TA – Capítulo 154

O Banquete da Morte

Um sorriso elegante apareceu no rosto pálido de Felipe.

— Professor, certamente no campo elemental você realmente tem uma visão extraordinária e uma perspectiva singular. Alguém como você deveria definitivamente desfrutar de grande reputação e status elevado na comunidade acadêmica. Então, perdoe minha curiosidade, eu realmente me pergunto se você é uma das pessoas que eu conheço?

Ouvindo o comentário de Felipe, Lucien soube que teve sorte novamente e passou por pouco na avaliação de poder do necromante. Então, Lucien riu com uma voz meio falsa:

— Talvez quando eu me tornar um mago de alto nível, e nos encontrarmos novamente em Allyn, eu lhe contarei, Felipe.

Diante da atitude confiante e direta de Lucien, Felipe ficou irritado. Lucien também sentiu a mudança na aura dele. Depois de ouvir muitas vezes que os necromantes eram ainda mais insanos do que os feiticeiros de outras escolas, o coração de Lucien começou a acelerar, embora ninguém percebesse seu nervosismo apenas pela sua aparência.

Até mesmo o visconde abaixou lentamente o copo de vinho e ficou alerta. Embora ele não quisesse se envolver no conflito dentro do Congresso, Carendia, é claro, não gostaria de ver seu castelo sendo destruído em uma batalha entre feiticeiros.

Neste exato momento, Lucien calmamente pegou a xícara de chá na mesa e tomou um gole.

— Felipe, se você não tiver outras perguntas sobre o meu campo de pesquisa, gostaria de trocar algumas ideias com você sobre alguns antigos feitiços necromânticos.

Como um feiticeiro que não havia sido convidado pessoalmente por Felipe, o grande anfitrião do Banquete da Morte, Lucien sentiu que deveria se vingar e retaliar depois de ser testado, e também, uma pergunta como essa deveria ser apropriada para distrair Felipe por um momento.

Embora Felipe tivesse se sentido desafiado, exatamente como Lucien esperava, por um segundo ele se esqueceu do fato de que ia perder a paciência. Aparentemente, o astuto e misterioso Professor queria ver o quão poderoso e erudito Felipe era.

Os olhos de Felipe se estreitaram gradualmente.

Aproveitando a oportunidade, o visconde se interpôs entre eles:

— Acho que estamos ficando sem tempo agora, Sr. Felipe e Sr. Professor. O Banquete da Morte está prestes a começar. Que tal trocar mais ideias depois?

— Claro, — Lucien respondeu instantaneamente.

Felipe também se sentiu aliviado por sua conversa com o Professor ter sido finalizada pelo visconde. Assim, ele se levantou e pediu desculpas.

— Desculpe, eu esqueci da hora.

— Sem problemas. — Carendia acenou com a mão casualmente e depois disse ao seu mordomo: — Nied, você pode levar o Sr. Professor ao salão primeiro? Eu ainda preciso de alguns minutos da atenção do Sr. Felipe.

Esperando até que Lucien e Nied saíssem do escritório, o visconde lhe disse:

— Sr. Felipe, talvez você não se importe com isso, mas este castelo foi deixado pelo meu avô, e eu o aprecio muito. Então, se você realmente quiser uma briga, por favor, escolha outro lugar.

Felipe abaixou a cabeça e sorriu:

— Embora muitas vezes eu me sinta fora de controle, eu ainda sei como respeitar o dono de um lugar. Visconde, o senhor pode ficar tranquilo. Eu só escolheria lutar contra o Professor se eu pudesse matá-lo dentro de trinta segundos, ou se ele se metesse no meu caminho.

No dicionário deste necromante louco, a premissa de “respeitar o dono de um lugar” era que o dono deveria ser poderoso o suficiente para ser respeitado. Felipe permaneceu respeitoso com o visconde, já que o poder do último não era inferior ao dele, embora Carendia não fosse um vampiro de alto nível ainda.

— Fico feliz de ouvir isso. — O visconde ergueu o copo novamente. — E eu também informarei o Professor.

Então, Carendia saiu do escritório para ir ao encontro, e Felipe e Cleveland o seguiram lentamente.

— Mestre, por que você não atacou o Professor diretamente para testá-lo? Qualquer um diria que ele está com medo de você pela maneira como ele estava vestido. — Embora Cleveland, o homem de meia-idade, tivesse o dobro do tamanho de Felipe, ele respeitava muito seu mestre: — Ele definitivamente nos trará problemas mais tarde durante o encontro.

Felipe balançou a cabeça lentamente e respondeu:

— Fico feliz por tê-lo testado de uma maneira diferente. Acho que seu poder aumentou muito desde quando ele foi registrado pela primeira vez na Lista de Purificação da Igreja.

Parando seus os passos, Felipe deu uma olhada em seu aluno, Cleveland, e estava prestes a contar alguma coisa a ele. Depois de abrir a boca, Felipe mudou de ideia e não disse nada, mas seguiu o visconde em silêncio.

Seguindo o mordomo, Lucien sentiu que estava exausto. Enfrentar o insano Felipe foi um grande teste para a força de vontade e a alma de Lucien.

Ao mesmo tempo, Lucien também obteve algumas informações de sua conversa. Ele conseguiu descobrir que a facção que tinha hostilidade com relação à Vontade dos Elementos e a Academia Real de Magia de Holm parecia ser uma organização chamada Mão da Palidez. Pelo nome, Lucien achou que seria um grupo de necromantes e, baseado nisso, ele suspeitou que a intenção de Felipe em organizar esse encontro seria para recrutar mais necromantes para expandir a facção a que ele pertencia.

Era impossível para Lucien perguntar diretamente a Felipe quem era o contato em Sturk, já que um mago de nível intermediário deveria ser capaz de sobrevoar o Estreito Tempestuoso. A última coisa que Lucien poderia deixar Felipe saber era que ele na verdade era apenas um feiticeiro de primeiro círculo.

Havia muitos pensamentos passando pela mente de Lucien, mas ele permaneceu em silêncio até chegar no salão.

Quando Lucien entrou no salão, notou o cheiro da morte.

Embora o salão fosse iluminado e grandioso, e as longas mesas estivessem cheias de pratos e vinhos apetitosos, Lucien não tinha apetite algum. Enquanto alguns desses sombrios necromantes e aprendizes seguravam copos de vinho e pratos de comida, outros estavam ansiosamente trocando tecidos cerebrais, globos oculares, crânios, corações podres e corpos de bebês, por outros materiais e reagentes que eles precisavam ou mesmo por dinheiro, tudo isso ao lado das mesas de comida.

Apesar de Lucien não ter medo de um cadáver, e inclusive estar completamente familiarizado com órgãos humanos, ele ainda se sentia muito enjoado. Porém, muitos necromantes e aprendizes ainda desfrutavam casualmente da bebida e comida.

Não admira que todo o continente considere os feiticeiros como um símbolo do mal… — Lucien pensou. — Deve ser por causa desses necromantes, pelo menos na maior parte.

— Boa noite, senhor Professor.

— Sr. Professor.

Vendo Lucien passando, muitos aprendizes abaixaram a cabeça e o saudaram em admiração por seu grande poder. Lucien acenou para eles e pegou um copo de água do garçom. Enquanto caminhava pelo corredor, Lucien pensava em como lidar com Felipe depois.

— Sr. Professor… — alguém cumprimentou Lucien com uma voz que soou um pouco familiar.

Era Gordo. Ele e outros dois aprendizes estavam agachados em um círculo no canto do salão, trocando informações.

— O que está acontecendo aqui? — Lucien perguntou casualmente com um pouco de curiosidade.

— Sr. Professor… estamos estudando o corpo humano. — Os outros aprendizes se levantaram apressadamente e responderam à pergunta de Lucien.

O necromante de quarto círculo, Cessy, também estava lá.

— Sr. Professor, os aprendizes não estão apenas estudando os órgãos do corpo humano, mas também tentando identificar as mudanças de órgãos e ossos trazidos por diferentes doenças usando magia, — explicou Cessy.

— Interessante. Eles são seus alunos? — perguntou Lucien.

— Não. — Cessy balançou a cabeça. — Eu só os trouxe aqui. Sr. Professor, há algum estudo semelhante no Congresso?

— … — Lucien não sabia o que dizer. Depois de alguns segundos, ele respondeu de maneira ambígua: — Digamos, em um nível mais alto…

Os outros aprendizes tentaram se aproximar um pouco do professor, esperando que ele pudesse compartilhar mais informações sobre o Congresso.

— Como o Professor acabou de mencionar, o Congresso de Magia está trabalhando em um estudo muito profundo sobre o corpo humano, e a Mão da Palidez, que é a organização a qual eu pertenço, é especializada nessa área. E também desenvolvemos muitas novas magias baseadas em nosso conhecimento, como A Maldição da Pneumonia, — a voz de Felipe veio de trás.

— Sr. Felipe. — Os necromantes e aprendizes o cumprimentaram.

Felipe olhou para Lucien com um olhar de superioridade e depois se virou para o resto deles:

— Tenho algo a anunciar.

Depois de subir no palco na frente do salão, Felipe pigarreou ligeiramente.

— Senhoras e senhores, eu sou Felipe, da Mão da Palidez, do Congresso Internacional de Magia. Estamos nos reunindo aqui esta noite por causa de um assunto importante, — anunciou Felipe.


Não esqueça que Trono do Arcanista agora tem um Padrim para você pode apoiar o trabalho da equipe 3Lobos e também aumentar a quantidade de capítulos dessa novel sensacional! Além disso, você poderá ler mais capítulos se apoiar o projeto!

Vermillion
Primeiro de seu nome, Nascido do Caos, o Que a Tudo Lê, Spymaster nas horas vagas, Father of Fakes, Professor de Inglês, Um dos Três, Editor do Qidian, Tradutor de TA, Soberania e DNG, Marido Raiz.

17 Comentários

  1. Com esse final com o Felipe olhando pro Lucien com superioridade eu só consigo pensar que o anúncio é sobre o Lucien e dando merda
    Tudo que acontece eu imediatamente penso que vai dar em merda, agora ou no futuro kkk

  2. “O assunto importante é que esse Professor é uma farsa! Matem-no!!”

    É oq vem logo na cabeça ‘-‘

  3. Slk, o prota foi p esse lugar que só tem necromante, o cara nem estuda necromancia, além de talvez conseguir informações do congresso não vejo nenhum “ganho” imediato que ele pode ter

  4. Isso me lembra muito quando o estudo da anatomia estava começando e abrir corpos para estudar era considerado uma pecado

  5. Jura Felipe? Um único feiticeiro Arcano da facção inimiga em uma festa de recrutamento para Necromantes. É tipo um pedófilo na cadeia.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!