API – Capítulo 28

Noite sangrenta

O discurso apaixonado de Zarukhar se espalhou pelos alto-falantes ao redor de toda a base. Dava para ouvir até do lado de fora. Kieran, que estava escondido do lado de fora da base nas sombras das ruínas, ouviu tudo.

Escolhendo o caminho mais fácil e manipulando os fatos! — Essa era a opinião de Kieran sobre o major. Ele havia antecipado a performance de Zarukhar no palco que havia sido montado para ele.

Quanto ao General Zennings? Kieran tinha visto alguns soldados deixarem a base em silêncio. Sua identidade era bastante óbvia. Aparentemente, o General Zennings havia plantado mais de um espião na base de Zarukhar.

Agora ele estaria enfrentando a rebelião de Zarukhar contra ele. Era exatamente o que Kieran queria. Ele queria que os dois lutassem um contra o outro, então ele teria a chance de derrubar os dois ao mesmo tempo.

O som dos motores dos tanques dentro da base era como um trovão. Vários soldados embarcaram nos caminhões dos comboios militares, seus passos soavam como tambores de guerra.

Os soldados de Zarukhar começaram sua marcha. Tanques e comboios passaram um após o outro. Logo havia apenas três esquadrões de soldados guardando a base. Kieran olhou para a base quase deserta com um olhar lamentável. Se não fosse pelas tarefas importantes em mãos, ele não teria perdido a oportunidade de invadir o acampamento.

Afinal, a base definitivamente teria estoques de suprimentos. Não apenas suprimentos diários, mas também suprimentos militares, toneladas de armas militares e equipamentos de proteção. Kieran se sentiu tentado só de pensar nisso.

No entanto, ele não era o tipo de pessoa que sentia falta da floresta pelas árvores, mesmo que ele pudesse se arrepender. Era igual quando ele teve que largar a metralhadora nas ruínas. A metralhadora e a caixa de munição eram muito pesadas para ele. Apesar de sua [Força] e [Vigor] terem aumentado em um nível, ele ainda não podia carregar a arma adicional, mais a arma de precisão e os itens em seu próprio inventário. Não, a menos que ele quisesse desistir de correr. Mas isso estava fora de questão.

Ele respirou fundo e começou a correr nas sombras das ruínas. As forças rebeldes quase desapareceram de vista. Seria difícil persegui-los agora. Por sorte, Kieran sabia para onde estavam indo. Graças às instruções de Colleen, Kieran já sabia a localização de cada base da rebelião.

Além da base onde o Major Zarukhar estava localizado e a base para onde suas forças estavam indo, havia mais duas bases na cidade ocupadas pelos outros oficiais de alto escalão da rebelião. Eles estavam estacionados no lado sul e oeste da cidade, respectivamente.

As forças de Zarukhar estavam indo em direção à base no coração da cidade. Era o acampamento do General Zennings: a Praça Central.

As duas bases não estavam tão distantes umas das outras e estavam ainda mais próximas se usasse atalhos para chegar lá. Por espreitar e correr pelas ruínas, Kieran conseguiu chegar a Praça Central antes das forças de Zarukhar. Ele chegou cedo e começou a procurar um ponto alto.

Quando ele encontrou o lugar certo, ele viu que já estava ocupado por outra pessoa. Um homem misterioso estava rastejando nas sombras segurando um rifle de precisão, mirando a estrada enquanto olhava para toda a Praça Central. Kieran de repente começou a suar.

Se ele não tivesse usado os atalhos nos pontos cegos do misterioso franco-atirador, ele definitivamente teria aparecido em sua mira. Embora o alvo do homem fosse Zarukhar, ele não podia ter certeza de que ele não mataria mais ninguém que cruzasse seu caminho. Se esse ponto de vista foi tomado pelo franco-atirador, então e os outros?

Quando esse pensamento apareceu na cabeça de Kieran, ele rapidamente recuou para as sombras e deu uma boa olhada em seus arredores. Ele viu pelo menos mais quatro franco-atiradores esperando. Ao descobrir isso, ele de repente ficou feliz por ter usado [Furtividade] antes de ir para a Praça Central. Se ele não tivesse usado, já estaria morto, igual um frango na frigideira.

Praça Central? Tá mais para Praça dos Franco-atiradores! — Kieran pensou.

Ele olhou para os franco-atiradores sem fazer nenhum movimento apressado. Embora ele estivesse confiante de que poderia matar o franco-atirador na frente dele, ele não podia ter certeza de que não seria alvo dos outros. Somente quando os outros franco-atiradores estivessem completamente distraídos, então ele poderia fazer um movimento.

Ele não teria que esperar muito tempo por essa chance. Kieran sabia muito bem quem eles estavam esperando. Era o Major Zarukhar. Era óbvio que o General Zennings recebera a notícia da rebelião de Zarukhar e preparou uma armadilha para ele.

Ao longe, os sons do motor dos veículos estavam ficando mais altos. O comboio já havia aparecido.

O franco-atirador rapidamente começou a se posicionar para o assassinato. Antes que ele pudesse entrar em posição, porém, uma mão forte cobriu sua boca e o arrastou para trás. De repente, sentiu uma forte dor no pescoço.

Kieran soltou o corpo e checou o rifle do franco-atirador morto. Era o mesmo [Viper-M1] que o dele, mas faltavam os dois atributos extras. Ele não estava interessado em pegar esse rifle.

Ele puxou a sua e mirou para baixo, mantendo um senso de vigilância sobre seu próprio ambiente. Ele não podia ter certeza se o Major Zarukhar enviaria seus homens para ocupar o terreno alto ou não, mas Kieran não queria seguir os passos do homem anterior daquele local.

— Sua Excelência, Zarukhar está aqui! — O oficial da equipe, que estava olhando do lado de fora, avistou o comboio chegando à Praça Central. Ele se virou e relatou para a segunda pessoa na sala.

Sua atitude reverente e respeitosa em relação ao homem mostrava muito sobre quem ele era. As estrelas nos ombros do homem revelaram seu ranking de prestígio. Ele era um dos Generais da Rebelião, General Zennings.

O General parecia mais jovem do que se poderia esperar. Seu cabelo estava escuro como breu, com apenas alguns fios de cabelos grisalhos, todos penteados para trás. Seu rosto era ligeiramente rechonchudo, com bochechas avermelhadas e uma aura de respeito, e ele tinha um par de olhos castanhos que pareciam aterrorizantes.

O mesmo ocorria com as cicatrizes semelhantes a centopeias em sua testa. Outros teriam instintivamente desviado o olhar ao ver seu rosto. Zennings era particularmente aterrorizante quando estava com raiva.

— Então ele simplesmente não pode mais esperar, hein? — Zennings riu friamente.

Sua aura de prestígio, combinada com seu olhar aguçado, congelou o oficial da equipe. Depois que Zennings recebeu o relatório de seu espião, ele imediatamente pensou que Zarukhar estava planejando guardar a joias para si e depois culpá-lo por roubá-lo.

Embora Zennings não tivesse a intenção de dividir as joias com Zarukhar, isso não significava que ele perdoaria as ações rebeldes dele.

— Como estão os preparativos? — Zennings se virou e olhou para o oficial da equipe.

— Tudo está pronto, Zarukhar será derrotado! — O oficial da equipe respondeu.

Zennings parecia satisfeito com a resposta. Ele pegou uma caixa delicada lentamente e tirou um charuto. O oficial da equipe imediatamente pegou um cortador de charutos, cortou a ponta e o acendeu, passando-o para Zennings.

— Eu gosto deste charuto Rump No.3. O cheiro de canela e couro me lembra o cheiro queimado de cadáveres aniquilados por bombas.

Zennings segurou o charuto na boca e respirou fundo, deixando sair a fumaça espessa. A fumaça cobria seus olhos afiados e meio que distorcia seu rosto intimidador.

— Você sabe por quê? — Zennings voltou os olhos para o oficial da equipe novamente.

O homem estremeceu. Ele não sabia como responder. A coisa era que Zennings não esperava uma resposta.

Ele tragou o charuto de novo e disse:

— Porque ficar na frente dos cadáveres de outras pessoas me lembra que eu sou o VENCEDOR! — Zennings se levantou.

À medida que envelhecia, seu corpo forte e volumoso ficava robusto, mas sua poderosa aura ficava ainda mais forte. Enquanto caminhava para frente, ele parecia um leão olhando seu território. Zarukhar, por outro lado, parecia mais fraco do que nunca.

Quando o comboio chegou a Praça Central, porém, ele não se preocupou nem se virou. Ele levantou a cabeça e marchou para frente. Zennings levantou a mão, sinalizando para os soldados abaixo dele se prepararem para atirar e os franco-atiradores se prepararem.

Quando ele estava a cinco passos de distância, Zarukhar parou e gritou para Zennings:

— General Zennings! Estamos aqui para fazer justiça!

— Justiça?

Zennings tirou o charuto da boca, olhando para Zarukhar e as tropas atrás dele com os olhos aguçados. Zarukhar pensou que seria uma jogada inteligente marchar suas tropas até lá e ameaçá-lo?

Se as tropas achavam que podiam mudar sua decisão apenas por causa de seu número, eram ingênuas demais. Zennings riu friamente do fundo do coração. Ele queria que Zarukhar e suas tropas vissem a situação claramente.

— Você acha-

*Bang!*

Um tiro foi disparado, interrompendo as palavras de Zennings e explodindo sua cabeça. Cérebro e sangue espirraram em Zarukhar.

O que aconteceu? — Zarukhar não deu ordens para disparar. Ele ficou chocado e intrigado quando olhou em volta.

*Bang!*

Outro tiro foi disparado apenas alguns segundos após o primeiro. O destino de Zarukhar era o mesmo que o de Zennings. Seu corpo sem cabeça caiu no chão.

As tropas dos dois lados ficaram atordoadas, toda a Praça Central foi preenchida com um silêncio constrangedor. O silêncio durou cerca de dois segundos.

— VINGANÇA PELO MAJOR!

— VINGANÇA PELO GENERAL!

Ambos os lados presumiram que era o outro lado que havia eliminado seu líder, e eles gritaram um para o outro ao mesmo tempo.

*Bang!* *Bang!* *Bang!* *Bang!*

*Boom!* *Boom!* *Boom!* *Boom!*

No momento seguinte, sons de tiros e bombas quebraram o silêncio da noite. O fogo da guerra devorou ​​toda a Praça Central em um instante.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

14 Comentários

  1. O rebelde Zarukhar se rebelou contra o rebelde líder da rebelião. Kieran está mitando muito, quero só ver como vai ser fora da masmorra dos novatos. Obrigado pelo capítulo!

  2. PORRA! O maluco é doído! Ele instiga uma revolta e mata os líderes de cada lado na frente dos soldados, começando uma guerra mundial !!!
    Vcs nunca nos decepcionam!
    😤🖒

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!