MCdH – Capítulo 15

Senhorio

A primeira impressão de Chen Ge sobre Wang Qi foi de uma pessoa “cansada, entorpecida e fraca”.

Quando passaram por eles, Chen Ge devolveu ao outro homem o aviso que havia recebido mais cedo, e Wang Qi agradeceu-lhe com uma voz vacilante. Esta foi a primeira vez que Chen Ge ouviu o homem falar. Soava gravemente, o que dava a Chen Ge algum problema em entendê-lo.

— De nada. — respondeu Chen Ge com um sorriso antes de se virar para seguir o homem mancando pelas escadas.

O segundo andar estava ainda mais dilapidado do que o primeiro andar. O lugar estava escuro e úmido, os cantos estavam cheios de teias de aranha sujas, e as paredes pareciam ter sido cortadas com facas. O homem manco conduziu Chen Ge até o final do longo corredor. Ele abriu a última sala antes de sair com uma longa corrente de chaves.

— Uma noite custa cinquenta dólares, escolha qualquer quarto que você goste neste andar.

— Cinquenta dólares? Isso está muito caro!

— Meus apartamentos são o único lugar para dormir em vários quilômetros, você deve ser grato por eu só cobrar cinquenta.

Quando o homem estava falando, seus olhos continuaram inconscientemente se movendo para olhar atrás dele como se estivesse checando alguma coisa.

— Tudo bem, mas por que devo ficar no segundo andar, o quarto no primeiro ou no terceiro andar não está disponível?

— Por que você tem tantas perguntas? Elas estão fora dos limites, é por isso!

O homem manco agarrou os cinquenta dólares de Chen Ge e lhe entregou uma chave aleatória na mão.

— O número do quarto está escrito na chave, vá procurar você mesmo.

Então, ele correu de volta para o quarto. No momento em que a porta se fechou, Chen Ge ouviu o murmúrio abafado de um homem velho vindo de dentro da sala, como o som que se fazia quando se tinha comida presa na garganta. Franzindo a testa com suspeita, Chen Ge colocou a palma da mão na porta, dizendo:

— Espere um minuto.

— O que foi agora?

O homem coxo perguntou com aborrecimento.

Chen Ge olhou através da pequena abertura da porta. O espaço dentro parecia pequeno. Além do homem mancando que estava na porta, havia um velho reclinado em uma cadeira de rodas que estava de costas para a porta. Ele provavelmente foi a fonte do barulho que Chen Ge ouviu anteriormente.

— Estou com muita sede, o seu estabelecimento fornece uma máquina de venda automática ou coisas assim?

— Não!

— Cara, é assim que você trata seu cliente…

A porta bateu em seu rosto, deixando Chen Ge no corredor com uma suspeita pesada se formando em seu coração.

Para um edifício de apartamentos normal, a recepção é normalmente na porta da frente, mas para este edifício, a recepção não é apenas no segundo andar, mas no final do corredor do segundo andar. Olhando para a chave em sua mão, muitas perguntas apareceram em sua mente.

Por que o primeiro e terceiro andares estão fora dos limites? E quem é o velho que vive com o senhorio?

O número 208 estava escrito na chave e, coincidentemente, a sala ficava bem ao lado do senhorio.

Independentemente disso, deixe-me guardar minhas coisas primeiro. Depois de duas horas de viagem, Chen Ge estava de fato mais do que um pouco cansado.

Quando ele abriu a porta, o cheiro de mofo o atingiu no nariz. A sala provavelmente estava vazia há muito tempo, porque o lugar estava coberto de poeira, e a cama estava coberta de um fungo misterioso. Parecia estranho sob o toque de Chen Ge.

Esta cama é mesmo utilizável?

Antes mesmo de Chen Ge colocar sua mochila no chão, ele ouviu um estrondo vindo da porta ao lado. Parecia que um prato havia caído e quebrado. Chen Ge fechou a porta e enfiou a orelha na parede, tentando escutar. Logo, o som do homem mancando xingando veio. Em sua ira, ele soltou várias maldições em outro dialeto e, com base em seu sotaque, o homem parecia não ser um habitante local.

O velho resmungou fracamente em resposta. O homem coxo continuou repreendendo por vários minutos antes de parar, mas o que aconteceu depois confundiu Chen Ge. O volume da televisão foi aumentado.

O que está acontecendo? O que ele está fazendo? Por que ele aumentou o volume da televisão?

Chen Ge tentou ouvir mais pistas, mas tudo o que ele ouvia era a televisão. Ele logo desistiu.

Que assim seja. De qualquer forma, eu deveria estar mais preocupado comigo mesmo. Duvido que consiga dormir esta noite.

Chen Ge colocou sua mochila na mesa e tirou o canivete, colocando-o no bolso.

A queixa online mencionava a existência de manchas de sangue por trás da tinta e a presença de um cheiro horrível à noite. No entanto, eu pesquisei todas as informações disponíveis nos Apartamentos Ping An on-line, e não houve menção de quaisquer assassinatos que aconteceram aqui.

Então, novamente, tinha que haver algum tipo de segredo escondido nos Apartamentos Ping An para ele ter sido escolhido como o local da missão pelo telefone preto.

Ele puxou o martelo multiuso para bater e inspecionar todos os cantos da sala, ele veio com nada. Este era um quarto muito normal. Além do estado lastimável em que estava, não havia nada fora do comum sobre isso.

Uma vez que o proprietário só me permitiu escolher um quarto no segundo andar, isso significa que os quartos do segundo andar não tem nada estranho, ou então ele não teria aberto para alugar. Portanto, para chegar ao fundo disso, tenho que dar uma olhada no primeiro ou terceiro andar.

A missão de julgamento deveria começar às 11 da noite. Ainda havia três horas até então. Chen Ge não queria perder tempo. Ele colocou o martelo longe e se aproximou da porta.

Com a mão na maçaneta da porta, ele a abriu. No entanto, ele parou no meio do caminho. Sua palma começou a suar e um arrepio percorreu por sua coluna vertebral.

O homem mancando estava parado do lado de fora da porta. Só Deus sabe por quanto tempo!

O homem também não esperava que Chen Ge abrisse de repente a porta. Ambas as partes de ambos os lados da porta estavam igualmente chocadas.

— Senhorio, por que você está na minha porta?

Chen Ge estreitou os olhos para o homem, quanto mais tempo ele passava com o homem mancando, mais desconfortável ele se sentia.

— Você não disse que estava com sede? Eu vim lhe dar isso.

O homem mancando colocou a garrafa de água morna nas mãos dele pela porta de Chen Ge, e sua expressão era tão antinatural quanto poderia ser.

— Obrigado.

Chen Ge não apontou o quão estranho ele estava agindo e puxou a garrafa para dentro da sala.

— Mais alguma coisa?

— Não, isso é tudo. Descanse cedo.

O homem coxo olhou para dentro da sala e acrescentou como se para si mesmo:

— Os corredores não estão equipados com luzes, por isso eles são muito escuros à noite, é melhor você ficar em seu quarto depois que o sol se põe.

Ele se virou para sair. Chen Ge suspirou de alívio quando a porta ao lado dele se fechou.

Este proprietário é facilmente irritado e socialmente inepto. Apesar de mancar, isso não significa que ele seja fisicamente fraco. Ele conseguiu empurrar o homem mais cedo para o chão com apenas um chute, de qualquer forma, ele deve ser bastante poderoso.

Chen Ge não era um detetive particularmente bom, a única coisa que ele podia fazer era tentar encaixar a situação no apartamento no enredo de todos os mistérios do assassinato que ele havia visto.

Nascido com uma deficiência pode ter causado a intimidação desde tenra idade, e isso corrompeu sua inocência. Isso poderia facilmente evoluir para uma doença mental. Porra, parece que ele é o candidato perfeito para um assassino enlouquecido!

Chen Ge colocou a garrafa de lado, e uma pergunta urgente surgiu em sua mente.

Se o senhorio é o assassino, então isso não significa que vou ter que passar a noite inteira ao lado de um assassino?

Esse pensamento fez a pele de Chen Ge se arrepiar. Quem sabe, o homem poderia passar a noite inteira do lado de fora da porta, esperando para pegá-lo! Para piorar as coisas, já que ele era o senhorio, ele teve acesso às chaves dos quartos, que lhe permitiram entrar em qualquer quarto que ele desejasse!

Social 777
Programador, Desenvolvedor, Gamer sem Tempo, Tradutor Inexperiente, Estudante, Leitor Avido e Quase noivo da mulher mais incrível desse mundo.

1 Comentário

  1. Todo mundo falando que o senhorio não é o culpado. Mas ninguém reclamou do preço absurdo do quarto.

    P*RRA, U$ 50,00 são R$ 262,50 na cotação de hoje.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!