API – Capítulo 91

O portão

Quando Kieran pegou o Livro de Habilidades, o sistema exibiu os detalhes.

[Livro de Habilidade Descoberto: Conhecimento Místico]

[Aprender? Sim/Não?]

— Sim.

Depois que Kieran confirmou a opção, os detalhes da habilidade apareceram.

[Habilidade aprendida: Conhecimento Místico]

[Nome: Conhecimento Místico]

[Atributos relacionados: Nenhum]

[Tipo de habilidade: Suporte]

[Efeitos: Você aprendeu um tipo extremamente raro de conhecimento. Inclui, mas não se limita a mitologia, religião, artes místicas, símbolos especiais, runas etc.]

[Consome: Nada]

[Pré-requisitos: Nenhum]

[Observação: Você pode ler coisas simples sobre alquimia, poções, astrologia e conhecimento místico relacionado a animais, mas você não é realmente um mestre em nenhum deles!]

A notificação foi seguida pelo processo de sincronização e transferência de conhecimento. Para ser exato, o conhecimento de inúmeros símbolos e ícones especiais foi transferido para a mente de Kieran.

Quando ele voltou a si, ele já tinha entendido muitas coisas que ele não sabia antes. Um deles era sobre o grande heptagrama demoníaco. Usando sua memória, senso comum e lógica, Kieran poderia dizer que os símbolos do grande heptagrama demoníaco estavam em torno de 41.

No entanto, de acordo com o recém adquirido [Conhecimento Místico], eles só tinham três significados.

‘Morte’, ‘Alma’ e ‘Obedecer’.

Os outros dois pentagramas que estavam de cabeça para baixo eram o decreto de perdão, feito para garantir o sucesso do feitiço. No entanto, Kieran ainda não entendia o símbolo do escorpião ou os três pontos que eram diferentes.

Parecia que o nível de [Conhecimento Místico] não era suficiente para ele se aventurar mais. Ainda era o suficiente no momento. Ele não estava mais cego pela ignorância.

Certamente, seu conhecimento poderia ser aprimorado a um certo nível, uma vez que ele pisasse nas águas do vasto conhecimento das artes místicas. Na verdade, ele já havia incrementado isso aos seus planos.

Kieran pegou o pequeno fio extremamente fino que havia sido enrolado pelo velho Ladrão mestre.

Assim que ele segurou em sua mão, ele notou que era muito diferente de um normal. Não era apenas mais leve, mas também muito mais suave do que ele imaginara.

Ele poderia moldar a forma do fio no tamanho de uma moeda usando sua força, mas quando ele soltou, voltou ao normal. Também era mais extenso do que parecia. Kieran pegou as duas extremidades e estendeu os braços, mas mesmo assim ainda não atingiu seus limites.

O que era mais surpreendente era que o fio de metal pequeno, tão fino quanto um cabelo, tinha uma resistência à tração incrível. Mesmo com sua força atual, Kieran não conseguia separá-lo. Nem mesmo a adaga poderia cortá-lo.

Kieran voltou-se para a notificação de informação do item.

[Nome: Chave do Enganador]

[Tipo: Etc]

[Classificação: Ótimo]

[Ataques: Nenhum]

[Atributos: Precisão Nív. 2, Extensão Nív. 2]

[Efeitos especiais: Nenhum]

[Pré-requisitos: Abrir Fechaduras (Mestre), Agilidade E+]

[Pode ser levado para fora da masmorra: Sim]

[Observação: Esta chave é feita de pelos de animais muito poderosos. Foi-lhe concedido poderes mágicos por meio da alquimia e tornou-se o instrumento favorito de Carpal. Se você quiser usá-lo, certifique-se de ter as habilidades necessárias!]

[Precisão Nív. 2: Taxa de sucesso de Abrir Fechaduras aumenta em 20%]

[Extensão Nív. 2: Pode estender seu comprimento em duas vezes o seu tamanho original [Original 2 metros, comprimento total esticado 6 metros]

Um item mágico! — As observações sobre a [Chave do Enganador] explicaram exatamente o que era. — Que recompensa boa! — Kieran pensou.

Qualquer tipo de item mágico valeria tal comentário. Se o velho Ladrão mestre, cujo nome era Carpal, tivesse conseguido colocar as mãos em tal item, então ele definitivamente não era alguém com quem Kieran deveria mexer.

Kieran olhou para o velho, cujos miolos estavam espalhados por toda parte. Se o homem ainda tivesse um rosto, teria a expressão inquieta de um homem morto. No entanto, Kieran estava mais preocupado com sua massa cerebral e seu sangue, que parecia um pouco mais escuro do que o normal.

Obviamente, não era como o interior da cabeça de uma pessoa normal. O velho deve ter passado por algum tipo de modificação.

O pensamento do estranho meio-morto possuindo o corpo de Zywane surgiu involuntariamente. Carpal pode não ter atingido esse nível ainda, mas ele ainda pode ser uma pedra no sapato.

[Tiro, Balas abençoadas: Ataque Letal, infligiu 200 de dano (100 de Arma de Fogo (Arma de Fogo Leve) (Pro) x2]

[Balas abençoadas: Infligiu 200 de dano extra ao alvo de energia negativa, autenticação considerada letal. Infligiu 400 de dano ao alvo. Alvo morreu…]

[Ataque letal: Impossível defender-se com qualquer equipamento ou habilidade]

A notificação de batalha deixou Kieran saber que se ele tivesse que enfrentar Carpal, seria realmente uma luta difícil. A Constituição D- de Kieran era igual a 350 PV, então, de acordo com estes cálculos, se Carpal tivesse 400 PV, seria pelo menos uma Constituição de Rank D.

Se ele tivesse uma Constituição Rank D, suas outras estatísticas seriam semelhantes também. Levando em conta o [Conhecimento Místico] que Kieran não sabia antes, se Carpal usasse isso como um método de ofensivo, seria ainda mais difícil vencê-lo.

Felizmente, Carpal queria se livrar de Kieran da maneira mais fácil, ou talvez o caso de Zywane tivesse aumentado sua confiança e o fez acreditar que ele poderia enganar Kieran e fazê-lo cair em sua armadilha.

Outra possibilidade era que Carpal precisava de outro idiota para fazer suas tarefas para ele, o que acabou dando a Kieran a chance de matá-lo.

Depois de inspecionar o corpo de Carpal mais uma vez, Kieran manteve a lição que Carpal lhe dera em seu coração e caminhou até Starbeck, que estivera esperando em silêncio, não muito longe.

— Siga-me! — Kieran disse.

Embora Starbeck tivesse visto que Kieran havia adquirido um Livro de Habilidades especial e o que parecia ser um equipamento bastante decente, ele não era ganancioso. Ele nem sequer teve o desejo de perguntar o que era.

O objetivo de Starbeck era apenas terminar a Missão Principal e ganhar mais três meses de segurança. O que aconteceria depois desses três meses, era outra história.

Ele acabaria encontrando uma maneira de deixar este maldito jogo, e ele não seria mais levado pela sua maldita curiosidade.

Toda vez que ele lembrava que havia entrado no jogo por curiosidade, sentiu um arrependimento instantâneo por suas ações. Se ele conhecesse a verdadeira natureza do jogo, nunca teria tocado nele.

Se o arrependimento matasse… Infelizmente já era tarde demais agora. Tudo o que ele esperava era que Agente cumprisse a promessa que ele lhe fizera.

Agente tinha garantido manter seu negócio até o fim, e a compreensão de Agente de Starbeck o fez acreditar que o homem devia ter um certo nível de confiança para fazer uma promessa.

Espero que tudo corra bem! — Starbeck rezou em silêncio.

Quando ele voltou a seus sentidos, ele percebeu que estava seguindo Kieran por algum tempo. Eles já haviam chegado à praia do lado de fora da prisão de Alcatraz.

Os dois entraram em uma caverna escondida atrás de um recife. Starbeck não perguntou a Kieran como descobrira a entrada. Depois de completar quatro masmorras com homens contratados, ele sabia que alguns homens estavam destinados a ser diferentes. Eles poderiam estar em casa dentro do maldito jogo, enquanto o resto dos jogadores eram mortos enquanto o jogo avançava.

Se não fosse por seu passado rico, Starbeck também poderia ter morrido há muito tempo. Ele sabia que tinha que confiar na riqueza de sua família para se manter vivo.

— Pare!

A voz de 2567 chegou aos ouvidos de Starbeck. Ele parou e viu Kieran observando cuidadosamente os arredores. Starbeck não pôde deixar de suspirar.

Ele viu as sombras de muitos outros veteranos em Kieran. Calma, precisão, coragem e com uma quantidade suficiente de sorte. Eram todas as virtudes que ele nunca tivera, embora depois dessa masmorra, ele também pudesse ser considerado um veterano.

O veterano mais fraco de todos os tempos. — Starbeck pensou com um sorriso amargo.

Kieran não notou seu sorriso. Sua atenção estava focada no caminho escuro à sua frente.

O lugar onde ele estava era o prédio principal da prisão de Alcatraz. Bastaria apenas um movimento do interruptor diante dele para ele chegar ao primeiro andar da área das celas. No entanto, não foi isso que capturou a atenção de Kieran. O que ele estava olhando era o enorme portão no final da passagem.

Obviamente, não era o que ele imaginara. Ele pensou que seria um lugar que Gilfren Hatch havia desenterrado temporariamente para completar seus planos, mas o caminho e o portão já estavam lá há muito tempo.

Foi apenas uma coincidência que Gilfren Hatch descobriu o lugar quando ele foi preso, e decidiu usá-lo em seu plano.

O que estava por trás desse portão, então?

O coração de Kieran se encheu de curiosidade.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

6 Comentários

  1. É meio um furo esse Starbeck não ter adquirido uma habilidade que lhe dê mais coragem ou confiança. Existe habilidade pra tudo, ele deveria ter procurado pelo menos alguma nesse estilo.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!