API – Capítulo 298

Concentração

— O quê? O que você disse? A delegacia foi bombardeada?

Schmidt, que estava livre na semana passada, estava deitado no sofá completamente relaxado quando Simones trouxe de volta as notícias. Schmidt pulou do sofá imediatamente.

— Quem caralhos fez isso? — Ele perguntou.

— 2567! — Simones respondeu com um sorriso amargo.

— O que caralhos? 2567 estava lendo livros aqui o tempo todo… Alguém deve estar armando para ele! Droga. Deve ter sido ideia da Tally Landsky! Ela foi humilhada por ele e agora quer se vingar.

Depois de uma pequena pausa, Schmidt percebeu o que estava acontecendo. O delegado suspenso começou a xingar alto. O temperamento quente de Schmidt poderia facilmente custar-lhe o emprego. Embora esse não fosse o pior cenário, ele sabia que havia entrado na lista negra de Tally Landsky.

Antes que Simones pudesse pronunciar uma palavra, Schmidt pegou o único telefone da sala com raiva e discou um número.

— Você não está preocupado?

Simones olhou para o movimento imprudente e impulsivo de Schmidt e depois se virou para Kieran, que estava sentado em uma cadeira lendo seu livro, como se não tivesse notado a pequena comoção. Simones sorriu amargamente.

— Para que se preocupar? Landsky já fez seu movimento. Vamos improvisar e superar isso. — Kieran disse levemente.

Enquanto ele falava, seus olhos nunca deixaram o livro diante dele. Era “O Caminho do Destino e das Estrelas”, uma versão avançada de “Destino e Estrelas”.

Ontem, quando ele leu “Destino e Estrelas” e aprendeu algumas coisas básicas, foi como se tivesse lido um livro dos céus! 

No entanto, mesmo depois de aprender tantas coisas ontem, esta versão mais avançada do livro ainda o deixou perplexo. Mas no geral, e estava conseguindo entender um pouco.

Kieran podia sentir que dominaria o Nível Básico de Astrologia depois que terminasse o livro em suas mãos. Essa foi uma das razões mais importantes para retornar ao mundo das masmorras. Certamente, ele não se distrairia com outros assuntos enquanto isso.

E daí se alguém tivesse bombardeado a delegacia fingindo ser ele? Isso era apenas uma questão insignificante em sua mente, mas não era algo que ele não esperava.

Kieran sabia que estava no meio de um turbilhão de problemas.

Embora discordasse um pouco da opinião de Schmidt, ele sabia que a delegada recém-chegada queria se mostrar um pouco e tinha certeza de que ela estava relacionada ao atentado à delegacia.

Afinal, Landsky não era alguém que desistiria com facilidade, apesar de seu encontro abrupto no outro dia.

Schmidt bateu o telefone com força. Seu rosto parecia mais feio do que antes.

— Aquela Tally Landsky desgraçada acaba de emitir um mandado de prisão para 2567. Uma equipe de oficiais está vindo aqui agora. — Ele disse.

A expressão de Simones ficou preocupada instantaneamente.

Elli, que acabara de descer do quarto, cerrou os dentes e disse ferozmente: 

— Vou deixar essa mulher saber o grande erro cometeu! Vou fazê-la se arrepender de suas atitudes!

A jovem moça tentou sair de casa enquanto falava, mas Kieran a deteve.

— Acalme-se, Elli! Talvez essa mulher esteja esperando por você no escritório dela. Não importa se é você, Simones ou Raul e seu marido… Em quem ela colocar as mãos, usará como trampolim. Ela sabe disso e não vai conseguir o que quer de mim. É por isso que ela está usando esse método para nos provocar. Não se esqueça de que ela demonstrou forças no outro dia. Ela não é uma oficial do governo que não sabe nada sobre o reino místico. Com certeza deve estar muito familiarizada com os místicos para conseguir usar tais poderes. — Kieran teve que largar o livro para conversar com a jovem impulsiva.

— Relaxe! Volto daqui a pouco…

Kieran sorriu para Elli e os outros ao seu redor.

Assim como Schmidt disse, oficiais totalmente armados com expressões aterrorizadas apareceram na Rua Negra, 1. Kieran cooperou com os policiais e entrou na viatura policial por vontade própria. Ele não levou a mochila, nem a caixa com [Discurso Arrogante]. Tudo o que levou foi apenas um livro.

Os amigos de Kieran ficaram surpresos com suas ações, mas não expressaram preocupações. Eles sabiam que Kieran nunca fazia nada sem uma razão.

Se ele decidiu sair com um livro, deve ter seus motivos.

— Vou junto! — Schmidt abriu a porta da viatura, puxando um de seus colegas, e sentou-se.

O policial pareceu aliviado ao ver isso. Ele se dirigiu para outra viatura alegremente. O delegado assistente sentado no banco da frente sorria amargamente.

— Por favor, não guarde rancor, 2567. Estamos apenas seguindo as ordens da delegada!

O delegado assistente, que fora parceiro de Schmidt no passado, sabia um pouco sobre o reino místico. Quando viu Kieran sentado no banco de trás, sentiu calafrios percorrer sua espinha.

Se não fosse por seu salário, ele teria pedido exoneração e entregue seu distintivo antes de aceitar esta missão.

Prendendo o Pássaro da Morte? O Pássaro Sinistro?

Na hora que ele havia recebido essa ordem, ele queria sacar a arma e apontá-la para a mulher. Queria questionar sua sanidade e coragem.

Ela não sabia que o homem que as pessoas chamavam de Corvo atormentaria todos os lugares que visitava com catástrofes? Ela realmente queria prendê-lo? Se ela tivesse um desejo de morte, que assim seja, mas ela poderia deixar os policiais fora disso.

Quanto a Kieran bombardear a delegacia, isso era uma piada ridícula. Qualquer pessoa com olhos sabia o que estava acontecendo. Considerando o quão forte o Pássaro da Morte era, nenhuma explosão causada por ele poderia ter sido livre de vítimas. Essa foi a piada do século!

O delegado assistente estava tentando se justificar a Kieran por instinto.

Kieran não pôde deixar de suspirar quando viu o rosto aterrorizado do delegado. Seu sorriso era amargo, mas ainda tinha coragem de explicar. Ele nunca teria pensado que a profecia de Nikorei estaria enraizada tão profundamente no coração das pessoas.

Kieran admitiu que parte disso era uma mera coincidência, mas ainda assim…

Uma combinação de morte e desconhecido é a raiz de todos os medos? — Kieran pensou antes de abaixar a cabeça para continuar lendo “O Caminho do Destino e das Estrelas”. Ele não tinha interesse em conversar com uma pessoa que havia perdido sua capacidade de julgar devido ao medo.

Foi ótimo Schmidt ter vindo junto.

— Vamos. — Ele disse.

Os policiais foram embora.

Elli, que estava olhando para as viaturas policiais, sentiu como se tivesse perdido a alma. 

— Se a professora estivesse aqui, ele teria sido tratado assim? — Ela perguntou a Simones.

— Rei? Se ela estivesse aqui, tudo estaria bem. Não se esqueça que ela é o xamã mais forte da Costa Oeste! — Simones disse com um suspiro suave.

— Então está bom. — A jovem moça assentiu antes de voltar para casa.

Simones observou Elli caminhar em direção quarto dela. Talvez fossem seus velhos olhos, mas por um momento ele sentiu como se tivesse visto Nikorei. 

Nikorei, quando era mais nova, disse uma vez que os deuses no céu haviam caído, mas ainda havia ela na Terra…

Simones sorriu.

— Ha ha… como isso é possível? — Simones voltou para casa, rindo baixinho.

Apesar da garantia de Kieran, Simones, uma pessoa tradicional dentro do reino místico e um criador de poções, ainda se sentia desconfortável. Ele talvez precisaria elaborar um plano depois disso.

Caso contrário, quando Nikorei voltasse e descobrisse a verdade, ficaria furiosa.

Raul e Cidney compartilhavam o mesmo sentimento desconfortável, e Louver, que foi deixado para trás.

Depois que Kieran saiu, as emoções sem vida de Louver foram substituídas pela ansiedade.

Quando Louver sentiu um olhar que apresentava más intenções, ele puxou sua lâmina sem hesitar.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!