CdC – Capítulo 97

Os destinados foram separados por um andar

Quando Song Shuhang deixou do apartamento em perseguição, o tio não estava mais em lugar nenhum.

Ele procurou cada passagem no quinto andar o mais rápido possível, mas não encontrou nada.

— Como ele pode correr tão rápido? Para onde ele foi em um piscar de olhos? — Shuhang disse chateado. Não tinha sido só o tempo de algumas palavras que ele tinha levado para explicar ao professor Renshui como ele conheceu aquele tiozão?

Poderia este tio ter fugido dele, o “golpista”, na velocidade usada para a corrida de cem metros?

— Bastardo, deveria haver um limite de como alguém pode ter uma impressão errada sobre outra pessoa, certo?

No final, Song Shuhang suspirou e caminhou em direção ao quarto andar… ele só tinha esperanças de encontrar aquele tolo quando estivesse na entrada do hospital. Melhor que ele o encontre, mas se não, então que seja.

Ele não tinha tempo agora para procurar em todo o prédio pelo tiozão apenas para devolver cento e cinquenta RMB. Aquele tio era um idiota, mas isso não significava que Shuhang também fosse um, certo?

Quando Song Shuhang saiu do quinto andar, uma figura saltou do canto do teto no corredor do quinto andar: era o tiozão! Ele tinha grudado no teto como um Homem-Aranha para evitar Song Shuhang.

— Tsk, um mero golpista tentando me encontrar? Muito ingênuo! — o tio zombou, depois seguiu os números da enfermaria e entrou em cada apartamento, um por um. 533, 534, 535!

— Junior do Clã Su, você não pode fugir do meu alcance! Vou vasculhar todo o quinto andar para encontrar você se for preciso! — O tio estava cheio de confiança. Ele tinha tido uma premonição de que ele iria ter sorte hoje!

Quando ele saiu de casa hoje, ele tinha consultado um especialista para adivinhar sua sorte. A sorte de hoje disse que ele iria encontrar alguém que ele estava destinado a conhecer!

Alguém que ele estava destinado a conhecer? Hmph, em um inferno como este, além da júnior do Clã Su, com quem mais ele se encontraria que ele tinha um “destino”?

Shuhang circulou pelo quarto andar de passagem, mas ele ainda não tinha tido nenhum resultado para mostrar seu esforço.

— Será que o tiozão correu para o andar de cima? Seja como for, vou deixar por isso mesmo. 

Se eles se encontrassem novamente… ele apenas derrubaria o tio e o conteria sem dizer uma palavra! Ele não o deixaria falar ou deixaria que ele tivesse uma chance de fugir, e então ele vai explicar tudo corretamente!

Até mesmo um seminarista que fosse confundido repetidamente ficaria zangado!

Como Song Shuhang pensava assim, cerrou os punhos com força e imaginou o tiozão diante dele. Ele rugiu levemente e desferiu dois socos sérios no espaço vazio, como se esses dois socos fossem atingidos no rosto do tio!

Então, ele descobriu que os transeuntes que o cercavam olhavam para ele estranhamente… se você estivesse andando, então de repente alguém do lado começasse a gritar aleatoriamente e a dar socos continuamente no NADA, ficaria curioso e encararia essa pessoa.

Song Shuhang queria enfiar a cabeça num buraco no chão.

Estava realmente infeliz!

— Cof, Cof! — Ele tossiu em voz alta duas vezes e assumiu uma expressão composta, continuando a descer as escadas como se nada tivesse acontecido.

A tendência de hoje parecia ser se encontrar com pessoas conhecidas.

Nas escadas até o terceiro andar, Song Shuhang viu outro rosto familiar: era uma menina delicada, com cabelos curtos e um rosto bonito. Ela estava segurando o corrimão, descendo as escadas enquanto mancava.

Essa não era aquela garota que era delicadinha, que ativou o modo deus e ensinou aos delinquentes como se comportar adequadamente?

Talvez ela tenha sentido o olhar de Shuhang e virou a cabeça para encontrar o olhar dele.

Song Shuhang coçou a cabeça e riu secamente:

— Que coincidência, você também está no hospital? (cara, não ta vendo que ela ta no meio da rua?)

Ele realmente não queria falar com aquela garota… ela parecia muito fria e indiferente, então falar com ela era como se ele tivesse enfiado seu rosto cordial em um bloco de gelo. No entanto, agora que seus olhos se encontraram, ele não tinha mais como evitar.  Song Shuhang achou que não seria adequado ignorá-la, então ele apenas a cumprimentou.

A garota piscou como se lembrasse de algo. Pouco depois, ela assentiu:

— Ah, é você, o intrometido…

— Haha, sim, eu… Minha irmã me arrastou aqui para um check-up. E você, machucou sua perna? (não, ela estava mancando pra treinar) — Song Shuhang viu a garota segurando o corrimão enquanto andava.

— Sim, apenas um ferimento leve. — O olhar da garota baixou quando ela respondeu.

Hoje, essa garota parecia ser capaz de se comunicar!

— Então… você precisa de ajuda? Você mora perto da cidade universitária de Jiangnan? — A qualidade de “gente fina” de Song Shuhang subiu de nível novamente. A menina machucou a perna, por isso, se ela morasse perto de Campus da Universidade de Jiangnan, ele poderia acompanhá-la sem problemas.

— Não é necessário. — A moça balançou a cabeça e, em seguida, segurou os corrimões, mancando obstinadamente pelas escadas.

Vendo que a menina estava tendo dificuldades, Song Shuhang ponderou um pouco, então lembrou a ela:

— Na verdade, este hospital tem um elevador. Se sua perna estiver machucada, você pode descer pelo elevador.

— … — a garota congelou por um tempo. Ela obviamente esqueceu sobre o elevador. Tendo sido lembrada por Song Shuhang, ela parecia estar bastante envergonhada.

Ela se virou e ignorou Song Shuhang, aumentando seu ritmo pelas escadas.

Mesmo que ela pudesse se comunicar hoje, essa donzela ainda não era fácil de interagir. Song Shuhang suspirou por dentro. Seja como for, não é como se ele fosse do tipo de boa índole para insistir em ajudar alguém que não queria ser ajudado.

— A propósito, você acabou de descer do quinto andar? Viu um tio vestido como um assalariado que estava com pressa? — Song Shuhang perguntou de passagem.

A moça ponderou e balançou a cabeça:

— Eu não.

— Parece que o tio correu para cima. — Song Shuhang esfregou a testa. Pessoas normais não seriam capazes de descobrir o processo de pensamento de um idiota! — Não, não devo pensar naquele tio! Só de pensar nele, meu fígado lateja de dor. Eu deveria ir para a casa do Mestre dos Medicamentos!

Ele tinha prometido ao Mestre dos Medicamentos que depois que as coisas fossem resolvidas com Zhao Yaya, ele o ajudaria a continuar o experimento de melhorar a receita do Líquido de Aperfeiçoamento Corporal.

Além disso, ele precisava encontrar um lugar para comer.

Graças a Mestre do Altar, ele tinha estado ocupado desde o meio-dia até agora, e não tinha tomado um gole de água.

Shuhang pensou enquanto caminhava, muito em breve chegando ao primeiro andar.

Mesmo que a garota estivesse descendo as escadas mancando, sua velocidade não era mais lenta que a dele! Ele acabara de chegar no primeiro andar, mas o pé da moça pisava logo atrás dele.

Foi por causa de seu estranho sentimento de orgulho que ela não queria ficar atrás de Shuhang?

No entanto, quando ela soltou o corrimão, suas pernas não puderam exercer força suficiente e ela caiu de lado.

Shuhang instintivamente estendeu a mão para apoiá-la.

— Que tal eu te ajudar até a entrada do hospital e encontrar um táxi para mandá-lo para casa? — Shuhang tentou perguntar.

A menina fungou e, depois de um longo tempo, espremeu duas palavras:

— Obrigada.

Song Shuhang fez uma pausa e sorriu:

— Disponha.

Enquanto ajudava a garota de cabelos curtos no hospital, Song Shuhang planejava chamar um táxi para ela, mas quando chegou à entrada, ficou perplexo.

Havia muitos táxis, mas eles não teriam a chance de conseguir nenhum.

Havia muitos pacientes naquele dia. Quando os táxis pararam, um cliente imediatamente disparava dentro ia embora.

— Que tal irmos um pouco mais longe, até um cruzamento ali na frente? Deve ser mais fácil parar um táxi lá. — Song Shuhang sugeriu.

— Tudo bem. — A garota de cabelos curtos respondeu fracamente.

Então, Song Shuhang a ajudou a caminhar e eles se dirigiram para o cruzamento não muito longe do hospital. Naquele momento, no Bloco 8B do hospital, no quinto andar.

O tio respirou fundo e abriu a última enfermaria com as mãos trêmulas. Estava vazio por dentro.

O tio que estava cheio de confiança… ficou petrificado.

Ele perdeu a trilha novamente?

Todos os cartomantes eram golpistas fodidos! O que aconteceu com a pessoa com quem ele estava destinado a se encontrar? Como ele não tinha conseguido encontrar a júnior do Clã Su.

E o golpista que ele conheceu hoje tinha desperdiçado muito do seu tempo! Se aquele golpista não o incomodasse, ele já poderia ter encontrado a júnior do Clã Su!

Da próxima vez que eles encontrasse aquele golpista, ele definitivamente não o deixaria falar. Ele iria dar na cara dele até derrubá-lo no chão.

O tio imaginou o rosto do golpista na frente dele. Ele cerrou os punhos e desferiu dois socos ferozmente no ar, como se aqueles dois socos tivessem atingido no rosto de Shuhang!

Poderia prever-se que na próxima vez em que Shuhang e o tio se encontrassem, os dois ficariam em silêncio, iriam encarar um ao outro e dariam um ao outro um — “Socão Destruidor de Amizades”.

Derrubar o outro na voadora era sua responsabilidade!

Nega Fulor
Leitora compulsiva. Escritora obsessiva. Artista nas horas vagas.

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!