OPV – V2 – Capítulo 28

Aparentemente, os serviços religiosos haviam passado por muitas reformas nos últimos duzentos anos. Todas as observâncias do ciclo diário, que no tempo de Maria incluíam Vésperas, Completas e várias outras, agora estavam combinadas em algo chamado Oração Noturna.

Considerando como vários serviços foram combinados e o estilo usado durante o mesmo também foi simplificado, parecia provável que o colapso da Era da União significasse que alguns lugares não haviam sido capazes de manter esse sistema complicado de rituais. Além disso, o bispo e a diaconisa pareciam chocados quando eu lhes disse que sabia sobre Vésperas e Completas, então parecia que nem esses termos eram mais ouvidos.

— Você estudava com pessoas familiarizadas com a velha liturgia? — Ele me perguntou. — Uma tribo de monges de vida longa ou algo assim?

— Hmm, sim. Isso é mais ou menos correto. — Eu não tinha certeza se me tornar morto-vivo contava como sendo “Vida longa”, mas não havia dúvida de que Maria estava muito familiarizada com os velhos modos de adoração. 

— Então você não é completamente ignorante. — Bispo Bagley cantarolou em pensamentos. — Anna, deve ter um livro ou dois na biblioteca que revisam liturgia. Pegue-os para mim e, enquanto estiver lá, veja se consegue arranjar um professor adequado para ele. Este homem não é apenas um novato, ele é uma relíquia de dois séculos atrás. Isso vai exigir um esforço.

Tive a sensação de que ele estava deliberadamente falando mal de novo, mas não pude reclamar, ele quase acertou em cheio. Atrás do bispo, a diaconisa chamada Anna inclinou a cabeça repetidamente para mim, parecendo realmente arrependida.

Depois disso, voltei ao templo, juntei-me a Abelha e Tonio, fui submetido a uma série de perguntas (principalmente de Abelha) e, depois de lidar com muitas outras tarefas aleatórias que precisavam ser feitas, participei da Oração Noturna.

Embora as pessoas do templo ainda estivessem muito ocupadas limpando escombros e tratando os feridos, parecia que ninguém pretendia negligenciar sua oração diária. Eles claramente sentiram que os momentos mais difíceis eram os que mais era necessário orar. Achei uma atitude muito louvável.

O culto foi muito solene e impressionante, mas me senti um pouco desconfortável. Todos sugeriram bons lugares para mim, e os olhos se voltaram para mim de todas as direções. Eu não estava acostumado a receber hospitalidade como essa ou ser o centro das atenções, então nunca me senti acomodado durante todo o serviço.

Quando acabou, todos deixaram a capela e eu fiquei lá por um tempo em oração. Logo, o bispo chegou. Aparentemente, ele tinha um compromisso a cumprir e interrompeu a oração programada.

— Um momento, — ele disse. Então se ajoelhou, juntou as mãos e orou.

Em um instante, a atmosfera na capela, vazia, exceto eu e o bispo, mudou completamente.

As orações do bispo pareciam surpreendentemente naturais. Era uma visão bonita, embora o próprio bispo estivesse longe disso. Eu nunca tinha visto alguém parecer tão concentrado enquanto orava antes, ninguém, exceto Maria. Encontrei-me com minhas mãos juntas também.

— Agora, então. — O bispo orou por um tempo muito menor do que pensei. 

— H-Hmm…

— O quê?

— Bispo Bagley, isso está em minha mente há um tempo, hum… — Fiz uma pausa por um momento para escolher minhas palavras. — Você definitivamente foi abençoado com um alto nível de proteção dos deuses, posso sentir isso.

Eu não tinha dúvida disso depois do que acabei de sentir. Já tinha sentido desde que conheci o bispo, mas agora me sentia confiante em dizer: a proteção com a qual ele havia sido abençoado provavelmente igualava a minha ou até a excedia.

— Mas ouvi do povo do templo que você não usa bênçãos. Mas se é assim que são suas orações, acho que você não deixa as pessoas vê-las ou, deliberadamente, diminui o tom na frente delas. Por quê?

— Hah. Idiota novato.

Ele me insultou…

— O que você entende de bênção, garoto? 

— Proteção recebida dos deuses.

— Então me diga, por que os deuses os abençoaram com proteção? Para lhe dar um tratamento especial? Eu dificilmente acho isso, e você?

Fiquei em silêncio.

— É porque através de você, você entende isso? Através de você, o deus tem algo que quer realizar. E devemos pensar constantemente em como usar nossas bênçãos de maneira consistente com os desejos dos deuses que nos deram nossa proteção. Aqueles que as tratam como uma ferramenta a ser usada sempre que conveniente, simplesmente se afastam da majestade dos deuses; eles não adicionam a ele. A proteção que esses tolos recebem apenas diminui com o tempo. Muitos desses idiotas não conseguem entender isso. Por não entenderem, permanecem para sempre novatos e, eventualmente, perdem sua proteção. — O bispo estava realmente falando sobre isso.

— Eu sou o líder deste templo. Está em uma área difícil que começou a ser desenvolvida há pouco tempo. Para garantir dinheiro e direitos, devemos gritar e intimidar; para criar consenso, precisamos fazer favores e usar subornos. Imagine o que faria para eu desfilar em torno de bênçãos de alto nível nessas circunstâncias. A população pensaria: “O que os deuses estão pensando, protegendo um homem assim?” — Ele olhou para mim. — Deixe-me perguntar, garoto, você acha que isso é consistente com o que minha divindade guardiã deseja? Você acha que isso seria útil para aumentar o prestígio de Volt, deus do relâmpago e do julgamento?

— Não.

— Precisamente. Não. Nesse caso, a conduta correta para as bênçãos e a oração é mantê-las guardadas no interior. Deixei o espetáculo de bênçãos e a promoção do prestígio dos deuses nas mãos muito talentosas do vice-bispo. Ele também é bom em conquistar os corações e mentes das pessoas. Posso deixar a tarefa incômoda e estressante de ser o rosto bonito do templo para ele. — Então, o Bispo Bagley virou a conversa para mim. — E você, novato? Você se considera um “herói” só porque matou um wyvern?

Eu não consegui encontrar uma resposta.

— Um paladino, — ele disse, bufando ironicamente. — Um paladino?! Aqui temos um jovem que ainda nem entende o que significa ser abençoado, e ele deve ser chamado de paladino?! Vossa Excelência gosta de fazer piadas!

O bispo mostrou seu espanto com gestos exagerados e, como sinceramente não sabia como responder, apenas ouvi.

— Garoto. Eu posso até contar para ele, se você quiser. Se eu recusar com firmeza, mesmo Vossa Excelência certamente deixará isso de lado. Certo…? — Ele perguntou, seu tom autoritário.

Seu olhar e seu corpo grande trabalharam juntos para dar uma impressão intimidadora que não era menos do que o que eu senti do Duque de Southmark.

— Deixe essa ideia de lado, novato, — ele disse. — Nada de bom resultará disso.

— Mesmo assim… — Eu não desviei o olhar. Olhei de volta nos olhos do bispo. — Mesmo assim, através de mim, meu deus está tentando realizar alguma coisa.

O bispo franziu a testa e olhou para mim, sua expressão severa. 

— Você não vai mudar de ideia?

— Eu não vou. 

— Tolo. 

— Provavelmente.

— O que você jurou ao deus do fluxo?

— Dedicar minha vida a ela, afastar o mal e trazer salvação aos que estão tristes. 

— Ha. Eu conheci muitos idiotas ao longo dos anos, e você os excedeu todos. — Ele deu um suspiro maciço. — Vou encontrar algumas pessoas para você. Você faz o resto sozinho.

Inclinei minha cabeça profundamente e agradeci. Não importa o que mais alguém dissesse sobre esse homem, eu decidi que ele havia conquistado meu respeito.

Depois disso, os freios pareceram desligar e tudo se tornou frenético.

Pelo canto do olho, pude ver o bispo entrando em contato com o duque para informá-lo de nossa intenção de aceitar sua oferta, enquanto o clérigo de aparência solene que Anna havia encontrado me lecionava sobre questões de etiqueta e procedimentos cerimoniais atuais para clérigos.

As rodas já estavam em movimento para eu receber minha condecoração. Tudo estava acontecendo terrivelmente rápido. Seria realmente fácil assim receber um título de cavaleiro? Eu me perguntava o que diabos os levaria a agir com uma velocidade sem precedentes.

Dito isto, o dano que o wyvern havia causado não deveria ser levado levemente; havia pessoas que perderam suas casas e empregos, e ouvi sussurros de que eles queriam uma celebração que pudesse criar algum trabalho temporário. Ah, pensando bem, mesmo nas histórias antigas e medievais do meu mundo anterior, novos templos e santuários eram erguidos sempre que ocorriam desastres. Também deve ter havido aspectos de redistribuição de riqueza.

De qualquer forma, se eu fosse um cavaleiro, as coisas se moveriam muito mais rapidamente. Pessoas, dinheiro e coisas, tudo seria mais fácil de gerenciar com autoridade e com o poder subjacente. Quando pensei dessa maneira, não parecia muito importante que eu fosse capturado pelo duque e pelo bispo. Eu não acho que esses dois me tratariam muito mal, de qualquer maneira… provavelmente.

— De onde ele veio? E onde treinou e onde estudou? Dele sabemos pouco, mas ele é o discípulo do perdido deus do fluxo e traz consigo a tocha divina.

Este foi provavelmente um passo necessário.

— A profundidade de sua fé é igual à de um bispo, a profundidade de seu estudo à de um sábio. E habitando em seus braços, uma força sem igual que esmagou um wyvern. Através do corpo deste homem, Almas dos três Heróis, você pretende que seus nomes de grande renome cresçam mais uma vez?!

Is… Isso era… necessário.

— O Discípulo da Tocha, o Matador de Wyvern, a Potência Inigualável, o Paladino Viajante William G. Sanguimari. Lembrem-se de todos os títulos e nome do novo Herói que apareceu na cidade Veleiro Branco! Hmm, isso parece bom!

Ok, mesmo que fosse necessário, vamos lá!

— Abelha, você se importaria de não praticar sua história bem na minha frente?! 

— Vamos lá. Não seja tão chato.

— É ridiculamente embaraçoso!

— Isso é o que você fez, então a culpa é sua! O que ela deveria dizer? 

— Isso não faz com que não seja embaraçoso!

Estávamos em nosso quarto no templo. Enquanto nós três conversávamos e discutíamos, Tonio brincava silenciosamente com um ábaco. 

— Hmm.

— O que foi, Tonio?

— Infelizmente, estou chegando à conclusão de que um grande número de animais de carga será bastante caro, não importa o que eu faça.

— Ah, quanto a isso…

As coisas ficaram muito complicadas com todo esse negócio de cavaleiro que veio depois de matar o wyvern, mas não esqueci meu objetivo principal. Meu objetivo era o mesmo de sempre: caçar os demônios da Floresta das Bestas e, ao mesmo tempo, fazer algo sobre as questões econômicas daquela área e promover o bom nome do deus da chama.

E para esse fim, eu tinha um plano. 

— Ah? E o que poderia ser?

— Você poderia procurar animais que estejam doentes ou feridos e negociar um pouco para comprá-los a um preço baixo?

— Huh?

— Então eu vou curá-los.

— Oh…! — Os olhos de Tonio se arregalaram.

Sim, eu estive pensando sobre isso, Tonio. Isso e todos os tipos de outras coisas.

O comerciante de gado ficaria feliz com a chance de vender seus animais doentes e feridos, e ficaríamos felizes porque teríamos os animais de que precisávamos. Quanto ao potencial impacto nas vendas futuras do comerciante, as aldeias da Floresta das Bestas estavam muito frias e tinham um poder de compra extremamente baixo, de modo que, em primeiro lugar, não teriam sido grandes clientes para o comerciante.

Eu também conseguiria salvar os animais que estavam sofrendo. Eles continuariam a ser animais de carga e a trabalhar duro, então não podia dizer se isso era algo bom, mas pelo menos em teoria, todos acabariam satisfeitos.

Na prática, o comerciante provavelmente não se sentiria muito bem por ter vendido suas ações lesionadas apenas para tê-las curadas logo depois; portanto, precisaríamos andar com cuidado lá, mas isso era apenas um pequeno problema.

— Além disso… seria realmente útil se eu pudesse continuar contando com você para fazer negócios entre Floresta das Bestas e Veleiro Branco… Quanto de dinheiro preciso colocar?

Tonio colocou a mão no queixo e cantarolou em pensamento. 

— Will, — ele disse, acho que precisamos nos sentar e conversar sobre negócios por um tempo.

— S…Seja gentil comigo…

Minha lista de tarefas estava ficando cada vez mais longa. Mas eu tinha apenas um objetivo e estava sempre progredindo em direção a ele. Gracefeel, sussurrei em minha mente, estou bem. E farei o meu melhor.

Senti a deusa quieta e sem expressão dar o menor sorriso.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!