Arifureta Zero – Volume 1 – Capítulo 2 (Parte 11 de 22)

— Uoo!? — O cavaleiro caiu de cara no chão.

Os outros cavaleiros arrumaram rapidamente suas fileiras e investiram.

Oscar se virou para os cavaleiros e apontou seus óculos para eles. Eles emitiram um clarão ofuscante de luz. Eles eram mais um de seus artefatos: Óculos de Obsidiana. Ele compactara uma multiplicidade de características dentro da armação e das lentes. Uma pessoa como ele não usaria apenas um óculos velho.

— Meus oooooolhos! — Quando os cavaleiros cambalearam, Oscar pegou facas de arremesso e arremessou. Essas não explodiram. De fato, um único olhar era o suficiente para dizer que eram todas diferentes das anteriores. Enquanto voavam, as facas começaram a brilhar de vermelho.

Elas eram mais um de suas armas encantadas, Facas Abrasadas. Elas cortaram através das armaduras dos cavaleiros como, bem, uma faca quente em manteiga. O calor derreteu qualquer carne que entrou em contrato.

Parecia que suas armaduras acabaram de passar por um alto-forno. O calor era grande o suficiente que derreteu as facas também, e os cavaleiros gritaram de agonia enquanto metal fundido queimava eles até a morte.

Os cavaleiros restantes recuaram de medo, mas Oscar nem sequer olhou para eles. Seu foco estava no cavaleiro bem no fundo. Aquele que estava entoando um feitiço.

— Morra, seu monstro! — O cavaleiro que Oscar derrubou antes ficou de joelhos e golpeou em direção ao pé de Oscar.

Oscar estendeu a mão esquerda em direção ao cavaleiro que entoava enquanto bloqueava habilmente o golpe do cavaleiro ajoelhado com seu guarda-chuva.

Houve um tinido metálico inesperado quando a espada se chocou no guarda-chuva de Oscar.

— Que tipo de guarda-chuva é esse!? — Era, claro, outro artefato. Ele fora encantado com fortalecimento de corpo, e feito com uma liga dos metais mais duros que existiam.

Evidentemente, ele não disse isso ao cavaleiro. Não era só o cabo que era superduro, também. A parte que deveria tampar a chuva e era normalmente feita de tecido, foi na verdade também constituída de malha de metal. A coisa toda pesava uns bons oito quilos.

Isso a tornava uma bela arma de contusão. Oscar não sentia o seu peso já que usava fortalecimento corporal, mas o cavaleiro definitivamente podia.

Oscar moveu o pulso, girando o guarda-chuva na mão. Então, ele bateu o cabo no pescoço do cavaleiro.

— Uwah, o quê!?

— Guaaah!?

O golpe jogou o cavaleiro inclinado no caminho de um outro cavaleiro, que estava prestes a apunhalar Oscar. Em vez disso, ele acabou por esfaquear seu camarada. Infelizmente, o cavaleiro havia fortalecido sua espada com magia de luz na esperança de acabar com Oscar com um só golpe. Sua espada fortalecida acabou por perfurar a armadura de seu camarada, o matando instantaneamente.

Ao mesmo tempo, o cavaleiro na parte de trás gritou.

Os poucos cavaleiros restantes se viraram para ver que ele fora despido e preso da cabeça aos pés por correntes finas.

Havia um lingote de algum tipo de metal aos seus pés, e fumaça branca se erguia de seu corpo.

Após uma inspeção atenta, os cavaleiros notaram centelhas elétricas percorrendo as correntes.

As correntes foram mandadas por Oscar, é claro. Quando ele apontara o braço esquerdo para o cavaleiro, as correntes voaram de sua manga.

Ainda outro dos seus artefatos, Correntes Metamorfas. Em geral, Sinergistas só poderiam transmutar coisas que tocavam diretamente, ou coisas que estavam em uma pequena distância do que estavam tocando diretamente. As correntes ajudavam a superar essa limitação. Elas eram feitas de pedra espiritual, então ele poderia controlá-las à distância, e elas permitiam a Oscar transmutar precisamente qualquer coisa que estivesse tocando.

Tal feito divino só foi possível graças a combinação das capacidades excelentes de transmutação de Oscar e os artefatos que criou.

Sem um encantamento, Oscar transmutou a armadura do cavaleiro em lingotes de metal, depois ativou a magia de relâmpago que encantava as correntes.

— Peguem-no com magia! — Agora eles perceberam que ele possuía uma miríade de armas. Quatro deles já tinham sido mortos. Esse já não era o momento para agir com arrogância. Eles precisavam levar essa ameaça a sério.

Eles entraram em uma formação adequada. A vanguarda o manteria afastado enquanto a retaguarda preparava seus feitiços.

No tempo que levou para eles entrarem em formação, Oscar sacou outras três facas de arremesso e as jogou na fileira de trás.

— Não pense que isso irá funcionar de novo com a gente!

A vanguarda deteve suas facas. Dado que essas facas não começaram a aquecer, os cavaleiros presumiram que eram do tipo explosiva. Eles pensaram que podiam resistir a explosão e arriscaram lhes abater.

Sua decisão imediata foi verdadeiramente louvável. Se essas fossem as mesmas facas que Oscar jogara antes, poderia até ter sido um bom plano.

— A previsão para hoje é chuva concentrada com possibilidades de granizo. Tenham cuidado quando andar no subsolo. — Oscar ergueu seu guarda-chuva sobre sua cabeça. Ele brilhou em dourado com sua mana, e um segundo depois começou a jorrar água da cobertura do guarda-chuva.

Era uma visão estranha, ver um guarda-chuva criar chuva em vez de proteger contra ela. Os cavaleiros não ligaram e investiram após avaliar que a água não era uma ameaça.

— Cuidado por onde andam.

— Magia de gelo!? Quando ele lançou isso!?

— As facas! Elas estavam encantadas!

Bingo! As facas que ele jogou dessa vez eram as armas encantas: Adagas de Gelo. Elas congelavam a área ao redor do que atingiam. A água com a qual Oscar os encharcou tinha amplificado seus efeitos.

Os três cavaleiros na vanguarda tiveram suas pernas congeladas e não conseguiam se mexer.

— Mas agora você já era! — A retaguarda terminara de entoar seus feitiços.

Eles seguravam suas espadas no alto, com seus corpos rodeados por uma aura radiante de mana. Seu alvo não era Oscar, mas Ruth. Dessa forma, Oscar não seria capaz de esquivar.

— Tome isso, herege! Trema perante o poder da técnica suprema dos cavaleiros templários! — Oscar se ajoelhou na frente de Ruth e esticou seu guarda-chuva. Era hora de descobrir se seu escudo poderia suportar o ataque mais forte dos cavaleiros templários.

— Raio Celestial! — Essa era a técnica que os cavaleiros eram mais conhecidos. Três ondas de choque revestidas com a fúria de Ehit avançou em direção a Oscar. Ser capaz de usar essa habilidade era o requisito para se tornar um cavaleiro templário.

Raio Celestial era um feitiço de luz de ranque avançado. Era tão poderoso que poderia atravessar barreiras de ranque similar.

E Oscar enfrentava três ao mesmo tempo. Todos esperavam que ele morresse.

— Aniki!

— Está tudo bem.

Ruth estava morrendo de medo, mas Oscar estava tão calmo como sempre.

Buuuuuuuuum… As ondas de choque colidiram em seu guarda-chuva. Houve sulcos no chão por onde elas passaram.

— Esse feitiço pode derrubar até mesmo barreiras de ranque avançado. Não importa se você fez esse guarda-chuva de azantium. Não tem como você suportar três desses ao mesmo… tempo? — O cavaleiro abaixou a espada quando falou. No fim, a voz dele já tremulava.

— Essa é a primeira vez que testei isso contra um Raio Celestial de um Cavaleiro Templário, mas eu deveria saber que Solo Consagrado conseguia aguentar. Valeu a pena ter gastado três dias inteiros criando isso. — Oscar estava completamente ileso. Seu guarda-chuva nem sequer arranhou. De fato, ele brilhava mais do que tivera os Raios Celestiais.

Ele o encantara com o feitiço de barreira mais forte conhecido pelo o homem, Solo Consagrado. Levara três dias inteiros para encantar o guarda-chuva de azantium com ele. Oscar não tinha aptidão para magia de luz ou magia defensiva, por isso levou muito mais tempo do que qualquer coisa, mas o resultado foi o escudo mais forte que já viu.

O guarda-chuva também não era só feito de azantium. Era uma liga composta que incluía vedapedra nela também. A liga por si mesma era quase indestrutível. Combinada com o feitiço de barreira, se tornou verdadeiramente invencível.

— Impossível… Sem chance! O que em nome de Ehit é você!? — O gelo que prendia a vanguarda no lugar derreteu, e em pânico, os cavaleiros prepararam para investir novamente. Eles perderam a capacidade de pensar direito depois de ver Oscar repelir casualmente seu ataque mais forte.

KakaSplatT
☦ Death To The World ☦

3 Comentários

  1. Estou adorando esses brinquedinhos de Oscar 🤩

    Muito obrigado pelo capítulo 🙇🏻‍♂️😁

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!