GOM – Capítulo 65

Jovem, trabalhe para mim!

Fora do restaurante, vários guardas vestindo armaduras imperiais estavam enfileirados bloqueando a entrada do beco. Na frente deles, Lian Fu, vestindo um changshan de brocado[1], estava nervoso, indo para lá e para cá enquanto balançava seu fúchén. De vez em quando, ele parava e olhava na direção do restaurante com olhos cheios de preocupação.

— Por que Sua Majestade fez isso? Não é como se eu fosse roubar sua comida, então por que ele não me deixou acompanhá-lo? — Lian Fu suspirou, insatisfeito. Ele ampliou seus sentidos e examinou os arredores. Não era uma coisa pequena o fato de o imperador ter deixado o palácio imperial. Se os experts das seitas soubessem disso, eles definitivamente viriam aos montes para tentar assassinar o imperador.

De repente, uma movimentação ocorreu entre os guardas que bloqueavam a entrada do beco. Eles criaram um caminho e uma pessoa de aparência refinada passou por eles.

— Vossa Alteza também está aqui. Que coincidência, — Lian Fu disse com um sorriso enquanto fazia o gesto de “ok” com o dedo do meio.

O humor de Chengxue estava um tanto indiferente. Ele apenas assentiu com a cabeça e foi embora andando. Seu changshan balançava-se ao vento enquanto ele ia embora.

Lian Fu se sentiu impotente enquanto assistia Chengxue desaparecer no horizonte. Ele pensou: — Parece que Sua Alteza se encontrou com Sua Majestade dentro do restaurante e aconteceu algo desagradável. A realeza não conhece a palavra “parente”. Se alguém pertence à casa imperial, esse alguém precisará lidar com assuntos imperiais. Já que Sua Majestade não gosta do terceiro príncipe, não vai importar o quão diligente ou destacado ele seja.

— Prestem atenção! Sua Majestade está atualmente dentro deste beco. Se algo acontecer a Sua Majestade, vocês sabem muito bem das consequências! — Lian Fu alertou os guardas em um tom de voz bem baixo. — Um erro de vocês já po…

— Oh céus! É o Eunuco Lian? Há quanto tempo! — uma voz aduladora soou e interrompeu Lian Fu, que estava repreendendo os guardas.

Lian Fu olhou confuso para o homem que havia acabado de se aproximar. O homem à sua frente era magro e tinha uma aparência feia e vulgar. Ele vestia um changshan de brocado luxuoso e um cinto incrustado com jades verdes. Seus dedos estavam adornados com anéis brilhantes. Ele tinha a aparência de um nouveau riche.

— Você é… ??? — Lian Fu perguntou, confuso. Ele pensou: — Eu não me lembro de conhecer alguém com aparência tão vulgar quanto esse velho.

— Chefe Eunuco Lian, você esqueceu de mim? Eu sou o dono do Restaurante Fênix Imortal. Não lembra que Sua Majestade foi lá para comer o Pato Florido Assado antes? Naquele dia, fui eu que servi pessoalmente o prato, — o homem disse com um sorriso enquanto seus olhos se semicerravam. Ele não pareceu se importar com o fato de Lian Fu não ter se lembrado dele.

— Ah, ah, ah! Você se chama… Qian… Qian alguma coisa? — Lian Fu disse enquanto semicerrava os olhos e apontava para o homem.

— Gong gong, o nome deste humilde homem que vos fala é Qian Bao, — o homem o lembrou.

Lian Fu de repente relembrou enquanto assentia e dizia:

— Isso! Você é Qian Bao… Mas… o que o dono do Restaurante Fênix Imortal está fazendo aqui?

— Este humilde homem que vos fala estava apenas passando pelo local e acabou vendo gong gong. Então, este humilde homem que vos fala decidiu vir aqui para cumprimentá-lo. Já faz um bom tempo desde a última vez que gong gong foi no Restaurante Fênix Imortal. Quando nos agraciará com sua presença outra vez? Sua presença definitivamente traria honra para o nosso humilde restaurante. — Qian Bao estava sorrindo de dente aberto.

Os pratos do Restaurante Fênix Imortal eram de fato muito bons. O restaurante era considerado de primeira classe no Império Vento Suave. Contudo, depois que Lian Fu provou a culinária de Bu Fang, até mesmo os pratos da cozinha imperial ficaram sem graça para ele.

Só havia um prato no Restaurante Fênix Imortal que valia a pena, e este era o prato principal da casa: o Pato Florido Assado.

— Oh, quando eu tiver um tempo, apareço lá, — Lian Fu assentiu e respondeu indiferentemente, parecendo não dar importância alguma.

— Tudo bem, então este humilde homem que vos fala esperará pela chegada de gong gong. — Qian Bao manteve o sorriso no rosto durante toda a conversa. Independentemente da atitude de Lian Fu, ele sempre sorria.

Após um momento, Qian Bao perguntou:

— É… Gong gong, Sua Majestade está nesse beco?

Os olhos de Lian Fu se arregalaram enquanto ele olhava em alerta para Qian Bao. Lian Fu franziu as sobrancelhas e disse com sua voz fina:

— Quais são as suas intenções ao perguntar isso?

— Este humilde homem que vos fala apenas deseja que Sua Majestade honre nosso humilde restaurante uma vez mais. Lembro muito bem que Sua Majestade elogiou nosso Pato Florido Assado como o pato assado número um de todo o Império Vento Suave. Este humilde homem que vos fala estava apenas se perguntando quando Sua Majestade iria provar os pratos do Restaurante Fênix Imortal novamente, — Qian Bao disse apressadamente enquanto balançava a mão.

— Se Sua Majestade desejar comer, então ele naturalmente mandará alguém para buscar a comida. O que há de estar tão ansioso com isso? Você está dispensado, — Lian Fu deu um “humpf” indiferentemente e disse.

Qian Bao permaneceu sorrindo enquanto assentia com a cabeça e pedia licença. Então ele deu meia-volta e saiu do local. Após dar alguns passos, o sorriso em seu rosto desapareceu gradualmente e foi substituído por uma expressão sombria.

— Aquele restaurante de má índole… Até mesmo Sua Majestade foi lá em pessoa? Eu estava me perguntando o porquê de grande parte dos meus clientes mais preciosos terem desaparecido recentemente. Então… parece que todos eles foram atraídos por este pequeno restaurante, — Qian Bao abaixou a cabeça enquanto murmurava para si mesmo com uma expressão sombria no rosto. — Como você se atreve a roubar meu negócio… Eu definitivamente farei você sofrer. Com certeza você é apenas um restaurante minúsculo com algum prato especial. Humpf… Quando esse prato seu for derrotado, veremos se você conseguirá se intrometer novamente nos meus negócios.

— Imperavô, este é o Peixe Marinado ao Vinho. Tenha uma boa refeição, — Xiaoyi disse encantadoramente enquanto colocava o prato de Peixe Marinado ao Vinho na frente do imperador. Quando o aroma de vinho se espalhou no ar, o imperador não pôde deixar de respirar profundamente.

— Incrível! Então este é o tal Peixe Marinado ao Vinho intensamente aromático? Hmm… O cheiro é muito bom! — o imperador elogiou enquanto impacientemente pegava um pedaço de peixe com seu hashi. Quando o pedaço de peixe entrou em sua boca, o sabor dos grãos de destilação em conjunto com o sabor da carne do peixe envolveu suas papilas gustativas. Ele ficou completamente encantado.

— Imperavô, este é o Shumai Dourado. Tenha uma boa refeição.

À medida em que os pratos iam sendo servidos, suas fragrâncias exalavam e se misturavam, permeando o ar do restaurante.

O imperador sorria de orelha a orelha enquanto se deliciava com os pratos. Sua boca mastigava constantemente; ele não conseguia parar de comer. Há tempos que ele não havia provado comidas tão deliciosas assim.

O imperador limpou sua barba, que havia ficado um pouco melada com o caldo e molho dos pratos, e logo uma expressão de alegria apareceu em seu rosto enquanto ele olhava para todos os pratos de primeira qualidade à sua frente. Para uma pessoa gulosa como ele, o ato de saborear comidas tão deliciosas era a experiência mais agradável.

— Xiaoyi, não tem aquele vinho que dizem ser melhor que o Vinho do Néctar Requintado? Por que eu ainda não o vi? — o imperador, intrigado, perguntou a Xiaoyi depois de engolir um pedaço de Costelas Agridoces com deleite no olhar.

— Tem sim, imperavô, espere um momento. — Xiaoyi sorriu e encantadoramente correu para a janela da cozinha.

— Chefe fedorento, rápido, traga o Vinho do Coração de Gelo. O imperador quer provar, — Xiaoyi disse para Bu Fang.

Bu Fang havia terminado de preparar o último prato e estava enxugando a sua mão molhada com um pano. Ele assentiu com a cabeça e deixou Xiaoyi servir o último prato, enquanto ele pegava a última jarra de Vinho do Coração de Gelo.

Bu Fang caminhou para fora da cozinha carregando a jarra de vinho.

Ele colocou a jarra na frente do imperador e sentou-se na cadeira. Ao olhar para o imperador, ele perguntou sem rodeios:

— E aí? Você ainda planeja prejudicar meu restaurante?

Naquele momento, o imperador estava analisando as verdejantes e reluzentes Verduras Fritas, que não pareciam ter sido fritas, não importava o quanto ele olhasse. Quando ele ouviu a pergunta de Bu Fang, um traço de constrangimento apareceu em seu rosto, mas logo desapareceu.

Ao morder a verdura, um suco morno imediatamente fluiu em sua boca. O leve sabor da verdura permaneceu por um bom tempo em sua boca, diminuindo gradualmente.

— Estas verduras estão fritas?! — O imperador ficou completamente surpreso após dar a primeira mordida.

— Como você acabou de ver, elas estão de fato fritas. A diferença é que o processo de fritura utiliza de uma técnica especial de culinária, — Bu Fang disse sem rodeios.

Enquanto falava, Bu Fang removia a tampa de tecido da jarra de vinho e enchia um copo de vinho para o imperador. Ele apontou para o copo e gesticulou para o imperador provar.

Os olhos do imperador se iluminaram imediatamente. A fragrância do Vinho do Coração de Gelo era muito sedutora e já havia atiçado seu desejo intrínseco por vinho, fazendo com que a ânsia para prová-lo fosse quase insuportável.

Ele pegou o copo de porcelana azul e branco e deu um gole no vinho. A ardência fluiu de seus lábios para sua língua e de repente desabrochou. O corpo inteiro do imperador estremeceu e até mesmo as rugas de seu rosto pareceram pulsar.

Após terminar o copo de vinho, o imperador lambeu os lábios enquanto levemente expirava. A expressão em seu rosto era a de deleite.

— Os rumores são verdadeiros. O Vinho do Coração de Gelo é de fato melhor que o Vinho do Néctar Requintado… Só agora, bem velho e com um pé na tumba, é que tive a oportunidade de beber um vinho tão bom quanto esse. Será que isso é uma punição dos céus ou uma benção? — o imperador não sabia se ria ou se chorava enquanto ele exclamava com os olhos semicerrados. — Com um vinho tão fino quanto esse e comidas tão deliciosas, se eu ainda decidisse fechar o restaurante do proprietário Bu, eu não passaria de um idiota. — O imperador levemente afagou a própria barba enquanto gesticulava para Bu Fang encher de novo seu copo. Ele bebeu outro copo de vinho e começou a rir.

Bu Fang olhou inexpressivamente para o risonho imperador, como se tudo estivesse dentro das suas expectativas.

Era como ele havia pensado… Não havia um estômago sequer que não poderia ser conquistado pelos seus pratos.

O imperador bebeu consecutivamente três copos de vinho. O vinho já estava começando a fazer efeito, mas seus olhos estavam ainda mais brilhantes.

O imperador olhou para Bu Fang e bateu com seu copo na mesa. Com os olhos brilhando, ele disse:

— Proprietário Bu, trabalhe pra mim. Venha para a cozinha imperial. Seu salário mensal será de… dez mil cristais!

 

[1] — Brocado é um tipo de tecido ricamente decorado, feitos em seda colorida, e com relevos bordados geralmente a ouro ou prata. [Kabum: Chique, meu fiiii.]

Kabum
Engenheiro Mecânico. Soteropolitano.

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!