RN – Capítulo 229

Contra-ataque de Marvin!

 

Enfrentando a pergunta de Marvin, Enganadora suspirou: — Como esperado, ele ainda terá sucesso. Esta Pedra do Arco-Íris será definitivamente dele.

Marvin franziu a testa.

— Do que você está falando? Contanto que você mantenha a Pedra do Arco-Íris longe do Diggles, ele não fará do jeito dele.

Enganadora balançou a cabeça.

— Não é tão simples assim, mas eu não tenho tempo para explicar tudo para você agora. Vamos fazer um acordo. Diga-me tudo o que você sabe sobre o meu irmão mais novo e eu darei esta Pedra do Arco-Íris para você.

Madeline zombou: — Você acha que pode escapar da minha vista?

Enganadora olhou friamente para Madeline.

— Maga? Antes de você avançar para lendária, esses tipos de palavras grandes não serão convincentes. Eu vou para onde eu quiser, você não poderá me impedir.

Madeline de repente ficou com raiva e estava prestes a agir quando ela foi puxada por Marvin.

— Na verdade, mesmo que você não tenha trocado a Pedra do Arco-Íris pela informação, eu teria contado sobre o seu irmão. Eu só não quero que você seja usada pelo Diggles. — disse Marvin sinceramente.

Enganadora duvidosamente perguntou: — Quem é você depois de tudo? Eu sei que você possui a mesma linhagem que eu, mas você parece ter uma dessas linhagens proféticas.

— Eu não sou um deles, eu apenas coincidentemente conheço muitas coisas. — Marvin rapidamente perguntou: — Você e seu irmão mais novo passaram sua infância no vasto oceano ocidental, estou certo?

O choque passou pelos olhos de Enganadora antes que ela assentisse.

Marvin continuou.

— Por causa de um acidente, você foi perseguido por esses nativos e foi pego em uma brecha no espaço-tempo durante a perseguição. Quando você acordou, encontrou-se no Planalto Decadente. Assim, você pensou que seu irmão mais novo caiu com você e estava nas mãos dos Diggles, certo?

A Enganadora prendeu a respiração.

As palavras de Marvin descreviam perfeitamente sua própria experiência!

— Continue! — Ela disse com expectativa em seus olhos.

— Na verdade, ele não caiu no Planalto Decadente com você. Ele ainda está vivo naquele vasto oceano ocidental.

Marvin deu uma longa olhada nela.

— Se você quiser encontrá-lo, e se você acredita em mim, você deve fazer uma viagem até lá. Apesar de as pessoas chamarem esse lugar de [Zona Morta], você e eu sabemos que os descendentes de muitas raças antigas moram lá. Certo?

Enganadora respirou devagar.

Ela hesitou por um longo tempo antes de jogar a Pedra do Arco-Íris para Marvin.

Marvin habilmente pegou e suspirou de alívio.

— Eu acredito em você. Porque nós somos ambos descendentes dos Numans, vou lembrá-lo que Diggles definitivamente não vai desistir. É melhor você procurar um lugar para se esconder, porque seu inimigo pode não ser o único a fazer um movimento.

Depois de dizer isso, ela deu outra olhada em Marvin, aparentemente querendo memorizar seu rosto, antes de desaparecer nas profundezas da caverna.

Madeline ficou surpresa.

Mesmo se Enganadora fosse apenas uma Feiticeira do 4º ranque, Madeline simplesmente não sabia qual magia ela usou. Era como ela disse: se ela quisesse fugir, Madeline e Marvin simplesmente não poderiam impedi-la.

— Esta pedra é real ou falsa? O apelido dela é Enganadora, não seja enganado por ela. — Madeline olhou para a Pedra do Arco-Íris na mão de Marvin.

— Ela não vai me enganar. — Marvin disse com confiança.

— Devemos sair daqui em breve. — Sua voz ainda tinha que terminar quando um raio branco de luz se apressou!

A aura do outro lado era extremamente assustadora. Naquela fração de segundo, Marvin e Madeline se sentiram um pouco pressionados!

— Merda! — Marvin imediatamente se lembrou do aviso da Enganadora. “Seu inimigo pode não ser o único a fazer um movimento.”

Afinal, o que se aproximava era na verdade o Espírito Santo do Cervo Branco.

O Cervo Branco correu agilmente, tão rápido quanto um raio. Em um piscar de olhos, ele apareceu na frente de Marvin. O brilho ao redor de seu corpo se espalhou quando ele lentamente se transformou em um homem de meia-idade.

— Devolva meu tesouro. — Exigiu o Espírito Santo dos Cervos Brancos em tom digno.

Madeline prendeu a respiração. Uma pitada de medo brilhou através de seus olhos. Ela era uma meio-demônio, e o outro lado era uma forma de vida celestial, então ambos os lados naturalmente não gostavam um do outro.

Se o Espírito Santo do Cervo Branco estivesse aborrecido com ela, ele poderia se livrar dela. E seu humor atual parecia realmente ruim.

Marvin se recompôs e segurou com firmeza a Pedra do Arco-Íris como ele dizia com uma voz pesada: — Senhor Lorant, não temos objeções em devolver algo ao seu dono legítimo, mas eu tenho que perguntar, o que aconteceu?

— O que aconteceu? Você ainda precisa me perguntar? Invadindo a minha caverna, roubando meus tesouros… Se não fosse por você tentar proteger meus filhos uma vez, eu já os teria matado aqui mesmo! — Lorant zombou.

Seu olhar caiu sobre o pacote de tecido contendo a lança nas costas.

A expressão de Marvin não mudou.

— Eu quero saber o que aconteceu depois que eu saí.

— Entregue a Pedra do Arco-Íris, não me force a fazer um movimento. Não pense que eu não sei o que você planejou. Você é como aqueles Espíritos Malignos, pessoas com motivos imundos. — Lorant disse em um claro tom de impaciência.

Marvin argumentou severamente: — Somos diferentes dos Espíritos Malignos. Pelo menos não queremos que uma Porta do Desastre apareça em algum lugar em Feinan. Assim, eu quero saber. O que aconteceu depois que saímos?

Lorant cerrou os dentes.

Então, uma tela de luz foi tirada de seus olhos.

A Caverna dos Cervos Brancos podia ser vista na tela de luz.

Ele podia ver tudo o que aconteceu anteriormente.

Marvin olhou com cuidado.

Depois que a Enganadora foi controlada por Diggles para roubar a Pedra do Arco-Íris, Marvin e Madeline rapidamente a perseguiram.

A caverna então recuperou sua paz.

Mas não por muito. Uma rachadura apareceu na frente dos jovens cervos e de Muse!

— A marca do plano? — Marvin estremeceu.

A Caverna dos Cervos Brancos originalmente era um lugar perfeitamente escondido. Antes que a Enganadora entrasse e saísse dela, mesmo que Diggles fosse poderoso, ele não poderia encontrar este lugar.

Com certeza, essa se espalhou e ficou bem grande. Em última análise, um Cavaleiro com o corpo apodrecido emergiu da rachadura.

Ele atacou os lamentáveis jovens cervos.

Sua aura assustadora fez com que todos eles perdessem a capacidade de se mover, incluindo a Muse. Todos eles na Caverna dos Cervos Brancos foram enviados através da rachadura.

— Meu deus… — Marvin mordeu os lábios. — Eles foram capturados e enviados para o Planalto Decadente.

Espere! — Algo de repente clicou em sua mente, e ele olhou para o Espírito Santo do Cervo Branco, um pouco assustado.

— Diggles entrou em contato com você?

Lorant assentiu com tristeza.

— Então vocês fizeram um acordo? — Marvin observou-o atentamente.

— Você, pessoalmente, irá entregar a Pedra do Arco-Íris e depois receberá seus filhos?

— Mais ou menos isso, eu não tenho escolha. Eu preciso dessa pedra para salvar meus filhos. — O rosto de Lorant estava cheio de desamparo.

— Não! — Marvin respondeu categoricamente. — Você está louco.

A intenção de matar passou pelos olhos de Lorant: — Se você tentar me impedir, eu não vou me segurar!

Planalto Decadente, trono supremo.

O Cavaleiro Chefe Douglas caminhou lentamente do mar distante.

— Senhor, tudo está pronto. Eles estão no lugar mais seguro. Ninguém mais sabe sobre aquela prisão secreta que você construiu. Ninguém pode encontrá-los, incluindo a Enganadora. — disse Douglas.

Um sorriso satisfeito apareceu no rosto de Diggles.

— Muito bem, eu só queria abrir uma Porta do Desastre para desabafar, mas não esperava receber uma colheita inesperada. Lorant se preocupa muito com seus filhos. Aparentemente, até as formas de vida celestiais se curvam depois de viverem no mundo humano por muito tempo. Mas isso não importa. Acontece que eu não tenho uma montaria. Espere até ele chegar ao Planalto Decadente, eu vou entretê-lo, hahahahaha…

Colina do Silêncio Mortal, na Caverna dos Cervos Brancos.

O humor hostil tinha gradualmente desaparecido.

Estava claro que a advertência de Marvin era eficaz. Lorant não era um tolo, ele só concordou com o acordo de Diggles porque ele não tinha outra escolha.

Na verdade, até ele sabia que ir ao Planalto Decadente levaria a um desastre.

Diggles era muito poderoso, quase o mesmo que um Deus mais fraco, e o Planalto Decadente era o seu mundo. A força de outras pessoas seria enfraquecida ali e ele seria capaz de exibir suas características especiais sem limites.

Assim como Marvin disse, mesmo que Lorant entregasse a Pedra do Arco-Íris para Diggles, o último não deixaria ele e seus filhos saírem.

Porque os Espíritos Malignos sempre foram gananciosos e nunca ficariam satisfeitos.

— Restam três dias antes da troca entre você e Diggles. Estes três dias são suficientes para formarmos um plano. Você deve acreditar no meu plano, já que não está lutando sozinho. — Marvin disse de uma forma extremamente sincera a Lorant nas profundezas da caverna.

Madeline já voltou para a Cidade Costa do Rio.

Lorant, como uma forma de vida celestial, não parecia gentil com uma Súcubo.

Quanto a Marvin, por causa de algumas razões especiais, ele não pareceu se importar com essa parte da linhagem dela.

Lorant olhou para um espaço vazio na caverna silenciosa e suspirou:

— Eu não tenho muitos amigos, mas ainda tenho um ou dois, mas eu me pergunto se devo arrastá-los para este assunto.

O cervo celeste tinha seu próprio orgulho e raramente pedia ajuda de seus amigos. Marvin podia ver isso.

— Nosso único objetivo agora é resgatar seus filhos, junto com a Srta. Muse, não é? — Ele entregou aquela Pedra do Arco-Íris para Lorant.

— Se você realmente acha que lidar com o Diggles é o melhor caminho, você pode tentar fazer isso a qualquer momento.

Lorant ponderou silenciosamente sobre a Pedra do Arco-Íris na mão por um momento antes de perguntar: — Não vamos nos comprometer, então o que deve ser feito?

Marvin sorriu.

— Nós contra-atacaremos. Você não acha que o Diggles tem estado muito ativo recentemente? Eu realmente tenho muitos amigos. Eles devem estar dispostos a ajudar a acabar com alguns Espíritos Malignos.

Lorant concordou pensativo. Pode ser visto em seus olhos que ele tomou uma decisão.

— Bom, nós contra-atacaremos!

Gabriel
O Rei dos Undeads!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!