LAB – Capítulo 186

A Estrela do Teatro (Parte 2)

No momento em que May viu Ferlin, ela se esqueceu completamente do que acabara de pensar. Ela não queria voltar mais para o Forte.

— Meu Deus, M-May! — Quando elas se aproximaram, Irene exclamou, incrédula. Ela pegou nas mãos de Ferlin e começou a correr junto com ele — Querido, você sabe quem ela é? Ela é a atriz mais famosa do Teatro do Forte, Senhorita May! Sempre que ela atua em uma peça, as pessoas fazem fila para comprar ingresso para ir ao teatro! As filas chegam até mesmo nas ruas!

O coração de May acelerou quando ela ouviu estes elogios, mas graças aos seus anos de experiência em atuação, ela foi capaz de sorrir e dar um aceno de leve.

— Olá.

—Claro que eu conheço. Você mesmo disse que ela é a atriz mais famosa e todos os nobres da Região Oeste conhecem muito bem quem ela é. — Ferlin suspirou e, em seguida, pediu desculpas a May — Minha esposa acabou esquecendo as boas maneiras, desculpe-nos. Eu sou Ferlin, seja bem-vinda.

Ele não anunciou seu título, sua posição, ou seu nome de Família. O coração de May ficou cheio de tristeza, mas por fora, ela manteve sua expressão elegante ao extremo.

— Sim, estou ciente de quem você é, afinal, você é conhecido por todos como o Primeiro Cavaleiro da Região Oeste, “Luz da Manhã”, Sir Ferlin Eltek. Eu que devo pedir desculpas, pois devido à grande carga de trabalho no teatro, eu fui incapaz de atender ao pedido de Irene e ir no casamento de vocês.

— Isso pertence ao passado agora. — O Cavaleiro sorriu balançando a cabeça — Hoje em dia, eu sou apenas um professor, não um membro da família Eltek, dessa forma, você não precisa ser tão educada. —  Então, Ferlin acenou para os outros e continuou — Vamos voltar primeiro. Nós já fizemos o registro para a residência temporária de vocês.

Um professor? — May se assustou — Ele quis dizer um mentor da corte? Mesmo que o Lorde desta vila seja um príncipe, até mesmo um príncipe inútil não iria contratar um Cavaleiro para esse tipo de função, pô-lo em uma posição como esta. E o que ele quis dizer com registro para uma residência temporária? Irene não vai nos levar até uma estalagem confiável?

Antes que ela pudesse pensar mais sobre isso, Irene se aproximou dela.

— Meu deus, eu realmente não esperava que você viesse aqui. Se você atuar em Cinderela, com certeza vai causar uma comoção!

— É mesmo? — May disse com uma pulga atrás da orelha.

Ela nunca tinha ouvido falar nessa tal de Cinderela, o que significava que provavelmente esta peça foi escrita por algum dramaturgo novo. Além disso, ela não tem tempo para ensaiar para uma peça, ela só tinha vindo aqui… porque ela queria ver como Luz da Manhã estava, e se havia alguma forma de ajudá-lo.

Quando entraram na vila, May percebeu que algo estava errado com este lugar. A vila estava localizada na fronteira do Reino e, supostamente, deveria servir como um posto avançado para Forte Cancioneiro, mas como ela sentia que era uma cidade recém-construída? As estradas estavam cobertas com cascalho cinza-escuro, sem nenhum sinal de lama, sem mencionar a largura das estradas, pois as estradas praticamente podiam ter duas carruagens lado a lado.

— Que tipo de estrada é essa? — Sam fez a mesma pergunta que May estava pensando — É tão plana.

— Aha. — Irene orgulhosamente sorriu — Quando eu cheguei aqui, ela ainda era feita de lama, mas agora já está assim. Na verdade, a estrada ainda não está terminada. Eu ouvi dos pedreiros que este foi apenas o alicerce para a estrada.

— Então eles enganaram você. — Rosia argumentou — Somente casas precisam de fundação. As coisas que já estão no chão não vão entrar em colapso, então por que as estradas deveriam precisa de um alicerce?

—Realmente, eles usaram uma mistura de pó e pedras cinzas e, em seguida, estenderam por toda a estrada. Depois, eles jogaram água na estrada e comprimiram tudo com um grande rolo de pedra até que se tornou plana. No começo, eu também pensei que este era um novo tipo de estrada, mas os pedreiros disseram que este era um trabalho desenvolvido por Sua Alteza, algo chamado… camada alguma coisa de água, não lembro bem! Em suma, isto ainda é apenas a fundação! —  Irene se virou e continuou a liderar o caminho, com suas longas tranças balançando a cada passo — No futuro, quando as pessoas e carruagens aumentarem, essa estrada vai ser pavimentada com ardósia[1]. Só então vai ser realmente acabada.

Ruas pavimentadas? — May zombou em seu coração — Tirando o interior da Cidade Real de Castelo Cinza, qual cidade teria dinheiro para cobrir suas estradas com ardósia? Além do mais, uma estrada larga e plana como essa já era boa o suficiente, até mesmo em Forte Cancioneiro, que ainda possuía muitas estradas de lama.

Enquanto eles estavam caminhando e adentrando mais para o centro da vila, May viu que muitas casas em ambos os lados da estrada estavam sendo demolidas, independentemente se elas eram casas de madeira ou de pedras. Embora elas claramente não eram casas novas, elas ainda poderiam ser consideráveis lugares excelentes para se viver.

— Será que o Lorde está demolindo as casas porque elas estão bloqueando a estrada?

— Não, todas as pessoas que moravam nestas casas se mudaram para outro distrito.

— Distrito? — May perguntou — O que é isso?

— É a nova área residencial, que tem casas de tijolos, mas todas são idênticas! —Irene explicou — As pessoas que moravam nestas casas estão sendo alocadas para todas as novas residências, e logo não haverá casas antigas da cidade.

Casas de tijolos para todos? — May não pôde acreditar no que acabou de ouvir — Essa foi ainda mais exagerada do que a das ruas de ardósias. Será que ela tem alguma ideia sobre o custo de um projeto como este? — Mas por estar na frente de Ferlin, May só poderia engolir suas palavras.

Havia muitos pedestres na rua, e, ocasionalmente, eles iriam parar e cumprimentar Irene ou Ferlin. Por isso, May descobriu que Irene também estava sendo chamada de professora.

— Você não está atuando aqui? — May perguntou — Por que todas as pessoas da vila estão chamando você de professora?

— Porque esse é meu trabalho agora. Atuar será só um trabalho que vou fazer em meio período, afinal, a vila ainda não tem um teatro. — Depois, Irene contou a história de como ela foi convocada por Sua Alteza — Embora a peça será apresentada ao ar livre e o público será composto de civis, o pagamento será ainda calculado de acordo com o padrão de Forte Cancioneiro. Acho que esta é uma boa chance. Pelo menos, eu posso praticar.

— Você está certa. Se eu puder atuar já ficarei feliz. — Gaite e Sam assentiram repetidamente.

Uma performance ao ar livre para os civis! — May nem sequer tinha força para dizer uma palavra. Em comparação com Irene, o que era mais difícil para ela entender era a razão por trás dessa ideia estapafúrdia do Príncipe. Como aquelas pessoas cujo único objetivo era sobreviver a cada dia, realmente poderiam compreender o romance e a reviravolta na história de um drama?

Aos poucos, eles finalmente chegaram na frente de um prédio de dois andares.

— Este é o edifício dos professores, mas como há somente nove professores em Vila Fronteiriça, no momento, ainda há quartos vagos. Ferlin já registrou vocês, então, vocês podem ficar em dois quartos. Durante o show, vocês poderão ficar aqui sem problemas. — Irene entregou duas chaves — Gaite, Sam, esta é para vocês. Rosia e Tina vocês vão para o outro, bem… hum, agora, para a Senhorita May…

— Eu vou ficar com você. — May disse.

— Mas…

— Eu vim aqui para ver como minha colega de teatro está vivendo. — May disse com um sorriso — Afinal de contas, nós já passamos por tanta coisa juntas no teatro, e você provavelmente não vai voltar para Forte Cancioneiro de novo, então eu gostaria de conversar mais com você. Você vai me rejeitar?

— Claro que não! — Irene, feliz da vida, estendeu as mãos para segurar as mãos de May — Eu só estou preocupada que o quarto é muito pequeno para você viver confortavelmente. Há também um monte de coisas sobre atuação que eu quero perguntar a você! — Irene se virou para os outros quatro — Em primeiro lugar, vamos colocar a bagagem de vocês nos quartos, depois vocês podem vir até a minha casa e nós podemos discutir o roteiro juntos.

May subiu para o segundo andar e seguiu Irene e Ferlin para sua nova casa. Mas sua última esperança foi destruída no momento em que ela viu o novo lar de Irene e Ferlin.

Ela não queria admitir, mas esta pequena “casa” exalava uma sensação confortável e limpa. As toalhas e cortinas vermelhas e brancas de algodão foram claramente recém-adquiridas. O chão estava limpo e não havia tapete de linho colocado na sala de estar. Sua atenção foi rapidamente atraída para algumas taças estranhas sobre uma mesa baixa. Aproximando-se, ela pegou as taças para dar uma olhada, mas ela não foi capaz de identificar o seu material, pois era leve como a madeira, mas a superfície era lisa e a cor era vibrante. Não era nada como os produtos baratos habituais no lar de civis. No topo da taça estava gravada a imagem de duas pessoas se abraçando apaixonadamente.

— É uma taça linda, não é? — Irene disse enquanto se aproximava — Mas é bastante cara. Ela está sendo vendida por cinco peças de prata no Mercado de Conveniência, quatro taças com diferentes gravuras formam um conjunto. Para celebrar o nosso dia de pagamento, Ferlin insistiu em comprar estas taças para mim, o que resultou em nós gastando todo o nosso salário. Um bobo.

— Mercado de Conveniência? — May deliberadamente ignorou a última parte da fala de Irene.

— Sim! — Irene assentiu — O Lorde abriu um mercado na praça da vila, onde estão sendo vendidos alguns utensílios de uso diário bastante finos, mas eles não são baratos. Se você quiser, eu posso levar você amanhã até o mercado para dar uma olhada.

May estava com sentimentos mistos em seu coração. Tudo era diferente do que ela esperava. Ela pensou que, como um prisioneiro de guerra e um Cavaleiro por quem ninguém tinha oferecido um resgate, mesmo que o Lorde houvesse contratado ele, sua vida ainda estaria sendo muito difícil. E uma vez que Irene nunca fez qualquer economia, a única coisa que ela podia fazer era acompanhar Ferlin ao longo desta dificuldade.

Se fosse assim, qualquer ajuda que May pudesse fornecer seria muito apreciada por Ferlin Eltek. Ela poderia ir até mesmo além, e com a sua própria influência, ela poderia tentar convencer o Lorde da vila para permitir que ela resgatasse o Primeiro Cavaleiro. Dessa forma, ela poderia ter sido capaz de reverter completamente o coração do Cavaleiro.

No entanto… todos os seus planos deram com os burros n’água. Ele estava tendo uma boa vida em Vila Fronteiriça, mesmo sem a sua ajuda.

Ela deveria voltar? Ao escolher ir embora, ela iria esquecer tudo sobre Ferlin e Vila Fronteiriça.

May estava em um dilema profundo.


[1] Roland não tem acesso ao piche, então a solução para o momento é utilizar esta pedra chamada ardósia.

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

24 Comentários

      1. Bem inteligente mesmo. mais esse é o estilo dessa novela, se isso aparecer em uma novela como King of gods por exemplo, não seria um pouco estranho?

    1. Só acho que isso nesse exato momento é inviável. Imagine quanto poder mágico ela teria que gastar, isso só atrasaria os tijolos refratários, que por mais que sejam duráveis precisaram ser trocados a cada 15 dias (pelo menos é assim nas fundições modernas).

    2. Seja bem-vinda aos comentários do site, Julia. No capítulo especial de hoje, você verá que Soraya está pintando muitas outras coisas. ^_^

  1. Espero profundamente que may evolua como personagem e pare de querer se achar o tempo todo e que procure outro para se apaixonar e viva feliz na vila fronteiriça.
    Porque estou sentindo profundas tretas vindo dela.
    Obrigado pelo capítulo JZanin.

    1. Certamente você já sabe a resposta, mas até aqui ela parece aquela personagem que vai correndo ao clérigo mais próximo denunciar a existência das bruxas. Ou até mesmo ajudar a igreja a se infiltrar na vila. Tudo por inveja da Irene e da boa vida que ela tem. Por outro lado… Pensei em uma namorada para o Carter uahsuahsuahz. Se bem que tem a Wendy.

  2. May May… ☠️🔪🔫 Vou mandar Rouxinol treinar com você como alvo!
    Muito obrigado pelo capítulo 🙇😁 Mestre JZanin 🙇😁

  3. Tirando os capítulos com o Roland com as bruxas ou das invenções, os capítulos com a Irene e Ferlin são os meus favoritos.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!