TA – Capítulo 226

A Reação

O conselho superior levou a sério esse projeto cooperativo de pesquisa, que também estava relacionado aos elementos e almas, então a maioria dos arcanistas de Allyn que estavam familiarizados com esses dois campos foram convidados a participar da pesquisa, incluindo os arcanistas de nível intermediário do Conselho de Avaliação Arcana, como Raventi, Gaston, Locklynn e Pesor. Eles eram os que estavam qualificados e tinham a capacidade de verificar os artigos submetidos.

Um local temporário de verificação de artigos foi instalado em uma mansão em Sariva e todos os arcanistas que participaram do projeto poderiam enviar seus resultados de pesquisa sem perder tempo.

Lucien viu Woods do periódico Arcana Comum vindo do outro lado do corredor enquanto saía da sala cheia de círculos mágicos.

— Olá, Sr. Woods. Eu não esperava ver você aqui. Pensei que fosse um especialista nos campos de forças e astrologia.

— Oi, Evans. Sou um subeditor do Arcana Comum e preciso ficar atento se algum resultado encontrado pelos arcanistas pode ser publicado em nosso periódico. Todos os arcanistas do departamento de elementos e almas se juntaram ao projeto de pesquisa, mas nosso periódico não é grande como o Arcana ou o Magia, então eu preciso encontrar os melhores artigos pessoalmente.

Woods sorriu e acenou levemente, ele já havia se tornado o subeditor do Arcana Comum devido aos artigos da tabela periódica, cerca de duas semanas atrás. Os pontos de arcana que ele recebeu por encontrar um novo elemento foram altos, e também provaram que a tabela periódica funcionava. Woods ficou no quarto nível por muito tempo como um arcanista, mas parecia que finalmente teria a chance de avançar para o próximo nível em cerca de um ano.

Havia um bigode quase dourado no rosto de Woods. Ele olhou para Lucien e disse:

— Quando cheguei aqui, ouvi dizer que você foi emboscado por alguém e então fui até o seu quarto, no entanto, a camareira me disse que você estava aqui… Bem, parece que você está muito bem, o que é ótimo.

O rosto de Lucien ainda estava ligeiramente pálido e seu corpo estava quase totalmente recuperado, no entanto, seu manto chamado Transformação precisava ser reparado.

— Obrigado, Sr. Woods. Eu acabei sendo pego no fogo cruzado. O assassino estava atrás do Sr. Felipe, e não causaram nenhum dano real a mim. Eu ativei o anel Elemento que é de um nível muito mais alto do eu mesmo, e foi por isso que me machuquei, — Lucien andou enquanto explicava.

Depois que Raventi e Gaston levaram Lucien de volta à mansão, Larry, Timothy e Ulysses o visitaram, mas a maioria dos outros não ficou ciente da situação. Iristine, Arcelion e outros elfos não tinham ideia do que aconteceu, então Lazar e alguns de seus outros amigos ainda não tinham vindo visitá-lo.

Woods franziu a testa.

— Você pode se recuperar de tais danos facilmente, mas haverá consequências para sua alma e seu corpo. Sua expectativa de vida será reduzida. Pode não ser um grande problema para você, já que é muito provável que se torne um feiticeiro de alto nível antes dos 50 anos de idade. De qualquer forma, não faça isso de novo se não for necessário.

Os dois conversaram enquanto caminhavam para o quarto de Lucien. Woods riu quando pararam na porta, parecia que aquela sala o lembrava de algo.

— Espere um pouco, você saiu do local onde o pessoal envia os artigos quando nos encontramos, não foi? Terminou algum artigo?

— Sim, foi o resultado da pesquisa desta semana. É sobre três substâncias alquímicas que podem ajudar uma planta a crescer, e como criá-los em grandes quantidades, — respondeu Lucien sorrindo enquanto empurrava a porta, soando como se estivesse falando sobre um artigo qualquer.

Woods ficou um pouco surpreso, então olhou para Lucien.

— Eu vi seus relatórios do projeto. Parecia que você havia chegado em um beco sem saída. Assim, não posso acreditar que você resolveu o problema como se não fosse nada há apenas alguns minutos atrás.

— Eu tive a ideia a partir dos resultados da pesquisa sobre os relatórios apresentados pelos outros arcanistas. Também analisei a combinação de madeira, grama, fertilizante e fezes. Foi assim que encontrei as três substâncias alquímicas solúveis em água. — Lucien pediu à criada que servisse uma xícara de chá para Woods.

Woods tomou um gole de chá preto da xícara e sorriu.

— Interessante. Se as três substâncias alquímicas puderem ser produzidas em massa, nossa produção de alimentos aumentará bastante, deixando os feiticeiros e cavaleiros mais ricos. Além disso, Sr. Evans, seu artigo certamente será reconhecido pelo conselho.

Woods cresceu em Allyn, como membro da família de um feiticeiro, e não tinha ideia de quão difícil a vida poderia ser. O homem era um arcanista de nível intermediário e estava em uma posição muito mais alta que os fazendeiros ou os pobres. Foi apenas devido a uma emoção temporária que teve a compaixão pelos mais necessitados, mas Woods não achava que o artigo de Lucien fosse tão importante. O projeto foi levado a sério pelo Congresso simplesmente porque os membros do conselho superior queriam estudar as magias da natureza.

— Espero que sim, — respondeu Lucien calmamente após beber um pouco de chá.

Woods largou a xícara e falou em um tom sério:

— Evans, você pode deixar que nós, do periódico Arcana Comum, publiquemos o seu artigo? Embora ainda estejamos na primeira metade do mês, o Arcana Comum do próximo mês será citado muito mais do que de costume se uma das principais descobertas do projeto puder ser incluída em nosso periódico antes do previsto.

Lucien sorriu.

— Eu disse que continuaria contribuindo com seu periódico se tivesse a chance. Sr. Woods, você é o primeiro editor que falou comigo hoje, então sim, contanto que meu artigo seja aprovado pelos membros do Conselho de Avaliação Arcana, estou disposto a publicá-lo no Arcana Comum.

— Eu agradeço em nome do Arcana Comum, Evans. Posso dar uma olhada no artigo, por favor? Eu quero ver como devo organizá-lo na edição do próximo mês, — Woods perguntou educadamente. Lucien acabou de enviar seu artigo e Woods não queria que o homem suspeitasse dele.

Não havia razão para Lucien rejeitar o pedido. Ele tirou uma cópia do artigo de sua bolsa e a entregou a Woods.

— Claro, tudo bem. Também enviei um relatório para os membros do conselho ao submeter o artigo para avaliação, então todos poderão lê-lo amanhã.

Woods pegou o artigo e começou a ler cuidadosamente. Embora Lucien Evans tenha começado a estudar arcana há apenas alguns meses, dois de seus artigos foram levados muito a sério pelo conselho. O segundo foi uma revolução para os feiticeiros elementares, então Woods teve que ser extremamente cuidadoso ao lidar com o artigo de Lucien.

— Então, as plantas só podem absorver os elementos das substâncias solúveis em água? — Woods decidiu perguntar já que o autor do artigo estava bem na frente dele.

Lucien não elaborou a resposta, mas respondeu simplesmente:

— Com base no resultado do experimento, sim.

Woods tomou mais um gole de chá e virou para a próxima página. Ele elogiou o teste de contraste projetado por Lucien quando discutiram o conteúdo do artigo. Em seguida, Woods foi para a última parte do artigo enquanto conversavam: a discussão sobre a produção em massa das substâncias alquímicas mencionadas.

Ele pegou a xícara de chá enquanto terminava de ler o experimento sobre o tratamento da rocha fosfática com o ácido sulfúrico e queria ir direto para o assunto da produção em massa de círculos mágicos, no entanto, o título de uma das páginas, “Experimento e discussão sobre a ureia sintetizada artificialmente”, chamou sua atenção.

Woods espirrou chá de sua boca. Lucien estava sentado à direita de Woods, mas ainda foi atingido por umas gotículas de água.

Lucien limpou o rosto e perguntou:

— O que aconteceu, Sr. Woods?

— Evans, você sabe o que está indicando aqui?! — Woods olhou para Lucien e havia medo em seus olhos. Ele abaixou a cabeça e rapidamente examinou o planejamento e o resultado do experimento. — Você realmente sintetizou ureia apenas com gases? — Woods murmurou, incapaz de acreditar no que acabara de ler.

Ele não era um feiticeiro que se concentrava na alma, mas ainda assim levou algum tempo para se acalmar.

— Evans, você terminou o experimento sozinho? — Woods olhou nos olhos de Evans.

Lucien fingiu um olhar confuso e respondeu:

— Sim, completei o experimento com círculos mágicos e círculos de alquimia. Qual é o problema, Sr. Woods?

— Evans, você não entende o quão importante este experimento será e qual o tamanho do problema que isso causará? — Woods gritou quando não conseguiu mais se controlar.

Lucien balançou a cabeça, parecendo confuso.

— Eu não entendo. Por favor, me ilumine.

— Que diabos! De novo? — Woods amaldiçoou e colocou a mão direita na testa, tentando se acalmar.

Após a investigação da manhã, Raventi e Gaston voltaram para suas salas de leitura, pois a única coisa que descobriram foi que o assassino era Traquair. Alguns dos membros do conselho tentaram lançar a magia Horóscopo para saber mais sobre o incidente, mas foram bloqueados e não conseguiram obter o resultado exato. Eles teriam que pedir aos feiticeiros lendários lançarem o Horóscopo e feitiços como a Visão do Profeta para encontrar mais pistas mais tarde.

— Sr. Gaston, estes são os artigos que precisam ser verificados hoje. — O criado elemental trouxe três artigos para Gaston e colocou-os na mesa. Os outros artigos foram enviados para os arcanistas de nível intermediário, como Larry.

Gaston notou o nome familiar no primeiro artigo que pegou: Lucien Evans X.

Gaston havia pedido a seus servos elementais que enviassem todos os artigos feitos por Lucien Evans X para ele depois do incidente anterior.

— Bem, os jovens estão indo bem com seus experimentos, mas estamos tendo problemas para progredir com o estudo sobre a origem dos feitiços divinos e a Mente da Natureza, mesmo com a ajuda dos grão-arcanistas… Seria impossível para nós estudarmos tais coisas? — Gaston suspirou enquanto lia o artigo. Além disso, Malfurion voltaria para a Floresta Stroop no dia seguinte.

Todos sabiam que a Igreja estava apenas tentando assustá-los, mas era uma boa desculpa para o Palácio Real dos Elfos e o conselho antigo dos druidas. A única coisa que poderia mudar a situação era uma descoberta revolucionária.

Gaston bateu no artigo de Lucien com os dedos.

Será que Malfurion ficaria aqui por mais alguns dias se usássemos as descobertas deste artigo como uma justificativa? No entanto, esta seria a razão pela qual ele se juntou ao projeto, e assim ele não lançará nenhum feitiço divino para nós, mesmo que decida ficar… — Enquanto pensava sobre isso, virou para a próxima página e o título era: “Experimento e discussão sobre a ureia sintetizada artificialmente”.

Gaston tremeu um pouco quando pareceu que sua espinha dorsal recebeu um choque elétrico. De repente, ele endireitou as costas e se concentrou no conteúdo da página. Sua expressão ficou séria quando ele se levantou e rapidamente entrou no laboratório mágico.

Vermillion
Primeiro de seu nome, Nascido do Caos, o Que a Tudo Lê, Spymaster nas horas vagas, Father of Fakes, Professor de Inglês, Um dos Três, Editor do Qidian, Tradutor de TA, Soberania e DNG, Marido Raiz.

13 Comentários

  1. Prevejo o Caos. Prevejo cabeças explodindo e eu dando gargalhadas. Hahahahahhahaha
    Obrigado pelo capítulo Vermillion

    1. Fala isso não que o Morris até chora. Tenho medo de ele entrar em depressão daqui pra metade dessa novel.

  2. O coitado do Woods terá um ataque cardíaco antes de atingir o quinto nível de Arcana, dá um descanso pros velhos também Lucien kkkkkk
    Os velhos esqueletos não aguentam isso

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!