API – Capítulo 42

Escola São Paolo

Antes que a mão pudesse alcançar o bolso do casaco de Kieran, ele a agarrou com força e torceu. O som dos ossos se deslocando foi ouvido.

[Agarrar: Alvo dominado em 2 níveis, infligiu 20 de dano ao alvo, braço do alvo deslocado…]

— Solte! Solte-me! MINHA MÃO! — O ladrão gritou em agonia.

Diante da pura dor, o ladrão não se lembrara de esconder o rosto. Ele apenas gritou com toda a sua força, seu corpo se ajoelhando devido à imensa dor, muco e lágrimas cobriu seu rosto instantaneamente.

Os gritos repentinos e a mudança de eventos atraíram a atenção da multidão. Eles até atraíram o assassino com o refém e Carl, que o havia confrontado.

O assassino, no entanto, foi mais rápido que Carl. Ele empurrou o refém em direção a Carl, o impedindo de avançar, e então brandiu a adaga loucamente, empurrando a multidão.

A multidão viu o assassino louco brandindo a adaga e rapidamente saíram do seu caminho. Em um instante, um caminho seguro apareceu na multidão. No final desse caminho, estava Kieran.

— Desgraçado! — O assassino se lançou em direção a Kieran com a adaga.

Ele era a única pessoa bloqueando sua fuga, então ele não tinha intenção de poupar sua vida. A adaga estava se movendo rapidamente em direção ao alvo, mas não era preciso. Faltava a técnica necessária.

Com sua habilidade [Arma Branca (Adaga)] no nível Mestre, Kieran percebeu que a técnica de apunhalada do assassino era ruim. Além da força do assassino, não havia nada a temer. A força motriz da apunhalada não era mais forte que a de um homem comum. Kieran ficou ali, calculando o ataque, sem intenção de fugir ou se esquivar.

A cena era demais para a multidão lidar. Parecia que Kieran estava chocado com o ataque e não conseguia se mexer. Pobre rapaz. A multidão sentia pena dele. É claro que isso era tudo que o coração misericordioso deles poderia fazer naquele momento. Eles não podiam salvar Kieran do ataque.

Eles ficaram longe do assassino, com medo de espirrar sangue em suas roupas. Essa era a única razão que poderia explicar a escolha que eles fizeram. No entanto, nem todos eles eram covardes.

— Cuidado! — Carl não pôde deixar de gritar para Kieran.

Ele empurrou o refém enquanto lutava para se levantar e correr em direção a Kieran.

Assim que o jovem policial se levantou, o assassino louco que estava correndo para frente foi enviado voando para trás. O homem caiu no chão, com sangue saindo de sua boca.

— O que aconteceu? — Carl ficou parado com um olhar perplexo no rosto.

A multidão compartilhava a mesma expressão. Tudo aconteceu muito rápido. Ninguém conseguiu ver o que realmente aconteceu. A única pessoa que sabia o que havia acontecido era Kieran.

Enquanto o assassino se aproximava dele, Kieran se moveu ligeiramente e deu um chute frontal. A adaga do assassino cortou o casaco de Kieran, mas o chute de Kieran bateu com força no abdômen do homem.

O nível de [Força] de Kieran estava atualmente em E-, mas quando ele atacou usando as pernas, o efeito especial da habilidade [Combate Corpo a Corpo] foi ativado, aumentando momentaneamente sua Força até o Nível E.

Tal poder definitivamente excedia o de uma pessoa normal.

De acordo com Sem-lei, e usando [Força] como exemplo, foi assim que os níveis foram categorizados.

F-: Menor que a força de um homem adulto, a força de uma mulher.

F: A força de um homem totalmente adulto.

F+: Um corpo forte e desenvolvido, como um trabalhador braçal nas estações ou nas docas.

E-: Um Halterofilista Amador.

E: Nível de um Halterofilista Profissional

E+: Campeão mundial de Halterofilismo

Para alguém alcançar o rank D ou superior, eles precisavam ter força sobre-humana. O nível de força de Kieran não poderia ser considerado sobre-humana, ou mesmo de um Campeão Mundial de Halterofilismo com rank E+. Na verdade, ele só podia alcançar o rank E, que seria igual um Halterofilista Profissional, por causa do efeito especial desencadeado de [Combate Corpo a Corpo], mas ainda assim ninguém poderia negar que Kieran era mais forte do que uma pessoa normal.

O assassino vomitando sangue era prova suficiente.

[Chute Frontal: Infligiu 70 de dano, (Combate Corpo a Corpo (Mestre)…]

— Carl, eu acho que esse sujeito aqui é o assassino que seu chefe está procurando. Leve-o para John, isso aliviará parte de sua ansiedade. Ah, e eu acho que esse cara aqui pertence a uma gangue. Você provavelmente poderia prender uma gangue de ladrões como um extra!

Olho por olho. Era justo. Quanto aos ladrões, Kieran havia escolhido ficar de fora, porque sabia que ladrões ao redor da estação eram como grama selvagem. Você pega um e outro toma o seu lugar. Nem mesmo um incêndio na pradaria poderia destruir a grama selvagem. Ela voltaria a crescer assim que a brisa da primavera soprasse.

No entanto, o ladrão havia atingido Kieran e quase arruinou seu plano original. Kieran não ia ficar calmo enquanto era tratado assim. Ele não iria tolerar esse tipo de coisa. Ele era mais do tipo agressivo que gostava de resolver o problema no ato.

— Sim… Sim, senhor! — O jovem policial gaguejou enquanto recolhia seus pensamentos. Ele ainda estava em choque com o que havia acontecido.

No entanto, essa não era uma preocupação de Kieran.

[Missão Secundária: A mulher morta na delegacia de polícia (Completa)]

Percebendo que sua Missão Secundária foi concluída, Kieran rapidamente se moveu para o lado da estrada e acenou para uma carruagem.

Ele não tinha esquecido que ele tinha assuntos mais urgentes para atender.

— Para a escola São Paolo! — Kieran disse ao cocheiro.

A primeira parte do nome descrevia a natureza da escola com precisão. Era um convento, e como todos os conventos, era famoso por suas regras rígidas e educação de qualidade. Foi o aspecto educacional que fez com que todos os pais da cidade enviassem seus filhos para lá, especialmente quando a regra “Nenhuma religião forçada” foi estabelecida.

Foi quando São Paolo aumentou suas mensalidades e passou para uma escola que era meio escola pública meio convento. As rígidas regras escolares e a educação de qualidade ainda permaneciam. Em outras palavras, se tornou uma escola para as classes mais abastadas.

Nenhuma criança poderia sequer sonhar em entrar na escola se não tivesse nascido em um berço de ouro.

A memória de Kieran lhe forneceu uma informação sobre a Escola São Paolo, enquanto ele se sentava na cabine da carruagem a caminho de lá. Ele não podia comentar mais sobre a regra “Nenhuma religião forçada” ou as mudanças na escola.

Após a descoberta da pólvora e armas de fogo, o conhecimento básico não era mais necessário. Ainda assim, alguns direitos especiais foram mantidos.

A carruagem ainda estava a vários quarteirões da escola quando foi parada por um policial. Havia um posto policial em ambas as extremidades da rua onde a escola estava localizada. Os postos avançados eram ocupados por patrulhamento de policiais 24 horas por dia.

Ainda assim, essa não era a única segurança em torno de São Paolo. Dentro da escola, havia uma equipe de segurança contratada pela própria escola, chamada de Força de Segurança da Escola. Para Kieran, a Força de Segurança da Escola era o ponto principal desta investigação.

Afinal, Altilly Caçador não poderia ter aprendido esgrima ou fugir do nada, e as armas que possuía definitivamente não correspondiam ao seu status ou posição. Considerando a proteção de Caçador em relação à filha, esses itens perigosos teriam sido totalmente proibidos.

Altilly Caçador deve ter entendido isso também, e foi por isso que ela escondeu a caixa debaixo da cama. Kieran especulou que ela aprendeu esse método de esconder de outra pessoa.

Afinal de contas, criar um buraco no chão sem danificar o teto embaixo não era algo que qualquer Zé Ninguém pudesse fazer. Obviamente, alguém havia ensinado esgrima, tiro e até a arte de ocultação para Altilly Caçador.

Enganar os próprios pais não deve ter sido uma tarefa fácil. Quanto à pessoa misteriosa que ensinara tudo isso a Altilly Caçador, Kieran o considerou a chave para resolver esse mistério.

Pelo que parece, Altilly Caçador confiava muito nessa pessoa, então havia uma chance muito grande de que, depois de fugir de casa, ela tivesse entrado em contato com essa pessoa.

Kieran estava pensando em todos os possíveis resultados do caso, mas seus pensamentos não o atrasaram nem um pouco. Quando o oficial de patrulha perguntou quem ele era, ele rapidamente mostrou a carta do Delegado John.

— Obrigado, senhor. Você pode entrar, mas só a pé!

— Claro. — Kieran não discutiu com o policial.

Ele não tinha razão para não entrar na escola para sua investigação. Era bom evitar esse tipo de conflito. Kieran pagou a carruagem pela viagem e rapidamente se dirigiu para a entrada da escola. O antigo portão da escola mostrava a grande história da Escola São Paolo, e os edifícios recém-construídos por trás dele pareciam muito bem construídos.

— Por favor, espere, senhor!

Quando Kieran se aproximou do portão de entrada, ele foi parado por um guarda mais uma vez.

O guarda desta vez era um homem de meia-idade que parecia pertencer à Força de Segurança da Escola. Ele estava usando um manto largo e solto, mas os sentidos aguçados de Kieran permitiram que ele notasse a arma sob sua roupa.

Não era uma adaga ou algum outro tipo de arma branca. Tinha que ser uma pistola de pederneira.

Que segurança rígida! — Kieran manteve o pensamento para si mesmo enquanto cooperava, dizendo:

— Sou Kieran, o consultor especial da delegacia. Eu vim aqui para cuidar de um assunto urgente!

Kieran não sabia se o homem estava ciente do desaparecimento de Altilly. Ele imaginou que isso poderia atrapalhar o caso de Altilly se ele dissesse alguma coisa, então ele escolheu blefar.

O homem levantou a sobrancelha para o blefe de Kieran, mas quando ele olhou para a carta na mão de Kieran, ele não o questionou mais. Ele fez um sinal de mão para o lado e outro membro da Força de Segurança da Escola usando o mesmo manto correu para dentro da escola.

— Por favor espere aqui. Eu não posso autorizar a sua entrada por conta própria, mesmo com a carta de verificação da delegacia de polícia. — O homem disse.

— Tudo bem, claro. — Kieran sorriu em resposta.

Alguns minutos se passaram. Após cerca de dez minutos, o homem que havia corrido para dentro voltou, seguido por uma mulher idosa. A julgar pelo jeito que ela se vestia, ela deveria ser uma freira.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

13 Comentários

  1. Mano quando falou que Rank E: Nível de um Halterofilista Profissional,eu imaginei de imediato um kieran Holmes bombado fazendo aquelas poses de halterofilismo e falando “sou monstrão mesmo aí” 😠kkkkkkkkk
    Valeu pelo capítulo Erudhir.

  2. Mano que escola mais doida é essa se diz meio “convento” e meio “pública” mas o pessoal anda armado e com segurança pesada com direito a segurança interna e externa, será que eles estão prevendo o desastre da escola pública?

    1. É tipo aquelas pessoas: “Pra que tanto ódio no mundo?”

      Dá um dia e já fala: “Se você pensa diferente de mim então morra!”

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!