RN – Capítulo 28

Morte de uma lenda

*Toc toc toc*

Marvin ouviu três batidas na porta. Ele abriu a porta, era Anna.

— Está tudo pronto? — Ele perguntou.

Anna assentiu. Com os preparativos de Marvin, todos os seus guardas já haviam sido evacuados em pequenos grupos da Cidade Costa do Rio. As defesas da cidade eram bastante severas, mas também tinham muitas aberturas. Havia sempre alguns caminhos secretos e desconhecidos que pertenciam a diferentes tipos de pessoas.

Na verdade, Marvin tinha comprado informações sobre uma rota de fuga secreta do antigo goblin, Bane, antes que as patrulhas chegassem atrás das docas na noite de ontem. Depois de matar um monstro da ferrugem que uma vez ocupou os esgotos na parte norte da cidade, as patrulhas não faziam mais suas rotas nesta área com regularidade.

Como resultado, essa área tinha um túnel com espaço suficiente para um homem adulto entrar ou sair da cidade. A câmara de comércio Garra Negra do Bane controlava esse caminho. Bane e Marvin trabalharam juntos e, assim, conseguiram que os guardas de Marvin saíssem da cidade com segurança.

Eles estavam carregando esses objetos leves e convenientes mais caros, e foram direto para Vila Verde e os outros lugares. Marvin e Anna não questionariam a lealdade destes guardas, especialmente sob a liderança de André. A guarda não lutaria por esses pertences.

— Fazer isso assim foi muito perigoso! — Anna repreendeu Marvin — Eu sei que você odiava seu tio. Ele matou o antigo Lorde e merecia isso. Mas, e se os magos descobrirem o que aconteceu lá?

A mordomo meia-elfa estava muito preocupada. Ela pessoalmente levou a filha de Miro de volta para casa esta manhã. Logo, cada guilda importante ofereceu uma recompensa pelo Mascarado das Lâminas Gêmeas nesta tarde. A pessoa que postou essa missão era bastante óbvia. Depois de experimentar isso, as famílias do alto escalão da Prefeitura aumentaram sua segurança.

— Improvável.

Marvin sorriu sem graça. Ele não explicou muito. As pessoas nesta era ainda reverenciavam os magos. Afinal de contas, eles eram o grupo que governava esta era. Foi por isso que Cidade Costa do Rio tinha uma boa segurança pública. Mas isso já estava no passado.

Marvin lembrava claramente que todos os magos especialistas em adivinhação perderam suas habilidades seis meses antes da Grande Calamidade. Isso foi um sinal, mas os magos não prestaram atenção. Afinal, a adivinhação sempre foi um pouco complicada.

A verdadeira razão era que o poderoso deus do tempo tomou para si uma parte do poder mágico proibido da Fonte Mágica do Universo. Essa parte acabou por se conectar à adivinhação. Os deuses já começaram seu movimento. É por isso que Marvin podia ser tão ousado. Ele sabia que os adivinhos não conseguiriam encontrá-lo. E a realidade era simples assim.

Quanto ao alto funcionário da prefeitura, Miro, ele não se prontificou em ajudar na identificação de Marvin pessoalmente. As patrulhas se moviam por causa de seu mandado feito à mão. Ele não podia aparecer como alguém que negligenciava seus deveres. No máximo, Miro destacaria algumas forças para investigar secretamente e oferecer uma recompensa para quem quer que capturasse o Mascarado das Lâminas Gêmeas.

Só que Marvin ficou um pouco surpreso ao procurar informações em uma taverna ao meio dia. Ele realmente ouviu que as patrulhas haviam agarrado alguns seguidores do culto maligno nas docas.

Aparentemente eles estavam secretamente oferecendo sacrifícios ao [Deus da Praga], e se encontraram com essas patrulhas. Esses caras realmente não tiveram sorte. Claro, enviar as patrulhas para as docas era parte do plano de Marvin. Mas quem poderia imaginar que eles realmente pegariam alguns seguidores do mal?

Mas isso também lembrou Marvin de algo.

Quer fosse os membros das [Cobras Gêmeas da Catástrofe] ou dos crentes do [Deus da Praga], ambos já começaram se movimentar no sul. Isso significava que a era mais caótica estava à beira de começar!

Marvin não conseguiria fazer uma pausa agora. Ele tinha que recuperar rapidamente o Vale do Rio Branco! Mas antes disso, ele ainda tinha que agir como a “vítima” da família. Afinal, após a morte de Miller, Marvin era seu único parente de sangue. Isso significava que ele iria herdar os bens de Miller.

Mas Marvin sabia que mesmo que a Prefeitura enviasse uma notificação, a maior parte de sua herança seria saqueada por eles e ele só conseguiria os restos.

Esses caras vão fazer o possível. — Marvin pensou — Eu acredito que eles vão encontrar uma desculpa para dizer que a casa do Miller foi completamente saqueada por ladrões, e vão me entregar apenas uma caixa de cinzas.

No final da tarde, Marvin trocou de roupas para um conjunto nobre. Parecia que era hora de voltar a ser um jovem nobre fraco e incompetente. Ele foi para a prefeitura com Anna.

Como esperado, o oficial encarregado das formalidades de herança apenas deu a Marvin uma escritura, a escritura da casa que Miller comprou no Distrito Rico, 31. O resto das pérolas, pertences e coisas não estavam lá.

— Senhor Marvin, sinto muito pela sua perda. — O oficial disse, embora claramente estivesse mentindo.

Marvin fingiu estar fraco e perguntou:

—Agora que meu tio também morreu, o único parente de sangue que eu tinha morreu. Quando Cidade Costa do Rio poderá enviar tropas para me ajudar a limpar aquele grupo de gnolls? Preciso recuperar meu território.

Esse funcionário ainda disse com a cara lavada:

—Isto é… Muito difícil. Sir Marvin, entenda, os seguidores do culto maligno estiveram agindo aqui na cidade, juntamente com assassinos selvagens, como o que matou a família do seu tio, o Mascarado das Lâminas Gêmeas… Nós não temos pessoas o suficiente. Penso que esperar pacientemente dentro da cidade, um pouco mais, é a coisa certa a se fazer.

O rosto de Marvin mostrava decepção. Ele ficou um pouco assustado. É justo dizer que, após a morte de Miller, os funcionários subornados não deveriam ter motivos para não enviar tropas para exterminar esse grupo de gnolls. Afinal, Cidade Costa do Rio e Vale do Rio Branco não estavam muito longe um do outro. Ter um grupo de gnolls ocupando o território como esse era uma ameaça para a cidade.

Mas esses funcionários ainda evitavam lidar com isso.

Será que mais alguém está de olho no Vale do Rio Branco? — Marvin era inteligente, e ele conseguiu adivinhar as possíveis causas por trás disso.

Mas ele não planejou confiar na força das patrulhas da cidade. Ele pediu isso porque era a coisa sensata a fazer, como o jovem nobre, além de que ele queria averiguar um pouco mais. Parecia que ainda havia pessoas que tinham certos interesses no vale.

Marvin deu uma rápida olhada no menu da missão e viu que a Missão Principal não havia mudado: ainda era [Recupere seu território]. Mas só tinha dezoito dias.

Saindo da prefeitura, Marvin imediatamente planejou seu próximo passo. Após o assassinato e o incêndio de ontem, seguido do saque, Marvin conseguiu uma riqueza bastante generosa da casa de Miller. Ele conseguiu 100.000 peças de prata!

A guarda de Marvin foi embora com quase um terço de toda a riqueza, levando as peças mais valiosas. Ele vendeu o restante para o goblin Bane a baixo custo usando a identidade do Mascarado das Lâminas Gêmeas.

O goblin era extremamente esperto. Ele sabia quem poderia provocar e com quem cooperar.

O corpo de Marvin emitiu uma espécie de intenção assassina muito assustadora, então, quando ele conseguiu o dinheiro, ele realmente conseguiu um preço muito bom. Além disso, ontem à noite, Bane também entendeu que os dois subordinados de Marvin eram dois poderosos assassinos fantasmagóricos.

Neste tipo de trabalho, eles tinham uma regra muito clara: nunca deveriam provocar um assassino.

O velho goblin expressou com entusiasmo que Sir Mascarado das Lâminas Gêmeas era um importante parceiro comercial da Garra Negra. Mesmo que houvesse uma garantia com uma grande recompensa em sua cabeça.

Marvin atualmente tinha cerca de 50 peças de ouro no total. Convertido em prata, era cerca de 50.000 peças de prata.

Esse dinheiro era suficiente para ele contratar um grupo de aventureiros!

— Aqui, 30.000 peças de prata. — Marvin deu uma bolsa para Anna e disse solenemente —Vá até a guilda de aventureiros para escolher algumas pessoas. Eles devem ter uma classe oficial. Priorize aqueles com experiência de batalha, aqueles com experiência em liderança, os guerreiros e aqueles que têm suas próprias armas e armaduras. Obtenha cerca de vinte. Quanto à recompensa, faça o que achar melhor.

A meia-elfa assentiu.

Marvin tinha bastante confiança nas habilidades de Anna. Ela faria muito bem seu trabalho de recrutar os aventureiros. Ele queria retomar o Vale do Rio Branco, então ele precisava de tropas. Confiar em sua guarda não era suficiente.

—Jovem mestre Marvin, e você? — Anna perguntou.

—Eu? — Marvin sorriu — Eu vou verificar o Vale do Rio Branco primeiro. Não precisamos de alguém para agir como batedor?

O pôr-do-sol iluminava o topo da Torre da Luz Sagrada da Costa Leste. Na plataforma mais alta, um cadáver estava calmamente deitado ao lado de um velho já curvado.

Mesmo que o mago lendário estivesse com pouca saúde, ele ainda era bastante forte. Mesmo que ele teve dificuldades em prever um ataque furtivo e estivesse próximo da morte, ele ainda conseguiu matar esse discípulo controlado pelo Culto das Cobras Gêmeas.

Além disso, de qualquer forma, ele também estava à beira da morte.

Mesmo que o Príncipe das Sombras fosse um deus fraco, ele foi um poderoso assassino lendário antes de ascender à divindade.

Anthony fechou os dois olhos, com seu rosto coberto de hematomas. As vozes que vinham do Olho do Sol Resplandecente estavam uma bagunça, como se algo estivesse interferindo. Ele também tentou entrar em contato com outros magos lendários da região, mas um campo de força indescritível o impedia.

Isto era uma conspiração.

Anthony percorreu o caminho até a borda da plataforma. Deste lugar, seja a Cidade do Veleiro ao norte, ou a Baia das Joias ao sul, ele só precisava focar seus olhos na direção certa para vê-las.

— Que cena linda.

O velho calmamente ficou ali e começou a entoar. Trinta segundos depois, seu corpo caiu da plataforma e uma nuvem negra rapidamente se formou no céu.

Em uma fração de segundo, todas as criaturas vivas de coração gentil da Costa Leste de repente sentiram uma dor aguda.

Uma mulher com uma força de vontade fraca também não conseguiu se conter e chorou.

Todos estavam olhando para o leste, com lágrimas nos olhos.

Uma lenda morreu!


Gabriel
O Rei dos Undeads!

5 Comentários

  1. Então toda vez q sinto vontade de chorar não e pela decepção e sim porque uma lenda morreu, agora faz sentido

  2. Agora que o porta tem dinheiro ele deve pagar um ranger e um cavaleiro pra ensinarem ele é sua mordomo. Obrigado pelo capítulo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!