MCdH – Capítulo 53

A Cadeira Está Se Movendo

O rosto do motorista estava pálido e ele riu sem jeito.

— Então, boa sorte para você.

— Obrigado, então você se importa em parar a gravação agora? — Chen Ge deu um sorriso que achou simpático. — Isso é apenas um mal entendido.

— Claro. — O motorista respondeu prontamente. Ele apertou algum botão aleatório no painel. Depois de dirigir por mais dois ou três metros, a luz vermelha no walkie-talkie do motorista se acendeu. Apertou-a levemente e, antes que ele pudesse dizer qualquer coisa, uma voz áspera e grave apareceu.

— Lao Liu, você também está perto da Academia Privada de Jiujiang Ocidental? O que há de errado com as pessoas hoje à noite? Eu também tenho um passageiro comigo que quer ir para lá. Na verdade, estamos bem perto. A propósito, o que é essa mensagem que você enviou para o grupo: “Eu fui feito de refém”?

— Não é nada, apenas se concentre em seu passageiro. — O motorista limpou o suor da testa e rapidamente desligou o walkie-talkie.

— Isso parece um sequestro, certo? Tio, você não disse que confia em mim? — Chen Ge perguntou com a sobrancelha levantada. Com medo de que o motorista de meia idade apenas chamasse a polícia, ele disse: — Você pode me deixar aqui.

— Sim! — O motorista foi rápido em seguir suas instruções. Chen Ge até conseguiu ver que as pernas do homem estavam tremendo.

Chen Ge olhou em volta para se certificar de que ele não deixou nada para trás. Depois que saiu e fechou a porta, ele olhou para cima e viu o sinal de corrida em cima do táxi dizendo:

Estou sendo mantido como refém, por favor, ligue para a polícia!

— Tio, você com certeza é criativo.

O táxi deixou Chen Ge como se tivesse crescido asas. Vários segundos depois, as várias centenas de metros ao redor de Chen Ge ficaram em silêncio. Era uma noite sem estrelas como se fosse chover em breve. As nuvens de chuva se espalhavam no céu, bloqueando toda a luz da lua e das estrelas. Chen Ge pegou o celular para ver a hora, ainda faltavam oito minutos até o horário designado.

Agora, dentro do carro, a pessoa no walkie-talkie disse que também está levando um passageiro para a Academia Privada. Essa pessoa está vindo aqui à uma da manhã, poderia ter algo a ver comigo?

Chen Ge se lembrou de ser cuidadoso. Se não fosse pela limitação de tempo, ele provavelmente teria se escondido no mato ao lado da estrada para ver quem o seguia.

Falta apenas oito minutos. É melhor eu me familiarizar com o layout da escola primeiro. Vou precisar de qualquer tipo de vantagem que conseguir reunir.

A área ao redor da Academia Privada do Jiujiang Ocidental era um pedaço de terra deserta. Não havia postes de luz, apenas uma única estrada cortando a floresta e os densos arbustos.

Ligando a lanterna do seu telefone, Chen Ge seguiu a estrada por mais de cem metros antes de chegar ao portão da frente da escola abandonada. As correntes e as barras de ferro estavam enferrujadas. O portão era pesado demais para se mexer. Olhando através das grades, tudo o que Chen Ge podia ver era escuridão.

Como eu entro?

Chen Ge sondava pelo portão. Ele jogou sua mochila sobre o portão antes de dar alguns passos para trás. Deu uma arrancada com velocidade total, agarrou os tijolos na parede e pulou a parede externa.

O complexo escolar não era grande, toda a área podia ser vista com um só olhar. Havia várias silhuetas altas paradas no escuro como vigias solitários. O letreiro da escola já havia sido removido há muito tempo. O próprio Chen Ge não sabia qual era o verdadeiro nome da escola. Como todo mundo na cidade, ele só sabia que era a Academia Privada de Jiujiang Ocidental.

Os arbustos enormes haviam engolido a maior parte do caminho. Machucavam as pernas de Chen Ge a cada passo que ele dava, fazendo-o sentir cócegas e dolorido.

Consegui chegar dentro do limite de tempo designado, agora minha missão é encontrar os sapatos vermelhos de dança de Zhang Ya.

Chen Ge tirou o martelo da mochila. Sentindo o frio toque metálico em sua pele, Chen Ge se sentiu muito mais seguro.

Usando seu telefone como orientação, Chen Ge foi cada vez mais fundo na escola. Ele deu vários passos antes de sentir que havia algo de errado. Ele parou de se mover e deu alguns passos para trás.

É minha imaginação? Como é que parece que há algo me empurrando para o interior da escola? E quando tentei andar para trás, havia uma força misteriosa me bloqueando por trás.

Chen Ge se virou olhando por cima do ombro, mas não havia nada ali. Ele usou seu telefone para jogar alguma luz atrás dele, e não havia nada como um fantasma ou espírito como ele imaginou.

Será que ela já está aqui? De pé atrás de mim? Só que eu não posso vê-la? — Chen Ge estremeceu. O pensamento de balançar o martelo no espaço atrás dele surgiu em sua mente, mas ele pensou: — E se Zhang Ya estivesse realmente atrás de mim e este balanço a irritasse?

Ele era apenas um dono de uma Casa Assombrada e estava praticamente indefeso e encalhado nesta escola deserta. Ele estremeceu, pensando no final, caso conseguisse enfurecer um espectro sinistro.

De qualquer forma, eu deveria seguir adiante primeiro.

Chen Ge puxou sua mochila para cima enquanto adentrava na escola segurando o telefone e o martelo. A noite estava escura e uma corrente de ar subia, até carregava uma leve camada de sereno com ela.

Os locais mais prováveis ​​onde encontrarei os sapatos vermelhos de dança são o vestiário feminino do estúdio de dança ou o antigo quarto de Zhang Ya. Vou ter que me concentrar nesses dois locais.

Chen Ge dirigiu-se para o edifício que estava mais próximo dele. As árvores dentro da escola tinham crescido em formas distorcidas e a grama selvagem crescera até a cintura de Chen Ge. Havia estátuas que cobriam o complexo escolar, e a maioria delas eram figuras humanas. Tudo somado, o lugar irradiava um ar de estranheza no escuro.

O dormitório feminino?

O prédio do dormitório não era alto, tinha apenas quatro andares. No entanto, parecia assustador, provavelmente devido a um período prolongado de abandono. A porta de vidro do prédio estava trancada usando uma corrente de metal. Chen Ge inclinou-se contra o vidro para dar uma olhada mais de perto.

As portas dos dois lados do corredor escuro estavam bem fechadas, mas curiosamente, tinha uma cadeira solitária que estava no meio do corredor de costas para as portas dos quartos.

Uma única cadeira está no meio do corredor? Será que existe algum significado especial por trás disso? — Chen Ge recostou-se na porta de vidro. — Tanto o portão principal quanto a entrada do dormitório foram trancados, e o corredor não parece ter qualquer lixo. Isso mostra que quando eles estavam fechando a escola, eles limparam o local primeiro, então por que eles deixaram uma cadeira bem no meio do corredor? Será que é apenas uma mera coincidência? Se a cadeira foi propositalmente deixada para trás pela direção da escola, então qual é o significado disso? Se não fosse deixado para trás pela escola, quem levaria a cadeira até o meio do corredor depois que o lugar estivesse trancado?

Chen Ge apontou o celular para a porta de vidro. A cadeira estava a cerca de cinco metros da entrada, e havia uma lâmpada quebrada logo acima dela.

A lâmpada já está quebrada e a fiação elétrica está exposta. Cadeira e fiação, sou só eu ou isso parece ser uma cena de enforcamento?

Honestamente, depois de ver esta cena curiosa, o coração de Chen Ge começou a palpitar.

Eu provavelmente estou apenas pensando demais.

Ele olhou para a esquerda e para a direita. A brisa fez as folhas sussurrarem. A escola depois do anoitecer era assombrosamente arrepiante.

Eu não posso me assustar sem motivo. Afinal, Zhang Ya, o Espectro Vermelho, é a presença mais assustadora da escola. Eu tenho sua carta de amor, então quem se atreve a me desafiar? — Considerando a situação, essa era a única maneira de Chen Ge se consolar. — Além disso, esta é apenas uma missão de afeto. Para simplificar, é um tipo especial de encontro. Não há nada para se preocupar.

Ele tentou se convencer com esse papo furado e, quando terminou, voltou para a porta de vidro com o martelo. Ele estava prestes a esmagar a porta quando seus olhos captaram um detalhe chocante.

A cadeira que deveria estar bem debaixo da lâmpada do corredor tinha se movido um metro dali. Parecia ter andado sozinha.

Merda! — Esta foi a primeira vez que Chen Ge experimentou algo assim. — O que acabou de acontecer?

Social 777
Programador, Desenvolvedor, Gamer sem Tempo, Tradutor Inexperiente, Estudante, Leitor Avido e Quase noivo da mulher mais incrível desse mundo.

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!