LAB – Capítulo 429

Separação de elementos

Acompanhada pelo vento uivante e pela neve furiosa, Lucia entrou no complexo na mina da encosta norte e fechou a porta, deixando o frio para o lado de fora.

Galpões de madeira foram construídos ali em círculo depois que o inverno começou. Embora a iluminação fosse um pouco ruim, os galpões não seriam enterrados em pilhas de neve.

Havia uma pequena fogueira, e Lucia podia até sentir o calor de suas chamas bruxuleantes perto da porta. Ela tirou as luvas e colocou as mãos geladas em cima das chamas para se aquecer.

— Está com frio? — Anna, que estava na estação de trabalho, virou a cabeça e acenou — Venha aqui, eu vou te aquecer.

— Obrigada. — Lucia foi até aonde Anna estava. Em seguida, ela foi banhada por chamas verdes mornas que lhe davam uma sensação quente e relaxante da cabeça aos pés, como se estivesse mergulhado na banheira do castelo.

Ahhh, essa habilidade é tão boa… — Lucia pensou com uma pitadinha de inveja — A senhorita Anna nunca precisa temer o frio.

— Está mais quente agora?

— Sim, senhora. — Lucia afirmou, assentindo vigorosamente — O que você está fazendo?

— Algumas peças para as novas armas. — Anna pegou um longo tubo de aço fino com um pistão no meio e o puxou para frente e para trás — Sua Alteza diz que não tem certeza se vai funcionar no primeiro disparo, então as peças precisam ser testadas repetidamente.

Essas peças brilhantes aparentemente eram feitas do melhor aço laminado e foram cuidadosamente esculpidas pela Chama-negra de Anna. Antes de chegar à vila, Lucia nunca teria pensado que a superfície dos objetos de ferro poderia ser tão lisa quanto o vidro. Era como uma obra de arte.

Ela também contribuiu para a criação deles. Lucia não pôde reprimir um sorriso com esse pensamento. Tanto Roland quanto Anna haviam dito que, sem materiais de alta qualidade, os produtos acabados ainda seriam produtos danificados, mesmo com métodos de processamento precisos e refinados.

— Sua Alteza não veio com você? — Anna perguntou, fazendo seu Coração de Fogo desparecer.

— Ele disse que ainda precisava cuidar de algo e viria um pouco mais tarde. Ah, e também me pediu para primeiro me familiarizar com a minha nova habilidade. — Lucia respondeu, com um sorriso envergonhado.

— Como está a sua habilidade depois da evolução? — Anna perguntou com grande interesse. — Provavelmente não há ninguém na União das Bruxas que tenha criado uma agitação maior do que você ao entrar na idade adulta.

Lucia coçou a cabeça, parecendo um pouco sem graça.

— Eu provavelmente não poderia ter feito isso sem você e Lady Speer.

— Você já me agradeceu, não precisa se preocupar com isso. — Anna dispensou com um aceno — Vamos ver sua nova habilidade.

Lucia concordou. Ela convocou o poder mágico em seu corpo e novamente sentiu o mesmo sentimento estranho que envolvia seu coração. De repente, tudo se tornou estranho e obscuro, dividindo-se em numerosos bloquinhos que se agrupavam por cor, formando manchas de cores diferentes. No entanto, desta vez ela não sofreu qualquer dor, logo, ela poderia se acalmar e cuidadosamente observar cada bloquinho.

Ela pegou uma das peças processadas por Anna. A superfície que antes era lisa e brilhante, agora continha pedaços e saliências em sua superfície. Com a ajuda do poder mágico, ela pôde ver claramente as manchas e suas cores. Havia cerca de sete ou oito blocos coloridos, o maior dos quais era ciano. Como se um artista tivesse derramado descuidadamente vários pigmentos no chão, não havia nenhum padrão em seu arranjo. A única diferença, no entanto, era que cada cor tinha limites visíveis que as impediam de se misturarem.

Será que isso são aquelas esferas minúsculas que Sua Alteza tanto fala? — Lucia pensou — Ah, mas estes blocos e manchas coloridas são grandes demais para serem considerados como partículas fundamentais de tudo. Mas eu lembro que existe uma classificação maior do que partícula, que é o elemento. Pequenas partículas foram partículas maiores conforme padrões e regras diferentes. E essas partículas maiores terão propriedades completamente diferentes, devido às suas estruturas.

Lucia costumava não ter ideia de sua própria habilidade ou de suas funções específicas em Valência, mas agora entendia completamente o conceito de elementos. De acordo com a descrição e classificação de Sua Alteza, ela acreditava que o que estava observando era na verdade os elementos.

Depois de ouvir o que Lucia viu e pensou, Anna ponderou por um tempo e disse:

— Pode ser um tipo de habilidade derivada.

— Habilidade… derivada?

— Sim, é um talento muito raro. — Anna explicou, sorrindo — Há apenas algumas bruxas adultas na União das Bruxas que possuem tal talento. De acordo com Agatha, isso só ocorre no Dia da Idade Adulta. Se você não adquirir uma habilidade derivada neste dia, você não terá mais chances de obtê-la. Acredito que tenha muito a ver com a habilidade primária de uma bruxa, ou podemos dizer, ela complementa e fortalece a habilidade primária. Por exemplo, Soraya precisa primeiro misturar pigmentos em tinta se ela não tiver o pincel mágico. O mesmo se aplica ao Livro da Magia da senhorita Pergaminho. Uma vez ela me disse que, embora pudesse memorizar rapidamente a maioria dos livros antes da idade adulta, não podia compartilhar o conteúdo com outras pessoas, porque não tinha dinheiro para comprar pincéis e pergaminhos.

Anna parou por um momento antes de continuar.

— Sua principal habilidade é a separação e restauração, então eu acho que essas manchas coloridas podem ajudá-la a separar com precisão um tipo específico de elemento. Vamos testar para ver se você pode separar um determinado bloco de cores ou não.

Lucia assentiu. Ela começou a aplicar novamente seu poder no lingote de ferro-gusa da estação de trabalho. Ao contrário da separação anterior, desta vez ela cautelosamente transformou seu poder mágico em um filamento para puxar os blocos de cor ciano.

Todo o processo foi muito mais difícil do que ela esperava. Lúcia nunca manipulara seu poder mágico de maneira tão laboriosa, mas ficou encantada ao ver seu progresso. Em comparação com sua prática antes de se tornar uma adulta, ela agora era capaz de sentir verdadeiramente o poder mágico, como se tivesse se tornado seus próprios dedos, até mesmo uma extensão de sua consciência.

À medida que mais filamentos se agarravam aos blocos de cor ciano, os blocos finalmente começaram a se soltar e a se desvencilhar do lingote de ferro. Enquanto isso, o resto das manchas coloridas também mudou.  As arestas bem definidas dos blocos restantes e demais limites das manchas coloridas começaram a tremer, e todo o lingote de ferro desmoronou e se desintegrou em um cristal verde-amarelo tão pequeno quanto a metade de um prego, ao lado do qual era semelhante a um bloco de ferro, como se fosse uma caixa.

Lucia retirou seu poder e enxugou o suor de sua testa. Ela notou que o cristal e o bloco exibiam cores diferentes sob o poder mágico do que com a visão normal. O bloco ciano anterior tinha se tornado branco prateado, que era uma cor geralmente vista no ferro puro. No entanto, o cristal ainda permanecia colorido, e se ela não olhasse para ele usando seu poder mágico, ele parecia apenas uma pedra preciosa polida.

— O que é isso? — Lucia gentilmente pegou o minúsculo cristal. Seu tamanho não era nem perto do lingote de ferro, mas parecia muito mais bonito.

— Provavelmente é um composto formado pelos outros elementos que estavam presentes no ferro-gusa. — Anna sugeriu, com os olhos brilhando — Não tenho certeza, mas posso fazer um pequeno experimento para verificar isso. Se eu estiver certa, você sabe o que isso significa? Significa que você pode separar alguns elementos de um objeto e reorganizar o restante dos elementos, em vez de separá-los… Qualquer material inútil e de má qualidade pode renascer com a ajuda do seu poder.

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

7 Comentários

  1. Agora o laboratório de química vai querer monopolizar a Lucia a ponto de declarar guerra contra o Roland, imagina toda a utilidade que ela pode ter :O
    Sem falar que nada será desperdiçado e tudo reaproveitado de forma plena.

  2. Eu me sinto tao burro em fisica, matematica e quimica lendo essa novel, mas burro que o normal hahaauahaauaua

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!