RN – Capítulo 41

Mina Assustadora

Os aventureiros não tinham nada para fazer, agora que mataram os gnolls e os lobos-da-terra mutantes. De toda forma, durante as expedições nas terras selvagens, a divisão de espólios era bastante simples: quem contribuísse teria direito aos espólios.

Na luta anterior, os aventureiros que não contribuíram, não teriam direito aos espólios, mas sob as instruções de Anna, eles começaram a demarcar o acampamento dos gnolls, usando as toras para cercar alguns túneis da mina com simples fortificações.

— Por que esses gnolls não fizeram um acampamento na boca da mina? Seria mais fácil defender.

Gato fez uma pergunta que estava incomodando. Ninguém foi capaz de responder e os gnolls já estavam mortos. Ninguém sabia como aquele bando de animais pensavam. Após o banho de sangue, os guardas do Vale do Rio Branco conseguiram amenizar um pouco a sua raiva. Eles meticulosamente empilharam os cadáveres dos gnolls, queimaram eles e começaram a contar os espólios.

Na verdade, esses gnolls eram muito pobres. Eles não tinham nada que valesse a pena. O acampamento só tinha itens simples e brutos também. A maior parte era comida, mas aquela comida… Somente gnolls, kobolds, goblins e tais raças comeriam esse tipo de comida.

Durante a segunda era, a humanidade era igual a eles. A fim de se adaptar às más condições, eles comeriam qualquer tipo de alimento que pudessem obter. Mas depois da ascensão da humanidade, ao se acostumarem com a boa comida, eles não podiam mais comer raízes de árvores e esses tipos de coisas.

Pelo menos, ninguém comeria isso durante os tempos de paz.

Anna pediu a dois membros da guarda para serem responsáveis pela logística de alimentos. Eles levaram comida suficiente, cheio de pão fresco, carne seca e água suficiente para todos. Já as coisas dos gnolls foram descartadas. As únicas coisas úteis eram as toras de madeira.

Essas toras podiam fazer algumas fortificações simples. Se os gnolls forem realmente enganados e caírem na armadilha que eles fizeram, essas fortificações iriam ajudar bastante e aliviariam um pouco a pressão no ombro de todos.

O tempo voou rapidamente. O sol se pôs e já era noite. Todos trabalharam juntos para montar o novo acampamento. Pelo menos, parecia muito mais decente que o dos gnolls.

— Parece que eu tenho que fazer a primeira vigia.

Revezar-se para o turno da noite era uma obrigação. Afinal, o Feiticeiro gnoll sagaz poderia lançar um ataque de noite, não é mesmo? Após o sorteio, o pugilista Rocha acabou ficando responsável pela primeira vigia. Naquele momento, Marvin subitamente se aproximou e sentou em uma pedra no túnel da mina.

— Eu vou estar de guarda com você.

A expressão de Rocha mudou. Ele não sabia o que pensar. Todo mundo estava olhando estranhamente para o Mascarado, mas, no final, após um pedido de Anna, a maioria deles foi descansar. Eles sabiam que definitivamente haveria uma grande guerra amanhã. Mesmo que o Mascarado tivesse dito que ele era capaz de lidar com o Feiticeiro gnoll, os outros guerreiros gnolls não deviam ser fáceis de lidar também.

Mesmo que eles não fossem páreo para um aventureiro em um contra um, ficaria complicado assim que houvesse o suficiente deles. Eles tinham que manter energia suficiente para poder reagir a qualquer mudança repentina no campo de batalha!

E assim, ruídos crepitantes podiam ser ouvidos da fogueira. Rocha e Marvin estavam silenciosamente sentados de frente um para o outro. Rocha observava atentamente os movimentos do Mascarado.

Para ser honesto, ele não conseguia entender as atitudes deste cara. Na última vez na pousada, Rocha deixou o Mascarado saber que ele estava interessado em sua cabeça. Ao fazer isso, claramente Rocha demonstrou que estava afim de causar problemas. Só que três golpes provavelmente teriam sido suficientes para matar Verde, que era um pouco mais forte que ele em uma luta. Esse tipo de força era extremamente assustador.

Se houvesse remédio para arrependimentos, ele definitivamente não teria provocado esse cara assustador. Mas, na verdade, desde o começo, Marvin nem prestou atenção em Rocha. Sua motivação para participar da primeira vigia era apenas por razões de segurança e nada mais.

É um pouco estranho. — Marvin pensou — Esses gnolls não são tolos, então, por que não construiriam seu acampamento na boca da mina? Não seria mais fácil de se defender?

Os outros poderiam ter ignorado suas suspeitas, mas Marvin sentiu que havia percebido alguma coisa. Ele sentiu como se tivesse experimentado algo semelhante em algum lugar antes, mas ele não conseguia se lembrar agora. Esse tipo de sentimento deixou ele bastante aborrecido. Ele ficou sentado, imóvel, tentando se lembrar, mas infelizmente, não funcionou.

O que está acontecendo? —Justo quando Marvin estava pensando enquanto franzia a testa, ele ouviu um leve som de suspirar ao lado de sua orelha — Aquele som!

De repente, Marvin sentiu o sangue gelar.

Poderia ser uma perícia de indução de medo? — Ele reagiu imediatamente.

Estava claramente escrito no registro de batalha: ele apenas experimentou um teste de medo!

O resultado foi óbvio, já que ele tinha o presente da menina sem-cabeça. Ele facilmente resistiu ao medo e nesse momento, Marvin notou uma sombra escura flutuando no túnel da mina.

Então é por isso… — Marvin finalmente entendeu, compreendendo o que estava acontecendo — Não é de admirar que esses gnolls não construíram um acampamento perto da boca da mina. Não é que eles não estivessem dispostos, pelo contrário, não ousaram! Se eu for para dentro do túnel agora, eu posso encontrar alguns corpos de gnolls!

Marvin percebeu de repente. Quanto ao Rocha sentado à sua frente, parecia que ele não percebeu nada. Isso era normal, afinal, seu senso de audição não era afiado o suficiente para perceber aqueles movimentos sutis dentro do túnel.

Na verdade, esses caras são ah… Ahahaha! Parece que tenho muita sorte. — Assim que Marvin pensou, ele abriu a janela de estatísticas de personagem. Na seção de Ranger ainda haviam 46 pontos de perícia de classe não utilizados. Ele colocou 25 PP em [Escutar] em um instante!

Na verdade, ele não estava muito disposto a melhorar essa perícia, mas, pensando na situação atual, sem [Percepção Avançada], [Escutar] era uma das perícias mais importantes das classes furtivas. Todos estes pontos em [Escutar] foram suficientes para deixar Marvin com o sentido da audição mais aguçado.

Aquele som quase inaudível que ele ouviu se tornou mais distinto! Uma série de testes de medo apareceu no registro de batalha. Ele passou em todos eles sem problemas. Os efeitos de medo daquelas coisas eram bastante fracos. Nem sequer representavam uma ameaça para Marvin.

Pelo contrário, Marvin estava interessado neles.

— O que você está planejando fazer? — Rocha foi surpreendido pelo Mascarado quando este se levantou abruptamente.

— Vou dar uma olhada no interior, você continua aqui observando. Os gnolls ainda podem estar cavando túneis. Vou fazer uma verificação rápida.

Marvin mentiu casualmente, deixando Rocha sozinho com a fogueira. Sua sombra desapareceu rapidamente na escuridão do túnel da mina.

— Indo em um túnel de mina no meio da noite? Ele não está preocupado em dar de cara com fantasmas da mina? Um cara estranho, de fato… — Rocha murmurou, mas não se importou.

A fogueira continuava acesa.

No túnel escuro e sombrio, Marvin levantava uma tocha com uma das mãos e carregava uma adaga na outra. O ar dentro do túnel não era tão ruim, e as chamas da tocha eram bem grandes. Ele se abaixava de vez em quando para pegar um pouco de terra. Ele, então, iria em uma certa direção.

Ele já tinha certeza de que tinha algo nessa mina. Antes do antigo Marvin ser obrigado a sair do Vale do Rio Branco, os mineiros já relatavam que haviam monstros na mina, mas a guarda não encontrou monstros durante a inspeção.

Afinal, quando os mineiros estavam trabalhando, eles ocasionalmente encontravam algumas circunstâncias estranhas, mas nada que os fizesse perder a vida. E assim, as coisas foram deixadas de lado no momento.

Até hoje.

Marvin já havia adivinhado o que estava na mina. Afinal, ele conhecia quase todos os monstros de Feinan.

Mas… é estranho. Eles normalmente não atacariam ativamente humanos ou outras formas de vida. Se eu não estiver errado… Será que tem uma fonte de corrupção por perto? — Pensando nisso, Marvin acelerou o passo.

Uma fonte de corrupção geralmente significava benefícios. Entretanto, quando Marvin deu uma volta, um enorme rosto estranho saiu de um buraco na montanha, correndo em direção a ele para mordê-lo implacavelmente.

Não houve mudança de expressão no rosto de Marvin. Ele recuou meio passo e rapidamente pôs sua tocha para frente. Mas aquele rosto estranho não tinha medo do fogo. Ele abriu diretamente a boca e comeu a tocha!

*Pffffff!*

A única fonte de luz na mina desapareceu. Pares de olhos vermelhos escuros brilharam na escuridão. Cada par de olhos estava em outro rosto estranho. Marvin calmamente inclinou-se para o chão. Ele diminuiu a respiração e tirou algo da concha do vazio.


Gabriel
O Rei dos Undeads!

6 Comentários

    1. ele ta vendo os olhos dos monstros ainda kk
      “Pares de olhos vermelhos escuros brilharam na escuridão. Cada par de olhos estava em outro rosto estranho.”

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!