LAB – Capítulo 238

Arrependimento?

Uma semana depois, a expedição do Primeiro Exército e das bruxas finalmente terminou, e todos voltaram para Vila Fronteiriça. A partir da data de sua partida até seu retorno, a missão durou aproximadamente duas semanas, cinco dias a mais do que o esperado.

Uma das principais razões para essa demora foi que Petrov Hull, o responsável por Forte Cancioneiro, reportou que uma epidemia desconhecida havia aparecido no forte. Felizmente, Roland havia avisado Petrov com antecedência dessa possibilidade, logo, ele fez o possível para separar as pessoas doentes e fechou os portões do forte assim que a doença apareceu.

Em seguida, Petrov informou o ocorrido a Roland que, por sua vez, pediu a Maggie para voar pelo Rio Vermelho e informar ao Primeiro Exército para mudar a sua rota e ir até Forte Cancioneiro. A ordem foi bastante clara, dizendo que eles não poderiam sair de Forte Cancioneiro até que a praga demoníaca fosse erradicada de lá.

No dia em que o Primeiro Exército e as bruxas voltaram para Vila Fronteiriça, Roland liderou todos os outros soldados e as famílias dos membros da expedição para as docas, a fim de comemorar. Acompanhado pelo som da já conhecida marcha militar, os soldados saudaram entusiasmadamente o Príncipe, muitos deles imitando os cavaleiros, ajoelhando-se em apenas um joelho e dizendo “Viva Sua Alteza Real”. Depois de terem desembarcado no cais, eles abraçaram fortemente seus entes queridos, motivados pela oportuna salva de tiros [1]imitada por Eco. A atmosfera estava incrivelmente animada, atraindo muitos dos servos e refugiados para o local.

De volta ao castelo, Machado de Ferro fez um relatório completo da missão.

— Então quer dizer que o inimigo que atacou o Primeiro Exército possuía uma bruxa? — Depois de pensar nisso por um momento, Roland continuou — É improvável que ela faça parte dos ratos.

— Theo pensa da mesma forma. Ele até acredita que os ratos pertencem a outra força. Caso contrário, aquelas escórias jamais deixariam suas tocas e tentariam operar fora de sua zona de conforto. As únicas forças na Cidade Real que podem controlar os ratos e também podem possuir uma bruxa são a Igreja e o rei Timothy. — Machado de Ferro disse — Mesmo outros nobres poderosos não conseguiriam forçar a maior organização de ratos do submundo a se mover com força total e deixar sua toca, assumindo riscos desnecessários.

— Mas Timothy está atualmente na Região Leste, e não acredito que ele seja ousado o suficiente para enviar uma bruxa para lutar sozinha. Nessa perspectiva, acredito que o mais correto é assumir que ela faz parte da Igreja.

Levando em conta os encontros de Wendy e Cinzas com a Igreja, não seria tão surpreendente pensar que a Igreja estaria treinando um grupo de bruxas em segredo. — Ao ponderar sobre isso, Roland perguntou:

— Você tem certeza de que ela está morta?

— O tiro de Rouxinol atingiu-a no peito, deixando em pedaços sua cavidade torácica. — Machado de Ferro disse, enquanto acenava com a cabeça — Nós a enterramos no campo de trigo, no lugar onde encontramos os restos da nossa sentinela.

No final de seu último dia, os quase trezentos soldados enfrentaram o ataque de um grande número de ratos, resultando em um morto e quatro feridos. A única vítima foi o soldado que morreu pelas mãos da bruxa, os outros quatro feridos haviam sido atingidos por virotes dos ratos que se aproximavam. Como seus fuzis de repetição tinham um maior alcance e letalidade, a luta havia terminado antes mesmo de chegar à fase de combate corpo-a-corpo. Os soldados feridos foram devidamente enfaixados e enviados de volta a Vila Fronteiriça a fim de serem tratados por Nana. Mas foi por causa da presença de Lily que suas feridas não mostraram sinais de infecção. Enquanto os virotes não atingissem os órgãos vitais e o sangramento pudesse ser estancado, a chance de sobrevivência seria muito alta.

Em todo o caso, Roland ficou bastante satisfeito ao ver que o Primeiro Exército obteve sucesso em sua segunda expedição. Quanto a como impedir o inimigo de atacar com sucesso as sentinelas, Roland sabia muito pouco sobre isso. Entretanto, Machado de Ferro precisaria estabelecer um novo método de vigia, de modo que os soldados não saíssem da área de observação um do outro.

— Você trabalhou duro. Amanhã realizarei uma cerimônia na praça central da vila. Você deverá informar a todos os membros do Primeiro Exército sobre isso.

Quando Machado de Ferro saiu do escritório, Roland soltou um longo suspiro.

— Bom trabalho. — Com estas palavras, Roland pegou um saquinho de peixe grelhado da gaveta e colocou-o sobre a mesa — Se não fosse por você, temo que eles estariam em grande perigo naquele momento.

Assim que ele terminou de falar, Rouxinol apareceu sorrindo ao seu lado e aceitou o peixe seco.

— Como eu disse antes, eu tinha tudo sob meu controle.

— Como era a força da bruxa inimiga?

— Ela era muito hábil e determinada. Acredito que ela deve ter sido treinada durante muitos anos. Se eu não tivesse entrado na minha névoa no momento em que ela se abaixou e tentou me atacar, com certeza eu teria sido atingida por aquele pó branco. — Rouxinol apenas deu de ombros e tentou parecer casual durante seu relatório sobre os eventos ocorridos, mas Roland percebeu seu desconforto enquanto ela falava — Mas, quando vi o olhar daquela bruxa no momento em que ela esfaqueou Wendy, soube que, eu não poderia pará-la sem matá-la.

Por um momento, Roland ficou em silêncio.

— Você ainda se lembra do que me disse quando derrotamos a milícia de Timothy?

Rouxinol pensou por um momento.

— Que não era sua culpa?

— Exatamente. — Roland assentiu — Supondo que essa bruxa realmente foi adotada pela Igreja quando era criança, é natural que ela enxergue você como uma traidora e impura, além do mais, precisaríamos de anos para mudar sua forma de pensar, se é que conseguiríamos. Pelo menos com a morte dela, você conseguiu salvar a vida de Wendy.

Rouxinol começou a rir.

— Você está tentando me consolar?

— Coff, coff. — Roland tossiu duas vezes — Sim, é isso mesmo.

— Não se preocupe, mesmo ela sendo uma bruxa, ainda sim era uma inimiga, e eu não sinto pena de inimigos. Ela escolheu trilhar um caminho totalmente diferente do que eu espero para o futuro. Eu compreendi isso durante a viagem de volta. — Rouxinol pegou um pedaço de peixe seco e deu uma mordiscada — Derrubei o inimigo enquanto protegia minhas irmãs, eu só cumpri meu dever, nada mais.

— É uma excelente forma de pensar. — Roland disse alegremente.

Parece que ele tinha subestimado Rouxinol, com o pensamento de que ela se sentiria perdida e confusa depois de matar pessoalmente outra bruxa. Ele não esperava que ela pudesse ajustar sua forma de pensar e encarar a situação em tão pouco tempo. Parece que, tanto em mente como em crença, Rouxinol estava chegando perto da maturidade.

Ela engoliu o peixe, hesitou por um momento e depois abriu a boca para dizer:

— Mas há uma coisinha que eu quero perguntar.

— O quê?

— O que você e Anna fizeram durante estes dias? — Mesmo que a voz de Rouxinol ficasse cada vez mais baixa, seus olhos mantinham o foco no Príncipe — Você sabe o que estou querendo dizer.

Roland quase caiu da cadeira.

— Coff, perguntando isso de repente… durante esse período, eu estive bastante ocupado estabelecendo moradias para os refugiados, nem tive chance de ficar sozinho com ela.

Imediatamente os olhos de Rouxinol começaram a brilhar.

— Isso não foi uma mentira.

— Claro que não, eu estava…

Antes que outra palavra pudesse escapar dos lábios de Roland, Rouxinol de repente desapareceu no ar. Imediatamente após ela desaparecer, Roland sentiu um par de lábios suaves em seus próprios lábios, e depois desse selinho, ele apenas sentiu um leve sabor salgado. Demorou um longo tempo até o 4º Príncipe perceber o que havia acontecido.

— Espere…

Novamente, ele não conseguiu terminar o que queria dizer. Desta vez, dois dedos delgados pressionaram seus lábios, e apesar de não poder vê-la, ele sabia que Rouxinol estava de pé em sua frente.

— Eu sei o que você quer dizer… — Ela sussurrou no pé de seu ouvido — Eu não quero mudar nada, não pretendo me colocar entre você e Anna, eu simplesmente quero ficar sempre ao seu lado, e isso é tudo. Perdoe-me por não aparecer neste momento, mas é porque agora, aqui na sua frente, não sei bem qual tipo de expressão devo mostrar. Vossa Alteza, você gosta de mim?

Roland abriu a boca, mas parecia que era impossível dizer que ele não gostava dela. A barreira que o impedia de aceitá-la não era algo relacionado a gostar ou não, mas sim ético, moldado por vinte anos de experiência social antes de chegar a este mundo. Então hoje, ele não podia mais mudar o seu jeito de pensar.

— Então é assim.  — Ela sussurrou — Não precisa dizer nada. Não é sua culpa, afinal, eu só fiz o que eu queria fazer.


[1] Salva de tiros ou salva de armas é um tiro (ou, mais frequentemente, uma série de vários tiros em intervalos regulares, normalmente 21) feito por pessoal militar com armas de artilharia, geralmente usando munição de pólvora seca, e que serve como forma de celebração ou homenagem em cerimônias militares. Você pode conferir mais informações neste link.

 

JZanin
Professor de Química, mestre em Ensino de Ciências, jogador de RPG sem tempo e Deodoro Aliguieri nos tempos vagos que não existem mais. ~Strong alone, stronger together!~

32 Comentários

  1. Nossa que capitulo por essa eu não esperava acho que ate o próprio Roland também não esperava. Esse capítulo me lembrou muito do filme nacional “A Mulher Invisível” que por sinal e muito bom e se assemelha muito bem a esse triangulo amoroso de LAB

  2. Eu sou absurdamente contra haréns. Sério mesmo, ter ou não harém é até um dos meus critérios pra começar ou parar de acompanhar seja o que for, mas nessa obra… Sinto que não ficaria chateado se Roland terminesse ficando com Rouxinol e Anna. Obrigado pelo capítulo

    1. Eu acho uma história sobre harém algo meio infantil mas está é a primeira obra que me fez desejar um harém

      1. Por que aqui tá havendo uma construção sólida do relacionamento das personagens. Vai ser interessante ver como o Roland vai lidar com isso, principalmente devido ao dilema moral. E eu acho que a Anna não vai aceitar na boa, também.

    2. mano ele é rei e não acreditar na religião.
      até eu pensaria duas vezes antes de ficar com uma.

  3. 😲😲😲😲😲😲😲😲😲😲😲😲😲😲😲
    😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍😍
    😊😊😊😊😊😊😊😊😊😊😊
    🖒🖒🖒🖒🖒🖒🖒🖒🖒
    🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌
    👌👌👌👌👌
    😏😏😏
    🤗

  4. A melhor opção é a Anna, nem pode mentir pra Rouxinol que ela vai descobrir.
    Obrigado pelo capitulo!

  5. Roland provavelmente vai ficar com a Anna e a Rouxinol vai ficar como se fosse uma ‘amiga de infância’, sempre ao lado dele…

  6. Ai ai… Será que Rouxinol interpretou corretamente os pensamentos de Roland do silêncio dele?

    “A barreira que o impedia de aceitá-la não era algo relacionado a gostar ou não, mas sim ético, moldado por vinte anos de experiência social antes de chegar a este mundo. Então hoje, ele não podia mais mudar o seu jeito de pensar.
    Fiquei mais fã ainda de Roland 😁👏👏👏👍

    Muito obrigado pelo capítulo 🙇😁 Mestre JZanin 🙇😁

  7. A historia por trás disso é muito boa
    O autor foi proibido pela esposa de deixar o roland ter duas esposas, mas depois de ler ela acabou se apaixonando pela anna e pela rouxinol permitindo então que as duas ficassem com o roland

    1. Acho que ele não acha certo ficar com mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Foi assim que entendi.

  8. Nossa, Rouxinol come esses peixes secos direto, ela deve ter um bafo do caramba, entendi pq o Principe escolheu Anna e não a Rouxinol

  9. Haréns são, geralmente, bem mal construídos. Em obras chinesas de cultivo em que o mc monta um harém, geralmente a guria só entra no harém pelo fato de ser a “heroina principal do arco” e, quando o arco acaba, ela simplesmente deixa de ser importante e seu desenvolvimento é esquecido. Nesse caso, não é isso que acontece. Todas as bruxas são trabalhadas, torna mais fácil a aceitação do gênero.
    Obg pelo cap

    1. Não só em novels chinesas 99% dos haréns que já vi até hoje não eram bem trabalhados ou não podiam ser realmete considerados haréns, de cabeça me lembro de mushoku tensei e sevens que são 2 das poucas novels que possuem um harém bem desenvolvido

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!