GOM – Capítulo 107

Explorando um novo prato

— Hoje de manhã, o marquês e o General Ouyang receberam uma carta secreta do príncipe herdeiro. O príncipe herdeiro afirmou que possuía informações sobre o paradeiro de vocês dois, então tanto o marquês quanto o General Ouyang foram no palácio do príncipe, — Luo Sanniang disse com uma expressão feia no rosto.

Yang Chen e Ouyang Xiaoyi conseguiram entender as palavras de Luo Sanniang, mas não o significado por trás delas.

Por outro lado, Bu Fang entendeu o que ela quis dizer, mas não se importou muito. Afinal de contas, quem quer que se tornasse o imperador, não faria diferença para ele, já que ele só queria gerir seu restaurante em paz na Cidade Imperial. Contanto que o novo imperador não o incomodasse, tudo estaria bem.

— Certo, já que aquele sujeito foi escorraçado por você, é melhor que leve esses dois pirralhos para casa agora, — Bu Fang disse para Luo Sanniang.

Luo Sanniang ficou surpresa por um momento, então ela olhou para Bu Fang e assentiu com a cabeça:

— Há muito tempo ouço falar do nome “proprietário Bu”. Agora que eu pessoalmente o vejo, posso afirmar que ele é de fato uma pessoa extraordinária.

Para conseguir quase cortar fora o pé de um Imperador Bélico com um único ataque usando uma faca de cozinha, já indicava que a proeza de batalha de Bu Fang era extraordinária. Imperadores Bélicos já eram considerados experts de primeira linha em todo o Império Vento Suave. Contudo, a barreira de proteção de um Imperador Bélico havia sido penetrada pela faca de cozinha de um mero Espírito Bélico. Isso era simplesmente inimaginável para Luo Sanniang.

— Eu sou amiga de Yanyu, então ouvi algumas histórias sobre o proprietário Bu. Eu sempre quis encontrar uma oportunidade para visitar o seu restaurante e provar as comidas deliciosas que foram altamente elogiadas por Yanyu. Assim que eu tiver uma chance, virei aqui, — Luo Sanniang disse com seriedade.

— Certo, você será muito bem-vinda. — Bu Fang assentiu com a cabeça. — Então essa moça dos peitão conhece Xiao Yanyu…

Luo Sanniang segurou as mãos de Ouyang Xiaoyi e Yang Chen. Após despedir-se de Bu Fang, ela rapidamente foi embora com os dois pirralhos. O príncipe herdeiro obviamente planejava usar o paradeiro dos pirralhos para coagir as famílias Ouyang e Yang a apoiá-lo. Se ele conseguisse esse apoio, o trono praticamente já seria seu.

Contudo, a verdade era que Ouyang Xiaoyi e Yang Chen não estavam mais nas garras do príncipe herdeiro. Ou para ser mais exato, os dois pirralhos inesperadamente haviam escapado.

Nesse caso, ninguém poderia prever o que aconteceria agora.

Os empregados do Restaurante Fênix Imortal já haviam retirado as mesas e os ingredientes usados na partida. A flor de tofu de mil camadas feita por Bu Fang havia sido cuidadosamente levada por Qian Bao. Essa flor de tofu poderia ser considerada uma obra de arte das técnicas de corte, e havia até mesmo a presença de técnicas de entalhe nela.

O beco se tornou espaçoso novamente. Contudo, a notícia das técnicas divinas e misteriosas de Bu Fang já havia se espalhado completamente. Um cozinheiro do Restaurante Fênix Imortal havia sofrido uma derrota acachapante nas mãos do proprietário do restaurante de má índole. Essa “propaganda” teve um efeito absurdo. Muitos dos espectadores haviam permanecido no beco na esperança de vislumbrar as habilidades de culinária de Bu Fang.

Mas assim que Bu Fang entrou no restaurante, ele começou a fechar a entrada com placas de madeira, ignorando completamente a multidão que havia no lado de fora.

— Proprietário Bu, por que você está fechando tão cedo? — um cliente em potencial perguntou, confuso. Eles testemunharam as técnicas de corte de Bu Fang e queriam saborear as comidas deliciosas do restaurante.

— O expediente de hoje já terminou. Se querem provar meus pratos, voltem amanhã, — Bu Fang disse inexpressivamente enquanto ignorava a multidão, que não parecia nada satisfeita com a atitude dele.

— Você está sendo irracional. Não é como se fôssemos comer sem pagar. Por que você não deixa a gente entrar?

— Você não quer ganhar dinheiro? Tem um montão de dinheiro na sua frente e você não tá interessado? Que doido!

As reclamações da multidão continuaram a ressoar no beco. Obviamente, a decisão de Bu Fang de fechar o restaurante os havia enfurecido.

Bu Fang estava recostado na entrada do restaurante, observando inexpressivamente a multidão. Ele não tinha a menor intenção de dar-lhes uma resposta, e apenas olhava inexpressivamente para eles enquanto ouvia os insultos e reclamações.

Quando todo mundo se cansou de reclamar, Bu Fang se levantou e pegou a última placa de madeira. Ele disse:

— Eu já disse que o expediente terminou. Se querem comer, voltem amanhã. Este restaurante não presta serviços após o expediente.

Após terminar de falar, Bu Fang colocou a última placa de madeira no lugar, fechando completamente a entrada.

Todo mundo ficou atônito. Eles nunca tinham visto um proprietário tão estranho e teimoso assim antes. Quem em sã consciência não estaria interessado em dinheiro?

Ptsh! Restaurante lixo! Quem esse cara pensa que é?! Agora sou eu que não quero mais comer aqui! — Um dos clientes em potencial cuspiu no chão com insatisfação e deu meia-volta para sair do beco.

Contudo, antes mesmo de dar o primeiro passo, uma pressão imensa caiu sobre ele. Incapaz de resistir à pressão, ele caiu no chão exatamente no lugar onde havia cuspido, fazendo com que sua roupa absorvesse o cuspe. Ele só sentiu a pressão desaparecer quando o local onde ele havia cuspido ficou completamente limpo.

O rosto dele ficou repleto de terror enquanto ele se levantava do chão de forma patética e fugia desesperado do beco.

Os outros não sentiram a pressão, então eles ficaram confusos quando viram o sujeito fugindo como louco.

Já que a entrada do restaurante estava fechada, eles não insistiram mais e saíram do beco um atrás do outro. O beco recuperou sua tranquilidade novamente.

Pretinho, que estava deitado na entrada do restaurante, revirou os olhos. Ele moveu sua cabeça e se ajeitou numa posição mais confortável antes de voltar a dormir.

Como aquele sujeito se atrevia a cuspir na entrada do restaurante? É claro que Pretinho faria com que o sujeito limpasse o chão antes de ir embora.

Dentro do restaurante, Bu Fang tirou o casaco e foi para a cozinha.

A recompensa do Sistema já havia sido dada, mas Bu Fang estava sem pressa para checá-la. Em relação à missão meio vingativa que o Sistema havia passado hoje, Bu Fang achou bem divertido. Ele não imaginava que o Sistema também seria capaz de ficar puto com algo.

De volta à cozinha, um fio de fumaça verde circulou a mão de Bu Fang e a amoladíssima Faca de Cozinha Osso de Dragão Dourado apareceu em sua palma.

Essa faca de aparência normal quase havia decepado o pé de um Imperador Bélico. Ainda assim, não havia nenhuma marca de sangue ou sujeira nela.

Contudo, Bu Fang, como de costume, ainda usou a água especial fornecida pelo Sistema para lavá-la. Afinal, como chef, Bu Fang era bastante obcecado com limpeza.

Após limpar a Faca de Cozinha Osso do Dragão Dourado, Bu Fang balançou a mão e a faca se transformou num fio de fumaça verde e retornou para a marca que havia em seu pulso. Em seguida, ele ficou pensativo por um momento, encarando a tábua de cortar à frente dele.

Bu Fang de repente sentiu que ele não estava no clima para preparar os pratos do menu. Ele se sentia exausto por ter que preparar a mesma coisa todo santo dia. Todo ser humano cansava, e ele também era um ser humano.

Ele queria ir para o quarto, dormir; mas achou que ainda estava muito cedo para fazer isso.

Portanto, Bu Fang se sentia meio indeciso quanto ao que fazer no momento.

De repente, ele semicerrou os olhos e tirou um pedaço de carne de Vaca Dracônica de dentro do espaço de armazenamento do Sistema. Esta carne fora retirada da perna da Vaca Dracônica e continha uma rica quantidade de energia espiritual.

Bu Fang esfregou o queixo enquanto olhava para o pedaço de pernil[1]. De repente, ele sentiu uma vontade de criar seu próprio prato ao invés de seguir os pratos do menu.

Criar e explorar novos pratos era uma coisa que qualquer cozinheiro estaria interessado, e Bu Fang não era exceção.

A Vaca Dracônica era uma besta espiritual de grau sete. Sua carne era extremamente dura e, por isso, uma faca normal nunca conseguiria cortá-la. Portanto, Bu Fang invocou a Faca de Cozinha Osso de Dragão Dourado mais uma vez e habilmente transformou o pedaço de pernil em carne moída.

Olhando para a carne moída, Bu Fang de repente se lembrou de um prato extremamente delicioso. Entretanto, para preparar esse prato, ele ainda precisava aprontar e tratar várias outras coisas, e os passos eram bem complicados.

Contudo, quando Bu Fang se lembrou do sabor divino desse prato, a mente cansada dele de repente ficou cheia de energia.

Ele tirou o intestino da Vaca Dracônica de dentro do espaço de armazenamento do Sistema e o lavou repetidas vezes. A água que ele usou para lavá-lo foi a da fonte espiritual fornecida pelo Sistema, que garantiria que a energia espiritual contida no intestino fosse preservada.

Após limpá-lo, Bu Fang cuidadosamente começou a remover a camada externa do intestino, conhecida como submucosa.

A submucosa era um material importante no prato que Bu Fang estava prestes a preparar.


[1] – Sei que aqui no Brasil usamos o nome “músculo” para se referir a carne que fica nas pernas do boi. Só que músculo tem muitos significados no português, e várias pessoas não iriam entender a linha. Além disso, o termo pernil, apesar de ser mais usado para porco, também pode ser utilizado para nomear a carne da perna de qualquer animal comestível, então de acordo com o dicionário, está certo. Espero que entendam.

Kabum
Engenheiro Mecânico. Soteropolitano.

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!