LAB – Capítulo 224

Plano de resgate em ação

Depois de saber que Sua Alteza Roland tinha um método para curar a praga demoníaca, Theo finalmente se acalmou. Além disso, Theo gostava de ter algo para se ocupar, pois ele sentia que assim os dias passavam mais rápido.

Ele já tinha planejado suas visitas às adegas e como seria a rota para as carruagens, decorando toda a topografia da área ao redor do cais do canal e dos portões da cidade.

Hoje em dia, era bastante incômodo entrar na cidade, e os refugiados da periferia foram usados como desculpa para fechar os portões, especialmente depois que a Igreja começou a distribuir o Elixir Sagrado. Depois que os refugiados se tornaram conscientes disso, eles começaram a atacar desesperadamente os portões da cidade todos os dias, na esperança de conseguir o tratamento da Igreja. No entanto, os guardas da muralha disparavam seus virotes das bestas sem qualquer hesitação. O resultado disso, era que agora muitos cadáveres estavam deitados na frente dos portões da cidade e sob o sol escaldante, espalhavam um odor desagradável.

O único portão lateral que permanecia aberto era utilizado somente pela aristocracia e comerciantes que transportavam alimentos. Felizmente, Theo havia trabalhado na patrulha há algum tempo e por isso era conhecido pela maioria dos guardas como residente da Cidade Real de Castelo Cinza, permitindo que ele passasse pelo portão com apenas uma simples saudação.

Foi precisamente por causa desta quarentena que a comunicação entre o centro e a periferia da cidade ficaram comprometidas, demorando muito mais tempo para que a notícia de transporte dos refugiados chegasse em todas as partes da cidade. Além disso, a aristocracia esperava ansiosamente que alguém enviasse todos os refugiados da Região Leste para longe, evitando que eles começassem uma rebelião.

Theo compreendeu o porquê Sua Alteza resolveu agir e começar a operação no mesmo dia em que recebeu a sua carta.

Todas essas pessoas na periferia estão sentindo como se tivessem sido abandonadas pelo Rei. Então, no caso de a Igreja enviar um sacerdote para curá-los, eles se tornariam seus servos mais fiéis. — Ele pensou — Mas, se Sua Alteza pudesse chegar antes que a Igreja conseguisse conquistá-los, oferecer a cura, uma nova vida e um lar seguro onde eles pudessem recomeçar, todos eles se tornariam seus seguidores mais fanáticos.

Na manhã do quarto dia, a primeira frota chegou no cais do canal no horário certo. Theo ficou surpreso ao descobrir que Sua Alteza tinha enviado trezentos soldados do Primeiro Exército. O mais surpreendente é que eles não estavam disfarçados, mas todos uniformizados e com rifles de repetição. Com este poderoso contingente como salvaguarda, mesmo que a Igreja soubesse da situação, Theo estimou que a Igreja não seria capaz de impedir mais o transporte.

— Raio! — Margaret, que também esperava no cais, imediatamente gritou quando viu a menina, incapaz de se conter e correu para abraçá-la.

— E esta senhora é…  — Machado de Ferro perguntou.

— Ela é a dona da Grande Câmara de Comércio, Sra. Margaret. — Theo explicou — Todos os navios que precisamos para o transporte estão sendo fornecidos por ela ou por algum de seus parceiros. Sem esta senhora, nunca poderíamos pôr em prática o plano de Sua Alteza.

— Entendi. — Depois de entender a situação, Machado de Ferro acenou com a cabeça para ela — Obrigado pela ajuda.

— Todas as minhas despesas serão pagas por Sua Alteza. — Margaret simplesmente deu de ombros — Mas se você quiser me agradecer, deve também agradecer a Raio.

— Por que? — Raio perguntou com a cabeça de lado, sem saber o que fazer.

— Hehe, não é nada. — Theo tossiu duas vezes — E quais são os planos para agora?

— Vamos montar um acampamento no sul da doca para controlar a área e depois, pela tarde, vamos começar a missão de resgate. — Machado de Ferro disse — Se os navios pudessem estar aqui até lá, seria o ideal.

Quando Brian levou seus homens para a área de refugiados, ele não pôde evitar de franzir a testa.

Para qualquer lugar que ele olhasse, ele testemunhava pessoas morrendo. A pele destas pessoas estava aberta em muitos lugares, com sangue negro continuamente fluindo para fora e atraindo enxames de moscas. No entanto, essas pessoas doentes nem sequer tinham a força restante para expulsar os insetos, simplesmente deixando esses insetos rastejarem por todo o corpo e beberem seu sangue.

Ao ver tudo isso, ele não pôde deixar de pensar nos Meses dos Demônios, quando as pessoas de Vila Fronteiriça estavam presas nas favelas de Forte Cancioneiro, tendo que enfrentar a morte por fome e frio, mas estando totalmente impotentes contra ela.  Se tudo isso fosse realmente feito pela Igreja, seria um crime simplesmente imperdoável.

— Vamos chamar o primeiro grupo. —  Brian disse — Dependemos de você, senhorita Eco.

Se nós entrarmos imprudentemente dentro dessa multidão e anunciarmos que temos medicamentos para curar os doentes, isso provavelmente vai causar um alvoroço desnecessário. — Brian pensou — E se um grande grupo de refugiados entrar nas docas de uma só vez, este pequeno grupo de soldados simplesmente não seria suficiente para suprimi-los. Logo, nós precisamos garantir que a informação seja sempre disseminada para pequenos grupos selecionados ao mesmo tempo. Considerando este problema, Sua Alteza decidiu enviar especialmente a senhorita Eco junto com o Primeiro Exército.

Com sua habilidade, Eco é capaz de controlar a área dentro da qual sua voz seria ouvida. Ela pode até mesmo fazer com que sua voz soe como se estivesse do lado da orelha de alguém. Embora Brian tenha visto Eco abrir a boca para falar, ele não conseguia ouvir nenhum som, enquanto os fugitivos, de repente, começaram a virar suas cabeças e olhar para onde estavam.

Logo, um grupo deles se aproximou cambaleando em sua direção:

— Lorde Brian, o que o senhor disse é verdade? Se o senhor puder curar essa doença, estou disposto a seguir o senhor para a Região Oeste!

Isso foi o suficiente para deixar Brian extremamente satisfeito, enquanto respondia:

— Claro, é verdade. Nossos navios pararam no cais, então junte sua família e venha comigo!

Outros soldados também avançaram para ajudar os pacientes. Aqueles que não conseguiam mais andar, os soldados os colocavam cuidadosamente no chão. Este pequeno grupo se expandiu e, instantaneamente, várias centenas de pessoas começaram a caminhar na direção do cais.  Muitas pessoas que perceberam essa cena também começaram a caminhar, dando o seu melhor para alcançá-las.

De volta ao cais, os soldados do Primeiro Exército já haviam enchido vários cantis com água purificada e os colocaram em uma mesa comprida. Machado de Ferro estava com um esquadrão no corredor do navio, deixando passar apenas duas pessoas ao mesmo tempo e garantindo que todos os que quisessem embarcar, tivessem bebido a água purificada.

— Todos vocês, atenção. Estes cantis estão cheios de medicamentos para tratar essa doença. Estejam certos, assim que vocês beberem esse medicamento, vocês irão se sentir curados imediatamente! — Diversos soldados estavam alinhados na plataforma, ao lado da grande mesa, enquanto liam em voz alta o pergaminho escrito por Sua Alteza — O que a Igreja chamou de “praga demoníaca causada pelas bruxas e que só pode ser curada com o Elixir Sagrado” é uma lorota e nada mais. Eles só querem ganhar mais dinheiro e também fazer vocês se ajoelharem e agradecerem por ter salvo suas vidas. Muito diferente da Igreja, Lorde Roland está trazendo o medicamento e não está cobrando nenhuma peça de bronze! Sim, você não precisa pagar nenhuma peça de cobre pela cura!

Estas palavras causaram um alvoroço e uma comoção em toda a multidão. A primeira pessoa que bebeu a água purificada sentiu as mudanças no seu corpo instantaneamente. Incapaz de acreditar, ele abriu as roupas apenas para ver como as manchas escuras despareciam rapidamente.

— Este remédio funciona mesmo! Estou curado, estou curado!

— Eu também, graças a deus, as feridas já não sangram!

— Deus? Que deus? Onde ele está? Eu só vejo um grupo de mentirosos!

— É verdade, esse medicamento não tem nada a ver com a Igreja!

— Viva a Sua Alteza, Roland!

À medida que mais e mais pessoas eram curadas, a multidão de pessoas atestando a eficácia do medicamento também ficou cada vez mais animada. Se o Primeiro Exército não estivesse lá para controlar a ordem, os cantis colocados sobre a mesa teriam sido imediatamente furtados pelo fluxo de fugitivos.

— No momento, Sua Alteza está ocupado com o desenvolvimento da Região Oeste, por isso, ele requer muita força de trabalho para cultivar campos, construir casas, estradas e outros trabalhos. Ele não cobra nada pelo medicamento e ele também não irá forçar ninguém a ir para a Região Oeste. — Os soldados responsáveis pela propaganda continuaram a gritar o mais alto possível — Mas Sua Alteza Real promete que, se você estiver disposto a nos seguir para a Região Oeste e trabalhar para ele, você receberá comida, abrigo e pagamento! Não importa qual seja sua especialidade, você receberá um trabalho digno! Se você estiver disposto a começar uma nova vida, basta dar um passo adiante e seguir os mercenários a bordo, eles levarão você para sua nova casa! Se você não estiver disposto, tudo bem, ainda estaremos aqui e forneceremos ajuda nos próximos três dias. Depois disso vamos embora.  Durante estes três dias, a comida será entregue gratuitamente pela caravana!

— Existe realmente uma nova casa e trabalho com pagamento esperando por nós? — Alguém perguntou em voz alta.

— É claro, essa é a condição oferecida por Sua Alteza! — O soldado assentiu em resposta.

— Por favor, deixe eu subir a bordo. Estou disposto a servir Sua Alteza Real!

— Eu também.

— E eu, senhor!

— Eu sou um ferreiro!

Brian ficou muito satisfeito ao ver que dentro desse grupo de centenas de pessoas, ninguém escolheu ficar na Cidade Real de Castelo Cinza. Em vez disso, todos decidiram embarcar no navio para o Oeste. No momento em que um navio estava cheio, imediatamente partiria e depois era substituído por um navio vazio. Sob o comando de Margaret, não havia nem a menor pausa entre eles.

Depois, Brian continuou a liderar os refugiados dos campos até a doca, sempre contando com a técnica de transmissão de som de Eco para separar um novo grupo de refugiados da Região Leste. O número de refugiados sob seu controle deveria ter entre trezentos a quatrocentos pessoas por vez.  Quando ele voltou com uma nova equipe de doentes para o cais, de repente viu como o Primeiro Exército estacionado nos campos de trigo no sul começou a se mover. Uma equipe começou a se mover a toda velocidade na direção da margem norte do canal, com armas empunhadas.

— O que aconteceu? — Brian perguntou na direção dos homens de Machado de Ferro.

— A escoteira, senhorita Raio, disse que alguém havia saltado secretamente do navio e fugido. — Um deles falou após saudar Brian — Será que é um rato que se escondeu entre os refugiados?

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

22 Comentários

  1. Agora Roland vai ter mais força de trabalho e um exército maior. Logo, logo a igreja nem vai ter mais chance nenhuma contra ele

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!