CdMD – Capítulo 84

O Tempo de Espíritos do Mal e Tempestades – parte 1

Um grupo grande de Salteadores cercou a Rocha do Poder Celestial. Eles não pareciam ser um grupo comum. Zin e Ramphil sabiam que um Abatedouro não conseguiria enviar tantos Salteadores, o bastante para parecer um exército inteiro.

O quarteto estava bem longe e não seriam avistados da posição deles na colina. 

— É o Grupo. — Zin disse. Ramphil assentiu concordando. Leona e Cho-Yul saíram do veículo armado para observar a situação. Cho-Yul ficou nervoso quando ouviu a palavra “Grupo”.

Ele sentiu a “Estrela do Desastre” e sabia que seu caminho se cruzaria com o de SoSeoLan em algum ponto. Entretanto, ele não esperava que o encontro fosse acontecer tão rápido. 

— Parece que eles possuem negócios com o Castelo do Poder Celestial. — Zin disse.

— É impossível! Sem chance da SoSeoLan saber sobre o castelo. Meu mestre só contou para mim.

O imperador construiu o castelo quando ele não havia se associado ainda com outros caçadores de imortais. O templo do Poder Celestial e os caçadores de imortais não tinham ligação entre eles e caçadores raramente visitavam. Pouca gente sabia sobre o selo do imortal. Goo-Yun só contou a Cho-Yul sobre a existência do templo e sua localização. Ele sabia da ambição de SoSeoLan e, dessa forma, não contou a ela sobre a existência do templo.

A situação atual onde o Grupo liderado por SoSeoLan cercava o templo era estranha. Cho-Yul não sabia o que estava acontecendo.

— Provavelmente não estão atrás do Vento Celestial. — Zin explicou. 

— O quê?

— O templo do Poder Celestial é o coração da feitiçaria. É um ponto estratégico.

A Pedra do Poder Celestial ficando acima na terra parecia ambos grandiosa e suspeita ao mesmo tempo. O Grupo estaria interessado em tomar o lugar mesmo se eles não soubessem da existência de feiticeiros.

Parecia que a Asura não estava ciente do poder que a Pedra do Poder Celestial possuía. Não era uma coincidência que o Grupo estava planejando tomar o castelo. Sua aparência e importância como um local estratégico tornava isso inevitável. 

— De todas as horas. Que inconveniência. — Ramphil murmurou com uma expressão irônica. Apesar de possuírem um veículo armado Armígero, os Salteadores estavam armados até os dentes.

Zin e Ramphil continuaram a observar os movimentos do Grupo.

— Eles vieram bem preparados. 

Eles estavam armados com artilharia pesada assim como lançadores de granadas e bombas. O acampamento deles também estava numa posição boa. Um veículo armígero seria destruído em questão de segundos se os Salteadores começassem a atirar seus lança mísseis. 

A Pedra do Poder Celestial possuía duas vantagens estratégicas principais. Primeiro, ela estava bem acima do chão, dando uma visão melhor dos arredores. Segundo, era um lugar ideal para fazer feitiçaria, o que beneficiaria a líder do Grupo, SoSeoLan. Se ela controlar o templo, então poderia utilizar feitiçaria mais forte. 

— Nós não podemos negociar com eles? — Leona perguntou, se deitando perto de Zin. — Se nós contarmos que um imortal está selado na rocha, eles não iriam correr?

— Eles são um grupo difícil de se negociar. — Ele respondeu. — Vai ser quase impossível. Eles são um exército de Salteadores malucos no final das contas.

O exército de Salteadores era bem ser provável cruel e violento. Eles atacariam assim que o quarteto entrasse no alcance deles. Se aproximar deles seria um ato de loucura. Eles tinham que pensar em um jeito de fazer os Salteadores recuarem.

— Estranho. Apesar de estarem acampados perto da rocha, eles não podem fazer muita coisa. — Zin notou.

Os Salteadores achariam extremamente difícil escalar o penhasco. Mesmo se escalassem, os residentes do castelo poderiam facilmente chutá-los para baixo.

Adicionalmente, o castelo era auto-sustentável e os residentes poderiam sobreviver mesmo se os Salteadores fizessem um cerco ao redor. Eles não poderiam matar de fome o castelo até se renderem.

Zin e Ramphil monitoraram o acampamento bem de perto.

Conquistar o castelo era um feito difícil, mas destruí-lo seria fácil.

Os Salteadores estavam fazendo buracos no penhasco com uma broca. 

— Malditos loucos! — Zin xingou quando viu suas ações.

— Eles vão destruir o penhasco todo? — Ramphil perguntou.

— Parece que sim.

Zin começou a pensar enquanto observava as ações dos Salteadores.

O Grupo está tentando tomar o Castelo do Poder Celestial. Eles possuem lança-mísseis, fuzis e granadas. Planejam destruir o lugar se não conseguirem tomá-lo. Isso é mais uma ameaça. Eles estão tentando fazer o castelo se render. Se a Pedra do Poder Celestial ruir, há um risco do selo do imortal quebrar. Isso vai ser um problema enorme.  O templo do Poder Celestial não conseguirá lidar com tantos Salteadores. Nós não podemos negociar com eles. Provavelmente, eles não vão nos ouvir, mas nós não podemos sobrepujar eles. A SoSeoLan está lá? Eu não estou certo, mas parece que ela não está. Isso é bom.

O quarteto seria capaz de entrar no castelo se eles afastassem o inimigo. O único jeito de fazer isso era lutar contra os Salteadores, mas a vitória era incerta. O quarteto poderia atacar com a arma de plasma do veículo armado, mas os Salteadores iriam focar os tiros deles nisso.

Ao mesmo tempo, eles não poderiam esperar.

Zin continuou a pensar. 

Nós não precisamos matar todos. Nós só precisamos fazer eles recuarem. Se nós matarmos eles, mais Salteadores virão. Vai ser melhor afastá-los com um tempo ruim. Se SoSeoLan não está aqui, eles não vão conseguir contra-atacar com feitiçaria. Parece que nós vamos precisar da ajuda do Cho-Yul aqui.

Depois de analisar a situação, Zin olhou para Cho-Yul, que estava assistindo nervoso a cena. 

— Você tem trabalho para fazer. — Zin disse. 

— Qual trabalho? — Cho-Yul perguntou.

— Envie uma tempestade para eles. Eu estou certo que vão fugir se houver raios acertando eles. Você pode fazer isso mesmo sem o Vento Celestial, certo?

Não seria muito problemático para uma feiticeiro perito como Cho-Yul chamar uma tempestade. Ele poderia lançar uma tempestade mais forte com o amuleto, mas não era impossível chamar uma mais fraca. 

Cho-Yul pensou por um tempo conforme Zin falava com ele. Logo depois, assentiu com uma expressão séria. 

— Eu vou tentar.

Fazer os Salteadores recuarem com uma tempestade era a melhor opção no momento. O quarteto só podia contar que os Salteadores iriam embora quando encarassem um clima tempestuoso.

Ramphil e Leona se recusavam a acreditar que Cho-Yul podia chamar uma tempestade quando o céu estava limpo. Cho-Yul se preparou para fazê-lo.

Os Salteadores estavam focados em cavar o penhasco e não foram capazes de notar o que estava acontecendo.

— Você precisa de algo para o feitiço?

Leona sabia que fazer feitiçaria precisava de preparação invocar uma tempestade provavelmente não era coisa fácil.

Entretanto, Cho-Yul lavou uma lata de ração-C vazia e a encheu com água. Quando Leona viu a lata de água com óleo flutuando na superfície, ela pensou que parecia misteriosa. 

— Conforme um feiticeiro se torna mais habilidoso, eles precisam de menos tempo preparando e de materiais. — Zin respondeu a pergunta não dita de Leona. Cho-Yul era um feiticeiro perito, logo não precisava de muita preparação. Leona assentiu.  

— Eu não esperava que água benta seria substituída com água em uma lata de ração-C. — Zin estalou sua língua impressionado.

Cho-Yul rezou na frente da lata de água com óleo. Geralmente, feiticeiros rezavam em frente de uma tigela com água pura a fim de preparar o feitiço deles. Usar água com óleo em vez de água benta era bem impensável. 

— Nós não temos os itens apropriados para a reza ou alguma outra opção. — Cho-Yul explicou, então fechou seus olhos. 

Sua expressão se acalmou enquanto se preparava para invocar a tempestade.

— Não vamos perturbá-lo. — Zin aconselhou.

Os três se afastaram de Cho-Yul e continuaram a observar o Grupo. Os Salteadores ainda estavam cavando buracos na rocha. Se eles detonassem múltiplas bombas lá, a Pedra do Poder Celestial ruiria. 

— É difícil chamar uma tempestade? — Leona perguntou,  curiosa. 

— Bom, fazer um ritual para pedir chuva é uma coisa comum para feiticeiros. Devia ser simples.

— Qualquer feiticeiro pode fazer então. 

— Há um ditado, — Zin disse, sorrindo amargamente — que o ritual para fazer chover vai durar até chover. 

— O ritual não é difícil de fazer, mas se for feito por um amador, o ritual vai levar mais tempo para surtir efeito. A maioria das vezes, chuva natural vai cair antes do ritual funcionar. 

— Isso não faz sentido nenhum. — Leona balançou sua cabeça.

— Há alguns feiticeiros que disseram ter chamado a tempestade mesmo o ritual ainda não ter surtido efeito.

Algumas vezes, levava meses para o ritual ser efetivo. Havia muitos feiticeiros falsos que “lançavam feitiços” apesar deles não saberem como fazer um ritual. Conforme Zin continuava a explicar, Ramphil se intrometeu.

— O que, então você está dizendo que um ritual é inútil? — Ele perguntou incrédulo.

— Geralmente sim. — Zin respondeu.

Depois que um ritual é feito, pode levar um tempo até a chuva cair. Ramphil e Leona começaram a duvidar da praticidade da feitiçaria.

— Essa é a oportunidade perfeita para ver se Cho-Yul é diferente de todos os feiticeiros falsos pelo mundo. — Zin sorriu.

Ele se perguntava como um feiticeiro de alto nível se sairia. 

— Para ser exato, Cho-Yul não está fazendo um ritual pedindo por chuva. Ele está lançando um  feitiço poderoso que é para invocar ambos a chuva e a tempestade. — Zin explicou enquanto observava o Grupo com curiosidade. Ele os assistia com antecipação.

Levou cinco horas para Cho-Yul completar a invocação. Um  feitiço poderoso levava horas de preparação, mesmo para um feiticeiro de alto nível. 

Cho-Yul abriu seus olhos e jogou a água da lata fora. 

*Whoosh!*

A “água benta” foi jogada no ar e evaporada em névoa branca, se elevando até o céu.  

A noite caiu e Cho-Yul suspirou quando terminou a cerimônia. 

— Estou cansado…

— Deu tudo certo?

— Sim. Felizmente, temos a previsão de chuva forte. Vai funcionar por causa do poder da água na área ao redor. Também, parece que SoSeoLan não  está por perto.

Apesar de Cho-Yul ser um feiticeiro de alto nível, ele teve que fazer uma cerimônia de cinco horas de duração.

— Uma tempestade virá logo. Vamos entrar. — Ele disse.

Zin pensou que cinco horas era um tempo curto para invocar uma tempestade grande. Tudo estava quieto. Só o som da escavação podia ser ouvido.

*Clunk!*

Os quatro entraram dentro do veículo armado e esperaram a tempestade chegar.

A alguns dias atrás, uma pessoa suspeita visitou o templo do Poder Celestial e exigiu que o lorde se rendesse. A pessoa usava a máscara de Asura e parecia cruel, com uma voz que soava como metal raspando em metal. Assim que a pessoa chegou ela começou a ameaçar o lorde.

— Esse lugar é ambos estrategicamente e espiritualmente importante. Eu vou usá-lo como a capital e base de operações do meu império.

— Quem é você? Que tipo de absurdo é esse?

— Você devia se render agora. Se você se render e se juntar a mim, vou deixar todos vocês viverem. Que tal? Mantenham em mente que as montanhas e as terras no norte estão sob meu controle. 

— Por favor vá embora. O templo do Poder Celestial é um lugar de paz. Ele nunca será usado como o centro do caos.

— Você está rejeitando minha oferta?

— Não há sentido em considerar isso.

— Apesar desse lugar estar elevado acima do solo, ainda é parte da terra. Eu vou voltar logo antes desse lugar ser esmagado.

A pessoa foi embora do templo como o vento. Parecia que ela estava confiante que o templo seria esmagado. Alguns dias depois, um grande número de Salteadores cercou o castelo e começaram a cavar a pedra. Eles estavam gritando para o castelo se render. 

O Castelo do Poder Celestial era um lugar que não deve ser controlado pelas forças do mal. O lorde acreditava que um desastre ocorreria se alguém com intenções malignas descobrisse o segredo do castelo.

Os residentes do castelo estavam ilesos, mas o lorde tinha que fazer algo contra os intrusos. Eles eram habilidosos em feitiçaria já que eram responsáveis por proteger o selo do imortal. Eles não podiam lançar feitiços poderosos como um feiticeiro de alto nível podia, mas inventaram muito mais feitiços do que os caçadores de imortais. Eles podiam usar feitiçaria para atacar.

Sem saber que o grupo de Zin estava por perto, as pessoas do Castelo do Poder Celestial se preparou para se defenderem contra os Salteadores.

— Meu lorde, todos se reuniram no templo.

— Isso incluí as crianças?

— Sim. Todos nós estamos prontos e devemos estar seguros dos espíritos malignos.

Todos do templo eram o próprio templo. Eles não tinham nada de especial planejado, só se prepararam para se proteger do que estava prestes a acontecer.

— Vamos mostrar a esses Salteadores do que nós somos feitos.

O que o lorde tinha planejado era ruim, mas ele acreditava que só assim poderiam aguentar essa situação emergencial. Ele ficou de pé na frente de uma lápide gigante no jardim do templo, situada no centro do templo.

Era uma estrutura importante do castelo. O lorde esticou sua mão.

*Vwwwwwwooooom!*

Logo, a lápide começou a vibrar e os caracteres nela começaram a se mover. Um imortal estava selado nesse lugar. Muitos espíritos malignos eram atraídos a ele. Adicionalmente, devido a ausência do Vento Celestial atraiu o Espírito Traiçoeiro.

— Como o lorde do templo do Poder Celestial, eu ordeno que a Pedra do Poder Celestial cesse com seu dever.

A lápide era a estrutura chave para impedir que a energia maligna invadisse o castelo. Agora, ela estava prestes a cessar sua função. Se a energia maligna perfurasse a área, muitos espíritos malignos iriam ser evidentemente atraídos pela energia. Dessa forma, o lorde reuniu todas as pessoas dentro do templo, onde um campo de força forte foi construído.

— Depois que tudo acabar, nós vamos precisar fazer muitos exorcismos.

A lápide mudou de aparência e começou a emitir uma energia escura. 

O templo permaneceria seguro dos espíritos malignos enquanto os Salteadores seriam devorados.

— Eu espero não estar cometendo um erro. — O lorde murmurou enquanto olhava para a lápide. 

Ele não gostava de ter que fazer algo tão drástico.

Um feiticeiro de alto nível invocou uma tempestade.

O lorde do templo invocou um grupo de espíritos malignos.

O tempo de espíritos do mal e tempestades estava rapidamente se aproximando.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!