CdMD – Capítulo 87

Kalpa – Parte 2

Quando os Salteadores partiram, o Castelo do Poder Celestial reativou a Pedra do Poder Celestial e os fantasmas não estavam mais atraídos ao lugar. Mas os que conseguiram escapar dos Lutadores Piedosos ainda estavam por aí, ambos no topo e no fundo do castelo onde Cho-Yul estava trabalhando para se livrar deles.

— Você não parece o tipo de pessoa que escala rochas. Como você subiu lá antes? Lançou um feitiço para te fazer voar? — Leona perguntou a Cho-Yul.

— Eu teci uma cesta que me carregou até lá em cima. — Cho-Yul respondeu com um sorriso. Leona logo descobriu o que ele quis dizer. Assim que Cho-Yul terminou de entoar um feitiço, uma cesta gigante apareceu no topo do Castelo do Poder Celestial e desceu até o chão. — Eu estava pensando nisso desde que eu cheguei aqui, então finalmente bolei um feitiço novo.

Já que o Castelo do Poder Celestial era um lugar espiritual que tornava feitiços mais poderosos, Cho-Yul conseguiu criar um feitiço de elevador improvisado que era ambos primitivo e engenhoso.

A corda que estava amarrada no topo do castelo iria progressivamente ficar mais curta e levar a cesta junto com as pessoas lá dentro. Cho-Yul fez quatro cestas, uma para cada um deles e todos subiram. 

Claro, quando Ramphil subiu em sua cesta, seu peso sinistro esticou a corda ao máximo. Mas a cesta, feita por um feiticeiro de alto nível, não quebraria tão fácil. Comparada a outra vez, eles alcançaram o topo do Castelo do Poder Celestial de forma relativamente simples e rápida. 

— Feitiços são tão úteis. Você pode fazer o que quiser? — Leona perguntou, seus dentes rangendo por causa do nervosismo.

— Tecnicamente, isso é falso. Então não duram muito tempo. — Zin disse. 

Se fossem reais, seria uma criação. Esse tipo de feitiço só era possível porque eles estavam no Castelo do Poder Celestial e mesmo aqui, entretanto, não duraria muito tempo.

Quando as cestas chegaram no topo da montanha, todos saíram e olharam em direção a floresta escura. 

— O que está acontecendo? Que barulho é esse?

Eles anteciparam que o lugar estaria quieto e deprimido depois do ataque recente, mas eles foram cumprimentados com uma cacofonia de sons. 

No topo do Castelo do Poder Celestial, um ritual xamânico estava em processo. Alguns eram quietos, outros altos, mas a cena no momento era de confusão total. 

Sinos, gongos e vários instrumentos estavam tocando um tom atordoador. No centro de tudo, estava uma fogueira gigante e homens e mulheres vestidos de branco estavam fazendo uma dança caótica ao redor do fogo.

— O-o que é isso? Eles perderam suas sanidades?

*Bong!* *Bong!* *Bong!* *Bong!* *Bong!*

Durante a primeira visita deles, o lugar era bem calmo e pacífico, mas agora não conseguiam imaginar um lugar mais barulhento e desordenado do que aqui.

Os aldeões passavam bolos de arroz ao redor enquanto assistiam a performance. 

Quase parecia um festival. Leona não achava que não era um festival.

— Eles estão fazendo uma dança para limpar a energia maligna deixada pelos fantasmas que estavam aqui. O ritual é de uma escala maior porque eles estão fazendo isso para muitos fantasmas, não apenas um. 

— … em outras palavras, você está dizendo que isso é feitiçaria.

— Isso mesmo, Leona.

Apesar de Cho-Yul ser um feiticeiro, ele parecia fascinado com esse tipo de feitiçaria e não conseguia tirar seus olhos da dança. 

Ao perceber que Zin havia retornado, o lorde se levantou de seu lugar e foi em direção a ele. 

— Quando vi a tempestade soube que o sucessor do imperador estava ao seu lado.

Graças ao arranjo previdente de Cho-Yul, o topo do Castelo do Poder Celestial foi pouco afetado pela tempestade. O terreno estava molhado mas nenhuma das estruturas foi destruída. Zin sorriu amargamente. 

— Rituais exorcistas são eventos  raros, mas eu acredito que temos assuntos mais importantes para tratar. 

— Sim, eu também acredito nisso.

O lorde possuía uma expressão de preocupação em seu rosto. Eles não só precisavam falar sobre o que havia acontecido, mas também sobre o futuro do Castelo do Poder Celestial.

Zin se virou para Leona e Ramphil.

— Vocês fiquem aqui e aproveitem o ritual.

— Éee, tem certeza?

— Eu sinto que você está me tratando como uma criança. 

— Essa discussão não é apropriada para vocês.

Ramphil estava hesitante, mas já que uma parte dele queria ficar e assistir a dança, ele não insistiu em se juntar a eles. Leona nem tentou esconder sua animação e assentiu entusiasmada.

Eles se sentaram em um canto e assistiram a dança do ritual ser feita ao som da música que faziam suas cabeças rodarem. Havia uma grande diferença de idade entre os dois, mas ambos compartilhavam uma inocência quase infantil.

Ramphil não era mais uma criança, mas já que ele nunca teve uma infância, parecia que estava se tornando mais como uma criança a cada dia. 

— Vamos?

— Sim.

O lorde liderou o caminho até o templo.

O lorde estava curioso com Cho-Yul, que previamente havia pensado que era um perdedor, mas agora parecia mais refinado. Em contraste com os trapos que ele estava usando naquela vez que exigiu o Vento Celestial, agora ele parecia tão elegante quanto um nobre. 

O lorde falou sobre a visita da Asura e Zin compartilhou com ele como Cho-Yul e ele se conheceram no Ponto da Erva Daninha. 

— Dois pupilos… eu não esperava isso. Mas, entendo sua situação.

— Eu me desculpo pelo meu comportamento da última vez. Estou certo que meu erro de julgamento causou algumas preocupações aqui.

Tomar o Vento Celestial foi a coisa certa na época, mas houve algumas consequências. Cho-Yul curvou sua cabeça em desculpas sinceras. 

— Não, não. Se você não tivesse feito aquilo, o mestre caçador não teria te encontrado, dessa forma, essa foi a Vontade dos Céus.

— Ha… então é isso?

— Que ironia. — Zin disse. Se Cho-Yul não tivesse vindo até o Castelo do Poder Celestial a procura do Vento Celestial, ele nunca teria encontrado com o feiticeiro de alto nível que era ainda mais valioso que o Vento Celestial. Um amuleto era apenas um amuleto. No fim das contas, um feiticeiro brilhante era mais útil. 

Além do mais, sem sua chegada na hora e o feitiço da Grande Chuva e Tempestade que afastou os Salteadores ao redor do Castelo do Poder Celestial, o castelo teria sido destruído ou tomado. 

Tudo estava interconectado e cada ação levava a um resultado. As ações de Cho-Yul salvaram o Castelo do Poder Celestial.

Se o castelo tivesse sido destruído ou tomado, Asura teria conseguido o Grande Amuleto do Vento Celestial. Contaminar o Vento Celestial parecia uma ação tola em primeira vista, mas no fim, ela produziu bons resultados.

— Hmm… a Vontade dos Céus? — Enquanto ele refletia, Cho-Yul sorriu amargamente. Uma coisa levou a outra e tudo deu certo de jeitos que ele não poderia ter imaginado. 

O mundo realmente opera de acordo com a Vontade dos Céus?

Sempre que chegava em realizações como essa, ele se sentia inquieto.

— Mas como a pupila do imperador podia fazer algo assim? É difícil de acreditar. — O lorde não conseguia acreditar que um caçador de malignos de tal calibre faria algo assim, mas Zin assentiu em compreensão.

— Caçadores de malignos são suscetíveis a caírem para o lado negro, especialmente agora que não há karma no mundo. É apenas natural querer mais poder. 

Asura voltaria com seu exército enorme. Ela bloquearia a feitiçaria e tentaria destruir o Castelo do Poder Celestial. Ela o destruiria a menos que eles se rendessem. Zin estava perdido em seus pensamentos enquanto tentava entendê-la. 

— Ela não quer só mais poder e isso a torna ainda mais perigosa. 

— Posso perguntar o que você quer dizer com isso? — Cho-Yul perguntou enquanto escaneava o rosto de Zin em busca de dicas. — Se uma maníaca quer ser rei não era motivada por desejo por poder, então o que poderia ser?

— Vocês treinaram juntos, mas ainda não consegue entendê-la?

— Éee, is-isso é porque…

— Aquela mulher tem uma crença forte em algo.

— …

— Com frequência aqueles com um desejo de consertar o que há de errado nesse mundo teria aquele olhar em seus olhos.

— Um desejo de consertar o que está errado, certo?

— Sim, a tão chamada “grande causa”. Os tolos que acreditam que eles podem tornar esse mundo em um lugar melhor.

Isso significava que SoSeoLan não queria  poder apenas para se tornar rei dos Salteadores. E como Zin havia dito, isso a tornava ainda mais perigosa.

— Pessoas desse tipo não sabem quando parar. E é por isso que elas são perigosas.

Pessoas com grande fé eram difíceis de prever. Porcos com sede de poder só queriam mais poder. Eles não se arriscavam. Mas esse era um caso diferente. 

— Esse tipo de pessoa são mais difícil de se lidar porque eles não tem medo de se sacrificarem pela causa. 

Aqueles dispostos a se sacrificarem pela grande causa iriam entrar nas portas do inferno por vontade própria. Zin conheceu muita gente assim.

Jayeon… eu não sei como você morreu, mas a pessoa que te substituiu é exatamente como você. 

Zin não tinha ideia de como a liderança mudou dentro do Grupo. Mas o que um idealista falava era sempre o mesmo. Um grupo liderado por um idealista estava novamente sob controle de um idealista. Ele viu isso claramente nos olhos de SoSeoLan e sua atitude justa.

Ele viu muita gente desse jeito.

Assim como o fim deles.

O Grupo retornaria e esse seria o fim do Castelo do Poder Celestial. Primeiro, eles possuíam consideravelmente menos gente. 

Segundo, Asura tinha homens e recursos o bastante para contra-atacar qualquer ataque e medidas defensivas vindo do Castelo do Poder Celestial. 

Não havia sentido nem em pensar sobre os possíveis resultados visto que a situação era desesperada.

Quanto a Zin, o que ele tinha que fazer era simples. Ele podia fazer com que o feiticeiro de alto nível afastasse o Espírito Traiçoeiro para chegar até o Orbe Selado. Já que seu objetivo original era chegar até lá, e quando ele chegasse, podia ir embora. 

Mas a situação era diferente para as pessoas do Castelo do Poder Celestial. 

— Nosso clã existe para proteger o Selo. Não importa o que aconteça com o castelo, nós vamos encará-lo de frente. 

Mesmos que não conseguissem protegê-lo, eles nunca desistiriam. É por esse motivo que ficaram aqui, vivendo em paz, por tanto tempo. 

A sucessora do imperador estava planejando destruir o que o imperador construiu. O lorde ficou sério. O lorde não esperava conseguir a ajuda de Zin. Como ele poderia pedir que ele se juntasse a uma causa perdida que certamente levaria até sua morte?

Além disso, a missão de Zin era ainda mais importante do que proteger o Orbe Selado. 

Dada a gravidade e realidade da situação, Zin não deveria se meter nessa luta. Mesmo com a presença de Zin, eles ainda perderiam a luta com certeza. Tudo, incluindo suprimentos, força militar e condições, não estava a favor deles. Zin sabia que era tolice até mesmo considerar.

No final das contas, não seria sábio lutar contra um grupo que era do tamanho de um país pequeno. Ele conseguiu a chance para extrair a força de selo do Orbe Selado e partir já que ele já afastou os Salteadores uma vez. 

Eu não posso deixar essa oportunidade passar.

— Deixe-me discutir com meu grupo. — Zin disse para conseguir um tempo. O lorde assentiu em concordância. 

Ficar aqui seria suicídio, então era fácil prever qual seria a decisão dos outros. 

Zin se levantou de seu lugar. Seu rosto severo. Cho-Yul não parecia melhor que ele enquanto se levantava. 

Por agora, eles tinham que chegar no Orbe Selado e tomar conta do assunto urgente em suas mãos. 

Cho-Yul, o lorde e Zin começaram a ir em direção ao Orbe Selado localizado debaixo do castelo.

— Há um motivo para você precisar separar a força de selo do Orbe Selado depois de enfraquecê-lo?

Já que Cho-Yul podia usar feitiçaria poderosa, eles não teriam que separar a força de selo. Cho-Yul podia usar a força de selo para conseguir o que Zin queria. 

— Eu não vou te parar se você quiser vir junto, mas eu não posso garantir que você vai sobreviver para ver o fim.

— Bom… isso não é legal de ouvir. 

— Pense nisso como uma política de seguro.

Se algo acontecesse com Cho-Yul, não restaria ninguém capaz de selar a imortalidade da Bruxa Branca. E caso isso ocorra, a única carta restante seria usar a própria força de selo.

Apesar do comentário de Zin, Cho-Yul estava ficando mais e mais convencido de que não haveria como escapar dessa. SoSeoLan estava aprontando algo e o mundo estava sob uma ameaça muito maior do que ele havia pensado anteriormente. Sabendo o que ele sabia agora, seria impossível voltar a sua vida ociosa como um alcoólico. Já que ele já começou, tinha que terminar. Ele estava percebendo que não usar suas habilidades de feitiçaria seria um pecado. Se havia um motivo para esse poder ter sido dado a ele, então ele tinha que agir. 

Cho-Yul se decidiu. 

Dessa vez, Zin tinha uma lanterna em vez de uma tocha especial. Cho-Yul defendeu eles de quaisquer ameaças na escuridão. Com só um balançar de suas mãos, os espíritos tremiam e recuavam. 

— Eu tenho que perguntar. O que é a Obscuridade? — Cho-Yul ficou curioso desde que SoSeoLan mencionou isso antes.

— É um tipo de arma especial que apenas os caçadores de malignos possuem.

— Uma arma?

— Sim, ela opera consumindo o sangue de malignos. Então, ela se torna tão poderosa quanto o maligno.

— Oh… é mesmo?

— É por isso que apenas caçadores de malignos conseguem caçar malignos.

— Mas… não existem mais malignos. 

— Lascas funcionam também, porém são mais fracas. Se eu tiver lascas o bastante, consigo ficar vivo mesmo se meu corpo físico morrer, então acho que isso é uma vantagem. 

O corpo físico de Zin morreu a muito tempo atrás. Ele estava estendendo sua vida forçadamente ao usar a energia do Obscuro. 

O motivo de caçadores de malignos treinarem estudantes, apesar dos malignos não estarem mais aqui, era simples. Eles precisavam de lascas a fim de estender suas vidas depois da morte de seus corpos físicos. Suprir lascas a longo prazo assim não era fácil. 

Claro, Zin não era o único caçador de malignos sem estudantes. Cho-Yul encarou ele, então Zin continuou. 

— Se comparado a quão forte eu costumava ser, sou pateticamente fraco agora. Sua companheira aprendiz tem provavelmente mais poder que eu. 

— Se esse é o caso, você não podia usar o sangue dos Imortais?

Havia um imortal selado no templo, então Zin podia absorver seu sangue.

Cho-Yul pensou que se Zin reganhasse seu poder, então seria possível para ele defender o Castelo do Poder Celestial.

— Esses caras não tem mais sangue restando. Eu teria feito isso a muito tempo atrás se fosse uma opção viável.

— Ah, entendi.

Se as coisas fossem tão fáceis assim, Zin não trabalharia como um caçador por lascas. Qualquer coisa que tinha sangue útil já secou a muito tempo.

Cho-Yul pensou sobre Leona. 

Havia sangue de malignos bem debaixo do nariz dele, mas Zin agia como senão existisse. Já que Cho-Yul não tinha o Obscuro, era difícil para ele imaginar o que Zin estava pensando.

— O que está aqui embaixo é apenas uma casca vazia do que ele já foi um dia. Agora, não é nada mais que uma geleca. — O lorde explicou e Cho-Yul assentiu em compreensão. 

Os Imortais possuíam vida eterna e não podiam ser mortos. Eles voltariam a vida de novo e de novo mesmo se nem fossem mortos. É por isso que os caçadores de malignos escolheram selar eles dentro de um orbe.

Como eles foram selados? — Cho-Yul ouviu histórias, mas ele não sabia exatamente como tudo funcionava. 

Quando eles alcançaram o centro do lugar onde o Espírito Traiçoeiro vagava, Cho-Yul focou sua atenção e começou a entoar o feitiço de Pharma. Conforme ele entoava o feitiço misterioso feito a partir de sutras Budistas e encantamentos, a Escuridão em todas as direções começou a regir.

*Grrrrr!*

Como se estivesse assustada, a Escuridão recuou. O lorde precisava de uma tocha especial para fazer isso, mas Cho-Yul conseguiu fazer o mesmo com alguns encantamentos. 

Até o Espírito Traiçoeiro não era páreo para um feiticeiro de alto nível. O ar parecia gelado e os três continuaram a descer. Com o Espírito Traiçoeiro fora do caminho, eles alcançaram a entrada no Orbe Selado sem muitos problemas. 

— A Escuridão se foi.

— O Espírito Traiçoeiro não pode chegar perto do Orbe Selado.

Por sorte, o Espírito Traiçoeiro apenas bloqueava o caminho e não afetava a área perto do Orbe Selado. Não só a Escuridão se foi, mas havia uma luz emanando de onde o Orbe Selado estava.

Quando os três alcançaram o espaço no centro do templo do Poder Celestial, eles viram o Orbe Selado.

Cercados por vários amuletos, um pedregulho perfeitamente redondo estava no centro. O pedregulho era completamente transparente. A caverna era iluminada pelo pedregulho que refletia os raios de luz  dos amuletos que o cercavam. 

A cena surreal parecia mais uma montagem artística gigante do que um Orbe Selado.

— Éee… isso é um diamante?

— Sim.

No núcleo do Orbe Selado estava um diamante enorme. O pedregulho de diamante era grande que nem uma casa.

Cho-Yul encarou os seres incorpóreos nadando lá dentro. O que parecia espiritual e efêmero estava tremendo lá dentro.

Ele sentiu que o mundo dentro do diamante era muito maior do que seu volume real, parecendo que havia um universo inteiramente diferente preso lá dentro.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!