LdM – Capítulo 32

Visão Espiritual

Klein olhou para o líquido gelatinoso azul-escuro, achando difícil descrevê-lo como um bloco ou mesmo como uma xícara de líquido. Ele engoliu sua saliva e disse com grande dificuldade:

— Eu devo beber o líquido dessa maneira? Não há necessidade de outras preparações? Como um ritual, um encantamento ou uma oração?

O Velho Neil entendeu rapidamente antes de dizer:

— Preparação? Há sim. Pegue uma xícara de vinho de uva Intis Aurmir, fume um Charuto Desi, assobie uma melodia relaxante e dance uma alegre dança da corte. Você pode fazer um sapateado se preferir. Finalmente, jogue uma rodada de cartas de Gwent…

Quando viu a expressão perplexa de Klein, Velho Neil riu e resumiu o que havia acabado de dizer.

— Se você se sentir nervoso.

…Você é bem-humorado, não é…? — os cantos da boca de Klein se contorceram enquanto ele resistia ao impulso de sacar sua arma.

Ele colocou a bengala no chão e estendeu a mão direita. Como se segurasse algo pesado, ele levantou o copo opaco. O cheiro da poção era fraco e aparentemente etéreo.

— Rapaz, não hesite. Quanto mais você hesitar, mais nervoso e com medo você ficará. Isso só afetará a absorção que se segue — disse Velho Neil, de costas para Klein. Era como se ele tivesse dito isso casualmente.

Klein não percebeu quando ele chegou perto da bacia de água próxima dele. Ele abriu a torneira e lavou as mãos.

Klein assentiu silenciosamente e respirou fundo. Assim como fazia quando era criança, ele tampou o nariz e bebeu a poção como se fosse remédio. Ele levou a xícara opaca até sua boca e inclinou a cabeça, bebendo-a em um gole.

Uma sensação suave e fria rapidamente encheu sua cavidade oral. Então fluiu através de sua garganta e para seu estômago.

O líquido pegajoso azul-escuro parecia como tentáculos finos e compridos, trazendo estímulo e frieza para todas as células do corpo de Klein.

Ele não pôde deixar de convulsionar quando sua visão rapidamente se tornou um borrão. Todas as cores pareciam se saturar. Os vermelhos eram mais vermelhos, os azuis mais azuis e os negros, mais negros. As cores vibrantes se misturavam como uma pintura impressionista.

Klein já havia visto uma cena assim antes. Foi quando ele foi questionado pela Médium Espiritual, Daly.

Naquele momento, sua visão se tornou um borrão e, embora sua mente estivesse leve, seus pensamentos estavam claros. Ele se sentiu como um náufrago flutuando no mar.

Lentamente, o ambiente ao seu redor se tornou perceptível. Uma névoa acinzentada e embaçada emanava enquanto todas as cores retornavam ao seu original

Em volta dele havia corpos que eram difíceis de descrever; eram objetos transparentes que não pareciam existir. No fundo, havia aglomerados claros de luz de diferentes cores, que pareciam possuir vida ou conter um imenso conhecimento.

Isso é um pouco parecido com o que eu vi durante o ritual de aprimoramento de sorte… — quando Klein instintivamente olhou para baixo, percebeu que “ele” ainda estava em seu local original, seu corpo convulsionando.

De repente, chegou a uma conclusão, fazendo com que sua consciência afundasse abruptamente e se fundisse com ele.

Boom!

O nevoeiro dissipou-se rapidamente enquanto as cores voltavam ao normal. A aura clara e brilhante e os objetos inexistentes desapareceram instantaneamente.

A cena na sala de alquimia voltou ao normal, mas Klein sentiu sua cabeça inchar, como se estivesse sendo arrancada. Tudo o que viu teve incontáveis imagens residuais e suas orelhas foram inundadas por um murmúrio etéreo.

Hornacis… Flegrea… Hornacis… Flegrea… Hornacis… Flegrea…

Klein sentiu uma pontada de dor na testa ao mesmo tempo em que surgiam pensamentos repentinos de causar destruição para aliviar seu desconforto.

Ele franziu a testa e sacudiu a cabeça apressadamente.

— Sua visão está anormal? Também está ouvindo coisas que você não costumava ouvir? — perguntou Velho Neil, que estava ao seu lado com um sorriso escondido.

— Sim, Sr. Neil, o que devo fazer? — Klein tolerou a intensa vontade e perguntou.

O Velho Neil riu.

— Esta é a infiltração resultante da energia da poção. Você não tem meios para controlá-la. Tudo bem, faça o que eu disser. Pense em algum objeto em sua mente, algo comum. Que seja simples e fácil.

Klein se concentrou rapidamente enquanto imaginava sua meia cartola, feita de seda preta. Ele recordou a sensação ao toque e sua forma exata.

— Coloque todo o seu foco nisso. Continue repetindo isso enquanto cria os contornos. Está um pouco melhor? — a voz do velho Neil penetrou em sua mente como uma canção serena.

Klein voltou seu foco pouco a pouco para a cartola imaginada. Ele sentiu os murmúrios diminuírem para um sussurro, antes de desaparecerem. As imagens remanescentes também voltaram ao normal, não parecendo mais um borrão.

— Muito melhor — disse Klein depois de ter respirado fundo e acalmado sua mente das emoções caóticas.

Ele olhou para seu corpo e descobriu que nada anormal havia acontecido. Moveu seus membros e meio ansioso e meio duvidoso, perguntou:

— Eu consegui? Eu sou considerado agora um Vidente?

O Velho Neil puxou uma placa espelhada de mercúrio e empurrou-a para frente dele.

— Olhe para os seus olhos.

Klein focou seu olhar e viu que ele estava usando uma cartola preta. Seu contorno se destacava e suas características faciais pareciam normais. Além de ter o rosto coberto de suor, ele não parecia diferente de forma alguma.

Ele seguiu as instruções do Velho Neil e cuidadosamente olhou para seus próprios olhos. Só então descobriu que seus olhos castanhos haviam escurecido significativamente. Estavam tão profundos que pareciam a noite, em completa escuridão; pareciam tão profundos que poderiam absorver as almas dos outros.

Normalmente, pupilas marrons escuras são facilmente reconhecidas como negras. Sem olhar com muito cuidado, nem o próprio Klein teria notado.

— Esta é uma manifestação física dos poderes da poção. Quando você aprender Cogitação e como convergir seu poder, seus olhos voltarão ao normal. — Velho Neil sorriu ao estender a mão direita. — Parabéns ao nosso novo Beyonder, nosso Vidente.

— Obrigado. — Klein estendeu a mão e apertou-a. — Sr. Neil, quando posso aprender a Cogitar?

— Você pode aprender agora mesmo. Os passos iniciais da Cogitação são relativamente simples. É ainda mais simples para Beyonders — disse o Velho Neil com um sorriso. — Agora a pouco, produzir um objeto em sua mente para desviar sua atenção e transformar a infiltração de energia para seu interior é, na verdade, o primeiro passo para a Cogitação. Tente fazer isso de novo.

Klein fechou seus olhos e, mais uma vez, sua mente retratou a meia cartola.

Sua concentração parecia ser mais facilmente focada do que antes. Logo, pensamentos aleatórios que surgiam desapareciam rapidamente, deixando o contorno do chapéu.

— Deixe seu cérebro ficar um pouco vazio. Troque o objeto que você imaginou. Use algo que não existe neste mundo, algo que você imagine completamente do nada.

— Você tem que seguir esta regra. Só assim você pode entrar em Cogitação, só então você pode exceder o conceito de ‘eu’. O ilimitado ‘eu’ se tornará um com o universo, dando a você a habilidade de ver e entender a verdade. Você obterá conhecimento que só você mesmo pode entender. No domínio dos estudos de misticismo, é chamado de Experiência Mística — disse o Velho Neil usando um tom pacificador. — Você só precisa ouvir as descrições que eu direi mais tarde. O mais importante é entrar em Cogitação.

Algo que não existe neste mundo. Imagine algo completamente do nada… Será que as coisas da Terra contam? — Klein tentou usar um míssil intercontinental verde-terra que viu na televisão. Ele substituiu então a meia cartola com esse longo e grosso míssil.

No entanto, independentemente de como ele delineava ou imaginava, acabou apenas focando sua atenção.

Parece que não vai dar certo… — Klein não teve escolha a não ser deixar a imaginação correr livre. Ele delineou uma esfera de luz e, em seguida, muitos objetos semelhantes, reunindo-os.

As esferas de luz se empilharam umas sobre as outras. Parecia um objeto de fantasia. Os pensamentos de Klein gradualmente se tornaram etéreos e flutuantes.

Seu corpo e mente se acalmaram. Os objetos que pareciam não existir, o nevoeiro com os brilhantes aglomerados conglomerados de luz e as cores complexas apareceram mais uma vez, flutuando no céu ao seu alcance.

Ele estendeu sua espiritualidade centímetro por centímetro enquanto olhava para eles em silêncio. Ele sentiu e as acolheu.

— Muito bom. Como esperado de um Vidente, você entrou em Cogitação bem suavemente. Você é apenas um pouco pior do que eu naquela época, mas bem pouco — disse Velho Neil com uma risada. — Nesse caso, vou começar a ensinar-lhe a habilidade mais comum, a mais fácil de compreender e mais útil no futuro do misticismo, Visão Espiritual!

Ele desligou as lâmpadas a gás uma após a outra, mas abriu a porta da sala de alquimia. Isso fez com que a sala em que estavam escurecesse, mas não a ponto de não conseguir distinguir as silhuetas dos objetos.

— Tudo bem. Em seu estado atual, levante suas mãos e coloque-as diante de seus olhos. Seus dedos indicadores precisam ficar de frente um para o outro, mas não devem se tocar.

— Abra seus olhos e mantenha-os abertos até que você esteja acostumado com a escuridão.

Klein completou cada passo de acordo com a descrição de Velho Neil. Ele viu as silhuetas de seus dedos e os objetos ao redor.

— Na verdade, você deveria estar deitado para deixar seu corpo relaxado. Mas já que o efeito da sua Cogitação não é ruim, vamos continuar. — Velho Neil riu. — Concentre seu olhar em um ponto atrás de suas mãos. Tem que ser algo trás. Em seguida, mova lentamente os dedos e mantenha a mesma pose, sem que se toquem. Além disso, não os tire da sua vista.

Klein escutou com calma e olhou para um ponto vazio atrás de suas palmas. Ele então moveu lentamente os dedos indicadores dentro de sua visão.

Uma vez, duas, três vezes… — De repente, Klein viu uma cor vermelho-fogo entre os dedos.

— Hã…? — exclamou, surpreso.

— Você vê cores? Está certo. Esse é o passo inicial para a Visão Espiritual. A cor que você vê é a sua aura — disse Velho Neil com uma risada. — Sem pressa. Faça isso mais algumas vezes. Depois de estabilizá-la, procure outro lugar. Vou aproveitar esta oportunidade para explicar-lhe também os diferentes significados das diferentes cores.

— Tudo bem. — Klein moveu os dedos para trás e para a frente enquanto treinava sua visão no vermelho-fogo.

Velho Neil pensou por um momento antes de dizer:

— Simplificando, o principal caminho do misticismo é dividir as partes não físicas de um humano em quatro níveis. Em seu núcleo está o Corpo Espiritual, que é também a espiritualidade básica de todos. Existe uma escola de pensamentos que acredita que todas as criaturas biológicas têm espiritualidade e possuem um Corpo Espiritual.

— Não tenho certeza sobre qualquer outra coisa, mas para os Espreitadores de Mistérios, o objetivo da Cogitação e o método para aumentar nosso poder é direcionado para o Corpo Espiritual.

— Fora do corpo espiritual está a Projeção Astral. É o meio para o Corpo Espiritual se comunicar com o mundo espiritual e com o espaço estelar. É considerado a manifestação externa do Corpo Espiritual. Além disso, estará diretamente relacionado à sua ambição pessoal e às suas emoções predominantes… As cenas que você vê depois de consumir a poção são cenas que sua Projeção Astral vê quando vagueia pelo mundo espiritual. Esse mundo não obedece às leis do mundo físico. Isso envolve exceder o conceito de “eu”, o ilimitado “eu” e o “eu” do Universo. O passado, o presente e o futuro podem estar empilhados uns sobre os outros e essa é a fonte da divinação.

— No mundo espiritual, o que você vê é apenas uma imagem, um símbolo. Você tem que interpretar para entender o significado real.

— Divinação e muitos feitiços mágicos são lançados através da Projeção Astral. Não confunda seu relacionamento e diferenças com um Corpo Espiritual.

Um é apenas um corpo e o outro é para a forma… — Klein continuou olhando para a aura entre as pontas dos dedos e fez a simples conclusão.

— Mais longe está o Corpo do Coração e da Mente. A partir daí, combinará com o corpo físico… Isso envolve seu cérebro e é uma manifestação geral de suas habilidades inferenciais, suas habilidades analíticas, suas habilidades de observação e habilidades de identificação. Algumas poções aumentarão principalmente isso. Um grande número de magias também são direcionadas nisso. — Velho Neil explicou com grandes detalhes.

— A camada mais externa é o Corpo Etéreo. É uma manifestação de suas energias vitais e forma física.

— A cor da aura que você vê é um fenômeno externo do seu Corpo Etéreo. Em outras palavras, além dos corpos espirituais, fantasmas e espectros que você pode ver diretamente com a Visão Espiritual, também é possível ver certas existências que não devem ser vistas. Você também pode ver os Corpos Etéreos ou as auras dos outros, e a partir da espessura, brilho e cor, é possível determinar sua saúde e estado emocional.

— Quando sua Visão Espiritual melhorar e você entender mais sobre conhecimento do misticismo, poderá descobrir ainda mais detalhes. É possível até mesmo determinar o tempo de vida dos outros.

— A propósito, o estado emocional que mencionei também se manifesta por causa de sua Projeção Astral. Quando você subir mais em sua Sequência, sua Visão Espiritual alcançará um estágio relativamente alto, podendo até mesmo ser capaz de ver a Projeção Astral de outra pessoa. Dessa forma, você aprenderá ainda mais coisas. Este é um nível que somente os Videntes e os Espreitadores de Mistérios podem alcançar.

— Alguns sujeitos afirmam que a forma mais forte da Visão Espiritual permite que se veja qualquer coisa em qualquer lugar, incluindo o passado e o futuro. No entanto, sou cético sobre isso.

Parece bem poderoso… — Klein estava quase ficando ansioso.

O velho Neil tossiu e continuou:

— Vamos voltar ao Corpo Etéreo e às cores das auras. Seus membros e partes que são necessários para se movimentar aparecerão vermelhos. Sua cabeça e a superfície do cérebro aparecerão como roxas. Pontos que excretam resíduos aparecem laranja. O sistema de digestão aparecerá como amarelo. O coração e outros sistemas reguladores aparecerão na cor verde. Sua garganta e outras partes do sistema nervoso aparecerão azuis. Um corpo totalmente equilibrado será encoberto em branco… Isso é um símbolo de saúde.

— Quando escurece ou a espessura se afina, a cor muda. Isso indica que o ponto correspondente se tornou problemático, e que está em estado de exaustão ou doença.

— Além disso, a camada interna da Projeção Astral representa as emoções predominantes. Vermelho significa paixão e animação. Laranja significa calor e satisfação. Amarelo significa felicidade e extroversão. Verde significa calma e paz. Azul significa frieza e quietude de quem está em pensamentos. Branco significa brilho, uma ânsia de melhorar. Cores escuras significam preocupação, tristeza e silêncio. Roxo significa que a espiritualidade está tomando o controle da liderança, frieza e distanciamento…

Klein silenciosamente memorizou a informação e estabilizou sua visão Espiritual inicial.

— Muito bom, você pode olhar para outros objetos. — Velho Neil não falou mais nada enquanto assentia.

Klein lentamente virou a cabeça e olhou para o Velho Neil. De fato, ele viu cores diferentes em diferentes partes de seu corpo. A aura era grossa e fina em diferentes pontos. A cor roxa em sua cabeça era mais brilhante e a vermelhidão de seus membros era relativamente escura. A brancura geral de seu corpo também estava um pouco desbotada.

De fato, ele está envelhecendo… — Klein fez um comentário silencioso para si mesmo.

Apenas com o que viu já sentiu que havia se tornado um Beyonder!

— Agora eu sou um Beyonder!

Ele desviou o olhar e avaliou cuidadosamente o Velho Neil quando de repente ele viu um par translúcido de olhos frios e implacáveis sem nenhuma sobrancelha no vazio atrás dele!

Estes olhos quase ilusórios estavam olhando para o Velho Neil atentamente, assim como para ele!

Isso… — Klein estremeceu quando ele abriu a boca e disse:

— Você tem um par de olhos atrás de você!

Velho Neil ficou surpreso antes de forçar um sorriso.

— Ignore-os.

5 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!