API – Capítulo 32

A paz que veio de jegue

Os tiros, explosões e sons de bombardeio à distância deixaram Maggie com o rosto pálido. Ela inconscientemente se aproximou de Colleen e a abraçou com força, buscando conforto.

— Não se preocupe, vai ficar tudo bem. — Colleen a confortou.

Ela manteve sua opinião sobre a ingenuidade de Maggie para si mesma. Suas crenças não a impediram de proporcionar conforto a seus colegas quando precisavam. Ou deveria ser conforto para ela?

Os tiros e explosões concentrados eram uma cena que Colleen havia esquecido por quase três meses. Ela só tinha experimentado isso durante a ocupação da cidade pelos rebeldes. Mas agora o terror estava de volta mais uma vez. Algo muito sério deve ter acontecido. O coração de Colleen acelerou quando pensou em Kieran. Suas chances de entrar em perigo devem ter disparado sob estas circunstâncias

Ele sempre deixa a gente preocupada! — Colleen pensou consigo mesma em silêncio.

Uma batida repentina na porta a assustou. Ela segurou a arma com força enquanto perguntava alarmada:

— Quem é?

— Sou eu, Colleen! — A voz familiar encheu Colleen de surpresa e alegria.

— Kieran! — Ela disse em voz alta quando abriu a porta do armazém subterrâneo.

Kieran caiu pela entrada sob o peso de uma grande mochila. Colleen correu para abraçá-lo, mas ao invés disso ela foi empurrada para o chão pelo imenso peso também.

— O que está acontecendo, Kieran? — Com a ajuda de Maggie, elas levantaram Kieran e notaram a ferida em sua cintura. Havia sangue por todo o corpo. Era difícil ficar olhando.

— Você está ferido! — Colleen, chocada, gritou para Maggie em voz alta, — Maggie! Kieran precisa da sua ajuda! — Colleen lembrou que Maggie era enfermeira, ou pelo menos aprendiz.

— Está tudo bem, Colleen. Me traga um pouco de comida e água, tudo bem? — Kieran olhou para a ansiosa Colleen. Ele sorriu e tentou consolá-la, mas seu sorriso parecia fraco.

E de fato era. De 150, seus PV estavam agora com um pouco menos de 30. Como o sangramento não parou, seu PV continuou caindo.

— Imediatamente! — A sempre ansiosa, em pânico, Colleen atendeu ao pedido de Kieran e rapidamente foi até a área de armazenamento e pegou os suprimentos.

Kieran olhou para Maggie novamente e disse:

— Eu preciso de suas habilidades de enfermagem. Se você puder me tratar e me ensinar ao mesmo tempo, isso seria perfeito!

— Ah… Claro que sim! — Se Colleen estava em pânico, então Maggie estava totalmente perdida.

Ela enfaixou Kieran errado e a maneira que ela explicou seu método de tratamento não fazia nenhum sentido. Ele podia dizer o quão aterrorizada ela estava. No entanto, ela ainda fez o trabalho. A ferida de Kieran parou de sangrar, e depois que ele comeu a comida que Colleen trouxe, seu PV começou a se recuperar em um ritmo constante.

Claro, a mini aula de Maggie também ajudara com algo extra.

[Nome: Tratamento Médico (Básico)]

[Atributos relacionados: Nenhum]

[Tipo de habilidade: Suporte]

[Efeitos: Melhor uso de bandage e gaze, aumenta a taxa de recuperação em 10%]

[Consome: Vigor]

[Pré-requisitos: Nenhum]

[Observação: Bandagem; seu melhor amigo quando você está sangrando!]

[Nome: Conhecimento Médico e Medicinal (Básico)]

[Atributos relacionados: Nenhum]

[Tipo de habilidade: Suporte]

[Efeitos: Uma melhor compreensão de como diferenciar, usar e misturar o medicamento em questão, aumenta o efeito do medicamento em 10%]

[Consome: Nada]

[Pré-requisitos: Nenhum]

[Observação: É uma poção de cura ou um veneno mortal!]

Kieran não tinha pensado que haveria duas habilidades para aprender com Maggie até que ele viu a notificação do sistema. Embora ambas as habilidades não estivessem relacionadas a nenhum atributo e não poderiam ser atualizadas para melhorar seus atributos, elas ainda eram úteis. A segunda mais ainda.

Poção de cura ou veneno mortal, hein? — Kieran seria um idiota se não entendesse isso.

Ideias começaram a se formar em sua mente. Quando ele notou os olhos irritados de Colleen, ele deixou os pensamentos de lado.

— Eu posso explicar! — Kieran disse e ergueu as mãos para o alto com um sorriso irônico, ao ver que Colleen estava preocupada com ele.

— Estou ouvindo!

Kieran agarrou os ombros de Cooleen quando ela se sentou na frente dele. Percebendo o olhar que ela estava dando a ele, Kieran escolheu ser honesto com ela.

O acordo com Zarukhar, matando o General da Rebelião Zennings, voltando à base de Zarukhar, sendo emboscado por um soldado meio morto e machucado, Kieran contou tudo a ela. Ele franziu a testa um pouco quando mencionou o incidente que resultou em sua lesão, porque ele poderia ter evitado isso.

Ele ficou um pouco convencido quando falou sobre invadir o arsenal na base de Zarukhar. Ele não achava que alguém pudesse ter sobrevivido àquela explosão, mas com certeza, Kieran aprendeu a lição. Se não fosse por sua [Constituição] F+, os 150 PV, e a arma em sua cintura que funcionou como um escudo, ele já estaria morto.

Kieran contou tudo devagar. Ele nem sequer escondeu a parte em que se machucou, mesmo que isso o deixasse envergonhado em admitir.

— Você… —  Colleen olhou para ele com os olhos arregalados quando Kieran terminou sua história. Ela não poderia imaginar que a guerra de noite foi causada pelo cara na frente dela.

Maggie parecia perdida também. Ela estava tão chocada que nem conseguia falar ou pensar. Ela apenas ficou sentada olhando fixamente para Kieran.

— As Forças do Governo entrarão na cidade pela manhã. Então haverá paz. Bem, está muito atrasado de qualquer maneira! — Kieran disse enquanto lutava para empacotar tudo, incluindo, mas não limitado, o material que ele obteve do arsenal de Zarukhar. Ele tinha apenas cinco minutos restantes na masmorra.

[O jogador sairá da Masmorra Iniciante após 5 minutos…]

[Por favor, carregue todos os itens que você deseja manter!]

[Observação: Quaisquer itens que excedam o espaço do inventário serão automaticamente descartados!]

Carregar o que desejo manter? Itens que excedam serão descartados? — Olhando para a notificação, Kieran não pôde deixar de amaldiçoar.

Sua lógica dizia que ele precisava se apressar. Se ele pudesse levar apenas o que ele poderia carregar, então ele teria que curar seu corpo malemal curado rapidamente.

Ele sentiu vontade de se socar novamente. Nenhum dos itens em seu inventário foi dado a ele. Ele arriscou sua vida para pegar cada um deles.

Puta merda! — Ele decidiu levar o [Viper-M1] e dois lançadores de foguetes [Tekken-II]. Ele olhou para todos os equipamentos que ele tinha que deixar para trás, incluindo a metralhadora [HK-20], que ele carregou enquanto estava ferido. Ele amaldiçoou baixinho.

Kieran chamou a atenção de Colleen com o que estava fazendo.

— Você está saindo? — Colleen agarrou a manga de Kieran e olhou profundamente nos olhos dele.

Sua ação fez Kieran parar. Ele tinha que dizer alguma coisa, mas ele não conseguia pensar em nada. Ele estava grato pela ajuda de Colleen. Se não fosse por ela, Kieran teria enfrentado uma situação muito pior e certamente não teria coletado tantas recompensas.

No entanto, ele não podia revelar muito para ela, especialmente quando a ação de Colleen expressava seus sentimentos por ele. Não importa o quão devagar Kieran fosse, no momento em que Colleen agarrou sua manga, ele sabia como ela se sentia sobre ele.

Kieran não poderia corresponder esse sentimento. Suas identidades já haviam determinado seu destino. Ele não podia dizer a Colleen que aquilo era apenas um jogo de alto realismo e que ela era apenas um NPC, um tipo de personagem de instrutor novato.

Ele não podia dizer isso.

Você pode não ser misericordioso, mas por favor trate os outros com bondade e não destrua a felicidade deles. — Esse era o lema da sua vida.

Kieran sabia muito bem o que a felicidade significava para Colleen, e ele não era apenas gentil com ela, ele mostrou muito mais empatia e misericórdia do que ele era propenso.

Ainda assim, ele não sabia o que fazer. Ele permaneceu em silêncio. Ele só podia responder com um olhar. No final, Colleen o soltou.

— O que você precisa? Vou te ajudar! — Ela disse.

— Obrigado. — Kieran respondeu.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

9 Comentários

  1. Apesar dela ser um NPC e não uma mulher de verdade eu acho q seria um tanto errado ela ser tratada como objeto e entrar no inventário dele, se isso acontecer e ele começar a “catar” NPCs fêmeas a cada Masmorra vai virar harém. Tenho ódio a harém, ent espero que n aconteça.

    1. Bem, a novel não tem essa tag, mas se quiser um pouco mais de spoilers, depois procura a gente lá no Discord que eu te passo uns. 😉

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!