Arifureta – Volume 2 – Capítulo 3 (Parte 6 de 11)

Enquanto conversavam, houve um barulho sinistro, e os degraus se achataram formando um escorregador. Era uma escada bem íngreme, então eles não conseguiriam manter seu equilíbrio facilmente. Para piorar, um líquido negro escorregadio começou a sair de buracos minúsculos na escada.

— Kuh, droga! — Hajime transmutou rapidamente as placas de metal em suas botas em espigões, bem como os dedos de seu braço artificial. Graças a isso, ele conseguiu por pouco manter o equilíbrio. Yue havia saltado em direção a Hajime em fração de segundos antes de cair, então ela foi apoiada por ele com segurança. Ela previu corretamente que ele iria se preparar. Os dois passaram tempo suficiente juntos para serem capazes de entender os movimentos um do outro.

Infelizmente, a última adição de seu grupo não estava em sincronia tão perfeita. Shea falhou em prever que Hajime iria se prender.

— Ugyaaaaah!? — Sem nada para apoiá-la, ela tombou no escorregador, acertando a parte de trás da cabeça no chão. Ela soltou um grunhido de dor, e em poucos segundos estava coberta com todo aquele lubrificante que surgiu. A gravidade fez o seu trabalho, e ela deslizou com a virilha, bem no rosto de Hajime.

— Buh!? — A força do impacto deslocou o braço esquerdo de Hajime da parede que se apoiava, e ele caiu para trás, com a mão direita ainda segurando Yue. Seus espigões nas botas também saíram, então ele deslizou de cabeça para baixo no escorregador. Shea montava em cima dele enquanto escorregavam.

— Sua coelha estúpida e desastrada! Sai já de cima!

— Xinto muitu, mas não possu me muver.

Eles começaram a deslizar ainda mais rápido. Hajime se esforçava para parar seu movimento com seus espigões, mas eles estavam rápidos demais para fazer algo. Mudando de plano, ele então tentou transmutar a escada diretamente, mas a dissipação de mana era forte demais e ele não conseguia.

Shea finalmente se esforçou para ficar em uma posição sentada. Ela agora estava cavalgando em Hajime como em um cavalo.

— Use a estaca de Drucken em algum lugar para nos parar! — gritou Hajime. Uma das artimanhas que adicionara em Drucken de Shea era uma estaca que poderia se estender do martelo. Ele queria lhe dar uma arma perfurante também, no caso de ela precisar. Uma estaca bem grande ainda poderia parar potencialmente sua queda.

— C-certo, deixa isso para… Espera, Hajime-san! Olhe, um caminho! — Shea se moveu para pegar Drucken, mas então parou de repente.

Isso foi tudo que ela precisou dizer para Hajime entender. Esse escorregador estava tentando lançá-los para algum lugar.

— Yue!

— Está bem!

Hajime chamou por Yue. Ele não precisou dizer mais nada, uma vez que ela imaginava suas intenções.

— Segure firme, Shea!

— E-está bem! — Shea se agarrou em Hajime.

O escorregador chegou a um fim abrupto, e por um momento todos ficaram suspensos no ar, sem peso. Yue tirou vantagem dessa fração de segundo.

— Corrente Ascendente! — Esse era um dos feitiços de vento mais básicos. Era usado normalmente para aumentar o poder do salto. Praticantes habilidosos poderiam usá-lo para emular voo por um curto período. Mas nessa masmorra, a magia era prejudicada. Até mesmo Yue só podia mantê-los flutuando por poucos segundos.

— Mais do que suficiente — disse Hajime triunfantemente. Esses poucos segundos eram tudo que precisava para analisar seu redor. Yue fez mais do que o bastante.

Com duas garotas ainda agarradas nele, Hajime apontou seu braço artificial para o teto. Ele verteu um pouco de mana nele, e com um chiado pneumático, um fio com um gancho ligado disparou de seu punho. Ele se incrustou no teto e os segurou rapidamente.

Hajime soltou um suspiro de alívio quando viu que o gancho não estava se soltando. Todos os três ficaram ali pendurados, segurados por um único fio fino. Eles arriscaram um olhar para o que estava abaixo deles, e logo se arrependeram.

Shhh… Sss… Clac… Fuuush… Shhh… Havia um poço de escorpiões bem debaixo deles. Eles possuíam apenas cerca de dez centímetros de comprimento. O escorpião que Hajime enfrentou no labirinto de Orcus provavelmente era mais perigoso, mas ver tantos deles rastejando era mentalmente mais prejudicial. Arrepios percorreram seus braços ao perceber que um único fio era tudo o que o separava do inferno de escorpiões.

— …… — Todo mundo ficou calado. Ninguém queria pensar no que o esperava abaixo, então todos olharam sugestivamente para o teto. Quando fizeram, eles perceberam que letras estavam se formando nele. Eles já sabiam o que esperar, mas leram a mensagem mesmo assim.

A picada desses escorpiões não é venenosa, mas vão lhe paralisar. Espero que gostem de dormir com os meus bebezinhos fofinhos por um tempo. Buhaha…

Ela deve ter feito a linite que continha a mensagem especialmente densa, já que brilhava mais intensamente do que seu redor. Qualquer um que caísse estaria condenado a ficar lá deitado, paralisado, enquanto os escorpiões corriam pelo seu corpo debruçado. Eles tentaram desesperadamente esticar suas mãos até o teto só para encontrar essas palavras.

— …… — O silêncio continuou, mas por uma razão diferente dessa vez. Todos estavam tentando desesperadamente não esbravejar com a provocação de Miledi.

— Hajime, ali.

— Hum?

Notando alguma coisa, Yue apontou para um local abaixo dele. Havia um túnel pequeno lá.

— Um túnel… O que acha que devemos fazer? Podemos escalar de volta, ou podemos ver o que há lá embaixo.

— E-estou de acordo com o que decidir, Hajime-san. Tudo o que faço é piorar as coisas para nós, então…

— Não se preocupe, vamos te punir adequadamente por isso quando sairmos daqui.

— Agora estou preocupada! Não podia ter parado apenas no “não se preocupe”!?

— Que insolente. Sua punição será dobrada.

— Você também, Yue-san!? Meu, não vou ser capaz de ter descanso nem depois de acabarmos com esse lugar.

Hajime e Yue foram tão impiedosos como de costume.

— Haah, se ao menos pudesse usar a sua Visão do Futuro para nos mostrar para onde ir…

— Hum, ainda não sou tão boa com isso. Eu tenho praticado, mas…

Visão do Futuro era a única magia especial que Shea podia usar. Ela permitia que Shea pudesse ver um dos futuros potenciais que poderia se desdobrar. Mas por causa de quanta mana era necessária, ela só poderia usar uma vez por dia. E devido a sua força ser dependente de seu fortalecimento de corpo, sem mana ela era apenas uma coelha inútil. Ela praticava quando tinham tempo, reduzindo a quantidade de mana necessária pouco a pouco, mas… ela ainda tinha um longo caminho a percorrer antes de dominar a técnica.

— Bem, não há razão para reclamar do que não temos. Prefiro continuar avançando, então vamos verificar o túnel.

— Está bem.

— Tudo bem por mim.

Hajime disparou outro gancho do braço, e foi até o túnel igual Tarzan.

O túnel, como o resto do labirinto, era iluminado por linite. Ele não parecia se ramificar tanto quanto poderiam ver, e continuaram em frente. O fato de que não existia nenhuma única curva era suspeito. Ou talvez o constante assédio de Miledi acabou deixando todos paranoicos.

Cautelosamente, o grupo seguiu a passagem. Eles continuaram por algumas centenas de metros sem incidentes. A total uniformidade do túnel dificultava avaliar a distância com precisão. Tudo estava tão inalterável que eles começaram a se perguntar se não estavam apenas andando no mesmo lugar.

Assim que eles começaram a ficar desconfiados, houve uma mudança na monotonia, como se a caverna tivesse previsto suas inquietações. Havia um cômodo espaçoso mais adiante. O grupo relaxou um pouco, avançando apressadamente para o local… só para ouvir o som familiar de outra armadilha ativando.

— O que é agora… Oh, o teto.

— Shea.

— E-está bem!

Todo mundo olhou para o teto e viu que estava descendo lentamente até eles. Era clichê, tanto quanto as armadilhas eram, mas como a magia deles estava praticamente selada, era bastante eficaz.

Do corredor, teria parecido que o cômodo tivesse desaparecido de repente e sido substituído por uma parede. Eis quão rápido o teto descera. O corredor do qual eles vieram era agora um beco sem saída.

Silêncio preencheu o local.

KakaSplatT
☦ Death To The World ☦

3 Comentários

  1. Isso é um mega labirinto, isso sim!

    Muito obrigado pelo capítulo Kaka 🙇🏻‍♂️😁

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!