API – Capítulo 302

Antecipando uma armadilha

Kieran saiu das sombras, parando o soco de Marco. Quando sentiu a força do soco de Marco, ficou surpreso. A força de Marco era muito mais poderosa do que Kieran esperava.

Pelo menos Força D+.

Kieran apresentou uma estimativa comparando-a com sua própria força.

A Força D+ não era alta de acordo com os gráficos, mas de acordo com a descrição do sistema, Força E+ já estava a par de um campeão de levantamento de peso, o que era bastante surpreendente.

Quantos homens comuns poderiam se tornar campeões de levantamento de peso, e muito menos exceder a força de um? Era uma coisa quase impossível para o homem comum.

Comparado com Força B- de Kieran, não era suficiente.

Classificações maiores sempre suprimiriam as menores. Uma classificação alta poderia facilmente esmagar todas as outras. A diferença entre D+ e B- não era apenas um mero salto de classificação.

Marco colocou força. As articulações de seu braço começaram a fazer barulho, mas a mão de Kieran era como chumbo soldado, sem se mexer um centímetro sequer.

— Solte!

Marco usou a outra mão para tentar dar outro soco em Kieran furiosamente. Sem a sanidade, ele não pensou no que estava acontecendo. Tudo o que queria era esmagá-lo.

Kieran ficou parado, torcendo o punho de Marco com força.

Um barulho foi ouvido quando suas articulações foram torcidas. Depois o braço inteiro de Marco. Finalmente, o corpo de Marco foi forçado a inclinar-se para a frente.

O soco que Marco tentou dar em Kieran errou.

Marco congelou apenas por uma fração de segundo. No momento seguinte, ele tentou socar Kieran novamente, ignorando suas articulações entrelaçadas. Seu movimento imprudente deixou seu braço direito completamente desabilitado.

Marco não estava preocupado, embora seu braço direito estivesse torcido em um arco estranho. Kieran não pôde deixar de suspirar.

Sua Força e Constituição são maiores que os das pessoas médias. Mesmo que sua Percepção seja média, a falta de dor… Não é à toa que a Lua Sangrenta destruiu um reino inteiro! Ainda quando as armas de fogo estavam sendo inventadas, os soldados contavam com armas tradicionais. Exércitos foram formados por plebeus contra esses monstros. Seria estranho se eles já não estivessem mortos!

As ações de Kieran não foram lentas enquanto pensava.

Depois de ter uma ideia das habilidades de Marco, ele perdeu o interesse em se envolver com o grandalhão.

Kieran instantaneamente transformou sua aura. A aura de Kieran era como se fosse uma espada poderosa sendo desembainhada.

— Espere! — Tally, que voltou a si, sentiu a aura ao redor de Kieran mudar. A expressão dela mudou. Ela queria parar Kieran, mas já era tarde demais.

Uma onda de energia de qi meia-lua foi disparada do pé direito de Kieran, cortando o pescoço de Marco. Sua cabeça voou do pescoço com um clarão roxo enquanto o sangue escarlate tingia o escritório de vermelho.

Tally nem sequer evitou o sangue.

O líquido fedorento e quente acordou a delegada e a forçou a reagir ao que estava acontecendo.

— Por que você não parou? Eu mandei esperar! — Ela gritou.

Ser banhada pelo sangue a fez perder suas maneiras, e seus gritos ignorantes a fizeram perder o respeito completamente.

Kieran olhou para ela e silenciosamente pegou o item que havia caído de Marco. Então ele olhou para Schmidt.

— Como está? — Ele perguntou.

Ele ouvira Tally, mas porque pararia?

De fato, se não fosse a proposta interessante de Rosland, Tally não estaria sem um arranhão.

Tally não sabia nada sobre isso. Ela ainda estava questionando Kieran histericamente.

— Sabe o que você fez…

— Já chega, Tally!

Tally parou quando Rosland saiu de sua forma invisível, emitindo ondulações quando apareceu. O idoso estava olhando para a própria neta, decepcionado.

— Você foi influenciada por aquele redemoinho corrompido. Seus olhos e sanidade foram roubados. Cega como você era, seu julgamento foi nublado. Você não sabia dizer o que era certo e errado.

Rosland curvou-se diante de Kieran mais uma vez.

— Peço perdão, senhor 2567. Espero que você possa perdoar os atos ignorantes e infantis dela. Vou levá-la de volta à família Landsky e compensá-lo pelo que aconteceu hoje. Isso é além do que combinamos anteriormente. — O velho explicou.

— Estou ansioso por isso. — Ele acenou para Rosland e levou Schmidt com ele.

Tally, que ficou atônita desde o momento em que Rosland apareceu, estava olhando para o avô com olhos vazios. Ela nem percebeu que Kieran e Schmidt haviam partido. Ela ficou congelada por quase 20 segundos.

— Se acalmou? Pegue suas coisas. Estamos voltando para a família. Você não tem permissão para sair sem a minha permissão. — Rosland suspirou profundamente quando viu a aparência bagunçada de sua neta. Ele sabia que estava sendo duro com ela, mas também sabia que, se não fosse, uma catástrofe a atingiria.

O desastre pode ter sido evitado neste dia, mas novos surgiriam dos responsáveis pelas ações de Tally. Eles podem até destruir sua família.

— Por quê? — Tally finalmente disse quando se acalmou. Ela não queria desculpas esfarrapadas. O que ela precisava era de uma resposta direta. O verdadeiro motivo.

— Porque você não é mais apta a ficar aqui. Você sempre pensou que era inteligente, mas nunca pensou que poderia ter sido usada por aquelas pessoas imundas. Você nunca considerou as probabilidades óbvias em sua frente! Cega pela antiga glória e louvor, você se tornou orgulhosa e ignorante. Você pensou que poderia controlar e resolver tudo! No entanto, tudo diante de você não passava de uma ilusão. Uma ilusão terrível que a condenaria eternamente — Rosland disse em tom sério antes de suspirar mais uma vez.

— Pegue suas coisas rápido. Vou ligar para virem nos buscar. — Rosland disse.

— Você está com medo? Com medo de 2567? — Tally não se mexeu. Ela estava olhando para o avô enquanto fazia essa pergunta ousada.

— Deus da Terra fez uma profecia sobre ele. Qualquer um iria… Não sou exceção. — O idoso disse com sinceridade.

— COVARDE! — Tally deixou o escritório com sua roupa manchada de sangue depois de fazer aquele comentário desrespeitoso.

Rosland suspirou quando a porta bateu com força. Ele sabia que sua neta não se renderia tão facilmente, mesmo que tivesse decidido concordar.

— Você acredita no que Rosland Landsky disse? — Schmidt perguntou depois que ouviu a maior parte da história. Sua expressão estava basicamente dizendo “eu não compro essa besteira”.

— Sim, mas não tudo. É apenas uma colaboração. — Kieran respondeu com um sorriso.

— Mas hoje à noite você precisa lidar com os desgraçados da Costa Leste. Se algo acontecer, o resultado será catastrófico. Já passou pela sua cabeça que isso pode ser uma armadilha? Você estaria cercado. — Schmidt estava preocupado com a decisão de Kieran. 

— É por isso que preciso descansar bem e economizar energia. — Kieran disse, pegando “Caminhos do Destino e das Estrelas” mais uma vez.

É claro que ele pensou no que Schmidt havia dito, mas ele tinha um certo grau de confiança de que não seria uma armadilha.

Se fosse…

Kieran inconscientemente voltou os olhos para o item especial que havia conseguido de Marco.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!