DNG – Capítulo 230

Estrelada Sete-Olhos

Traços de destruição estavam espalhados por toda a extensão daquela caverna. Sem dúvida, era o resultado das ações das três criaturas sob o comando de Han.

A julgar pela situação, eles pareciam estar seguindo algum tipo de besta que estava investindo para a esquerda e para a direita enquanto revidada os ataques desesperadamente. Havia sinais de que a batalha ocorrida por aqueles túneis foi bem séria.

Han seguiu a Raposa Prateada até uma grande área aberta na profundidade da caverna e viu a Garra do Demônio e a Garra Fantasma, uma na frente e outra ao fundo, bloqueando as saídas e prendendo duas estranhas aranhas estreladas azuladas.

Essas duas aranhas eram enormes, maiores que a Garra do Demônio e a Garra Fantasma juntas. Pelos azulados estranhos cobriam seus corpos, as patas se prendiam firmemente ao chão, semiflexionadas, e a boca estalava constantemente, emitindo um som que parecia alertar os inimigos para não se aproximarem.

Han deu uma olhada mais de perto e começou a rir imediatamente. Ele não esperava encontrar um par de Aranhas Estreladas Sete-Olhos ali. Os sete olhos no nome obviamente se referiam aos sete que ocupavam sua cabeça. Os olhos negros na testa das aranhas formavam um padrão em forma de flor, com seis olhos ligeiramente menores ao redor de um maior no meio.

Esta era considerada uma mutação das aranhas estreladas. De praxe, quanto mais fortes e densos os pontos nas costas das aranhas estreladas, mais alto seu nível e consequentemente sua força de combate. No entanto, os pontos que pareciam estrelas nas costas daquelas aranhas não podiam ser observados porque estavam todos cobertos pela pelagem parecida com os tentáculos de uma anêmona.

Han jamais havia visto uma Aranha Estrelada Sete-Olhos sendo vendida no mercado da Dark Net, e a mais forte que ele viu foi a de cinco olhos, que só poderia ser trocada pelo equivalente ao diagrama de alguma nave espacial.

Agora, ele havia realmente encontrado uma Aranha Sete-Olhos, e não apenas uma, mas um casal! Que surpresa.

O exército de aranhas de Wuyun veio de um par de aranhas conhecidas como Estrelas da Via Láctea, o que significava que as manchas que lembravam estrelas em suas costas eram tão densas quanto a Via Láctea, sendo incontáveis. Era o símbolo das aranhas estreladas de primeira linha.

O par de Sete-Olhos que Han havia encontrado também era de primeira linha, mas ainda não estava claro qual seria mais forte, porque tanto as Sete-Olhos quanto as Estrelas da Via Láctea eram espécies extremamente raras, e não havia nenhum registro de uma batalha entre elas.

Por outro lado, Han também estava muito incomodado. Ele estava um pouco relutante em matá-las porque, afinal de contas, as Aranhas Estreladas Sete-Olhos não podiam ser encontradas em lugar algum.

Mas, se ele não as matasse, não seria capaz de realizar as modificações genéticas, e as duas bestas aranhas que vislumbrou não se tornariam realidade. O que deveria fazer?

Pensando por um segundo, Han decidiu não matá-las, porque aquelas Sete-Olhos eram um macho e uma fêmea, guardando uma à outra. Nenhuma delas fugiu sozinha, então obviamente eram um casal amoroso. Os sentimentos entre os animais eram frequentemente mais fiéis, às vezes até envergonhando os humanos.

— Tudo bem, eu não vou matar vocês, mas terão que vir comigo, — Han suspirou e disse, ele moveu o braço, e a Garra do Demônio e a Garra Fantasma começaram a se aproximar.

De repente, as duas aranhas fizeram algo que Han não esperava. Ambas abriram as bocas ao mesmo tempo para morder a cabeça uma da outra. Isso significava que elas prefeririam se suicidar juntas em vez de cair nas mãos de Han e seus pequenos monstros ferozes.

*Vooosh*

Han imediatamente investiu, colocou uma mão em cada e afastou o par de Sete-Olhos, então fez com que a Garra do Demônio e a Garra Fantasma aproveitassem a oportunidade para segurá-las, colocando suas garras mortais contra a cabeça de cada uma, não permitindo que se movessem de forma alguma.

— Eu já disse que não vou matar vocês, então por que querem fazer isso? — Han sacudiu a cabeça e disse.

Ele limpou um anel dimensional que tinha apenas cem metros cúbicos de volume e colocou as duas Aranhas Estreladas Sete-Olhos lá dentro. Algum tempo atrás, quando Han matou os muitos domadores de bestas da raça divina, ele roubou dezenas de anéis dimensional de cem metros cúbicos. Além de guardar dois para si, o resto foi dado para Long Chuan e os outros.

A maior característica das bestas estelares era sua capacidade tenaz de sobreviver, conseguindo ficar vivas no vácuo do espaço, então Han não estava preocupado com a possibilidade de as duas morrerem em seu anel.

Depois de limpar tudo, ele pegou os três pequenos monstros e Giro-Giro e começou a voltar pelo caminho por onde vieram.

Quando chegaram perto da entrada, a Raposa Prateada ficou em alerta imediatamente. Todo o seu pelo ficou eriçado e ela partiu imediatamente para longe.

Han sabia que ela ficou de repente tão alerta porque detectou inimigos, e ele não pôde deixar de olhar para Giro-Giro, que respondeu inocentemente:

— Mestre, a matriz de varredura esteve ligada o tempo todo, e não detectou nenhuma nave estelar se aproximando ou quaisquer outros sinais de vida.

Han concordou com um aceno de cabeça. Ele sabia que isso não tinha nada a ver com Giro-Giro, que sempre foi leal aos seus deveres.

Naquele momento, Han ouviu um silvo na entrada. Parecia que a Raposa Prateada havia começado uma briga com alguém. Han fez um sinal e guiou a Garra do Demônio e a Garra Fantasma para a frente. Quando deixaram o ninho das aranhas, o rosto de Han perdeu completamente a cor.

Eles estavam cercados!

A cratera gigante estava cheia de pessoas vestidas de preto. Todos eles estavam vestindo um traje de combate preto fosco que cobria tudo, até mesmo seus olhos. Seus números superavam alguns milhares.

*Shua*

A diminuta Raposa Prateada viu quando Han chegou, e ansiosamente voltou para subir no ombro de seu mestre, rugindo em toda a sua braveza de pinscher para as pessoas de preto. A duas garras também se prepararam para a luta vindoura.

— Quem são vocês? — Han perguntou em uma voz impassível.

Os seres vestidos de preto permaneceram em silêncio, como estátuas, e seus corpos estavam rígidos como um grupo de múmias.

De repente, as milhares de pessoas vestidas de preto saltaram na direção de Han. Seu movimento foi todo sincronizado, como um grupo de robôs.

— Morram! — Han gritou e imediatamente ativou seu Espaço Zero!

Em um piscar de olhos, ele e os três monstrinhos investiram com tudo. A Vênus Estranguladora de Estrelas na mão de Han era uma arma de classe Ares, que destruiu facilmente os dois inimigos mais próximos a ele. Os três monstrinhos também não se contiveram, e imediatamente cuidaram de dezenas de inimigos ao redor deles.

Han arrumou uma brecha entre seus ataques e franziu o cenho. Ele e as três bestas notaram que esses seres em vestimentas pretos não eram humanos, mas sim um monte de marionetes de madeira. Ele chutou um cadáver ao lado de seus pés e viu o interior do corpo. Alguns pedaços de madeira unidos em um produto final um pouco grosseiro, e havia alguns padrões estranhos e misteriosos nos pedaços de madeira.

— Marionetes?! — Han de repente arregalou os olhos e murmurou para si mesmo.

Não era de se admirar que os radares não tivessem detectado nenhum sinal vital. Todos esses inimigos eram marionetes de madeira. Então, como o radar de varredura matricial não detectou naves se aproximando, isso só podia significar que esses fantoches já estavam escondidos neste planeta de mineração. Alguém já sabia que Han estava vindo para este lugar e havia armado uma cilada!

Pensando nisso, ele não pôde deixar de respirar fundo.

Como isso era possível?!

Se nem Long Chuan sabia do plano dele de vir para cá, como os inimigos sabiam? Será que eles podiam ler mentes?

*Ta* *Ta* *Ta*

Sons de um exército marchando vieram de longe. Han olhou para cima e viu mais fantoches de madeira aparecendo na borda do poço de mil quilômetros de diâmetro, totalizando dezenas de milhares, marchando ordenadamente como um exército.

— Merda, estamos realmente cercados, — Han reclamou com uma pontada de amargura em seu coração.

Vermillion
Primeiro de seu nome, Nascido do Caos, o Que a Tudo Lê, Spymaster nas horas vagas, Father of Fakes, Professor de Inglês, Um dos Três, Editor do Qidian, Tradutor de TA, Soberania e DNG, Marido Raiz.

3 Comentários

  1. Um exército de marionetes….. eu sinto q já vi isso em algum lugar…. naruto talvez?
    Obrigado pelo capítulo Lorde Vermillion.

  2. Se eu fosse o han libertava as duas aranhas de 7 olhos e mandava elas chamarem as outras menores pra luta então teríamos:
    um Exercito de Aranhas vs. um Exercito de marionetes

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!