LdM – Capítulo 2

Circunstâncias

Tap! Tap! Tap!

Zhou Mingrui recuou de medo diante do que viu. Era como se a pessoa no espelho não fosse ele mesmo, mas um cadáver dissecado.

Como poderia uma pessoa com feridas tão graves ainda estar viva?

Ele virou novamente a cabeça em descrença e checou o outro lado. Embora estivesse distante e a iluminação fosse fraca, ainda podia ver a ferida profunda e manchas vermelhas de sangue.

Mas o quê…

Zhou Mingrui respirou fundo enquanto tentava se acalmar.

Ele estendeu a mão para pressionar o peito esquerdo e sentiu seu coração acelerado, exalando imensa vitalidade.

Então tocou sua pele exposta, e sentiu que sob a ligeira frieza fluía calor.

Quando se agachou, depois de verificar que conseguia dobrar seus joelhos, Zhou Mingrui levantou novamente e se acalmou.

— O que está acontecendo? — murmurou com uma carranca. Ele planejou inspecionar sua lesão na cabeça seriamente mais uma vez.

Ele deu dois passos para frente e de repente parou. O luar da lua carmesim era relativamente escuro, portanto era insuficiente para sua “inspeção séria”.

Um fragmento de memória apareceu quando Zhou Mingrui virou a cabeça para olhar os canos brancos acinzentados e a lâmpada de metal na parede ao lado da mesa de estudos.

Esta era a lâmpada a gás mais comum atualmente. Sua chama era estável e sua capacidade de iluminação era excelente.

Com a situação familiar de Klein Moretti, até uma lâmpada de querosene era um sonho, quiçá uma lâmpada a gás. A utilização de velas era mais apropriada para a sua posição e status. No entanto, quatro anos atrás, quando varava as noites para ser admitido na Universidade de Khoy, seu irmão mais velho, Benson, sentiu que era uma questão importante da qual o futuro de sua família dependia. Portanto, ele insistiu em criar condições de estudo condizentes para Klein, mesmo que isso significasse assumir dívidas.

Naturalmente, Benson, que era alfabetizado e trabalhou por vários anos, não era uma pessoa imprudente que não pensava nas consequências. Ele tinha alguns truques na manga. Argumentou com o senhorio para “elevar os padrões do apartamento, instalando tubos de gás para melhorar a probabilidade de aluguéis no futuro”. O senhorio, convencido, forneceu o dinheiro para concluir as modificações básicas. Então, usando a conveniência de trabalhar em uma empresa de importação e exportação, comprou uma nova lâmpada a gás que estava quase a preço de custo. No final, ele apenas usou suas economias e não precisou pedir dinheiro emprestado.

Depois que o fragmento de memória apareceu em sua mente, Zhou Mingrui foi até a mesa, girou a válvula no cano e começou a girar o interruptor da lâmpada de gás.

Com um som estridente, uma faísca de fricção soou. A luz não desceu sobre Zhou Mingrui como esperava.

Ele girou o interruptor mais algumas vezes, mas tudo o que a lâmpada fez foi crepitar e permanecer escura.

— Hmm… — retraindo a mão e pressionando a têmpora esquerda, Zhou Mingrui procurou o motivo vasculhando seus fragmentos de memória.

Após alguns segundos, ele se virou e caminhou em direção à porta, chegando à instalação da máquina, que estava igualmente inserida na parede e tinha tubos brancos acinzentados ligados a ela.

Era um medidor de gás!

Depois de ver as engrenagens e rolamentos expostos, Zhou Mingrui pegou uma moeda do bolso da calça.

Era amarelo-escura e tinha um brilho bronze. A frente da moeda estava gravada com um retrato de um homem que usava uma coroa, e havia um “1” sobre um ramo de trigo na parte de trás.

Zhou Mingrui sabia que esta era a moeda mais básica do Reino Loen. Era chamado um centavo de cobre. O valor de um centavo era de aproximadamente três a quatro yuans antes de sua transmigração. Essas moedas tinham outras denominações, como cinco centavos, meio centavo e um quarto de centavo. Apesar dos três tipos, as denominações não estavam em unidades suficientemente pequenas. Na vida cotidiana, era preciso comprar várias coisas diferentes apenas para gastar uma única moeda de tempos em tempos.

Depois de virar a moeda, que só foi cunhada e circulou depois que o Rei George III subiu ao trono, Zhou Mingrui a inseriu na fina boca vertical do medidor de gás.

Clink! Clang!

Após a moeda cair no fundo do medidor, o som das engrenagens soou imediatamente, produzindo um ritmo mecânico curto, mas melodioso.

Zhou Mingrui olhou para o medidor por alguns segundos antes de voltar para a escrivaninha de madeira. Então estendeu a mão para girar o interruptor da lâmpada a gás.

Depois de crepitar, houve um som agudo!

Uma pluma de fogo se acendeu e cresceu rapidamente. A luz brilhante primeiro ocupou os interiores da lâmpada de parede antes de penetrar no vidro transparente, cobrindo a sala com um brilho morno.

A escuridão rapidamente diminuiu enquanto a luz carmesim recuava pela janela. Zhou Mingrui sentiu-se aliviado por um motivo desconcertante quando chegou rapidamente à frente do espelho.

Desta vez, ele inspecionou seriamente sua têmpora e não perdeu um único detalhe.

Após algumas rodadas de inspeção, percebeu que, além da mancha de sangue original, não havia mais líquido saindo da ferida grotesca. Parecia que tinha recebido a melhor hemóstase e bandagem. Quanto ao cérebro branco-acinzentado que pulsava e o crescimento discernível de carne e sangue ao redor da ferida, significava que poderia levar de trinta a quarenta minutos, ou talvez de duas a três horas antes de deixar apenas uma leve cicatriz.

— Efeitos restaurativos causados pela transmigração? — Zhou Mingrui levantou o canto direito de sua boca enquanto murmurava silenciosamente.

Depois disso, ele soltou um longo suspiro. Independentemente da situação, ele ainda estava vivo!

Depois de se decidir, abriu uma gaveta e tirou um pequeno pedaço de sabão. Ele pegou uma das toalhas velhas e esfarrapadas penduradas ao lado do armário e abriu a porta, e então caminhou até o banheiro público que era compartilhado pelos inquilinos no segundo andar.

Sim, eu deveria limpar as manchas de sangue na minha cabeça, ou vou continuar parecendo uma cena de crime. Tudo bem me assustar, mas se fosse assustar minha irmã, Melissa, quando ela acordasse cedo amanhã de manhã, seria bem problemático!

O corredor do lado de fora estava escuro como breu. As silhuetas mal eram acentuadas pelo luar carmesim da janela no fim do corredor. Eles pareciam um par de olhos monstruosos que silenciosamente observavam a vida até tarde da noite.

Zhou Mingrui acalmou seus passos enquanto caminhava em direção ao banheiro comunitário com um medo arrepiante.

Quando entrou, havia ainda mais luz da lua, permitindo que ele visse tudo claramente. Zhou Mingrui ficou na frente de um lavatório e girou a maçaneta da torneira.

Ao ouvir o som de água jorrando, de repente lembrou de seu senhorio, o Sr. Franky.

Como a água estava incluída no aluguel, esse cavalheiro baixo e magro, que usava uma cartola, um colete e um terno preto, sempre inspecionava o banheiro para anotar qualquer som de água corrente.

Se a água jorrasse muito alto, o sr. Franky ignoraria todos os traços cavalheirescos agitando a bengala e batendo na porta do banheiro, gritando coisas como “ladrão maldito”, “o desperdício é um assunto sem vergonha”, “vou lembrar de você”’, “se eu ver isso acontecer novamente, suma junto com a sua bagagem imunda”, “marque minhas palavras, este é o apartamento mais econômico de Tingen. Você não encontrará um senhorio mais gentil em nenhum outro lugar!”.

Deixando de lado esses pensamentos, Zhou Mingrui usou uma toalha úmida para limpar as manchas de sangue de seu rosto repetidamente.

Depois de verificar a si mesmo usando o espelho do banheiro e observando que tudo o que restava era uma ferida medonha e um rosto pálido, Zhou Mingrui relaxou. Então, tirou a camisa de linho e usou uma barra de sabão para lavar as manchas de sangue.

Naquele momento, ele franziu as sobrancelhas e lembrou de um possível problema.

A ferida era muito exagerada e havia muito sangue. Além de seu corpo, seu quarto provavelmente ainda tinha sinais de seu ferimento!

Quando terminou de limpar sua camisa de linho alguns minutos depois, ele rapidamente voltou ao seu apartamento com uma toalha úmida. Primeiro limpou a marca de sangue na mesa e, em seguida, usando a iluminação da lâmpada a gás, procurou manchas que deixou passar.

Ele imediatamente descobriu que uma quantidade substancial de sangue havia se espalhado pelo chão embaixo da mesa. E havia um projétil amarelo no lado esquerdo da parede.

Um tiro de revólver na têmpora? — Depois de misturar e combinar as pistas de antes, Zhou Mingrui teve uma ideia aproximada de como Klein havia morrido.

Ele não estava com pressa para verificar seu palpite. Em vez disso, tirou as manchas de sangue e limpou a “cena”. Depois, pegou o projétil e voltou para o lado de sua mesa. Ele abriu o cilindro do revólver e despejou as munições para fora.

Havia um total de cinco cartuchos e um cartucho vazio, com um lustre bronze.

— De fato… — Zhou Mingrui olhou para o cartucho vazio em sua frente e colocou a munição de volta no cilindro enquanto balançava a cabeça.

Ele desviou o olhar para a esquerda e pousou nas palavras do caderno:

“Todos vão morrer, inclusive eu.”

Depois disso, mais perguntas surgiram.

De onde veio a arma?

Foi suicídio ou um suicídio falso?

Que tipo de problema um graduado em história de origens humildes poderia ter?

Por que tal método de suicídio deixaria tão pouco sangue? Foi porque transmigrei na hora certa e isso veio com benefícios de cura?

Depois de pensar por um momento, Zhou Mingrui trocou sua camisa par uma limpa de linho. Ele sentou-se na cadeira e começou a ponderar sobre assuntos mais importantes.

A experiência de Klein não era algo que ele precisava se preocupar. O verdadeiro problema era descobrir o motivo de sua transmigração e se ele poderia voltar!

Seus pais, parentes, melhores amigos e colegas. O mundo fascinante da internet e todos os tipos de deliciosas iguarias… Estas eram as razões para sua vontade de voltar!

Clic. Clic. Clic… 

A mão direita de Zhou Mingrui estava subconscientemente puxando o cilindro do revólver e batendo de novo no lugar, repetidamente.

Sim, não há muita diferença para mim entre este período de tempo e o passado. Eu fui apenas um pouco azarado, mas por que iria transmigrar sem nenhuma razão?

Má sorte… Sim, eu até mesmo tentei fazer um ritual para melhorar a sorte hoje antes do jantar!

Um pensamento surgiu na mente de Zhou Mingrui, iluminando as memórias que estavam escondidas por uma névoa de confusão.

Sendo um sabichão qualificado de política, de história, economia, biologia e até mesmo folclore, ele sempre se considerou como “conhecedor de um pouco de tudo”. É claro que seu melhor amigo muitas vezes zombava dele como “sabe-tudo, especialista de nada”.

E uma das coisas que Zhou Mingrui conhecia era adivinhação chinesa.

Quando visitou sua cidade natal ano passado, ele descobriu um livro encadernado à mão intitulado “Adivinhação Quintessencial e Artes Arcanas da Dinastia Qin e Han” em uma antiga livraria. Parecia muito interessante e poderia ajudá-lo nas discussões acaloradas na internet, então ele o comprou. Infelizmente, seu interesse foi de curta duração. A caligrafia vertical usada tornava a experiência de leitura horrível. Tudo o que fez foi folhear as páginas iniciais antes de jogá-lo em um canto.

Ele havia experimentado uma onda de má sorte no último mês, perdendo seu celular, clientes fugindo depois de traí-lo e erros no trabalho. Só então de repente se lembrou do ritual para melhorar a sorte escrito no início da “Adivinhação Quintessencial e Artes Arcanas”. Além disso, os requisitos eram extremamente simples, nada muito requintado.

Tudo o que precisava era pegar quatro porções de alimentos básicos e colocá-las nos quatro cantos do seu quarto, podendo ser colocados em móveis como mesas e armários. Então, de pé no meio da sala, ele teria que dar quatro passos no sentido anti-horário, formando um “quadrado”. O primeiro passo exigia que entoasse com sinceridade “Bênçãos Originárias do Senhor Imortal do Céu e da Terra”. O segundo passo, entoar silenciosamente “Bênçãos Originárias do Senhor do Paraíso do Céu e da Terra”. O terceiro passo era entoar “Bênçãos Originárias do Exaltado Soberano do Céu e da Terra”, e o quarto passo entoar “Bênçãos Originárias do Celestial Digno do Céu e da Terra”. Depois dos quatro passos, ele precisava fechar os olhos e esperar cinco minutos em seu local original. Só então o ritual seria considerado completo.

Como não lhe custava nada, ele encontrou o livro, seguiu o que estava estipulado e o fez antes do jantar. No entanto… nada aconteceu.

Quem teria imaginado que ele iria realmente transmigrar no meio da noite!

Transmigração!

Há uma possibilidade distinta de que seja devido a esse ritual de melhoria da sorte… Sim, eu deveria tentar aqui amanhã. Se for realmente por causa disso, tenho uma chance de transmigrar de volta! — Zhou Mingrui parou de girar o cilindro do revólver e subitamente se sentou.

Independentemente, ele tinha que tentar!

Ele tinha que tentar uma Ave Maria!

12 Comentários

      1. A maioria dos protagonistas vão para isekais atropelados por um caminhão, então criou-se o meme de que o caminhão é um deus que te leva para os isekais

  1. Kkk existe um “e se” gigante nesse plano aí. Olha só Mori, como prometido eu tô aqui lendo a sua novel.

      1. Estou lendo king of gods agr.(saika scan)
        Cap 1009😶recomendo muito.
        Dps eu continuo o Cap 227 de LDM.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!