RN – Capítulo 130

Supressão Poderosa!

 

— Suserano!

— Lorde Marvin! — As pessoas enganadas ficaram subitamente surpresas!

O jeito que Marvin apareceu foi chocante demais. Ele usou a Corda para pular da parte de trás da Grande Águia e decapitou rapidamente o encrenqueiro.

Todos estavam espantados olhando para Marvin, esse era o seu Suserano que sempre foi educado e amável? Isso definitivamente era um assassino feroz!

— Vou perguntar novamente. — Marvin, sem pressa, deu um passo à frente: — Vocês estão se rebelando?

Todos recuaram três passos!

Ele estava de pé na ponte estreita com seu corpo jovem, mas aos olhos de todos, sua presença tinha um poder dissuasivo incrível! Esse era o poder da nobreza.

Perícia Nobre – [Dignidade]!

As regras da família de Marvin havia sido profundamente gravada no coração de seu povo por um longo tempo. Quando Marvin não estava aqui, as pessoas poderiam ser facilmente enfeitiçadas, mas quando Marvin apareceu, especialmente de uma maneira tão espetacular, todos imediatamente ficaram sãos.

O que eles estavam fazendo? Reunindo-se sob o castelo para causar problemas? Não era isso considerado rebelião?

Territórios sob o domínio da Aliança de Magos do Sul tinham uma punição muito severa para os rebeldes e era morte por enforcamento! Não havia espaço para discussão.

A maioria das pessoas se encolheram, eles foram enganados pelos rumores e mentiras. Quando Marvin apareceu, eles perderam seus pensamentos sobre causar problemas. Claro, havia também alguns encrenqueiros escondidos entre eles.

Alguém de repente gritou: — Mas não temos comida! Nós queremos comer!

Marvin olhou para aquele cara que se destacava com os olhos de um predador. Era um cara magro, ele tinha a aparência de um macaco. Ele não era velho demais, mas seus olhos eram brilhantes.

— Você, venha aqui. — Marvin calmamente disse.

Aquele homem se escondeu atrás de alguém e disse lentamente.

— Lorde Marvin, nós realmente não estamos pensando em nos rebelarmos, só queremos comer.

— Eu sei, assim peço-lhe para vir. — Marvin guardou as adagas curvas e mostrou as mãos vazias para todos antes de dizer. — Guardei minhas adagas. Eu garanto que se você não for um espião enviado pelo inimigo, eu não vou te machucar.

Aquele homem hesitou, mesmo que Marvin dissesse isso, ele ainda podia sentir a intenção assassina nos olhos de Marvin!

Ele se encolheu.

— Vamos esquecer, desde que o senhor voltou, nós… — Mas ele foi interrompido com força por Marvin.

— Traga-o aqui! — Marvin olhou para alguns aldeões e gritou.

Os outros caras imediatamente assentiram, e empurraram aquele homem magro até que ele estivesse na frente de Marvin.

— Você disse que estava com fome, não tinha comida, por isso estava causando problemas. — Marvin pôs as mãos nos ombros do homem e agarrou-o com força: — Você está dizendo a verdade?

— Eu juro. — Com um pouco em pânico, ele disse em voz alta: — Estamos com muita fome… Não temos dinheiro, pois foi roubado por aqueles gnolls!

— Bom! — Marvin zombou.

A mão dele passou pelo bolso do casaco do homem, tirando instantaneamente uma bolsa de dinheiro. Ele abriu a bolsa e ouviu-se o som de muitas moedas caindo no chão. Aquele homem estava estupefato, ele claramente se lembrava de não ter nada no bolso. E os outros ficaram extremamente chocados! Eles exibiam uma aparência gananciosa e, quando olhavam para aquele homem parecido com um macaco, também estavam cheios de dúvidas e raiva! Esse cara não disse que não tinha dinheiro para comer? Com tantas moedas de prata no bolso, ele poderia facilmente comprar comida. Esse dinheiro poderia comprar muita comida na Cidade Costa do Rio.

— Vigarista! — Marvin não deixou o homem magro a chance de abrir a boca e gritou com raiva. Ele puxou sua adaga e o matou, sangue voou por toda parte!

Todos se acalmaram.

— Um vigarista. — Marvin disse com raiva: — Esse filho da puta era um vigarista! Você não viu isso? Alguém subornou ele para enganar vocês! De fato, o celeiro foi queimado, mas isso foi obra de nossos inimigos! Eles querem assumir o Vale do Rio Branco, assim eles fizeram essa trama de rebelião.

Marvin concluiu friamente:

— Agora, ordeno-o como o Suserano, voltem para suas casas! A questão dos alimentos será resolvida dentro de uma semana. Eu garanto a você isso como Suserano do Vale do Rio Branco.

[Dignidade] foi usado novamente!

A maioria das pessoas recuaram com um rosto envergonhado, mas naquele momento, os portões do castelo que foram fechados de repente se abriram com um rangido e uma sombra sorrateira brilhou, parecendo ter sentido algo errado!

Marvin deu um grande passo à frente e começou a correr! Ele ainda estava usando aquele par de Botas da Fada do Trovão. Hanzel tinha generosamente dado este item mágico para ele como um presente!

Marvin imediatamente correu para os portões do castelo e agarrou aquela pessoa, revelando um rosto desconhecido cheio de surpresa. A Corda se entrelaçou no seu corpo em silêncio.

As pessoas que estavam prestes a descer a colina olharam para aquela cena, surpresas. Eles conseguiram ver Marvin carregando um membro da guarnição sob a luz fraca das tochas!

Naquele momento, Anna e os outros estavam dando boas-vindas a ele.

— Lorde Marvin! — Andre e os outros membros da guarnição o cumprimentaram animadamente.

O desempenho de Marvin os deixou extremamente chocados. E a parte mais importante era que eles sabiam, com o retorno de Marvin, o território não se tornaria caótico!

— Quem é ele? —  Marvin perguntou enquanto segurava aquele cara.

A expressão de Andre mudou: — Este é um recruta que foi aceito na guarnição há poucos dias…

— Um espião! Ele é definitivamente aquele que queimou o celeiro! E agora ele queria aproveitar a situação e abrir os portões para deixar os encrenqueiros entrarem? — Raiva brilhou através dos olhos de Anna.

Marvin olhou para aquele homem, e este disse em voz baixa: — Eu simplesmente vi Lorde Marvin voltar e queria abrir o portão para dar as boas vindas… — Mas antes que ele pudesse terminar a frase, Marvin pulou e uma luz gelada brilhou quando Marvin fez um golpe imponente, cortando diretamente a cabeça deste homem. A cabeça ensanguentada rolou na ponte de pedra antes de cair no fosso.

— Isso é o que um espião nojento merece! — Marvin de repente levantou a voz, seu pé chutou o corpo sem cabeça no fosso!

Os corações dos civis restantes ficaram frios. Eles não enrolaram mais e voltaram para suas casas um após o outro. Apenas a guarnição, Anna, e alguns outros permaneciam em frente ao castelo.

— Jovem Mestre… Você finalmente voltou. — Anna mordeu os lábios, se não houvesse tantas pessoas presentes, ela teria chorado.

Anna era muito inteligente e capaz, mas ela não era a Suserana desse território, ela havia sofrido muito durante a ausência de Marvin, havia muitos rumores sobre ela.

Marvin gentilmente abraçou Anna, confortando-a: — Está tudo bem.

Mas uma voz desagradável veio de repente do lado:

— Como você pôde abraçar a Senhorita Anna tão casualmente? Mesmo se você for o Suserano deste território, você não deveria ser tão rude!

Marvin franziu a testa. Ele matou muitas pessoas hoje, mas elechegou ao ponto de matar sem motivo.

Ele imediatamente apontou para aquele cara e perguntou: — Quem é esse cara vestido como um pavão?

Todos ficaram em silêncio por um momento, mas depois de um tempo, eles explodiram em risadas. Mesmo Anna, que sempre evitava mostrar suas emoções em público, não pôde deixar de rir ao ponto de chorar.

Pois o que Marvin disse era verdadeiramente preciso! O homem que reivindicou o título de Maior Alquimista de toda a História estava usando roupas extremamente luxuosas, mas as cores eram realmente… Assombrosas. À noite, sob a luz do fogo, ele realmente parecia um pavão!

Esse homem respondeu com raiva:

— O que você disse? Você está questionando o meu gosto na escolha das minhas roupas? Eu peço um duelo!

— Duelo no seu cu! — Marvin, disse impaciente: — Eu ainda estou ocupado matando, não tenho tempo livre!

Ele olhou friamente para aquele homem. — Este é o meu território, se ponha no seu lugar.

Ele imediatamente deu algumas ordens a Anna. Principalmente para apaziguar o ânimo dos cidadãos, e depois fortalecer a defesa do restante da comida.

— E você? — Anna exibiu uma expressão de surpresa depois que ele terminou de falar: — Você está planejando sair de novo?

— Sim. — Marvin respondeu, sem emoção. — Não posso permitir que as pessoas continuem ultrapassando meus limites.

Ele então desceu a montanha sem olhar para trás.

O homem pavão comentou de muito mau humor:

— Suserano ridículo! Algo como matar, por que ele faria uma coisa dessas com as próprias mãos? Senhorita Anna, há um problema com seus olhos.

— Cale a boca. — Todos gritaram com raiva.

O homem pavão ficou surpreso e imediatamente não se atreveu a dizer mais nada. Ele não esperava que o status de Marvin aos olhos dessas pessoas fosse tão alto!

O vento da noite assobiava por sua orelha, Marvin parecia tão rápido quanto um raio. A escuridão da noite era o paraíso para os Andarilhos da Noite. Esta noite ele queria matar!

Independentemente dos objetivos e razões de Toshiroya, ele já havia enfurecido completamente Marvin. A última pessoa que passou por seus limites foi Branco, e todos sabem o final dele. Agora era esse nobre que veio de alguma cidade do norte.

Marvin vestiu uma camada de roupa protetora e correu silenciosamente durante a noite.

Meia hora depois, não muito longe de uma pequena colina, Marvin estava calmamente se preparando, o Assassino Fantasmagórico Âmbar também estava esperando.

No pé da pequena colina, estava um acampamento temporário. No acampamento havia aproximadamente vinte homens, pelo menos metade eram guerreiros do 2º ranque e, além disso, havia um mago do 2º ranque. O status desse mago era muito alto, pois ele tinha uma tenda para si mesmo.

O próprio Toshiroya era um espadachim do 2º ranque, e ele tinha dois bárbaros [Guerreiros do Terreno Baldio] como guardas.

Essa era a informação que Âmbar havia reunido.

Um grupo de pessoas do 2º ranque para assumir um pequeno Vale do Rio Branco, obviamente deve ser suficiente, mas infelizmente você me encontrou.— Marvin zombou. 

Âmbar aproximou-se e sussurrou: — Senhor Marvin, quando vamos atacar?

— Sem pressa. — Marvin se concentrou em algo e logo um clarão voou da floresta, esse era um dos aventureiros que fingia ser um cidadão!

Ele voltou para informar Toshiroya.

— Mate-o primeiro. — Marvin apontou para aquele homem.

O Assassino Fantasmagórico acenou com a cabeça e de repente desapareceu no local. Quanto a Marvin, ele usou Furtividade e caminhou diretamente em direção ao acampamento!

Gabriel
O Rei dos Undeads!

5 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!