API – Capítulo 246

Dano colateral

A lâmina tremeu levemente quando a silhueta negra puxou sua espada. A espada longa nem sequer brilhou. Era preta e sombria, assim como um bastão de madeira queimado. No entanto, quando a lâmina soou, começou a emitir um brilho verde. Não um verde jade, que simbolizava a energia da vida, mas sim um verde mais escuro com um toque de cinza.

A lâmina verde e sombria fez Kieran se sentir desconfortável. Ele inconscientemente franziu a testa enquanto olhava para a espada de aparência estranha. Assim que a testa dele franziu, algo aconteceu. O sangue que inundava o chão de repente começou a queimar.

As chamas não eram vermelhas, mas sim um verde brilhante! A cor era semelhante à cor da lâmina. As chamas verdes voaram como pássaros retornando ao seu ninho, atraídas por uma força incomum e reunindo ao redor da espada da silhueta negra.

Kieran estremeceu um pouco e quis puxar o gatilho, mas o que aconteceu em seguida o deixou chocado ainda mais do que as chamas verdes.

A silhueta negra jogou a espada para frente nervosamente, como se evitasse uma praga. Então se virou e pulou pelo grande buraco no telhado.

— Corra! — Ele avisou Kieran antes de sair.

Mesmo que Kieran não soubesse o que causou a situação diante dele e não acreditasse na silhueta negra, seu instinto lhe disse que ele tinha que superar o perigo.

[Escama Primus]!

[Agilidade semelhante a de um corvo]!

Sua braçadeira de couro brilhou e cobriu seu corpo com uma barreira de campo de força defensiva. O manto de penas chacoalhou levemente enquanto Kieran voava como uma flecha.

No momento em que ele voou para fora da casa…

*BOOM!*

Aconteceu uma enorme explosão!

Uma gigantesca bola de fogo verde surgiu no céu escuro. Tinha mais de três metros de diâmetro e pedaços de madeira, detritos e ossos giravam no entorno do poderoso fluxo de energia. Explodiu em todas as direções, atirando escombros por toda parte. A força era ainda mais poderosa que uma balestra carregada disparando um virote.

Sua alta velocidade enviou os detritos para longe, e tudo dentro de um raio de 50 metros foi pego na explosão. Kieran, que estava correndo com todas as suas forças, também foi jogado para longe.

A poderosa defesa da [Escama Primus] o protegeu da explosão. Ele estava ileso, mas quando se virou e olhou para a cena, entrou em pânico.

Se ele não tivesse escapado do ponto da explosão a tempo, poderia ter sofrido danos sérios. A casa tinha cerca de oito cômodos, e todos foram para o limbo!

Era uma armadilha. Uma armadilha feita para a silhueta negra. Ambas as partes são extraordinariamente familiares uma com a outra. Eu estava aqui e fui pego no fogo cruzado. — Quando Kieran lembrou da explosão, sorriu amargamente.

Então ele se virou e foi procurar o homem alto e gordinho, que estava enterrado sob os escombros, na esperança de encontrar mais pistas.

Mesmo que tudo parecesse uma coincidência, as chamas verdes lembraram Kieran de Calkin, seu cocheiro e a gosma verde que ficou depois de se dissolverem. Além disso, a descrição da casa que Calkin deu foi muito precisa. Não parecia uma mentira que foi inventada na hora. Claro, poderia ser uma mera coincidência, mas e se não fosse?

O pensamento fez Kieran correr para os destroços. Ele podia ver claramente o homem alto e gordinho enterrado nos destroços. Depois que ele tirou um pouco dos destroços, a testa gordinha do homem apareceu.

Ele bateu a cabeça e desmaiou, depois foi enterrado sob os destroços… Talvez os destroços o salvaram do choque da explosão. Que desgraçado sortudo! — Kieran pegou seu corpo gordinho e colocou-o em seu ombro. E depois correu para a escuridão.

Ao sair, a polícia em patrulha chegou ao local minutos depois. Eles nem notaram Kieran.

Quando Kieran chegou no acampamento de Herbert, já eram 3 horas da madrugada.

Além de Herbert, que ainda estava escrevendo, apenas os guarda-costas estavam acordados, vigiando em turnos. Joanna e a cozinheira já estavam dormindo na tenda.

Harold estava cochilando ao lado da fogueira com uma longa espada em seus braços. O jovem insistiu em manter a vigia, mas não parecia estar se saindo bem.

Quando Herbert viu Kieran carregando o homem gordinho, ele colocou a caneta no chão e disse brincando:

— Olha o que você tem aí!

— Algo muito bom!

Kieran jogou o cara no chão. Ele era tão pesado quanto parecia, talvez até mais. Se ele não tivesse que carregá-lo, Kieran poderia ter chegado mais cedo.

Tem mais uma coisa. — Kieran contou a Herbert tudo o que aconteceu, inclusive sobre Calkin e seu cocheiro. Ele esperava receber alguma ajuda da especialidade de Herbert, afinal, ele era um estudioso experiente e poderia ter uma ideia sobre o que havia acontecido com Calkin e seu cocheiro.

Mesmo que Kieran tivesse guardado isso para si mesmo, quando o gordinho acordasse, ele teria algo a dizer também. Sendo este caso, por que não resolver o problema logo?

— Seus rostos pareciam que foram queimados? Eles pareciam meio podres, mas ainda capazes de manter sanidade? Sua pele podia aguentar facas comuns e objetos afiados? Que tipo de seres seriam? Parece que eles compartilham algumas semelhanças com um monstro lendário! Não, não, não, esse monstro seria muito mais forte. Isso é… — Herbert murmurou para si mesmo quando caiu naquele transe que Kieran tinha visto antes.

Kieran apenas deu de ombros. Baseado em sua experiência anterior, quando Herbert entrava naquele transe, tudo que ele podia fazer era esperar.

Mesmo que Kieran estivesse ansioso por uma resposta, a julgar pelos murmúrios de Herbert, o homem devia ter alguma pista sobre as mudanças em Calkin e seu cocheiro.

— Noite que não acaba mais!

Kieran colocou mais dois pedaços de madeira na fogueira, olhando as faíscas que saltavam ao redor. Então soltou um longo suspiro e fechou os olhos, tentando tirar um cochilo. Ele sabia que teria mais coisas esperando por ele no dia seguinte. Claro, ele ainda permaneceu vigilante. O gordinho ainda estava inconsciente ao lado deles, afinal de contas.

Se ele acordasse, os outros dois guarda-costas poderiam não ser páreos para ele, mesmo que usassem suas armas. Depois de bater repetidamente através de portas e paredes, ele estava praticamente ileso, exceto pela testa inchada, onde o raio havia caído e o derrubado.

Depois de uma rápida checagem no corpo do gordinho, Kieran sabia que ele havia demonstrado habilidades defensivas. Tais habilidades foram suficientes para levantar mais hipóteses na mente dele.

Ele sofreu uma mutação como Calkin e seu cocheiro?Ele pensou enquanto relaxava.

Além das faíscas da fogueira, estava tudo em silêncio.

Quando os guarda-costas trocaram de turno novamente, a luz da manhã expeliu o último pedaço de escuridão do céu.

Um novo dia havia começado.

Joanna, que acabara de acordar, de repente gritou em choque. A jovem estava olhando ao longe, onde sete homens totalmente armados estavam caminhando, seguindo seu caminho. Ainda mais longe do que isso, até onde os olhos da jovem podiam alcançar, mais homens se dirigiam para o acampamento de Herbert.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!