API – Capítulo 87

Passagem secreta

Gritando, Starbeck rapidamente se escondeu atrás de Kieran. Sentindo a familiar sensação de frio, Kieran se virou e deu um soco forte sem nem olhar.

Uma faísca relampejou quando a alma sem forma foi destruída até as cinzas.

[Soco Elétrico: Infligiu 50 de dano ao alvo (25 de Combate Corpo a Corpo (Pro) x2). Alvo é uma alma errante sem forma, dano duplo infligido. 100 de dano ao alvo, alvo morreu…]

Sua batalha anterior com as almas incorpóreas havia familiarizado Kieran com seu padrão de ataque. Embora ele pudesse estar em apuros se encontrasse um grupo inteiro deles, uma única alma era um mamão com açúcar para ele.

Ainda assim, Kieran franziu a testa com o grito covarde de Starbeck. O som agudo perfurou seus ouvidos, fazendo-o sentir como se seus tímpanos estivessem sendo dilacerados. Isso desencadeou ainda mais a raiva de Kieran. Kieran virou-se para Starbeck e disse-lhe com desprezo:

— Para com isso! A menos que você queira atrair ainda mais deles! Se muitos deles aparecerem, vou deixar você para trás e tentar ficar vivo!

Suas palavras irritadas pararam os gritos covardes de Starbeck. O homem bem vestido olhou para Kieran lamentavelmente. A elegância que ele tinha quando se conheceram havia muito tempo sumido.

— Is… Isso foi apenas um acidente! Não irá acontecer de novo! — Starbeck tentou se defender.

— Certifique-se que não aconteça novamente! Se houver uma próxima vez, eu vou deixar você para trás! — Kieran o avisou.

Ele poderia não ter se importado com a recompensa extra, mas isso não significava que ele se colocaria em perigo por isso.

— Lembre-se do que eu disse. Fique a três passos de mim, e se alguma coisa acontecer, fique calmo! — Kieran explicou claramente mais uma vez, pelo bem de ambos.

— Sim… sim, senhor! — Starbeck assentiu.

— Você pode ver as almas incorpóreas? — Kieran perguntou por curiosidade depois de uma curta hesitação.

Kieran estava confiando em seu [Rastreamento] e no [Talismã de malha] para ver as almas incorpóreas. Os óculos de sol de Sem-lei tinham um uso similar. Embora ele não tivesse dito para que serviam, era bastante óbvio.

Sem dúvida, Starbeck também podia ver as almas incorpóreas e outros monstros fantasmagóricos. Ele pode ter algum tipo de habilidade ou equipamento similar também.

Kieran sentiu que ele havia ultrapassado a linha com sua pergunta, no entanto.

— Não importa. Não é da minha conta. — Ele acrescentou rapidamente.

Kieran colocou o dedo indicador em seus lábios, sinalizando para Starbeck não dizer mais nada.

Starbeck ficou surpreso, mas manteve a boca fechada. No entanto, depois de um segundo, o homem falou novamente:

— Eu acho que você pode precisar disso. Eu não posso lutar, mas tenho certeza que posso apoiá-lo!

Ele tirou dois carregadores do bolso e entregou-os a Kieran.

[Nome: Munições abençoadas]

[Tipo: Munição]

[Classificação: Comum]

[Atributos: Eficaz contra monstros de energia negativa, sejam espíritos, lobisomens ou vampiros. Elas podem causar danos consideráveis ​​a eles!]

[Efeito: Nenhum]

[Pode ser levado para fora da masmorra: Sim]

[Observação: É um carregador de 11 mm trabalhada com prata pura, uma obra extremamente complicada. É abençoado com poder sagrado, então é de grande valor!]

Depois de inspecionar as [Munições abençoadas], Kieran aceitou sem objeções.

Era exatamente o que ele precisava para matar as almas incorpóreas à distância. Ele ainda pode ter a [Presa Elétrica do Tigre], mas isso poderia não ser suficiente se ele quisesse proteger Starbeck também.

Mais uma vez, ele ficou impressionado com a riqueza e generosidade de Starbeck. Eram dois carregadores com quatorze munições cada. Apesar de Kieran não saber o preço exato, com base nas observações no final, deveria ser muito caro.

— Siga-me! — Kieran rapidamente pediu a Starbeck.

Ele ainda estava admirado, mas não deixou transparecer em seu rosto. Ativando seu [Rastreamento], Kieran seguiu as pegadas do meio-morto entrando na cela, rastreando-as na direção oposta.

Starbeck seguiu cuidadosamente atrás dele.

Seus olhos continuavam examinando a área ao redor dele. Quando entraram no corredor, Starbeck viu algo e inconscientemente abriu a boca, instintivamente querendo gritar de novo.

Antes que o grito escapasse de sua boca, ele rapidamente a cobriu com as mãos. Parecia que Starbeck havia se lembrado de sua promessa a Kieran, e seus gritos agudos foram reduzidos a uma série de ruídos abafados.

Enquanto Starbeck se esforçava para manter seus gritos baixos, Kieran já estava correndo como um jaguar. Antes que as almas incorpóreas pudessem atacá-los, elas foram transformadas em cinzas.

Kieran voltou a seguir as pegadas que haviam pertencido a Zywane. Os dois seguiram em frente. Do começo ao fim, Kieran nem sequer deu uma olhada em Starbeck. Ele apenas continuou sinalizando para ele segui-lo e ficar perto.

Almas incorpóreas estavam aparecendo do nada, então Kieran não tinha tempo de falar com Starbeck. Seus sinais de mão eram o melhor que ele podia fazer.

No caminho do terceiro andar para o primeiro andar, Kieran matou quinze almas incorpóreas. Não era a mesma quantidade de almas que Kieran havia encontrado pela primeira vez. Na verdade, era menos de um décimo delas.

Essas almas incorpóreas eram também mais lentas e menos inteligentes que as anteriores, um fato que desconcertou Kieran.

Talvez as que eu encontrei mais cedo fossem especiais? — Ele especulou.

No entanto, ele não conseguiu reunir provas suficientes para sustentar seu palpite. Afinal, Kieran mal conseguia ver os monstros claramente.

Com o seu [Rastreamento], Kieran podia identificar cada pequeno detalhe em sua linha de visão, mas ele ainda não conseguia ver claramente as almas incorpóreas ou qualquer tipo semelhante de monstro. Eles eram apenas um borrão, como se os estivesse vendo através de um vidro nebuloso. Ele também foi restringido pela distância. Quando os monstros estavam a 20 metros de distância, o borrão ficava ainda pior, e qualquer coisa além de 20 metros estava completamente fora de alcance.

Felizmente, as escadas poderiam ser usadas agora. Depois de descer o último lance de escada, chegaram ao primeiro andar da área das celas e as pegadas que Kieran seguia desapareceram.

Elas paravam no canto de um pedaço de parede. Se elas explicassem o súbito desaparecimento do meio-morto, poderia fazer sentido, mas as pegadas haviam sido deixadas para trás por Zywane antes de ele ter se tornado meio-morto, e Zywane não poderia possuir alguma habilidade como essa.

Se Zywane tivesse a capacidade de desaparecer e reaparecer à vontade, ele definitivamente não teria sido uma pessoa que completou 4 masmorras. Ele teria que ter completado pelo menos a mesma quantidade que Sem-lei ou ainda mais. Isso era impossível, no entanto. A notificação do sistema sobre a entrada da masmorra intermediaria dizia tudo.

Isso só tinha uma explicação. Tinha que haver uma passagem secreta em algum lugar ao redor daquela área. Um corredor secreto que nem o Diretor nem os guardas sabiam.

Kieran levantou a mão e tocou a parede centímetro por centímetro, procurando por quaisquer lacunas.

De repente, um barulho foi ouvido. Kieran estava muito feliz em ouvir esse barulho. Era o que ele esperava. Havia uma passagem secreta atrás da parede. Kieran inspecionou a parede com mais cuidado, procurando um interruptor para abrir a porta secreta, até que…

*Crack!*

O som repentino de um interruptor parou Kieran. Ele levantou a cabeça e olhou para a fonte do som.

Erudhir
"Se olhar ao redor e não souber quem é o alvo, então o alvo é você."

5 Comentários

    1. Espero q não. Senão ele vai ser algo além de inútil e pior do que um fardo. Portanto, eu espero que não seja isso.

  1. Sinceramente o kieran parece uma combinação perfeita de sherlock Holmes e mercenário.
    Obrigado pelo capítulo Erudhir

  2. O que será que vem por ai agora? Se for levar em consideração a sorte do Kieran deve ser o lugar onde escondem os tesouros ahuahuahuahau

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!