CdC – Capítulo 53

Shuhang, o cara legal!

 

Abrindo os olhos gradualmente, Song Shuhang sentiu de repente que era incapaz de manter a postura sentada de pernas cruzadas. Com um “dong”, como se fosse um lápis perfeitamente reto, ele se estatelou no chão.

— Heim? Sênior Mestre dos Medicamentos, o que está acontecendo? Eu sinto que meu corpo ficou molenga e eu não consigo mais exercer nenhuma força? — Song Shuhang perguntou confuso. Ele não tinha força para sequer mexer os dedos.

Mestre dos Medicamentos ajoelhou-se ao lado de Shuhang e o cutucou.

— Esta é uma situação perfeitamente normal. Como é a sua primeira vez praticando, você foi um pouco ganancioso demais e não conseguiu controlar a intensidade do qi e do sangue que estavam transbordando no seu corpo, resultando em muito qi e energia do sangue indo para o seu Canal do Coração, isso causou uma fraqueza temporária em seu corpo, mas não importa, você vai se recuperar em alguns minutos. Você tem que se lembrar da próxima vez que você operar a [Escritura da Meditação do Eu Verdadeiro], que tem que deixar para trás um leve traço de qi e sangue, a fim de evitar que o seu corpo entre nesse estado de fraqueza, assim também será mais benéfico para o seu corpo.

— Ah, então é por isso, haha. — Song Shuhang deitou-se na varanda escaldante se sentindo de ótimo humor. — Finalmente, concluí a primeira etapa de criação da fundação para me tornar um cultivador.

Com a ajuda de líquido de aperfeiçoamento corporal, mesmo com sua aptidão medíocre, ele provavelmente seria capaz de completar o estabelecimento da Fundação dos 100 dias, não?

Depois de completar sua fundação, que tipo de capacidade ele possuiria? Será que ele poderia fazer Talismãs? Feitiços e Técnicas Mágicas? Técnicas Furtivas? Invisibilidade? Clarividência?

— A propósito sênior, meu “Eu Verdadeiro” é um eu comum, com um rosto sorridente enquanto está sentado lá. Isso significa que eu ainda sou um “mortal” normal?” — Shuhang perguntou.

— De um modo geral, o “Eu Verdadeiro” está relacionado com a nossa identidade e experiência. Não importa o quê, desde que você entrou em contato com o cultivo, seu Eu Verdadeiro não deve ser um mortal comum… a menos que no fundo você ainda não acredite na existência dos cultivadores. Ou, talvez… sim, o sorriso do seu Eu Verdadeiro é gentil, um sorriso que deixa os outros se sentirem confortáveis ao vê-lo? — Mestre dos Medicamentos ponderou e perguntou.

— Embora seja um pouco embaraçoso admitir isso, na verdade, é um sorriso que faz as pessoas se sentirem confortáveis ​​ao olhar para ele. — Shuhang respondeu. — Afinal, o meu ‘Eu Verdadeiro’ é considerado parte de mim, então elogiar o meu próprio sorriso é um tanto vergonhoso.

Mestre dos Medicamentos suspirou e falou:

— Como esperado do jovem amigo Shuhang, você é realmente um cara legal.

— Heim? Sênior, por favor, não dê aleatoriamente aos outros um cartão de cara legal! — Song Shuhang respondeu. Ele não se ofendeu ao receber um cartão de cara legal, mas quando alguém recebe muitos, eles não serão capazes de conseguir uma namorada, vão parar na friendzone.

— Não, eu quis dizer que o seu ‘Eu Verdadeiro’ representa que você é uma pessoa legal, jovem Shuhang! — Mestre dos Medicamentos respondeu com firmeza.

— … — As bordas da boca de Song Shuhang se contorceram.

E pensar que o meu ‘Eu Verdadeiro’ pode refletir essa qualidade?

— Tudo bem, Shuhang, agora que você compreendeu bem a [Escritura da Meditação do Eu Verdadeiro] e a [Técnica Budista Básica de Punho], especialmente essa última, que você executou bem e seus socos quase me fizeram sentir que você tem praticado este conjunto de técnicas de punhos há vários anos. Não tenho muito o que te orientar, terminaremos aqui por hoje. — Mestre dos Medicamentos falou com um sorriso.

— Obrigado pelas dicas, sênior. — Shuhang respondeu com gratidão.

Mestre dos Medicamentos respondeu:

— Você não tem que ser cortês comigo. Além disso, aproveite o período em que eu estiver hospedado no Distrito de Jiangnan e venha me encontrar se tiver alguma dúvida em relação ao cultivo. Rio do Norte deveria ter lhe dito antes, não bata sua cabeça contra uma parede pensando sozinho com relação a problemas no cultivo, pergunte mais antes de pensar muito. — Dizendo isso, ele avisou Shuhang mais uma vez. — Outra coisa, em relação ao cultivo da [Técnica Budista Básica de Punho], você deve resolver o problema de controlar a intensidade, e quando seu corpo estiver exausto até que você não consiga reunir nenhuma força, não continue cultivando. Um exemplo seria o seu estado atual. Mesmo se você se recupere mais tarde, não continue praticando a técnica de punho depois disso. As técnicas de punho de fundação não são exercícios para manter sua saúde, com socos firmes para temperar seus punhos. Existe um limite para o seu ‘qi e sangue’, e também há um limite de recuperação de um dia. Se você se exceder, isso prejudicará seu corpo.

— Entendi. Além disso, com o meu estado atual, mesmo que eu tenha a intenção de continuar praticando, não posso me mexer de qualquer maneira. — Song Shuhang riu alto. Ele não conseguia nem levantar os dedos agora.

— Haha, já que você é alguém que tem autocontrole, eu não direi mais nada. — Mestre dos Medicamentos gentilmente sorriu. — Agora, você deve apenas deitar aqui e refletir sobre o sentimento de quando você estava executando as Técnicas do Punho e de Meditação. Refletir também uma parte importante do cultivo.

— Tudo bem, sênior Mestre dos Medicamentos, — Song Shuhang respondeu.

Mestre dos Medicamentos parecia muito satisfeito e depois acenou para Song Shuhang se despedindo.

— Certo, então eu vou indo!

No momento em que suas palavras terminaram, seu corpo se transformou em um feixe de espada, e com um som de “zum”, ele desapareceu na frente de Song Shuhang. Este deve ser o lendário brilho de uma espada?

— Espere um momento, Sênior! — Song Shuhang lutou e estendeu as mãos e falou de maneira aflita. — Sênior, você deveria pelo menos… me mandar de volta para o meu dormitório.

Shuhang ainda estava deitado no telhado escaldante e quente.

A hora agora era aproximadamente 17:30 em pleno mês de junho. O velho sol no céu ainda emitia sua luz e calor.

O sol redondo no céu parecia com um cara gordo perguntando pra Shuhang:

— E ai presuntinho de carne humana que está deitado no telhado, você quer ser preparado mau passado, ao ponto, ou bem passado?

— Que desgraça! — Song Shuhang suspirou.

Ele provavelmente acabaria tendo uma insolação se ele continuasse exposto ao sol por mais algum tempo, ele se tornaria uma suculenta carne de sol tipo Shuhang seco que poderia ser cortado em pedaços para vender de acordo com o peso.

Neste momento, Song Shuhang realmente desejou que uma alma generosa pudesse entrar no telhado e apoiá-lo. Ele definitivamente ficaria muito grato.

— Além disso, há outra coisa importante que eu tinha esquecido. Eu ainda tenho que ter a chance de perguntar ao Sênior Mestre dos Medicamentos se ele tem um método para encontrar a pessoa que está me investigando secretamente. — Song Shuhang falou de forma sombria para si mesmo.

No entanto, naquele momento o Mestre dos Medicamentos já tinha ido longe e Shuhang só poderia esperar até a próxima vez que encontrassem. Se acontecesse alguma coisa ruim, ele poderia ligar para perguntar mais tarde.

Afinal, ele tinha o número de contato do Mestre dos Medicamentos, e se houvesse algum acidente, Shuhang poderia imediatamente pedir ajuda a ele.

Durante o tempo em que Song Shuhang estava pensando, talvez um deus tivesse ouvido suas preces: sons de passos soaram perto da porta do telhado.

— Quê? Por que a porta do telhado está aberta hoje? — Uma voz baixa masculina podia ser ouvida.

Imediatamente, Song Shuhang ficou encantado e estava prestes a abrir a boca para pedir ajuda. Só então, uma voz feminina soou:

— Não é melhor assim? Hoo, vamos para o telhado! Nós nunca tentamos fazer isso lá antes e, provavelmente, será muito emocionante.

— Eu pensei nisso também, mas vamos ser cuidadosos. Se formos vistos por alguém, será ruim. — Enquanto o cara falava, ele abriu a porta do telhado.

— Se formos vistos por alguém, isso não é mais excitante? — Aquela mulher parecia ter uma mente muito aberta.

Song Shuhang fechou a boca decisivamente e desistiu de pensar em pedir ajuda. Era um casal tão afetuoso que provocava inveja, ciúme e ódio.

Este par de pombinhos que deveriam ser queimados até a morte, tinha ido para o outro lado do telhado. Assim, eles não notaram o cadáver do estudante Song Shuhang largado num canto.

Depois de ter escolhido o local, eles iniciaram uma batalha entre especialistas em artes marciais específicas para casais.

Song Shuhang suspirou enquanto fechava os olhos e gradualmente recuperou sua própria força. Os sons dos dois especialistas em artes marciais que lutavam podiam ser ouvidos claramente.

Muuuuuito tempo depois, a sensação fraqueza finalmente se dispersou.

Shuhang lutou e se levantou do chão enquanto seus membros enfraquecidos caminhavam lentamente em direção à porta do telhado.

— Ah, certo, a júnior mais cedo parece ter dito que seria mais emocionante se eles fossem vistos pelos outros? — Song Shuhang pôs a mão no queixo e murmurou.

Ele sentiu que deveria satisfazer esse desejo dela.

Afinal, o seu “Eu Verdadeiro” lhe dizia que o cara chamado Song Shuhang era alguém que estava disposto a ajudar os outros!

Já que é algo tão fácil quanto erguer a mão, então eu ajudarei esta júnior a cumprir seu desejo! Não tem o que fazer, quem me pediu para ser um cara legal?! — Shuhang pensou, enquanto se inclinava contra a parede, revelando metade de seu corpo e olhando para o outro lado do telhado.

Nega Fulor
Leitora compulsiva. Escritora obsessiva. Artista nas horas vagas.

7 Comentários

  1. Na próxima vez q ele for meditar vai aparecer um demônio no “eu verdadeiro” kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!