LdM – Capítulo 5

Ritual

De graça? Coisas gratuitas custam mais ainda!

Zhou Mingrui silenciosamente resmungou e decidiu que não iria comprar serviços adicionais, quaisquer que fossem. Ele recusaria firmemente todos eles.

Se você é realmente capaz, tente adivinhar que transmigrei aqui!

Com isso em mente, Zhou Mingrui seguiu a mulher cujo rosto estava pintado de vermelho e amarelo, abaixando-se para entrar na tenda.

O interior da tenda era extremamente escuro, iluminado apenas por vários feixes de luz que conseguiam penetrar no interior. Uma mesa coberta com cartas de papel podia ser vagamente vista pela iluminação fraca.

A mulher com o chapéu pontudo não foi nem um pouco afetada por isso. Seu longo vestido preto deslizava como se estivesse se movendo sobre a água enquanto ela se aproximava da mesa. Ela sentou no lado oposto e acendeu uma vela.

A fraca luz amarela cintilou, fazendo com que o interior da tenda parecesse brilhante e escuro ao mesmo tempo, imediatamente adicionando uma sensação muito mais misteriosa à atmosfera.

Zhou Mingrui sentou-se em silêncio, seu olhar passando pelas cartas de tarô sobre a mesa, onde descobriu cartas familiares como “O Mago”, “O Imperador”, “O Enforcado”, “Temperança”, etc.

Poderia Roselle ter sido um “sênior”… Me pergunto se ele também era um compatriota meu… — murmurou Zhou Mingrui para si mesmo.

Antes que ele pudesse terminar de olhar para as cartas abertas na mesa, a mulher que alegava ter divinações precisas já havia estendido as mãos para juntar todas as cartas. Ela as empilhou em um baralho, que empurrou em frente a ele.

— Embaralhe as cartas primeiro e corte o baralho — disse a cartomante do circo em voz baixa.

— Eu? Embaralhar? — perguntou Zhou Mingrui reflexivamente.

A tinta amarela e vermelha no rosto da cartomante contraiu quando ela revelou um leve sorriso, dizendo:

— É claro, o destino de todos só pode ser desvendado por eles mesmos. Eu só sirvo como leitora.

Zhou Mingrui imediatamente questionou-a cautelosamente:

— Esta leitura não requer taxas adicionais, certo?

Como um conhecedor de um pouco de tudo, já vi muitos desses truques!

A cartomante ficou visivelmente surpresa antes de finalmente dizer:

— É de graça.

Zhou Mingrui, aliviado, colocou o revólver ainda mais fundo no bolso. Depois disso, ele calmamente estendeu suas mãos para embaralhar e cortar o baralho habilmente.

— Feito! — ele colocou as cartas de tarô já embaralhadas no meio da mesa.

A cartomante segurou as cartas com ambas as mãos e observou-as cuidadosamente por um tempo. Então, de repente, ela abriu a boca e disse:

— Desculpe, esqueci de perguntar, mas o que você gostaria de saber?

Quando ele estava cortejando seu primeiro amor, Zhou Mingrui também fez pesquisas sobre cartas de tarô. Ele perguntou sem hesitar:

— Passado, presente e futuro.

Este era um tipo de divinação como parte da interpretação das cartas: três cartas, quando abertas sequencialmente, simbolizavam o passado, o presente e o futuro de alguém.

A cartomante assentiu, e em seguida curvou os lábios para revelar um sorriso, dizendo:

— Então, por favor, embaralhe novamente. Você só pode realmente obter as cartas que você quer se você souber o que gostaria de perguntar.

Estava me enganando? Precisa ser tão mesquinha assim? Eu não perguntei algumas vezes se isto seria um serviço gratuito? — as bochechas de Zhou Mingrui se contorceram um pouco. Ele respirou fundo e pegou o baralho de tarô de volta para embaralhá-lo e cortá-lo.

— Não haverá nenhum problema desta vez, certo? — ele colocou o baralho já cortado de volta na mesa.

— Sem problemas. — a cartomante estendeu os dedos e pegou uma carta do topo do baralho, colocando-a no lado esquerdo de Zhou Mingrui. Sua voz estava ficando cada vez mais baixa enquanto falava:

— Esta carta simboliza o seu passado. Esta carta simboliza o seu presente — a cartomante colocou a segunda carta bem na frente de Zhou Mingrui. Então, pegou a terceira carta e colocou no lado direito de Zhou Mingrui. — Esta carta simboliza o futuro. Muito bem, que carta gostaria de ver primeiro? — a cartomante levantou a cabeça depois de completar a colocação das cartas e olhou profundamente para Zhou Mingrui com seus olhos azul-acinzentados.

— Vou dar uma olhada no “presente” primeiro — disse Zhou Mingrui depois de pensar um pouco.

A cartomante assentiu lentamente e virou a carta de tarô que estava diretamente na frente de Zhou Mingrui.

Um personagem vestido de forma colorida era retratado nesta carta, usando um chapéu esfarrapado com uma bengala por cima do ombro. Havia uma amarra pendurada no final do bastão e um filhote de cachorro seguia atrás dele. Era numerado “0”.

— O Louco — a cartomante leu o nome da carta com os olhos azuis acinzentados fixados em Zhou Mingrui.

O Louco? A carta “0” do tarô? Um começo? Um novo começo com todos os tipos de possibilidades? — Zhou Mingrui nem sequer era considerado um entusiasta amador de tarô, então só podia fazer uma interpretação aproximada baseada em suas próprias impressões das cartas.

Assim que a cartomante estava prestes a dizer alguma coisa, as cortinas de tecido da barraca se abriram de repente. O raio de sol que brilhava era tão ofuscante que fez com que Zhou Mingrui, de costas, instintivamente estreitasse os olhos.

— Por que você está assumindo meu papel de novo?! É meu trabalho lidar com divinações! — a voz de uma mulher rosnou de raiva.

— Volte ao seu posto rapidamente! Deve lembrar que é apenas uma treinadora de animais!

Uma treinadora de animais? — os olhos de Zhou Mingrui já haviam adaptado à luz. Ele viu uma mulher de aparência semelhante que também usava um chapéu pontudo em um vestido preto, com o rosto pintado em vermelho e amarelo. A única diferença era que ela era mais alta e tinha um físico mais magro.

A mulher que estava sentada em frente a ele imediatamente se levantou e disse descontente:

— Não se preocupe, eu apenas gosto de fazer isso. Mas tenho que dizer, minha divinação e interpretação podem ser realmente precisa às vezes. Estou falando sério…

Ela falou e levantou o vestido indo ao redor da mesa antes de sair rapidamente da tenda.

— Senhor, gostaria que eu interpretasse as cartas para você? — a verdadeira cartomante olhou para Zhou Mingrui e perguntou com um sorriso.

Os lábios de Zhou Mingrui se contraíram e ele perguntou com sinceridade:

— É de graça?

— Não — respondeu a verdadeira cartomante.

— Então esquece — Zhou Mingrui puxou as mãos para trás e colocou-as nos bolsos. Ele agarrou seu revólver e dinheiro antes de se abaixar novamente para sair da tenda.

Droga! Eu realmente arranjei uma treinadora de animais para ser minha cartomante?

Uma treinadora de animais que queria ser cartomante… não é uma boa palhaça?

Zhou Mingrui rapidamente deixou este assunto para trás. Ele gastou sete centavos no mercado de “Alface e Carne” por uma libra de carneiro não muito grande. Em seguida, também comprou algumas favas, repolho, cebolas, batatas e outros alimentos. Juntamente com o pão que comprou anteriormente, gastou um total de 25 centavos, que se converteram em dois soli e um centavo.

— Realmente, não há o suficiente para sair gastando. Pobre Benson… — Zhou Mingrui não só gastou as duas notas que havia trazido consigo, mas também foi necessário que ele completasse com o único centavo que tinha em seu bolso.

Ele apenas suspirou e não pensou mais nisso enquanto corria de volta para casa.

Agora com os alimentos, poderia realizar o ritual de aprimoramento de sorte!

Depois que os inquilinos do segundo andar gradualmente saíram, Zhou Mingrui ainda não estava com pressa para realizar o ritual. Em vez disso, ele traduziu as “Bênçãos Originárias do Senhor Imortal do Céu e da Terra” e frases relacionadas para o idioma Feysac antigo, bem como para o idioma Loen. Ele pretendia tentar novamente o ritual no dia seguinte, naqueles idiomas locais, se o encantamento original não tivesse efeito!

Afinal, ele tinha que levar em consideração as diferenças entre os dois mundos. Em Roma, faça como os romanos!

Quanto a traduzi-lo em um antigo ritual que usava o idioma Hermes, Zhou Mingrui teve dificuldade em completá-la devido à sua falta de vocabulário.

Depois de preparar tudo, ele finalmente pegou quatro pães de centeio. Ele colocou um no canto onde o fogão de carvão estava, um no lado inferior do espelho, um no topo do armário onde duas paredes se encontravam, e um no lado direito da mesa de estudo onde vários itens ficavam.

Respirando fundo, Zhou Mingrui chegou ao centro da sala e esperou alguns minutos para se acalmar. Em seguida, deu um passo solene para a frente e andou em sentido anti-horário na forma de um quadrado.

Quando deu o primeiro passo, ele entoou com sinceridade:

— Bênçãos Originárias do Senhor Imortal do Céu e da Terra.

No segundo passo, ele entoou em um sussurro baixo:

— Bênçãos Originárias do Senhor do Paraíso do Céu e da Terra.

No terceiro passo, Zhou Mingrui respirou e sussurrou:

— Bênçãos Originárias do Exaltado do Céu e da Terra.

No quarto passo ele disse, concentrado:

— Bênçãos Originárias do Celestial Digno do Céu e da Terra.

Quando ele voltou para o local original, Zhou Mingrui fechou os olhos e esperou, parado, por um resultado. Ele estava um pouco ansioso, com algum desconforto, um pouquinho de esperança, e com um pouco de medo.

Poderei voltar?

Haverá algum efeito?

Poderia haver alguma situação inesperada?

O desconhecido à sua frente estava contaminado pela luz carmesim de esperança. Os pensamentos de Zhou Mingrui estavam girando em sua cabeça e ele estava achando difícil reprimi-los.

Foi nessa hora que ele sentiu de repente que o ar ao redor parecia parar, tornando-se espesso e misterioso.

Imediatamente depois, um sussurro podia ser ouvido ao lado de suas orelhas, que às vezes soava real, às vezes agudo, às vezes imaginário, às vezes sedutor, às vezes maníaco e às vezes louco.

Ele claramente não entendia o murmúrio contínuo, mas Zhou Mingrui não conseguiu evitar de querer ouvir e distinguir o que estava sendo dito.

Sua cabeça começou a doer novamente, doía tanto que parecia que alguém havia enfiado uma broca de aço nela.

Zhou Mingrui apenas sentiu que sua cabeça ia explodir. Seus pensamentos foram preenchidos por uma psicodelia de cores.

Ele sabia que algo estava errado e tentou abrir os olhos. No entanto, não foi capaz de completar essa ação tão simples.

Seu corpo inteiro estava ficando cada vez mais apertado e parecia que ele poderia quebrar a qualquer momento. Neste instante, um pensamento bem humorado surgiu na mente de Zhou Mingrui.

Se não procurasse a morte, não morreria…

Ele não conseguia mais aguentar. Assim que sua mente estava prestes quebrar, o murmúrio de vozes desapareceu e o ambiente ficou muito quieto, e o clima estava instável.

Não era apenas o clima, Zhou Mingrui sentiu seu próprio corpo passando pelas mesmas sensações.

Ele tentou mais uma vez abrir os olhos, desta vez uma tarefa extremamente fácil.

Uma névoa cinzenta apareceu sobre seus olhos, nebulosa, vaga e interminável.

— O que está acontecendo? — Zhou Mingrui, de repente, olhou à sua volta e, em seguida, abaixou a cabeça para descobrir que ele estava flutuando à beira de um nevoeiro sem fim.

O nevoeiro estava fluindo como água e estava pontilhado com várias “estrelas carmesins”. Algumas eram enormes, enquanto outras eram pequenas; dando a sensação de que elas estavam escondidas nas profundezas, enquanto outras flutuavam sobre a superfície da neblina.

Olhando para a visão aparentemente holográfica, Zhou Mingrui estendeu a mão direita de uma maneira meio confusa e meio exploradora para tentar tocar uma “estrela” que estava aparentemente flutuando na superfície. Ele estava procurando uma maneira de sair deste lugar.

Quando sua mão tocou a superfície daquela estrela, uma marca d’água apareceu de repente de dentro de seu corpo e agitou as estrelas em uma explosão “carmesim”. Parecia o queimar de chamas em um sonho.

Zhou Mingrui se assustou com isso. Ele retraiu a mão direita em pânico, mas acidentalmente tocou em outra estrela carmesim. Como resultado, esta estrela também explodiu com uma luz esplêndida.

Por sua vez, Zhou Mingrui sentiu sua mente vazia e seu espírito se dissipou.

Na capital do Reino Loen, Backlund. Dentro de uma luxuosa vila no distrito real.

Audrey Hall estava sentada em frente a uma cômoda, onde havia um espelho de bronze rachado na superfície.

— Espelho, espelho, desperte… Em nome da família Hall, eu ordeno que você desperte!

Ela mudou entre muitos provérbios diferentes, mas não houve reação alguma do espelho.

Depois de mais de 10 minutos, ela finalmente decidiu desistir e fez uma careta. Ela disse, murmurando:

— O pai estava de fato mentindo para mim. Ele sempre me disse que esse espelho era o tesouro do Imperador das Trevas do Império Romano, e que é um item extraordinário…

Sua voz sumiu. O espelho de bronze que repousava sobre a cômoda de repente brilhou com uma luz vermelha que a cobriu completamente.

No Mar Sonia, um veleiro de três mastros, que parecia uma relíquia, navegava através de uma tempestade.

Alger Wilson estava no convés, seu corpo ondulando com as correntes no mar, mantendo o equilíbrio com bastante facilidade.

Ele usava um roupão bordado com desenhos de raios, e em sua mão havia uma garrafa de vidro de formato peculiar. Por vezes, bolhas subiam dentro da garrafa, geada se transformava em neve e, por vezes, sinais de vento forte podiam ser vistos.

— Ainda falta o sangue de Tubarão Fantasma… — murmurou Alger.

Então, neste momento, uma explosão carmesim apareceu no espaço entre a garrafa de vidro e a superfície de sua palma, e, em um instante, também envolveu seus arredores.

No nevoeiro cinzento, Audrey Hall recuperou a visão. Ela começou a avaliar a situação em um estado de horror e confusão quando notou a imagem desfocada de um homem oposto a ela fazendo o mesmo.

Imediatamente depois, ambos descobriram outra pessoa misteriosa não muito longe deles, envolta em uma espessa névoa cinzenta.

A “pessoa misteriosa” era ninguém menos que Zhou Mingrui. Ele estava igualmente perplexo.

— Senhor, onde estamos?

Audrey e Alger ficaram assustados a princípio, silenciando-se no processo. Então, eles imediatamente começaram a falar em uníssono.

— O que está planejando fazer?

6 Comentários

  1. Agora que eu estou relendo não consigo deixar de pensar quais eram as cartas dele do passado e do futuro.

  2. Eu tô pensando em testar o ritual, só pra ver se é verídico, não é pra parar num isekai nem nada parecido.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!