LAB – Capítulo 179

A cerimônia de encarnação

Era essencial para um papa saber como conduzir uma cerimônia de encarnação de um candidato ao Exército da Punição Divina. Quando Mayne recebeu o antigo livro da Punição Divina de Sua Santidade O’Brien, isso significou que ele estava qualificado para ser o próximo papa.

Mayne tinha aprendido tudo o que estava escrito no livro. Ele sabia que para criar um guerreiro do Exército da Punição Divina, eles precisavam sacrificar uma bruxa, cujo sangue seria misturado com a Pedra da Retaliação Divina antes de ser injetado no candidato. Apesar de o processo ter sido melhorado várias vezes ao longo dos séculos, a essência não mudou e o número de bruxas limitava o número total dos soldados do Exército da Punição Divina. Além disso, a vontade do candidato também determinaria significativamente o sucesso da encarnação.

Depois de ler o livro, ele percebeu a razão pela qual a Igreja pegava tantas meninas ainda na mais tenra idade. Antes de seus poderes mágicos se ajuntarem em seus corpos, as meninas eram exatamente como meninas comuns. Então, não havia nenhum sinal óbvio de uma bruxa em potencial. No entanto, uma vez que seus poderes mágicos começassem a convergir, seus corpos, órgãos e sangue seriam transformados. Portanto, não havia outra maneira de obter mais bruxas, exceto por expandir a escala de meninas novas nos mosteiros.

Foi por isso que ele concordou com Heather. Afinal, tudo o que eles faziam era extremamente maligno, e todos os mais velhos tinham as mãos encharcadas de sangue, pois tinham abatido mais bruxas do que qualquer um dos executores. No entanto, a fim de derrotar os demônios e salvar a humanidade da destruição, eles deveriam continuar.

Apenas o vencedor seria elegível para obter o favor de Deus.

Dois homens do Exército do Julgamento estavam deitados no altar de encarnação. Eles eram Dylan, do batalhão avançado, e Tucker Thor, dos guardas da Cidade Sagrada. Mayne já os conhecia, especialmente o último, que era um chefe de justiça.

Embora eles estivessem com um sorriso no rosto, o arcebispo poderia dizer, pelos seus músculos tensos e seus punhos cerrados, que ambos estavam muito nervosos. Ele bateu levemente em seus ombros e os encorajou.

— Acalmem-se. Eu acredito que vocês irão conseguir.

— Meu senhor, quando chegar o momento, tudo o que preciso fazer é suportar a dor? — Dylan, ainda ansioso, perguntou.

— Sim, apenas superar. — Mayne disse enquanto sorria — Seu nome é Dylan, não é?

— O senhor se lembra de mim. — Dylan disse animado.

— Claro. Você pertence ao batalhão avançado e participou na defesa de Hermes ano passado. Seu capitão é… a Alicia, se não estou enganado?

— Sim, sim, isso mesmo. —Dylan disse, balançando a cabeça — Naquela época, nossa equipe perdeu muitos homens em uma batalha, e as bestas demoníacas híbridas mataram a maioria dos nossos irmãos. Pensei em como seria bom se eu tivesse a capacidade de matar os híbridos deformados. Por isso, meu senhor, eu quero ser um guerreiro do Exército da Punição Divina.[1]

— É muito bom ter a fé em ser mais forte para o bem de seus irmãos. — Mayne o encorajou antes de olhar para o chefe de justiça — E você? Tucker Thor, o que fez com que você tomasse a decisão de se tornar um guerreiro do Exército da Punição Divina?

— Defender a nova Cidade Sagrada, meu senhor. — Tucker disse com determinação — Os padres disseram que as bestas demoníacas virão mais fortes e em maior número nos próximos anos. Da última vez, eles chegaram até a muralha da Cidade Sagrada, e a Catedral teria sido destruída se não fosse pelo Exército da Punição Divina. Quero ser o escudo contra as bestas demoníacas e a lança para perfurar os inimigos.

— Muito bem. Vocês são o orgulho da Igreja.

De acordo com os passos descritos no livro, Mayne aliviou a tensão e medo dos candidatos com uma conversa. Quando viu que eles estavam com as emoções à flor da pele, ele acenou com a mão e fez um gesto para continuar a cerimônia.

Um guarda avançou para vendar os olhos e fixar firmemente com braceletes os membros dos candidatos no altar da encarnação. Depois disso, uma bruxa foi trazida e posta entre eles.

Como uma bruxa que foi criada pela Igreja, ela passou a maior parte de sua vida no mosteiro na antiga Cidade Sagrada. Após seu despertar, ela foi enviada para a Área Secreta Principal, onde ela iria esperar pela encarnação. Um dia antes do sacrifício, ela seria forçada a beber muita água-dos-sonhos, um medicamento feito de dormideira e língua-de-vaca[2] para se certificar de que ela não iria ser despertada por quaisquer sons durante a cerimônia.

— Código e idade.

— Número um, 18. — O guarda respondeu.

Esta era uma investigação de rotina, pois somente o sangue de uma bruxa adulta seria o suficiente para encarnar dois homens ao mesmo tempo. Depois que Mayne checou a lista de bruxas para chegar a uma confirmação final, ele anunciou que a cerimônia iria começar.

Quando uma agulha requintada feita de prata foi inserida no braço da bruxa, seu sangue avermelhado fluiu ao longo da agulha para uma mangueira de couro que estava ligada à agulha para uma bacia de cristal sob ela. A parte inferior da bacia estava incrustrada com diversas Pedras da Retaliação Divina da cor azul-claro. Com o tempo, o sangue gradualmente deixava as pedras submersas e, finalmente, encheu a bacia.

Logo, as Pedras da Retaliação Divina se alteraram. Devido ao fato da bacia de cristal ser transparente, podia-se ver claramente que as pedras azul-claro estavam absorvendo o sangue. Depois de oito minutos, as pedras desapareceram e o sangue turvo tornou-se claro. Enquanto isso, a cor do líquido passou de castanho-avermelhado para um azul celeste.

A operação, aparentemente simples, tinha levado dezenas de milhares de testes para concluir um procedimento completo e confiável. O livro antigo trazia todos os detalhes como as diferentes idades das bruxas, além de como estimar o volume de sangue de diferentes pessoas, como fazer a agulha de prata e a mangueira de couro, qual parte do corpo era mais apropriada para inserir a obter o sangue ou injetar o sangue, como escolher a qualidade e a quantidade das Pedras da Retaliação Divina e assim por diante. O livro antigo ainda tinha registrado todas as falhas dos testes e a as melhorias feitas, bem como o princípio geral da encarnação.

Depois que o corpo de uma bruxa fosse alterado pelo poder mágico, seu sangue poderia fortalecer os órgãos e tendões. O candidato seria morto imediatamente pela injeção direta do sangue, portanto, eles teriam que mergulhar o sangue nas Pedras da Retaliação Divina para dissolver esse “poder desconhecido” antes de injetar nos candidatos. Mesmo assim, o sangue era capaz de danificar suas mentes, de forma que os candidatos perderiam gradualmente seus sentidos e sua inteligência, de modo que seria deixado somente com seu instinto e sua força de vontade. Os que sobrevivessem à encarnação se tornariam tão fortes quanto uma Extraordinária. Além disso, eles iriam manter a capacidade de resistir ao poder mágico, mesmo sem usar uma Pedra da Retaliação Divina.

Mayne contemplava tudo isso e percebia como essa combinação era maravilhosa. O sangue de uma bruxa poderia matar pessoas. Da mesma forma, as Pedras da Retaliação Divina também poderiam matar se fossem inseridas no corpo humano. Contudo, ao combinar o sangue e a pedra, eles conseguiam minimizar os efeitos indesejados.

À medida que o líquido azul fluía através da mangueira lentamente para os dois candidatos, as veias em seus braços e pescoços se tornavam mais protuberantes, e seus rostos se tornavam mais ferozes, como se estivessem sofrendo uma dor terrível. Dylan foi o primeiro a gritar e lutar enquanto estava no altar. Seus dedos estavam abrindo e fechando, e ainda assim suas mãos e pés estavam fixados, incapaz de se mover, de modo que depois de um tempo, seu corpo estava coberto por suor.

Tucker não estava muito melhor. Ele rosnava constantemente, com seus lábios manchados de espuma sangrenta, enquanto todo o seu corpo tremia.

Conforme o sangue na bacia diminuía, a voz de Dylan soava como se ele estivesse chorando. Ele gritou palavras sem sentido aleatoriamente, e sua pele começou a se dissolver. Seu corpo, de repente, estava coberto de fumaça branca. De acordo com o livro antigo, sua encarnação estava à beira do fracasso. Enquanto Mayne hesitava, esperando um pouco mais para dar mais tempo para Dylan suceder e verificar novamente, o Papa segurou o ombro de Mayne por trás e disse:

— Chega, liberte ele da dor.

Um guarda se aproximou e desembainhou uma adaga. Ele cuidadosamente cortou a garganta de Dylan e girou a adaga para acabar com sua dor.

Depois de uma espera difícil, os espasmos de Tucker Thor aliviaram um pouco, sua respiração suavizou e sua pele adquiriu um tom de azul-claro. Mayne sabia que ele tinha sobrevivido à cerimônia de encarnação.

Um sucedeu, enquanto o outro falhou. Mayne suspirou com o resultado. Em pouco mais de trinta minutos, a Igreja tinha perdido um homem leal do Exército do Julgamento, bem como desperdiçado a metade do sangue da bruxa.

No entanto, como ainda haviam sessenta homens esperando na fila, ele tinha que continuar a cerimônia.

Quando toda a cerimônia terminou, Mayne mal conseguia permanecer de pé. Ele cambaleou até o altar e sentou-se contra a parede, esquecendo completamente da etiqueta e boas maneiras. O Papa caminhou lentamente em direção a ele e ficou diante dele.

— Para dizer a verdade, o seu desempenho me surpreendeu, meu rapaz. A primeira vez que eu conduzi a cerimônia, eu fui muito pior do que você. Eu tinha quarenta e cinco anos de idade na época, e o forte cheiro de sangue me fez vomitar diretamente no altar, e eu quase arruinei uma bacia de sangue. Eu fui chicoteado severamente pelo papa anterior. Após a punição, ele me mandou voltar para o altar e continuar a cerimônia.

Mayne abriu a boca, mas não sabia o que dizer.

— Então, descanse sua mente e tire um bom dia de folga.

— Sim, Vossa Santidade. — O arcebispo respirou fundo e se ajoelhou para fazer uma saudação. Quando ele estava prestes a sair, de repente ele se lembrou do propósito desta visita — Oh, sim, o senhor me chamou para a Área Secreta Principal para…

— Oh, que memória ruim eu tenho. — O’Brien balançou a cabeça em auto depreciação — Eu gostaria de dar a você um novo veneno recentemente desenvolvido.

— Um veneno? — Mayne perguntou, incrédulo.

A Área Secreta Principal tinha um departamento especializado na pesquisa da Pedra da Retaliação Divina, como a pílula de inverno, a pedra fluorescente, a droga da loucura etc. Assim que eles desenvolvessem novos produtos, estes produtos seriam distribuídos para os bispos e arcebispos. No entanto, ele nunca ouviu que alguém estava pesquisando venenos, pois isso era algo que, de acordo com o que Mayne conhecia, os alquimistas deveriam estar muito à frente.

— Eles me disseram que descobriram por acidente. — O Papa disse lentamente — Você só precisa borrifar o veneno em cadáveres podres para fazer o trabalho, ele tem um efeito de longo prazo sobre as pessoas em torno dos cadáveres. Este veneno irá nos ajudar em muito, pois os venenos comuns precisam ser ingeridos para fazer efeito. Os sintomas causados por este veneno só podem ser curados com um antídoto especial. Pergunte ao Mestre Olho de Corvo se você quiser aprender mais. Eu acredito que ele pode ter um pouco para ser usado na guerra dos quatro Reinos.

Assim que Mayne ouviu estas palavras, o Castelo do Dente Quebrado que estava demorando tanto tempo para ser derrotado, imediatamente surgiu em sua mente, bem como Castelo Cinza, onde a situação de guerra estava em um impasse insatisfatório. Entretanto, ele conteve sua alegria e saudou novamente, antes de dizer:

— Se o veneno for realmente tão eficaz como o Mestre Olho de Corvo diz, ele realmente vai me ajudar muito.


[1] Caso você não se lembre, pode ler de novo a batalha que Dylan está se referindo capítulo 66.

[2] Em alguns lugares, a dormideira é conhecida como dorme-dorme, já a língua-de-vaca também é conhecida como costa branca. Os seus nomes, respectivamente, são mimosa pudica e tussilago farfara.

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

24 Comentários

  1. Será que além do sangue das bruxas serem especiais e tal, o fato deles não saberem sobre os tipos sanguíneos também faz eles terem mais falhas nessa cerimonia da encarnação?

    1. Eu imaginei isso também, mas eles já fizeram milhares de testes, não é possível que nenhum desses teve uma bruxa com sangue compatível com algum soldado, a não ser que o tipo de sangue das bruxas sejam diferente das massas.

  2. Valeu pelo capítulo. Muitas revelações e finalmente está explicado o interesse da igreja nas bruxas.

  3. Um monte de bruxa foi sacrificado nesse “ritual” , não seria mais fácil a igreja do pasado ter trazido as bruxas pra lutar ao lado deles ?

    1. No livro sagrado das bruxas existe uma info dizendo que “o exercito da punitivo divino vão causar nossa destruição” tenho a impressão de que foram justamente as bruxas que iniciaram o processo de teste dessa chamada encarnação.. algum motivo posterior fez ocorrer tal divergência mas quem sabe né…

  4. Finalmente um mistério foi revelado!
    Agora estou curioso mesmo é para saber da origem das bruxas, sobre as magias, da pedra de retaliação divina… dos demonios também……
    ..
    …..De repente não sei de nada ‘-‘

  5. Radiação mágica? Esse “veneno” que não precisa tocar parece ser algum tipo de radiação, já que fica a longo prazo. Agora lascou, nem na terra o MC saberia de uma maneira infalível pra lidar com radiação. Envenenamento por radiação é uma morte pior do que engolir uma pedra da retaliação divina, pior do que passar pelo despertar de uma bruxa e pior do que essa encarnação desses soldados. Depois que eu vi os vídeos dos soldados que estavam nos helicópteros que sobrevoaram sobre Chernobyl e dos pedreiros que entraram lá, a forma como eles morreram, tive certeza que não existe morte pior.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!