GOM – Capítulo 97

Proprietário Bu, você não sente vergonha?

Zhao Ruge vestia um changshan de brocado e sua aparência era refinada e elegante. Ele estava de pé na entrada do restaurante com um sorriso no rosto enquanto olhava para Bu Fang, que ainda estava sentado na cadeira, encolhido.

Bu Fang ergueu as sobrancelhas em surpresa. Ele reconheceu esse cara que havia tentado seduzi-lo com cristais em duas diferentes ocasiões, mas que ele havia recusado. Apesar de seus curtos encontros, Bu Fang ainda se lembrava dele.

Bu Fang se levantou da cadeira. Ele olhou para Zhao Ruge e perguntou:

— O que vai pedir?

Zhao Ruge entrou no restaurante e sacudiu a neve que havia caído nele. Ele soltou uma baforada de ar branco pela boca e se sentou numa cadeira. Após olhar o menu, ele percebeu que o restaurante havia adicionado muitos pratos desde a sua última visita.

Quando os pratos deliciosos de Bu Fang involuntariamente apareceram em sua mente, sua estômago roncou em resposta. Zhao Ruge pediu uma porção de Costelas Agridoces, outra de Arroz Frito ao Ovo Melhorado e uma jarra de Vinho do Coração de Gelo.

Bu Fang assentiu com a cabeça. Ele foi para a cozinha e começou a preparar os pratos. Após um momento, um rico aroma exalou da cozinha. A fragrância era extremamente intensa, fazendo com que Zhao Ruge fungasse o ar.

Após uma breve espera, Bu Fang saiu da cozinha carregando um prato em mãos e o colocou na frente de Zhao Ruge.

Zhao Ruge não começou a comer imediatamente. Embora o vapor que emanava da comida atiçasse seu apetite, Zhao Ruge ainda conseguiu se controlar. Seus olhos pareciam estar sorrindo quando pousaram em Bu Fang.

— Proprietário Bu, onde está Xiaoyi? Ela não veio hoje? — o tom de Zhao Ruge continha um toque de zombaria.

Bu Fang olhou para ele inexpressivamente e então puxou uma cadeira para sentar. Ele se sentou de modo ereto em frente a Zhao Ruge.

— Ela não veio hoje, — Bu Fang respondeu sem rodeios enquanto suas pupilas negras encaravam a bochecha de Zhao Ruge.

Zhao Ruge estava extremamente calmo. Embora Bu Fang o estivesse encarando, não houve nem mesmo uma pequena mudança em sua expressão. Após se dar mal tantas vezes neste restaurante, esta era a primeira vez que ele sentia que estava no controle da situação. Ele poderia encarar Bu Fang com superioridade.

— Você não está curioso do porquê ela não veio? — Zhao Ruge perguntou enquanto os cantos de sua boca se curvavam para cima formando um sorriso.

Bu Fang não respondeu e apenas observou Zhao Ruge. Zhao Ruge também não ficou frustrado porque não foi respondido. Com um leve sorriso, Zhao Ruge removeu a tampa de tecido do Vinho do Coração de Gelo e encheu um copo de vinho para si. O rico aroma de vinho imediatamente se espalhou pelos arredores. Ao sentir delicioso aroma, uma expressão eufórica apareceu em seu rosto.

No passado, ele costumava acreditar que o vinho número um do Império Vento Suave era o Vinho do Néctar Requintado do palácio imperial. Contudo, isso mudou quando ele provou o Vinho do Coração de Gelo, que o conquistou completamente.

— Proprietário Bu, gostaria de um copo de vinho? — Zhao Ruge ofereceu vinho a Bu Fang por pura educação.

— Ah, pera um pouquinho, — Bu Fang respondeu suavemente. Então, sob o olhar constrangido de Zhao Ruge, ele se levantou e foi para a cozinha. Após um momento, ele voltou com um copo limpo de porcelana em mão.

— Encha até a boca, não seja modesto, — Bu Fang disse.

Zhao Ruge ficou sem palavras enquanto olhava para Bu Fang.

Você não percebeu que eu só estava sendo educado? Com tudo que aconteceu entre a gente, você acha mesmo que eu iria querer beber vinho com você por minha conta? Este vinho custa quinze cristais por jarra, e mais importante ainda, a quantidade de vinho que vem nela é pouca, — Zhao Ruge pensou.

Sob o olhar sincero de Bu Fang, Zhao Ruge não podia mais voltar atrás, já que foi ele mesmo quem ofereceu. Ele pôde apenas encher o copo de Bu Fang até a boca com uma cara de tacho.

Bu Fang levantou o copo de vinho até sua boca e deu um gole, revelando um traço de contentamento em seu rosto.

Nesse tempo frio de inverno, cuja neve não parava de cair, esquentar o corpo com um ótimo vinho era um prazer maravilhoso…

— Proprietário Bu, Você não está curioso pra saber por que Xiaoyi não veio? — Zhao Ruge perguntou uma vez mais. Ele terminou de beber o vinho em seu copo e semicerrou seus olhos para Bu Fang.

Bu Fang olhou para ele enquanto colocava o já vazio copo na mesa e tomava a liberdade de pegar a jarra de vinho. Após encher mais um copo de vinho até a boca, ele disse sem rodeios:

— Por que eu preciso saber?

Zhao Ruge assistiu inexpressivamente a Bu Fang beber sem cerimônias o Vinho do Coração de Gelo que ele havia comprado. Ele de repente sentiu um toque de tristeza em seu coração e logo se arrependeu de ter aberto a boca e oferecido vinho a ele.

— Ela é a sua funcionária. E como o patrão, você não deveria se preocupar com seus funcionários? — Zhao Ruge perguntou.

— Eu estou muito preocupado, — Bu Fang respondeu inexpressivamente.

Essa não é a cara que uma pessoa “muito preocupada” deveria mostrar. — Zhao Ruge ficou sem palavras.

Quando Bu Fang terminou o segundo copo de vinho, uma leve vermelhidão apareceu em suas bochechas. Esse era o sinal de que o álcool estava fazendo efeito.

Contudo, uma vez que a pessoa começasse a beber o Vinho do Coração de Gelo, ela não conseguiria mais parar. Portanto, Bu Fang encheu o terceiro copo de vinho até a boca…

Os olhos de Zhao Ruge estavam quase soltando fogo enquanto ele olhava para Bu Fang…

Você sabe que a quantidade de vinho na jarra é pouca, e mesmo assim continua bebendo depois de DOIS COPOS?! Você não sente vergonha?! — Zhao Ruge pensou, furioso.

Bu Fang colocou o copo de vinho na mesa e expirou pesadamente antes de responder:

— Eu estou muito preocupado, mas não tenho medo porque sei que você não vai fazer nada a ela.

Bu Fang olhou para Zhao Ruge indiferentemente, e as pupilas de Zhao Ruge se contraíram em resposta. Ele não esperava que Bu Fang adivinhasse tão rapidamente que foi ele quem sequestrou Ouyang Xiaoyi.

— Vir aqui e insistir em falar de Xiaoyi, sem nenhum motivo aparente, não é diferente de admitir sua culpa no cartório… Porém, não estou preocupado, pois sei que você não ousaria fazer nada com ela. Você não quer ofender a família Ouyang, afinal, — Bu Fang disse.

— Hahahaha! Você viu completamente através de mim. Eu realmente fui muito descuidado. Me pergunto se o proprietário Bu tem algum interesse em se aliar a mim. Agora que a Cidade Imperial está um alvoroço, seria uma boa escolher um lado. Contanto que o proprietário Bu esteja disposto a se unir a mim, posso garantir que o Restaurante Fang se tornará o restaurante mais famoso da Cidade Imperial e até mesmo do Império Vento Suave.

Os olhos de Zhao Ruge de repente ficaram fervorosos enquanto ele olhava fixamente para Bu Fang.

— Cooperação? — Bu Fang olhou inexpressivamente para Zhao Ruge. — Não estou interessado.

— Proprietário Bu, pense mais um pouco antes de recusar. Meu pai é o atual Ministro da Esquerda desta dinastia. Nós definitivamente temos o poder de fazer com que o Restaurante Fang se torne o restaurante número um de todo o Império Vento Suave. Com seu poderoso fantoche e aquela besta suprema lá fora, será fácil fazer com que qualquer um dos príncipes se torne o próximo imperador, — Zhao Ruge disse.

Bu Fang balançou a cabeça após dar uma única olhada para Zhao Ruge. Ele encheu outro copo de vinho para si, esvaziando o restante de vinho que havia na jarra.

Terminando de beber, Bu Fang nem se importou em dar uma resposta a Zhao Ruge. Apenas levantou-se, cambaleando um pouquinho, e foi lentamente em direção à cozinha.

Seu silêncio indicava que ele havia recusado.

A expressão fervorosa no rosto de Zhao Ruge desapareceu gradualmente, e então, serenamente, ele começou a degustar as Costelas Agridoces e o Arroz Frito ao Ovo. Mas assim que ele pegou a jarra de vinho, descobriu que ela já estava vazia…

Nesse momento, Zhao Ruge queria muito atirar a jarra vazia na cabeça de Bu Fang! Aquele cara era um verdadeiro descarado!

Após terminar sua refeição, Zhao Ruge jogou alguns cristais na mesa e saiu do restaurante, furioso. Ele havia conseguido beber apenas um único copo de vinho de uma jarra inteira de Vinho do Coração de Gelo, que custava quinze cristais, e o resto havia terminado na barriga de Bu Fang.

Que ódio! — pensava.

Mansão Zhao.

Zhao Musheng lentamente caminhava pelo jardim, usando um sobretudo com imagens de aves costuradas. Contudo, não havia nada de bonito nesse jardim, já que estava coberto por uma camada de neve.

Como uma sombra veloz, uma pessoa entrou rapidamente na mansão, parou em frente a Zhao Musheng e disse respeitosamente:

— A carta secreta foi entregue nas mãos do príncipe herdeiro.

Zhao Musheng assentiu com a cabeça imperceptivelmente. Ele levantou a mão e uma esfera amarelo-clara de energia pura, que passava uma sensação de harmonia e tranquilidade, flutuou em sua palma.

— Muito bom. E o jovem Marquês Yang? Ele já foi capturado? — Zhao Musheng perguntou indiferentemente.

— Sim, ele já foi capturado. Nós o colocamos no mesmo local onde está Xiaoyi, — a pessoa respondeu respeitosamente.

Zhao Musheng suavemente exalou uma baforada de ar quente, que logo se transformou em vapor branco devido ao frio. Um floco de neve veio em direção à sua palma e foi instantaneamente dizimado pela esfera de energia pura que estava concentrada lá.

Uma força aterradora se escondia por trás daquela energia que de longe parecia tranquila e harmoniosa.

— Com Ouyang Xiaoyi e o jovem Marquês em nossas mãos, o príncipe herdeiro não poderá rejeitar nossa oferta… — Zhao Musheng, então, dispersou a esfera de energia pura concentrada em sua palma.

Ele caminhou lentamente pela neve e saiu do jardim, deixando algumas palavras para trás:

— O imperador do Império Vento Suave… Muito bom…

Kabum
Engenheiro Mecânico. Soteropolitano.

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!