Arifureta – Volume 1 – Capítulo 4 (Parte 13 de 18)

Cansado do drama de amantes deles, a Hidra rugiu furiosamente, recordando os dois de sua presença com uma barragem de vento, fogo e gelo. Os dois saltaram de trás do pilar, depois começaram seu contra-ataque.

— Zagaia Carmesim! Açoite de Força! Saraivada Glacial! — Yue desencadeou feitiço atrás de feitiço. Lanças de fogo, tornados espiralando criados a partir da força de um vácuo e agulhas de gelo assolaram a Hidra um após outro.

Ela tinha visado pelo momento certo depois das cabeças terem terminado seus ataques, quando elas estavam mais vulneráveis. Uma barragem de magia choveu sobre as cabeças vermelha, azul e verde. A amarela tentou cobrir elas, mas depois reparou que Hajime estava disparando na branca, e rugiu furiosamente quando foi forçada a voltar para proteger sua curandeira.

— Graaaaaaaaaaah! — Ela bateu em uma coluna próxima, transformando a pedra em um escudo improvisado. Parecia que a cabeça amarela tinha uma habilidade semelhante à do escorpião. Embora não fosse nem de longe tão poderosa.

O primeiro feitiço de Yue pulverizou o escudo, permitindo que os dois últimos assolassem as cabeças desprotegidas da Hidra.

— Graaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah! — As três cabeças gritaram em uníssono. A cabeça preta se virou para Yue quando os feitiços cessaram e lançou sua magia de medo nela de novo.

Ela pôde sentir o mesmo medo e desconforto surgindo nela. Mas, dessa vez, a memória do beijo de Hajime a tranquilizou. O medo foi varrido e substituído por algo quente enquanto a cabeça preta tentava a deter.

— Isso não vai mais funcionar em mim! — Como a sua função atual era apenas cobrir Hajime, ela focou mais em bombardear a Hidra continuamente com feitiços, não se preocupando muito com a força deles. As cabeças vermelha, verde e azul se recuperaram e começaram a atacar novamente, mas Yue foi capaz de pegar todas as três de uma só vez. Ela neutralizava a barragem das cabeças com sua própria magia e muitas vezes teve tempo suficiente para mandar um ataque também.

Hajime se aproximou da Hidra enquanto as três cabeças atacantes estavam ocupadas com Yue. Ele não podia deixar elas bloquearem seu primeiro tiro, já que era provavelmente tudo o que iria conseguir.

Percebendo que sua magia de medo não estava funcionando em Yue, a cabeça preta se virou para Hajime. Medo e desconforto começou a brotar em seu peito, e visões dos seus primeiros dias no inferno surgiram em sua mente. Ele se lembrou da dor e fome que havia sofrido no início quando tinha caído no abismo. No entanto…

— E daí! — Isso era um passado que ele havia há muito superado. Ele tinha sofrido tanto que tal dor não significava mais nada para ele. Ele explodiu indiferentemente a cabeça preta com Donner.

A cabeça branca começou a curá-la de novo, mas antes que pudesse terminar de restaurar a cabeça preta, Hajime saltou nela com uma combinação de Aerodinâmica e Passo Supersônico. Depois disso, ele puxou Schlagen de suas costas e aconchegou ele em sua axila.

A cabeça amarela se moveu para bloquear Hajime, mas ele já tinha predito esse esforço.

— Vou apanhar vocês duas então! — Ele ativou seu Campo Elétrico, e houve uma breve centelha vermelha quando a bala inflamou. Essa bala especializada era uma revestida de metal, feita com um núcleo de taur e revestida com o mesmo material que compôs a carapaça do escorpião, shtar. Uma vez que shtar se endurecia com magia, o Campo Elétrico reforçava ainda mais sua força destrutiva. Suas balas do fuzil também tinham muito mais pedraplosão acondicionada, e houve uma mini-explosão quando a bala avançou como um foguete.

Boom! Houve o som de um disparo de canhão, e sua bala especial vermelha disparou pelo cano longo de 1,5 metros, ganhando velocidade enquanto passava. A bala acelerada eletricamente era facilmente quatro a cinco vezes mais poderosa que o disparo com poder total de Donner. Essa bala minúscula acondicionava mais força que uma bala de navio de guerra. A criação de tal arma temível só foi possível devido à sua magia especial e aos minerais superduros encontrados nesse outro mundo.

A única coisa que poderia se comparar àquilo seria um laser muito poderoso. A bala queimava o ar enquanto passava, indo direto para a cabeça amarela.

A cabeça amarela tinha a sua própria versão alterada de Pele de Diamante de Hajime, mas a bala ainda assim a atravessou como se não fosse nada mais que papel. A bala perfurou a cabeça amarela, perfurou a branca por trás dela e explodiu na parede por trás delas. Todo o chão da masmorra tremeu com o impacto.

Quando a poeira se dispersou, tudo o que restava era os restos das suas cabeças derretidas, que tinham de alguma forma se fundido, e um buraco tão profundo na parede que Hajime não conseguia ver onde terminava.

As três cabeças restantes se esqueceram momentaneamente de continuar a lutar, e ficaram olhando boquiabertas de espanto o que tinha acontecido às suas camaradas.

Hajime pousou levemente no chão e ejetou a cápsula gasta de Schlagen. O invólucro vazio caiu no chão com um tilintar, e as três cabeças se lembraram repentinamente da situação em que estavam. Todas elas olharam com aversão para Hajime, mas o oponente que eles estiveram engajados até agora não era um que eles pudessem se dar ao luxo de tirar os olhos.

— Julgamento do Senhor do Trovão. — Feixes de mana dourada voaram loucamente ao redor da princesa vampira. Hajime testemunhou a força avassaladora que a família dela tinha temido tanto a ponto de a terem selado. A magia dela caiu sobre eles como o julgamento de Deus.

Seis esferas de eletricidade circundaram as três cabeças restantes. Elas ficaram no ar por um momento antes de dispararem raios umas nas outras, conectando as seis esferas em um anel enorme de eletricidade. Uma esfera nova se formou no centro do anel, tão grande quanto todas as outras.

Elas ficaram assim, como um Partenon feito de eletricidade, brilhando mais que o sol. O templo fulgurante de eletricidade liberou seu poder com a força de mil sóis.

Bzzzt! A esfera de eletricidade do centro pulsou, e tudo envolto pelo templo foi atingido com milhões de volts de eletricidade. As três cabeças restantes tentaram fugir desesperadamente, mas o anel exterior agiu como uma prisão, prendendo elas em seu inferno elétrico. Um clarão imenso foi seguido por um bum ensurdecedor, como se a própria ira de Deus caísse sobre elas.

Em segundos, o feitiço de Yue reduziu as cabeças restantes a cinzas. Elas morreram gritando de agonia, incapazes de fazer qualquer coisa para resistir.

Yue caiu no chão como ela sempre fez depois de lançar um feitiço poderoso. Ela estava ofegando bastante e tinha retornado a sua expressão inexpressiva habitual, mas seus olhos brilhavam com satisfação. Ela fez para Hajime um sinal positivo com o polegar. Sorrindo, ele devolveu o sinal. Ele arrumou sua mão em Schlagen, depois começou a ir até Yue.

Todavia, um instante depois…

— Hajime! — Ele ouviu um grito apavorado. Sentindo a urgência na voz dela, ele se virou para ver o que ela estava olhando, e viu que uma sétima cabeça havia crescido dos restos do corpo da Hidra. Ela estava olhando diretamente para Hajime. Ele se enrijeceu reflexivamente.

A sétima cabeça, que tinha um padrão prata gravado em sua testa, deslocou seu olhar de Hajime para Yue, e sem aviso prévio, disparou uma aurora de luz cor de arco-íris nela. A aurora percorria a distância entre a cabeça e Yue a um ritmo alarmante. Ela tinha esgotado toda sua mana e não conseguiria desviar a tempo.

Hajime moveu seu olhar da cabeça para Yue, e calafrios percorreram sua coluna. Sem pensar, ele avançou à frente.

Tal como quando ele tinha corrido para a salvar da cabeça azul. Hajime conseguiu chegar até ela antes que a aurora pudesse a eliminar da face do planeta.

Contudo, as coisas não acabaram tão fortuitamente quanto da vez com a cabeça azul. A luz engoliu Hajime todo. Mesmo depois dele ter absorvido a maior parte do ataque, as ondas de choque foram suficientes para jogar até Yue para trás.

Depois da luz cessar, Yue forçou seu corpo dolorido a se levantar. Ela olhou freneticamente em volta, procurando por Hajime.

Ela o viu parado no mesmo lugar que ele esteve antes do ataque o atingir. Ele estava lá desafiadoramente, com fumaça subindo do seu corpo. A casca queimada de Schlagen escorregou dos seus dedos, e caiu no chão. A parte inferior já tinha se fundido com o chão abaixo.

— H-Hajime?

— ……

Não houve resposta. E de repente, ele desabou no chão.

— Hajime! — Ignorando os protestos do seu corpo, Yue tentou desesperadamente correr até Hajime. Entretanto, seu corpo exausto não conseguiu continuar, então ela tropeçou. Ela reprimiu sua impaciência e se forçou a beber um frasco de Ambrósia. Quando ela sentiu um pingo de sua força regressar, ela se levantou para voltar a correr até Hajime.

Ele estava deitado no chão de barriga para baixo, com sangue se amontoando debaixo dele. Sua Pele de Diamante não fora capaz de o proteger completamente. Se ele não tivesse usado Schlagen — que foi feito da carapaça do escorpião — como escudo, ele provavelmente teria morrido.

Ela o rolou gentilmente de barriga para cima, então se engasgou quando viu seus ferimentos. Seus dedos, ombros e axilas foram todos queimados, e ossos brancos espreitavam para fora do que sobrou da pele e músculo. Todo o lado direito do seu rosto também tinha sido chamuscado, e havia sangue pingando da sua órbita ocular direita queimada. A única coisa que tinha salvado suas pernas de sofrer o mesmo destino foi provavelmente o ângulo do ataque.

Yue tentou forçar apressadamente um pouco de Ambrósia na garganta dele, mas a Hidra já estava preparando seu próximo ataque. Dessa vez, ela disparou uma barragem de bolas de luz de dez centímetros de largura. Era uma espécie de metralhadora Gatling da cor do arco-íris.


KakaSplatT
☦ Death To The World ☦

10 Comentários

  1. Que coisa roubada. É simples assim, é? Só sendo aniquilado e brotando mais uma. Nem me preocupo com o Hajime, protagonista foram feitos para durar. Obrigado pelo capítulo ^-^

  2. Porra, quando o protagonista terminar o labirinto ele vai estar só os pedaços kkkk, antes foi um braço, agora um olho.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!