CdC – Capítulo 38

A forma como um cultivador abre a porta

 

4 de Junho, noite.


Shuhang não conseguiu pregar o olho. Ele passou horas deitado sem conseguir dormir. Por que ele estava se sentindo tão animado? Bem, era por que ele iria encontrar o Sênior Mestre dos Medicamentos do grupo amanhã, aprender a técnica de meditação básica e a técnica de aperfeiçoamento corporal e então estabelecer a fundação dos 100 dias?

Ou era por que ele não precisava mais dormir como antes do corpo dele ser fortalecido pelo líquido de aperfeiçoamento corporal? Será que era por isso que não conseguia dormir?

De qualquer forma, ele não conseguia de jeito nenhum.

Seus três colegas de quarto estavam roncando pesadamente durante o sono, mas Shuhang estava virando e remexendo completamente acordado.

Sua mente permanecia clara mesmo com os olhos fechados.

Ele sentia como se tivesse fechando os olhos por uma infinidade de tempo, mas quando reabria e voltava a olhar no relógio, menos de cinco minutos tinha se passado.

— Céus, como que eu vou lidar com isso?

Shuhang suspirou.

5 de Junho. Verão. Ainda quente.


Depois da noite em claro, Shuhang parecia um pouco cansado. Ele não estava fisicamente cansado. Na verdade, não sentia um  pingo sequer de sono apesar de não ter conseguido dormir nenhum pouco durante a noite anterior.

A inércia da vida comum de um cara de dezoito anos fez ele sentir como se tivesse cansado depois da noite em claro, então ele estava mentalmente cansado.

Ele teria quatro aulas durante a manhã, mas Shuhang levou o celular consigo. Ele tinha lembrado de recarregar o aparelho no caso do Mestre dos Medicamentos tentar entrar em contato.

Como ele estava bastante ansioso, as duas primeiras aulas passaram rapidamente, entretanto, Mestre dos Medicamentos ainda não tinha ligado.

Sofrendo da longa espera cheia de ansiedade, Shuhang sentia como se estivesse tendo que esperar por anos.

A terceira aula era de Inglês Instrumental.

O professor Smith tinha chegado cedo usando muletas ainda durante o intervalo.

Aquele velho meticuloso nunca tinha aceitado que nenhum estudante estivesse atrasado, e nem se permitia estar também. Ele era exigente com os outros, mas ainda mais exigente consigo mesmo.

As pessoas andavam dizendo que ele tinha sido mordido bem feio pelo próprio cachorro de estimação três dias atrás e teve que ficar no hospital. Quando recebeu alta, enviou o coitado do cachorro para um restaurante para usá-lo como ingrediente de sopa.

Quanto maior fosse o amor, mais dolorosa seria a dor que alguém sentiria por ser ferido pelo ente querido. Seria por isso que o professor não conseguia tolerar a traição do cachorro de estimação?

Shuhang sentiu pena daquele velho britânico cujos cabelos estavam perfeitamente penteados enquanto olhava para ele. De acordo com Pena Macia, ela tinha dado alguma compensação ao professor Renshui e ao professor Smith. Mas Shuhang não tinha perguntado que tipo exatamente de compensação tinha sido.

— É uma pena que o professor Smith recebeu alta do hospital. Eu pensei que ele fosse permanecer internado por mais tempo…— Tubo sentiu o corpo congelar quando viu o professor Smith entrando na sala.

Ele não era bom em Inglês, além disso, aquele homem enfaixado não era alguém que ele conseguia lidar.

— Eu tô indo me sentar lá no fundão. — Tubo chamou — E vocês?

— É, eu também vou. — Yangde concordou.

Ao contrário de Tubo, Li Yangde era excelente em Inglês, então ele já tinha dominado todos os principais pontos para a disciplina. Dessa forma, ele também gostava de ir sentar no fundão, enquanto pensava no códigos de programação que estava escrevendo.

— Eu quero ficar com Yayi, então eu vou pro fundo também… — O último colega de quarto, Gao Moumou sorriu enquanto ajeitava os óculos.

O nome de família de Gao Moumou era Gao, e seu nome era Moumou. Assim como Tubo, ele também tinha um nome que fazia as pessoas pensarem que não fosse filho legítimo do próprio pai. Ele realmente odiava esse nome.

Coincidentemente, ele também tinha roubado o registro familiar e tinha ido até a secretaria de segurança pública tentar mudar o nome por si mesmo quando era mais novo. Infelizmente, também falhou. Era por isso que ainda era chamado de Gao Moumou.

Ele tinha pagado um castigo bem, mas beeem pior que Tubo por causa disso.

Afinal, Tubo tinha apanhado apenas do pai, mas Moumou tinha apanhado não apenas do pai, mas da mãe também. Naquele dia, chorou miseravelmente, gritou, e não conseguiu sair da cama no dia seguinte.

Yayi, que Gao Moumou tinha acabado de mencionar, era a namorada dele. Uma garota fofa que tinha apenas 1,43 m de altura. Shuhang sempre ficava imaginando como Moumou tinha conseguido colocar as mãos nela. A garota parecia como uma caloura do ensino médio, ou mesmo mais jovem. Exceto por tarados lolicons, era bem difícil para um cara normal sentir desejo sexual por uma garota como ela, não?

O cara deve ser um lolicon. Só podia ser por isso que ele tinha arrumado uma namorada que parecia uma loli.

— Sério? Vamos todos pro fundão? — Shuhang concordou e começou a pegar seus livros pronto para acompanhar seus colegas.

Naquele momento, Tubo sorriu e parou Shuhang.

— Shuhang, é melhor você ficar aqui. Seja um bom aluno e preste atenção na aula.

— ? — Shuhang ficou confuso sem entender o que Tubo estava querendo dizer.

— Aproveite a oportunidade! Não era você mesmo que sempre ficava dizendo que queria arrumar uma namorada aqui na universidade? — Yangde sussurrou para Shuhang levantando uma sobrancelha como um cara de pau, com uma expressão de “Se é que você me entende” ( ͡° ͜ʖ ͡°).

— Não nos agradeça. Apenas nos ligue quando tiver boas notícias. — Gao Moumou disse com uma expressão de cara legal.

Depois disso, os três colegas saíram.

Estupefato com aquelas palavras, Shuhang foi deixado para trás. Depois de um momento, Shuhang virou a cabeça, olhando ao redor e então descobriu a razão. Ao lado dele, a apenas uma carteira de distância, uma garota sexy estava sentada. Vendo o olhar de Shuhang sobre ela, a moça suavizou o olhar e sorriu docemente para ele.

— Esse caras devem estar confundindo as coisas, não?

No fundão da sala, os três colegas de quarto de Shuhang já estavam se sentando. Tubo limpou o suor da testa.

— Merda, por que é que tá tão quente aqui? Ainda agora estava fresco!

— Você ainda não percebeu? — Gao Moumou tirou os óculos e posou igual ao Conan — É por que nós saímos do lado de Shuhang.

— O que diabos isso tem a ver com Shuhang? Ele pode controlar o clima por acaso? — Tubo reclamou enquanto se abanava com um livro.

— Ele certamente não pode controlar o clima. Mas por algum motivo, ele parece ser capaz de emitir uma espécie de ar frio, quase como um ar condicionado humano. Eu tô pra acreditar que ele anda carregando uma pedra de gelo enorme no bolso. — Gao Moumou disse com um tom enigmático.

— É, eu sinto da mesma forma que você. Além disso, vocês não perceberam que a pele de Shuhang ficou bem mais branca? Não me lembro de ele estar tão branco ontem de manhã. Ele ficou desse jeito durante a tarde enquanto nós três fomos procurar por um apartamento… — Li Yangde disse calmamente enquanto fechava o notebook.

— Yangde, você é gay? Como é que você conseguiu reparar que Shuhang ficou mais pálido? — Tubo caçoou.

— Tubo… — Li Yangde sorriu gentilmente — Você ainda quer ficar com os “vídeos demonstrativos” escondidos no Disco F, e o restante dos arquivos que você tem salvo no seu computador?

— Querido irmão Yangde, eu estava errado! — Tubo imediatamente admitiu derrota. Aqueles arquivos eram um tesouro que ele tinha salvado pouquinho a pouquinho depois de três anos de ensino médio. — De qualquer forma, mesmo que Yangde saiba dos meus arquivos do computador, como ele poderia ter descoberto sobre os vídeos do Disco F? Puta merda, eu não posso nem mesmo ter privacidade? Eu nunca mais vou zoar de um nerd programador de novo.

— Talvez ele tenha usado algum tipo de creme clareador? Já pela razão… talvez ele tenha se apaixonado por alguém? — Gao Moumou continuou falando com o tom de voz enigmático. Apontou para Shuhang e a garota sentada ao lado dele que era chamada de Lu Fei. — Eu aposto dez conto! Alguma coisa deve estar acontecendo entre eles. Eu já reparei que não importa qual a aula, Lu Fei sempre dá um jeito de se sentar perto de Shuhang desde ontem.

— Então estamos fazendo a coisa certa em dar a eles alguma privacidade.

— Quando tiver passado o rodo, esse Shuhang vai ter que agradecer a gente.

Pensando que estavam fazendo algo bom sem precisar de reconhecimento, os três colegas de quarto se sentiram motivados pelos seus próprios feitos heroicos.

Infelizmente, o ideal não era a realidade.

Shuhang não tinha intenção em criar um relacionamento com aquela garota. Ele olhava para o celular toda hora, imaginando quando Mestre dos Medicamentos chegaria. A mente dele estava cheia de pensamentos sobre cultivo, técnica de meditação e sobre o estabelecimento da Fundação dos 100 dias.

Na frente da sala, o professor Smith escreveu uma série de palavras no quadro. Parece que pelo fato de ele já ser um macaco velho das salas de aula, ainda gostava de usar os velhos métodos didáticos, apesar de já haver vários tipos de equipamentos tecnológicos para facilitar as aulas na sala.

A classe estava silenciosa.  Se você não gostasse da aula do professor Smith, então você poderia simplesmente baixar a cabeça na mesa e dormir. Ele não forçava ninguém a ouvi-lo. Mas se alguém se atrevesse a fazer qualquer barulho que o interrompesse, então era capaz de perder todos os pontos para passar no semestre.

Como um aluno de universidade, uma vez que você se matriculou na disciplina, isso significava que você queria os créditos da disciplina. Ninguém iria rejeitar créditos. Então, no pior dos casos, os alunos simplesmente dormiriam na cadeira.

Crack! Boom, boom!

Subitamente, uma série de som altos e estranhos soaram. Eles pareciam bem mais altos sendo ouvidos ali daquela sala quieta.

Todos se viraram para ver de onde aquele barulho vinha. A porta da sala.

A porta parecia estar sob um grande pressão, e os parafusos foram saindo da madeira pouco a pouco.

Crack! A fechadura da porta quebrou.

A fechadura inteira voou para fora, exatamente como um portão do castelo que foi martelado com um aríete em uma guerra antiga. Foi algo completamente além da imaginação!

Nega Fulor
Leitora compulsiva. Escritora obsessiva. Artista nas horas vagas.

11 Comentários

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!