes para que outros sentissem seu sorriso.

Comparado ao leilão de bazar, onde Zorl era muito mais intimidador, agora ele parecia mais amigável.

— É um prazer visitar sua pousada, Madame Rachel. E é um prazer ainda maior encontrar vocês dois aqui, Sr. Sem-lei e caro 2567! — Zorl disse com extrema polidez. A maneira como ele se dirigiu a Rachel e Sem-lei foi chocante.

Senhor? Madame? Esse tipo de discurso era comum apenas entre os nativos. Era raro entre os jogadores.

Às vezes os jogadores precisavam se misturar apropriadamente em uma masmorra para cumprir sua missão, mas quando saíam, sua maneira de falar voltava ao normal.

Kieran estava preocupado com a maneira como Zorl se dirigiu a ele, Rachel e Sem-lei. Chamar alguém de Madame e Senhor era, sem dúvida, um termo de respeito, e de “caro” era boas maneiras. Kieran não estava com ciúmes do título, mas sentiu que estava relacionado a outra coisa.

Força? — Ele adivinhou.

Zorl era o braço direito do Agente, então além de força, Kieran não poderia pensar em qualquer outro motivo que pudesse fazer com que Zorl abordasse Sem-lei e Rachel com tanto respeito.

— Podemos conversar?

Zorl olhou para Kieran e Sem-lei e apontou para uma mesa no canto. Kieran voltou seus olhos para Sem-lei e o viu concordar. Quando Rachel os informou da chegada de Zorl, os dois haviam discutido o assunto. Sem-lei tomaria a liderança. Kieran sabia o quanto ele era importante.

Se Kieran concordasse em um comércio sob circunstâncias pouco claras, ele definitivamente estaria do lado perdedor, então por que não deixá-lo assumir?

Até mesmo a pessoa mais idiota da sala sabia que Zorl estava lá porque Agente não revelaria a localização de Coll de graça. Ele deve ter enviado seu homem por um motivo.

Agente era um homem de negócios, todos os veteranos sabiam disso. Ele era conhecido por ser um comerciante inescrupuloso, afinal de contas.

— Desembucha! — Sem-lei disse assim que se sentou.

— Estou aqui porque o caro 2567 adquiriu dois equipamentos raros. Meu chefe está interessado neles. Ele quer que eles sejam a principal atração do próximo leilão.

Zorl não tentou esconder o objetivo de sua visita, mas Kieran e Sem-lei ainda estavam surpresos.

Eles não ficaram surpresos que Agente tivesse ouvido falar sobre os dois equipamentos raros, mas porque, como Zorl estava falando, os dois receberam uma MP do próprio Agente.

Monien: Sinto muito por entrar em contato com você desse jeito.

Sem-lei: O que caralhos você tá fazendo?

Monien: O que estou fazendo? Só estou sendo cuidadoso.

Monien: Aqueles homens que apareceram recentemente são muito estranhos. Você não pode garantir que eles não tenham um espião na Pousada da Colheita, assim como eu não poderia garantir que um dos meus homens não estaria aí também.

Sem-lei: Eles atacaram você?

Monien: O que você acha? Se não tivessem, por que estaríamos tendo uma reunião tão estranha?

Os assassinos também atacaram Agente? Como isso é possível? — Kieran estremeceu quando leu a mensagem. De sua perspectiva, os assassinos poderiam ter como alvo qualquer um no jogo, mas definitivamente não Agente!

Agente tinha uma reputação muito alta entre os veteranos, tanto ruim quanto boa. Não importa o que pensassem dele, ninguém poderia negar que Agente era uma força formidável.

O bazar secreto era um bom exemplo.

Toda vez que abria, o comércio de Pontos e Pontos de Habilidade era astronômico e, quando o bazar secreto começou a operar, Agente colocou um pelotão assustador de forças armadas em suas portas.

Kieran ainda se lembrava do robô feroz de três metros de altura chamado Jason, equipado com uma metralhadora pesada de seis canos e um canhão móvel.

Kieran não tinha nem 30% de confiança de que ele poderia lutar contra Jason, e isso era apenas uma especulação baseada no que Jason havia mostrado.

Quem sabia o que mais ele poderia estar escondendo sob aquela cabeça de lata? Ninguém sabia quantas armas letais Jason carregava consigo. Mais importante, Kieran também viu uma versão menor de Jason dentro do salão de leilões. Talvez Agente tivesse um exército de robôs como Jason sob seu comando.

A resposta era óbvia pela maneira como Agente contratava jogadores para trabalhar para ele. Tinha que ter muitos jogadores poderosos entre eles. Considerando os robôs e os jogadores em seu arsenal, era fácil imaginar o quão poderosas eram suas forças.

Kieran não acreditava que os assassinos fossem atrás de Agente, mas ele também não tinha motivos para mentir.

Eles o traíram mesmo sob as ligações de um contrato? — Kieran só podia imaginar o quão perigosa a emboscada que Agente mencionou foi.

Ele deve ter escapado por pouco com sua vida. Ninguém poderia prever se seus companheiros de equipe os apunhalariam.

A penalidade por traição sob um contrato era a morte.

Aqueles assassinos estão dispostos a jogar suas vidas fora? — Kieran respirou fundo.

Parecia que ele havia subestimado sua resolução. Eles seriam assustadores o suficiente para todos se não tivessem medo da morte.

Assim que Kieran percebeu que teria que enfrentar tais inimigos, ele franziu a testa com força. Mas, não entrou em pânico. Pânico não ajudaria a resolver o problema. Kieran se forçou a se acalmar e tentar elaborar um plano.

Ele olhou para as MPs novamente.

Sem-lei: Por que você está realmente entrando em contato conosco?

Monien: Eu quero uma colaboração!

Monien: De acordo com minhas fontes, um de seus líderes está muito interessado em você e em 2567!

Sem-lei: Você quer nos usar como isca?

(Kieran, que estava ao lado de Sem-lei, podia sentir sua raiva. Assim que Agente digitou as palavras, Sem-lei cerrou os punhos com força e ficou tenso. Agente, do outro lado, continuou digitando casualmente.)

Monien: Não, não, não, é uma colaboração!

Monien: Uma colaboração com recompensas!

Monien: Eu vou pagar você e 2567 generosamente. Você pode escolher qualquer coisa da minha coleção. Livros de Habilidades, itens, equipamentos…

Monien: Não se preocupe, apenas pegue as melhores coisas da minha coleção.

(Sem-lei não respondeu imediatamente. Ele virou os olhos para Kieran, que estava resmungando para si mesmo. É claro que ele acreditava que Agente só manteria os melhores itens para si mesmo, mas ao mesmo tempo ele entendia o quão perigosa essa colaboração seria. Se ele agisse como isca, o menor passo em falso poderia custar-lhe a vida.)

2567: Qual é o seu plano?

Kieran respondeu pela primeira vez no chat.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!