LAB – Capítulo 424

Amanhecer nº 1

Como é possível um poder mágico com tal forma? — Speer “tocou” a borda do metal em descrença, que era sua maneira única de sentir o poder mágico. Assim que a passagem foi conectada, ela podia ver, tocar e até cheirar os poderes mágicos das bruxas, como se estivesse entrando em seus corpos.

Dura e fria, a superfície era tão lisa quanto um espelho, refletindo cada detalhe do fio em forma de tentáculo. Quando o fio de energia semelhante a um tentáculo alcançou o cubo, ela rapidamente se recuperou.

— Relaxe. — A Marquesa consolou Anna — Eles são inofensivos.

Ela não tinha certeza se sua habilidade poderia afetar esse cubo metálico, já que o poder mágico de Anna parecia incapaz de fluir.

Depois de tentar algumas vezes, o fio finalmente ficou preso ao cubo.

Mas não houve transmissão de poder mágico.

— O que está acontecendo? — Rouxinol percebeu que algo estava errado.

— Eu nunca… transferi um poder mágico desse tipo. É muito grande e não parece que pode ser transferido. — Speer sentiu a garganta secar — Quando o canal foi conectado, o poder mágico deveria ter sido absorvido pelo ponto central.

— Vou tentar carregá-lo com poder mágico. — Anna de repente falou — Da mesma forma que faço quando uso o Sigilo da Vontade Divina.

— Tenha cuidado para não usar muito poder mágico de uma vez. — Sua Alteza assentiu.

O que é um Sigilo da Vontade Divina? — Speer descobriu que tinha ouvido vários novos termos desde que chegou a esta pequena vila.

Enquanto ela estava ponderando, o poder mágico no corpo de Anna subitamente se transformou.

O espelho perfeito foi quebrado e a superfície do metal ondulou. O “líquido” sem brilho entrou pelo fio conectado e depois se transformou em uma bola flutuante, como se estivesse sendo empurrado por alguma coisa.

Ela então sentiu um certo peso.

Diferente do ciclone de poder mágico, o “líquido” era muito pesado. Quando o “líquido” foi diretamente para o ponto central, que era a esfera de luz azul, parecia que ela estava transportando pedaços pesados de lingote de ferro. Speer descobriu que ela estava consumindo uma quantidade enorme de poder mágico.

Foi bastante inacreditável. Antes disso, ela poderia facilmente exibir suas habilidades por meio dia. Agora, nesse ritmo, talvez ela não aguentasse algumas poucas horas.

Desesperada, ela fez outro fio surgir do ponto central e conectou-o com seu próprio corpo, para sustentar o canal de transferência de poder usando o poder mágico de Anna.

Quando a esfera de luz azul ficou cheia, o cubo de metal no corpo de Anna ainda estava em sua forma original, como se o poder mágico perdido fosse apenas uma parte muito insignificante.

Speer realmente queria corrigir o que ela acabara de dizer. Ela tossiu duas vezes:

— Coff, coff… Agora o canal pode fornecer poder mágico suficiente para a senhorita Lunna. O que faremos a seguir?

— Mantenha-se firme! — Sua Alteza Roland entregou a Lunna um cilindro de cobre — Mostre-nos o que você pode fazer.

— Ok. — Lunna respirou fundo, segurou o objeto de cobre nas mãos e fechou os olhos.

De repente, o poder mágico começou a fluir furiosamente.

Speer viu que o cubo de metal no corpo de Anna brilhava, e o líquido no ponto central saía e enchia novamente. O canal inteiro continuava tremendo. Parecia que seria dilacerado pelo poder mágico turbulento. A Marquesa começou a suar na testa. Ela sentiu como se estivesse em pé na frente de um tsunami.

Do outro lado, Lunna tinha a testa franzida e as bochechas vermelhas. Obviamente, ela também estava sob o impacto das ondas ferozes. Mas considerando que Speer só estava transferindo o poder mágico, era Lunna quem devia estar sob o maior impacto. Mesmo assim, ela não parou de usar suas habilidades, e o poder mágico rapidamente consumido era a prova disso.

Essas garotas são uns monstros! — Speer não sabia como ela havia conseguido durar até o fim. Quando o poder mágico no corpo de Anna foi drenado, Speer sentiu que mal podia ficar em pé.

— Ah… acabei. — Lunna abriu os olhos e, feliz da vida, ergueu o cilindro de cobre — Eu consegui!

— Parabéns. — Roland pegou cuidadosamente o objeto de cobre com um par de pinças de madeira, como se fosse um ferro em brasa.

— O que é isso? — A Marquesa perguntou — Parece exatamente o mesmo de antes.

— Isso é um forte ímã com força magnética em constante alteração. — O Príncipe respondeu — Eu não sei se isso vai descarregar enquanto estou segurando, por isso é bom ser bastante cauteloso.

— O quê? — Speer piscou os olhos.

Rouxinol sorriu.

— Não se importe com isso. Esse é um tópico que só Anna pode entender.

— Então… para que ele é usado?

— Vamos testar. — Roland colocou o cilindro de cobre em uma máquina de ferro preto no meio do pátio. A julgar pela forma da máquina, parecia um gigantesco tubo de ferro. Tinha um pedestal de madeira na parte de trás. Um bastão de ferro tão grosso quanto um braço esticado do meio.

O Príncipe olhou para Lunna e disse:

— Ligue o interruptor. Se funcionar, trará uma nova fonte de energia para a vila.

Lunna assentiu. Ela segurou a alça de madeira na máquina e puxou-a para baixo com força.

Faíscas explodiram, produzindo um som crepitante. Para a surpresa de Speer, a estaca de ferro no meio começou a girar rapidamente. O bastão devia ser tão pesado quanto uma ou duas pessoas. Como poderia girar tão rápido?

— Então… conseguimos?

— Ainda não… — O Príncipe encontrou uma cadeira e sentou-se nela — Depende de quanto tempo isso pode funcionar.

Speer notou que havia algo brilhando nos olhos de Roland quando ele olhou para a máquina de ferro. Era como se ele estivesse olhando para uma joia brilhante.

Três dias depois, Roland abriu a porta de um dos laboratórios no quintal da mina da encosta norte. Ao ouvir o som, Anna parou seu trabalho e correu para cumprimentar Roland. Ela não conseguia esconder sua animação.

— Ainda está funcionando.

Não havia a necessidade de sua observação, pois o Príncipe também podia ouvir o ruído produzido pelo motor elétrico em operação. Para ele, esse ruído era quase tão eufônico quanto os sons da natureza, pois significava que o cilindro do núcleo magnético variável, que fora preenchido com o poder mágico de Lunna, ainda estava funcionando corretamente. Como toda uma nova fonte de energia, mostrara seu uso prático.

Roland chegou ao centro do terreno e viu que Lunna estava sentada ao lado do motor elétrico. Com as mãos no queixo, ela olhava para a máquina negra, sentindo-se entediada.

— Vossa Alteza, quando você disse que minhas habilidades estão cheias de potencial, você quis dizer isso? Não parece diferente de um motor a vapor.

— Esse é apenas o primeiro passo para mudar o mundo. — Roland disse radiante — Em breve, você será capaz de ver que mudanças que isso pode trazer para a nossa pequena vila.

Cada passo à frente na história da raça humana estava relacionado à utilização de energia. Até certo ponto, poderia ser usado para medir o nível de avanço de uma civilização. Do vapor à eletricidade, da eletricidade à energia nuclear, o avanço da energia normalmente impulsionaria a produção industrial. O cilindro do núcleo magnético variável preenchido com o poder mágico de Lunna era um novo tipo de energia. Parecia uma bateria gigante e transformava a energia mágica em energia elétrica. Sua pequena escala de fabricação limitava sua aplicação, o que significava que não poderia levar a uma grande revolução energética. Mas como um suplemento para o motor a vapor e o motor de combustão interna, ainda era uma fonte de energia perfeita.

Além disso, com o crescimento do poder mágico de Anna, ainda tinha potencial para ser usado em outras áreas. E quando Ramos ganhar o controle completo da Floresta das Brumas e obter a enorme fonte de poder mágico, o potencial dessa energia será inimaginável.

— O nome ‘cilindro magnético variável’ é muito longo. — Roland disse, sorrindo — Vamos chamá-lo de Amanhecer nº 1.

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

2 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!