LAB – Capítulo 538

A roda do tempo

Depois de se alimentar e receber seus equipamentos, o Primeiro Exército estava pronto para partir novamente.

Esta era a missão da segunda metade da Ofensiva da Primavera, capturar Vila do Salgueiro e Serra do Dragão Caído. A captura de Vila do Salgueiro unificaria a Região Oeste, e assumir o controle de Serra do Dragão Caído lhes permitiria ter o acesso mais fácil a Região Sul.

Como essas duas cidades estavam bem fortificadas, Roland confiou o comando a Machado de Ferro e ele mesmo não participou da expedição. Como o Primeiro Exército havia recém tomado a Cidade Real de Castelo Cinza, os soldados estavam com o moral elevado. Além disso, os soldados profissionais formavam gradualmente um protótipo de soldados de um exército moderno, o que significava que eles poderiam executar fielmente ordens de combate sem serem liderados pessoalmente por Roland. Portanto, Roland tinha certeza de que eles tomariam as duas cidades. Enquanto eles fizessem uma investigação completa e usassem as tropas de artilharia para avançar firmemente, eles não enfrentariam grande resistência dos inimigos.

A reconstrução da ordem pós-guerra deveria ser seu foco de atenção.

Felizmente, Vila do Salgueiro não era uma cidade em grande escala. Roland não precisaria estabelecer uma prefeitura secundária totalmente funcional como a da Região Cancioneiro, mas apenas estabelecer escritórios para cada departamento correspondentemente. Hoje em dia, a Região Fronteiriça poderia oferecer pessoas qualificadas da área de gestão, por isso não seria difícil adicionar Vila do Salgueiro ao sistema político da Cidade de Primavera Eterna.

Quanto à Serra do Dragão Caído, Roland entregaria para a Condessa Speer administrar. Após a queda de Timothy, Speer jurou lealdade a Roland e concordou em aceitar o modelo geral de administração da Região Oeste. A fim de ajudá-la a tomar a cidade e limpar os nobres rebeldes, Roland acreditava que era necessário deixar o Primeiro Exército responsável pela guarnição da serra.

Além disso, no futuro, seja para anexar ainda mais a Região Sul ou para conquistar a Cidade da Areia de Ferro, Serra do Dragão Caído era a principal artéria de tráfego. Então, o outro propósito da guarnição era evitar acidentes. Roland precisava tomar esta cidade, custe o que custar.

— Creio que com esta tática, não sobrará muitos soldados no Primeiro Exército. — Machado de Ferro disse depois de conhecer o plano, franzindo a testa — Quinhentos estão guardando a Cidade Real, mil serão despachados para a Vila do Salgueiro e Serra do Dragão Caído, e o número de soldados que eu posso mobilizar livremente não é superior a mil e quinhentos, a maioria dos quais é da artilharia. Assim, a Cidade de Primavera Eterna provavelmente perderá temporariamente a capacidade de lançar o ataque.

— Como está o treinamento para os novos soldados recrutados durante os Meses dos Demônios?

— Nem perto das tropas regulares. — Machado de Ferro disse enquanto balançava a cabeça — Eles precisam ser treinados por pelo menos mais dois ou três meses.

Roland não pôde deixar de rir. Ele lembrou-se de quando originalmente montou a milícia para resistir às bestas demoníacas. A milícia foi para o campo de batalha somente após treinarem por um mês e meio. Agora, com a construção cada vez mais abrangente do exército, o critério de aceitabilidade também aumentou consideravelmente. Na verdade, se os soldados pudessem se alinhar com base na ordem e mirar no gatilho, mesmo nessa época, seria um exército forte. Afinal, eles só precisavam mirar e atirar sem estarem necessariamente sob o ataque do inimigo e arriscando suas próprias vidas.

— Não se preocupe. Então a guarnição poderia ser substituída por esses novos recrutas, e será uma espécie de treinamento para eles lutarem contra os guardas dos nobres. — Roland disse com um sorriso zombeteiro — Quando a delegação de emissários retornar após o recrutamento, a população de Primavera Eterna terá um novo crescimento. Podemos continuar a expandir nosso exército.

Apreender a Cidade Real estava longe de ser o fim, e tomar a Serra do Dragão Caído era apenas um começo. Se tudo corresse bem, ele esperava anexar toda a Cordilheira ao sul antes da chegada dos Meses dos Demônios este ano.

Se pudesse obter um suprimento estável de “água negra”, Roland poderia ser capaz de liderar as indústrias da Cidade de Primavera Eterna para um novo estágio.

Logo depois que Machado de Ferro saiu, Rouxinol apareceu discretamente na frente de Roland.

— Iffy quer ver você.

Olhando para a bruxa da Associação Presa de Sangue caminhando lentamente para o escritório, Roland pôde sentir algumas mudanças.

Seus passos não eram tão firmes como quando chegou. Seu cabelo comprido castanho estava um pouco bagunçado, o que mostrava que ela aparentemente não se importava em cuidar de sua aparência agora. Ela não parecia tão vigilante e orgulhosa como antes, em vez disso, parecia bastante confusa e perdida.

Neste momento, ela parecia mais uma garota da sua idade.

Iffy fez uma reverência primeiro e, depois de um longo silêncio disse:

— Vossa Majestade, o que é… aquilo que Maggie usou?

Roland esperava que ela perguntasse sobre isso. Ele acenou para Rouxinol, e então Rouxinol sacou o revólver da cintura e colocou-o na mesa.

— O que ela usou foi uma arma de fogo. Isso mata inimigos com projéteis impulsionados por pólvora. — Roland habilmente removeu o cartucho e despejou as munições — Os projéteis usados para atirar em você foram modificados de uma maneira particular, caso contrário você teria sido morta no local.

Os lábios de Iffy se moveram como se quisesse dizer alguma coisa, mas ainda assim engoliu suas palavras no final.

Roland pegou uma munição e levantou-a na frente dela.

— Está vendo isso? Não é muito maior que um dedo, mas ainda requer um procedimento extremamente complicado para fabricá-lo. Todo o procedimento exigiu o trabalho conjunto de centenas de cidadãos comuns e três bruxas. Nenhum dos dois grupos é dispensável. E essas são as bruxas não combatentes que você acha que são inúteis. Você ainda acha isso?

— Eu… — Iffy pareceu hesitar, mas não conseguiu pronunciar uma palavra no final.

Roland não lhe deu muito tempo para pensar e continuou:

— Talvez elas não possam competir com você em termos de habilidades de combate, mas isso não prova nada. Embora um cidadão comum não possa derrubar um animal feroz com suas próprias mãos, são os seres humanos que governam o mundo, não as feras. Eu prefiro chamar as bruxas não combatentes de bruxas auxiliares. Por meio de suas próprias habilidades, elas podem dar grande poder à vasta maioria das pessoas comuns, tais como aqueles guardas que lutam com espadas e escudos grandes. Com a ajuda delas, os seres humanos podem facilmente vencer as feras. Em certo sentido, as bruxas auxiliares são melhores e mais importantes que as bruxas combatentes.

— Mas as armas que o senhor inventou… podem ter um papel mais poderoso nas mãos das bruxas combatentes. — Iffy disse em voz baixa.

— A diferença não é muito óbvia, pelo menos não é óbvia o suficiente para mudar o resultado de uma guerra. — Roland balançou a cabeça — Pense comigo, se você enfrentar dez soldados comuns com estas armas, quais seriam as suas chances de ganhar? Em meu território, eles podem produzir de sete a oito dessas armas todos os dias, mas quantas bruxas combatentes existem? Além disso, não basta simplesmente possuir as armas. Também precisamos mantê-las e cuidar delas para o seu bom funcionamento. Para isso, precisamos de uma equipe de produção e logística em massa, na qual bruxas auxiliares desempenham papéis insubstituíveis. — Roland remontou a arma e devolveu a Rouxinol — Eu sei que é difícil para você compreender isso assim, de uma vez, mas a razão pela qual os seres humanos são melhores que os animais é porque os seres humanos podem usar sua sabedoria para criar o poder que o mundo nunca teve. Para este fim, o poder mágico é indubitavelmente a melhor ferramenta, e ainda assim você está desperdiçando esse talento. — Roland parou por um momento e continuou — Certo, o grupo reserva do Primeiro Exército fará um treinamento usando fuzis carregados esta tarde. Eu sugiro que você observe esse treinamento para que possa usar seus próprios olhos para observar e diferenciar o verdadeiro poder. Os tempos mudaram, Iffy.

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

2 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!