LdM – Capítulo 131

Transação

Sr. A? Isso soa mais como um codinome para um criminoso do que para um homem poderoso e misterioso. Não pode ser comparado ao Sr. Louco… não, apenas deuses ou semideuses podem ser comparados ao Sr. Louco… — Audrey sentiu uma sensação de superioridade ao pensar isso.

Ela olhou calmamente para o Sr. A e falou com Fors e Xio Derecha, sussurrando:

— Sabem algo sobre esse homem?

O encapuzado Visconde Glaint estava igualmente curioso.

Xio Derecha respondeu com severidade:

— Houve vários desses incidentes no passado. Beyonders de Sequência 8, alguns até Sequência 7, focaram e tentaram lidar com o Sr. A, mas todos desapareceram misteriosamente.

— Então ele realmente é um poderoso Beyonder — maravilhou-se Glaint.

Eles entraram na sala enquanto conversavam. Os guardas imediatamente fecharam a porta atrás deles.

Depois de se ajustar à luz da lâmpada a gás da sala, Audrey viu bem na sua frente dois quadros-negros com várias frases escritas.

Nesse momento, Fors, que tinha um cigarro apagado na mão, sussurrou:

— Esses são os pedidos dos membros desta reunião. Você deve ser capaz de entender que muitas pessoas não desejam que estranhos saibam o que possuem para evitar ser alvo de pessoas gananciosas. Assim, eles escrevem seus pedidos ou o que estão vendendo, bem como o preço aproximado nos quadros-negros de forma anônima.

Audrey assentiu. Ela não se importou em observar os membros da reunião; em vez disso, desviou seu olhar para as palavras no quadro esquerdo.

“Preciso de um par de olhos de um peixe Manhal adulto.”

“Poeira deixada para trás por espíritos vingativos, 165 libras.”

“Três páginas do caderno do Imperador Roselle, 20 libras.”

Audrey não conseguiu manter seu estado de Espectador quando viu isso. Ela ficou tão chocada quanto animada.

Esses preços… esses preços são muito… é tudo muito barato! — Ela pensou, animada e alegre.

Enquanto caminhava, seu olhar caiu sobre os outos pedidos.

“Lágrimas de uma flor bebe, 200 libras.”

“Pó de múmia, 10 gramas, 5 libras.”

“Secreção de homem-peixe, 30 ml, 29 libras.”

“Fórmula da Poção Sequência 8 Xerife, 450 libras.”

Barato… simplesmente muito barato! Todos os ingredientes Beyonder custam menos de 300 libras! — Os olhos de Audrey brilharam quando ela encontrou um lugar para se sentar junto com seus companheiros.

Xio Derecha se inclinou e sussurrou em seu ouvido:

— Há algo que você queira?

Audrey respirou profundamente. A famosa citação do Imperador Roselle passou por sua mente: “Quero tudo!

Ela tinha dois irmãos mais velhos, anulando sua elegibilidade para herdar o título aristocrático e a parte principal da herança. Mas, como uma dama adorada por seus pais e irmãos, Audrey possuía propriedades, terras agrícolas, pastagens, minas, jóias, ações e títulos em seu nome. Juntos, eram avaliados em 300.000 libras.

Isso fazia parte de sua herança, mas ela só os possuía em nome até que seu pai, o Conde Hall, falecesse ou quando se casasse. Todos os anos, ela recebia uma quantia correspondente de um fundo fiduciário.

Mas, mesmo assim, ela podia receber de 15.000 a 25.000 libras por ano, fazendo dela uma das mulheres mais ricas entre os nobres de todo o Reino Loen.

Claro, ela também tinha despesas que não podia evitar fazendo parte da nobreza. E agora que estava recebendo pagamentos anuais, não podia mais incomodar seus pais por dinheiro o tempo todo.

Ela se controlou e respondeu discretamente:

— Por enquanto, estou de olho no caderno do Imperador Roselle. Eu o adoro e acho que os símbolos e a literatura especiais que ele criou têm um poder misterioso; é só que ainda não encontramos a maneira correta de decifrá-los.

Audrey, você está se tornando cada vez mais hipócrita… — Ela acrescentou em seu coração.

Logo quando disse isso, um jovem de camisa branca sentado perto deles levantou-se, animado. Ele concordou com Audrey:

— Sim! Isso é verdade! Finalmente conheci alguém que compartilha da mesma opinião que eu!

— Eu sou a pessoa com as três páginas do caderno, e posso vendê-las para você agora mesmo!

Audrey ficou perplexa no começo, antes de responder com um sorriso:

— Então, permita-me expressar minha gratidão.

Ela pegou um par de notas de dez libras e as entregou ao homem, recebendo em troca as três páginas do diário do Imperador Roselle. É claro que ninguém aqui sabia que elas faziam parte de seu diário, e, portanto, geralmente era chamado de caderno.

Audrey folheou as páginas depois de recebê-las e confirmou que a escrita era semelhante às páginas anteriores que havia encontrado.

Ela guardou as folhas e perguntou baixinho a Xio e Fors:

— Quem eu posso procurar se as anotações forem falsas? Sr. A?

— Sim, o Sr. A não permitirá que nenhuma fraude ocorra em sua reunião. E eu também poderia ajudá-la a mediar isso em particular— respondeu Xio Derecha, ansiosa.

— Compreendo. — Audrey entrou em seu estado de Espectador e examinou os Beyonders e futuros Beyonders a seu redor.

Havia muitas pessoas olhando por causa da animação do jovem naquele momento. Estavam observando Audrey e Glaint, alguns sendo óbvios enquanto outros eram mais discretos, mas os capuzes de Audrey e Glaint cobriam bem suas faces.

Há sofás e cadeiras espalhados por todo o local, todos de frente para o quadro. O material dos móveis é bastante normal, indicando que a pessoa que os reuniu aqui, Sr. A, não é nobre e não se importa muito com o local… Sim, com a confiança que ele demonstrou, não precisa ser excessivo ou pretensioso com o local… — Audrey olhou em volta e calmamente observou.

O Sr. A olha para todas as damas presentes, seu olhar muitas vezes permanecendo nas que possuem uma aparência acima da média… Ele é lascivo… Por que ele está me olhando com tanta frequência? Será que consegue ver através da minha túnica?

Audrey ficou chocada com essa dedução. Ela sentiu nojo, como se tivesse acabado de comer uma mosca.

Mas suas preocupações diminuíram rapidamente, pois ela notou que o Sr. A não estava olhando para o corpo dela ou para o das outras senhoritas damas…

Isso significa que seus olhos não podem ver diretamente através do tecido. Sua visão é excepcional, é como se ele estivesse me observando de perto. Com essa habilidade, o capuz não vai conseguir ter muito do efeito desejado. — Audrey observou calmamente o resto das pessoas envolvidas em seus próprios negócios e entendeu as circunstâncias de alguns dos presentes.

Nesse momento, o assistente do Sr. A se aproximou e sussurrou para o grupo de Audrey:

— Voces podem escrever seus pedidos em um pedaço de papel e passá-los para mim, ou esperar até o intervalo mais tarde para escrever o que quiserem vender no quadro-negro na sala pequena.

Fors sentiu o cheiro do cigarro e examinou os arredores com cautela.

— Você já pensou em qual fórmula de Sequência 9 deseja?

Ela cumpriu sua promessa e contou a Audrey e Visconde Glaint sobre todos os caminhos de Sequência que conhecia.

Audrey fingiu pensar antes de dizer:

— Espectador, quero me tornar um Espectador. E também quero a sequência de Espectador, Telepata.

Ela considerou o fato de que teria que ter contato frequente com Fors e Xio Derecha no futuro, tornando altamente possível que elas percebessem que já era uma Beyonder, um Espectador. Assim, ela decidiu aproveitar esta oportunidade para revelar isso e ocultar completamente a existência do Clube do Tarô.

Mesmo que eu esteja desperdiçando algum dinheiro, ainda valerá a pena… — Audrey se elogiou.

Ao mesmo tempo, ela notou que Xio Derecha olhava os quadros de vez em quando, sua expressão era de desejo e tristeza.

Xio me disse que a sequência 8 correspondente a Árbitro era Xerife. Ela está olhando para o preço de 450 libras? Bem, é óbvio que ela quer a fórmula de Xerife…

Ela já é Árbitro há mais de um ano e atua inconscientemente o papel de árbitra. A poção dela já deve ter sido digerida…

Todos esses detalhes me dizem que Xio não tem dinheiro!

Enquanto Audrey deduzia tudo isso, Visconde Glaint revelou sua escolha.

— Boticário, quero a fórmula para a Sequência 9, Boticário!

Sentindo o olhar de Audrey, Fors e Xio, ele se explicou com uma gargalhada:

— Para mim, ser saudável e não ter que se preocupar com doenças e malefícios graves é a coisa mais importante!

— Uma decisão racional. Uma vez sonhei em me tornar um Boticário. — Fors suspirou enquanto sorria.

Ela tinha um comportamento bastante chateado.

Depois de tomar suas decisões, Audrey e o resto escreveram seus pedidos em pedaços de papel e os entregaram ao assistente. Eles ficaram observando enquanto o assistente andava pelo local e perguntava aos outros participantes, coletando vários outros pedaços de papel.

O assistente embaralhou as anotações e as entregou ao parceiro encarregado dos quadros-negros, pedindo-lhe para transcrever as informações neles.

— Preciso das fórmulas para poções Espectador e Telepata, o preço será negociado cara a cara…

O facilitador repetia o pedido três vezes depois de escrevê-lo no quadro-negro. Caso alguém se interessasse, poderia solicitar um quarto em segredo, onde haveria assistentes ajudando-os a concluir o acordo.

Depois de esperar um pouco, Audrey e Glaint não receberam nenhuma oferta, o que os deixou bastante decepcionados.

Nesse momento, um assistente foi até o lado de Audrey e entregou-lhe um pedaço de papel dobrado.

— É do Sr. A — disse o assistente suavemente.

Audrey desdobrou o pedaço de papel e deu uma olhada.

“Você estaria interessada nas fórmulas de outras poções de sequência 9?”

Audrey curvou as extremidades da boca com desdém e escreveu em um espaço em branco: “Só estou interessada em Espectador.”

Ela dobrou o pedaço de papel e devolveu-o ao assistente, depois observou enquanto ele o devolvia ao Sr. A.

Sr. A deu uma olhada e não disse nada, continuando a examinar o resto dos membros silenciosamente.

Mas Audrey notou claramente que ele havia queimado secretamente o pedaço de papel e deixado as cinzas caírem no chão.

Quinze minutos depois, o Sr. A disse:

— Agora, vamos fazer uma pausa. Vocês podem interagir com ou outros participantes livremente.

Nesse momento, o jovem que vendeu o diário do Imperador Roselle se aproximou de Audrey e disse, empolgado:

— Eu já decifrei uma parte dos caracteres especiais do Imperador Roselle e os tatuei em mim, me permitindo adquirir algumas habilidades notáveis.

— Você está interessada?

Audrey subitamente lembrou que havia perguntado ao Sr. Louco se os caracteres especiais do diário do Imperador Roselle possuíam habilidades únicas. A resposta do Sr. Louco foi que eles eram inúteis, a menos que uma divindade de repente se interessasse por eles.

Ela olhou para o jovem na sua frente e pensou por um momento. Ela então questionou:

— Que habilidades notáveis?

O jovem então respondeu entusiasmado:

— Me tornei mais forte e saudável!

Audrey olhou para ele com pena.

— Sinto muito, mas tenho mais confiança em minha própria pesquisa.

No resto da reunião, ela continuou observando aqueles que compareceram mas não obteve mais informações. Tudo o que ela obteve era uma dedução grosseira de que alguns deles eram médicos ou advogados, ocupações comuns.

Audrey e o resto deixaram o local depois de mais meia hora e retornaram à mansão do Visconde Glaint enquanto esperavam até o baile terminar.

Audrey voltou para casa por volta das 10 horas da noite. Ela estava prestes a pedir à criada que preparasse água quente quando viu seu cachorro, Susie, lhe lançar um olhar.

Meu cachorro me lançou um olhar… — As emoções de Audrey ficaram complicadas.

4 Comentários

  1. Aiai
    Enquanto klain na pobreza,Audrey achando pouco 300 libras.
    Imagina na idade média, era bem parecido com as pessoas que moram ao lado de Klain(os cidadãos pobretários).
    Acho que é idade média né?
    Falta de saneamento e esses negócios relacionados a mal qualidade de vida. Hj em dia ainda é assim(Não como séculos atrás).

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!