LdM – Capítulo 6

Beyonder

Não só falavam o mesmo idioma Loen, como também compartilhavam as mesmas vibrações tensas e sombrias.

Onde estou? O que planejo fazer aqui? Também gostaria de saber… — acalmando-se, Zhou Mingrui silenciosamente repetiu as perguntas feitas pelos dois.

O que deixou a mais profunda impressão não foram as frases formadas por palavras nem os significados por trás delas, mas a exibição de perplexidade, vigilância, pânico e reverência do casal!

Por alguma razão desconcertante, duas pessoas foram misteriosamente arrastadas para este mundo, cercado pela névoa cinza como perpetrador. Zhou Mingrui já estava se sentindo anormalmente assustado e surpreso, quanto mais o casal que foi puxado para dentro dessa bagunça de modo passivo!

Para eles, tais eventos e encontros podem já estar além de sua imaginação, certo?

Momentaneamente, Zhou Mingrui pensou em duas opções: a primeira opção era se fingir de vítima para esconder sua verdadeira identidade e, por sua vez, ganhar uma quantidade considerável de confiança. Ele poderia, então, adotar uma abordagem de “esperar para ver” e aproveitar suas circunstâncias, quando necessário. A outra opção era manter sua misteriosa identidade aos olhos do casal. Ele poderia, então, afetar o desenvolvimento subsequente enquanto coletava informações valiosas deles.

Sem o luxo do tempo para deliberar sobre a situação, ele agarrou o pensamento que passou por sua mente. Ele tomou uma decisão imediata para tentar a segunda ideia.

Explore o estado psicológico dos outros para obter a maior vantagem para si mesmo!

Após alguns segundos de silêncio no nevoeiro, Zhou Mingrui riu. Com um tom baixo, mas não pesado, ele calmamente falou como se estivesse respondendo às saudações educadas dos visitantes:

— Uma tentativa.

Uma tentativa… uma tentativa? — Audrey Hall olhou para o sujeito misterioso velado no nevoeiro branco-acinzentado, e o único pensamento foi que o que quer que estivesse acontecendo era absurdo, engraçado, horripilante e estranho.

Ela estava na penteadeira dentro de seu quarto apenas momentos atrás. Mas ao se virar, ela tinha “entrado” neste lugar que estava cheio de névoa cinza!

Inconcebível!

Audrey respirou fundo, revelando um sorriso cortês e impecável. Ela perguntou de um modo um tanto perturbado:

— Senhor, a tentativa acabou? Pode permitir nosso retorno?

Alger Wilson também teve a intenção de sondar Zhou Mingrui de maneira semelhante, mas sua rica experiência o tornou mais imponente. Ele reteve o impulso e assumiu apenas o papel de espectador silencioso.

Zhou Mingrui olhou para quem perguntou. Olhando através da neblina, ele podia ver a silhueta da pessoa em questão. Era uma garota alta de cabelo loiro e liso, mas seu rosto exato não podia ser visto claramente.

Ele não se apressou em responder a pergunta da menina, mas se virou para olhar para o homem. Ele tinha cabelo azul-escuro bagunçado, bem como uma estatura média que não era considerada robusta.

Zhou Mingrui de repente percebeu algo. Quando ele se tornasse mais forte ou tivesse uma compreensão mais profunda do mundo nebuloso, talvez fosse possível ver através do nevoeiro e discernir a garota e o homem.

Nesta situação, eles são os visitantes, e eu, o mestre!

Depois de tomar sua decisão, Zhou Mingrui imediatamente percebeu detalhes que havia negligenciado anteriormente.

A garota com uma voz melodiosa e o homem maduro e reservado pareciam consideravelmente incorpóreos. Assombrados por um fraco vermelho carmesim, eles pareciam uma imagem projetada das duas “estrelas” vermelho-carmesim além da névoa cinza.

Essa projeção baseava-se na conexão entre o vermelho carmesim e ele próprio, uma conexão intangível que só ele poderia apreender de maneira realista.

A projeção desapareceria assim que a conexão fosse cortada, e o casal retornaria… Zhou Mingrui acenou com a cabeça suavemente e olhou para a loira, rindo:

— Claro, se você fizer um pedido formal, você pode retornar neste exato momento.

Quando ela não identificou nenhuma má intenção em seu tom, Audrey soltou um suspiro de alívio. Ela acreditava que, uma vez que um cavalheiro que era capaz de tais coisas milagrosas tinha dado a sua palavra, ele definitivamente iria respeitá-la rigorosamente.

Com a mente um pouco abalada, surpreendentemente não teve pressa em pedir sua saída. Ela revirou seus olhos verde esmeralda, que brilhavam com um brilho anormal, para a esquerda e para a direita.

Ela disse de uma maneira ansiosa, antecipada e tentadora:

— Esta é uma experiência maravilhosa… Sim, sempre esperei que algo assim acontecesse. Quero dizer, eu gosto de mistérios e milagres sobrenaturais. Não, o que quero é, o que quero dizer é que, senhor, o que posso fazer para me tornar um Beyonder?

Ela ficou mais animada enquanto falava, tanto que estava atrapalhada com as palavras. O sonho que brotou nela como resultado de ouvir fantasias emocionantes contadas por seus anciões finalmente viu a possibilidade de se materializar.

No entanto, com apenas algumas palavras, ela já tinha esquecido todos os seus medos e horrores anteriores.

Boa pergunta! Também gostaria de saber a resposta… — Zhou Mingrui reclamou internamente.

Ele começou a refletir sobre uma resposta à pergunta para manter sua imagem insondável.

Ao mesmo tempo, ele sentiu que era muito impróprio para ele falar em pé. Não deveria estar em um palácio, sentado à cabeceira de uma longa mesa, em uma misteriosa cadeira de encosto alto gravada com desenhos antigos, enquanto silenciosamente observava seus visitantes?

Assim que esse pensamento surgiu, a névoa cinzenta começou a se agitar, dando a Audrey e Alger um choque.

Em um instante, eles viram uma série de pilares de pedra ao seu redor. Acima deles havia uma enorme abóbada que os encapsulava.

Todo este edifício parecia magnífico, grandioso e elevado, como um palácio lendário para gigantes.

Diretamente sob a cúpula, onde a neblina cinzenta se juntava, uma longa mesa de bronze apareceu com dez cadeiras altas de ambos os lados em um arranjo simétrico, junto com uma cadeira nas outras duas extremidades da mesa. Brilhava fracamente em vermelho carmesim, desenhando os contornos de estranhas constelações que diferiam da realidade.

Audrey e Alger sentaram-se cara a cara, ao lado do assento de honra.

A menina olhou para os lados e não pôde deixar de murmurar:

— Que fascinante…

É certamente fascinante… — Zhou Mingrui estendeu a mão direita e acariciou um pouco a borda da mesa de bronze, mantendo uma expressão imperturbável.

Alger inspecionou os arredores e, depois de alguns segundos de silêncio, abriu de repente a boca e respondeu à pergunta de Audrey no lugar de Zhou Mingrui:

— Você é de Loen? Se você quiser se tornar um Beyonder, junte-se às igrejas da Deusa da Noite Eterna, do Senhor das Tempestades, ou do Deus do Vapor e da Maquinaria. A maioria de nós não vai encontrar um Beyonder em nossas vidas inteiras. Isso fez com que as igrejas, e até alguns clérigos dentro de algumas das maiores igrejas, suspeitassem o mesmo. Embora seja esse o caso, eu estou certo em dizer que Beyonders ainda existem em cortes, tribunais e agências de execução. Eles ainda estão lutando contra os perigos que crescem no escuro, apenas que seus números são muito menores em comparação com antes e durante os primeiros dias da Idade do Ferro.

Zhou Mingrui ouviu atentamente, mas tentou o seu melhor para se apresentar como se prestasse pouca atenção às palavras de Alger, muito parecido como quando estava ouvindo crianças contando histórias.

Baseando-se no conhecimento geral fragmentado da história de Klein, Zhou Mingrui sabia claramente que a “Idade do Ferro” se referia à época atual, que era a Quinta Época que começou há 1349 anos.

Audrey silenciosamente ouviu Alger terminar sua frase antes de suspirar:

— Senhor, eu sei tudo sobre o que você acabou de dizer. Eu até sei mais do que isso, incluindo os Falcões da Noite, Punidores Mandatados e a Consciência Coletiva das Máquinas, mas eu não quero perder minha liberdade.

Alger deu uma baixa risada, e disse vagamente:

— Não se pode tornar-se um Beyonder sem sacrifícios. Se não considera juntar-se às igrejas e aceitar seus desafios, só pode procurar as famílias reais e os poucos nobres com histórias familiares de mais de mil anos. Se não, você pode confiar em sua sorte e procurar organizações malignas clandestinas.

Audrey estufou as bochechas subconscientemente e olhou em volta, confusa. Depois de confirmar que tanto o “homem misterioso” quanto Alger não notaram seu tique, ela pressionou:

— Não há outras soluções?

Alger ficou em silêncio. Cerca de meio minuto depois, ele se virou para olhar o “homem misterioso”, que estava observando os dois em silêncio.

Percebendo que Zhou Mingrui não tinha planos de fazer qualquer comentário, ele olhou para Audrey e disse com deliberação:

— Eu tenho dois conjuntos de fórmulas de Poção Sequência 9.

Sequência 9? — Zhou Mingrui murmurou para si mesmo.

— Sério? Quais conjuntos? — Audrey sabia claramente o que fórmulas de Poção Sequência 9 significava.

Alger recostou-se ligeiramente e respondeu sem pressa:

— Como sabem, a humanidade só pode depender de poções para se tornarem verdadeiros Beyonders, enquanto os nomes das poções vêm da “Ardósia da Blasfêmia”. Depois de constantes traduções para Jotun, Élfico, Hermes antigo e moderno e Feysac antigo, eles sofreram mudanças para coincidir com o dia e idade daquela época. A essência não está em seus nomes, mas retratam as “características centrais” das poções. Eu tenho uma Poção Sequência 9 chamada “Marinheiro”. Ela permite que você tenha excelentes capacidades de equilíbrio. Mesmo se estivesse em um barco em meio a uma tempestade, você seria capaz de andar livremente como se estivesse em terra. Você também ganhará imensa força e escamas ilusórias sob sua pele, elas permitirão que você nade como um peixe e seja difícil de pegar. Você se moverá agilmente debaixo d’água como animais marinhos. Mesmo sem nenhum equipamento, você será capaz de submergir facilmente debaixo d’água por pelo menos dez minutos.

— Parece ótimo… os “Guardiães dos Mares” do Senhor das Tempestades?

— Foi chamado por esse nome no passado. — disse Alger sem parar. — O segundo conjunto de Poção Sequência 9 é chamado de “Espectador”, embora não tenha certeza de como era chamado no passado. Este conjunto de poções permite que você tenha uma mente excepcionalmente afiada com habilidades observacionais agudas. Acredito que você possa entender o que “Espectador” significa ao assistir óperas e peças de teatro. Assim como um público, os espectadores julgam os “atores” no mundo secular, tendo um vislumbre dos pensamentos reais deles por meio de suas emoções, condutas e mantras.

Neste ponto, Alger enfatizou:

— Deve se lembrar, independentemente de estar em um banquete extravagante ou em uma rua movimentada, os espectadores só podem ser espectadores, e o serão para sempre.

Os olhos de Audrey brilharam enquanto ela ouvia e falou depois de um longo tempo:

— Por quê? Tudo bem, essa é uma pergunta de acompanhamento. Acho que me apaixonei por esse sentimento, de ser um “espectador”. Como posso obter a fórmula desta poção? O que posso usar para trocá-la?

Alger parecia que já estava preparado quando disse em voz profunda:

— O sangue de Tubarões Fantasmas, pelo menos 100 mililitros.

Audrey, animada, acenou com a cabeça, mas depois perguntou preocupada:

— Se eu conseguir, e estou dizendo se, como eu entrego a você? Como pode me prometer que irá me dar a fórmula da poção em troca do sangue de Tubarão Fantasma, bem como a autenticidade da fórmula?

Alger disse calmamente:

— Vou te dar um endereço. Mandarei a fórmula para você, ou lhe direi diretamente aqui, assim que receber o sangue de Tubarão Fantasma. Quanto às promessas, acho que você e eu podemos nos sentir seguros sob o testemunho do misterioso senhor.

Quando disse isso, Alger olhou para Zhou Mingrui, que estava sentado diretamente no assento de honra, e disse:

— Senhor, o fato de que você nos trouxe aqui mostra que tem uma tremenda força inimaginável para nós. Nenhum de nós ousaria violar uma promessa com você como testemunha.

— Isso mesmo! — os olhos de Audrey brilharam e concordaram com entusiasmo.

De sua perspectiva, o misterioso cavalheiro que tinha habilidades inimagináveis era definitivamente uma testemunha “autoritária”.

Como eu ou o cara em frente a mim poderíamos enganá-lo?! — Audrey se virou e olhou para Zhou Mingrui com sinceridade.

— Senhor, por favor, seja a testemunha da nossa troca.

Naquele momento, ela então percebeu que fora muito indelicada, tendo esquecido dele o tempo todo para fazer uma pergunta em particular. Ela perguntou apressadamente:

— Senhor, como deveríamos nos dirigir a você?

Alger assentiu levemente e repetiu a mesma pergunta com seriedade:

— Senhor, como deveríamos nos dirigir a você?

Zhou Mingrui ficou surpreso. Ele gentilmente bateu os dedos na mesa de bronze. O conteúdo da divinação anterior passou por sua mente de repente.

Recostou-se, retirou a mão direita e cruzou os dez dedos, colocando-os sob o queixo. Ele deu à dupla um leve sorriso.

— Podem me chamar de…

Ao dizer isso, ele parou por um momento, e disse amável e calmamente:

— O Louco.

5 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!