MdG – Volume 1 – Posfácio

Posfácio

 

Olá, pessoal. Kumo Kagyu aqui.

Esse livro não é perfeito, mas coloquei tudo o que possuía nele. Se você desfrutou de ler, ficarei muito feliz.

Quero começar com algo muito importante:

O aventureiro representado nesse livro teve uma grande quantidade de treinamento. Por favor, não tentem isso em casa (sem a autorização de seu mestre de jogo).

O “esquisito” conhecido como Matador de Goblins surgiu de uma pergunta simples: como seria um mundo de fantasia que fosse o lar de um aventureiro que só caçasse goblins? A partir dessa pergunta veio uma semente, e continuei escrevendo a partir dessa semente até que tivesse um trabalho inteiro nas mãos, e agora esse trabalho se transformou em um romance…

Ao longo dos dois anos em que levou para esse livro ver sua publicação, minha vida esteve cheia de pessoas que só poderiam estar aqui pelo destino ou talvez por uma sorte extremamente boa:

A todos aqueles que estiveram interessados nas sementes plantadas por essa primeira questão.

A todos aqueles que me encorajaram a transformar essas ideias em um romance.

A todos aqueles que revisaram o romance.

Sem cada um de vocês, eu não estaria onde estou agora. Obrigado. Do fundo do meu coração, obrigado.

Eu nunca poderia ter sonhado que esse livro seria levado para uma versão em quadrinhos, antes mesmo de ser publicado. Se a vida é como uma caixa de chocolate, eu certamente nunca saberia que conseguiria isso.

Por falar em coisas incríveis:

Existe um tipo de jogo denominado como jogo de interpretação de papéis (RPG) ou “RPG de papel e caneta”, porque você os joga com uma caneta, papel e dados. Eu já joguei RPG de mesa há mais de dez anos e continuarei a jogá-los em um futuro próximo; e aqui consegui escrever um romance sobre eles. Meu primeiro romance, nada menos. Se eu fosse voltar no tempo e dizer ao meu eu mais novo que as coisas seriam desse jeito, ele nunca acreditaria em mim.

Aos muitos personagens dos jogadores que viveram e morreram, aventurados e aposentados: eu não poderia ter feito isso sem tudo o que eu aprendi com vocês. Vocês têm minha profunda gratidão.

Eu não tive a oportunidade de escrever agradecimentos até agora, e existe mais pessoas a quem quero agradecer do que consigo contar…

Primeiro, a todos os leitores da versão online desse livro. Vocês estiveram lá para mim quando tudo começou.

A todos os amigos envolvidos na criação desse livro, obrigado por seu encorajamento e suas críticas. Seus esforços ajudaram a fazer desse livro o que ele é.

A todos os que jogaram comigo na última década, obrigado. Vamos matar zumbis de novo algum dia.

A Noboru Kannatuki, meu maravilhosamente talentoso ilustrador: todos os personagens são adoráveis. Iupi!

A Kousuke Kurose, que é responsável pela versão em quadrinhos do livro: muito obrigado por assumir esse projeto.

Ao editor que me deu tanta orientação e a toda equipe editorial da GA Bunko.

A todos que eu nem sequer conheci, que trabalharam para publicar e promover esse livro: obrigado.

A Steve Jackson, Ian Livingstone, Gary Gygax, Dave Arneson, Ukyou Kodachi e Kiyomune Miwa. Sorcery!, Dungeons & Dragons e Chaos Flare mudaram minha vida.

E, finalmente, a todos os que leram esse livro: muito obrigado. Espero conhecê-lo um dia, mal posso esperar.

Até a próxima vez!

 

Kumo Kagyu

KakaSplatT
☦ Death To The World ☦

7 Comentários

  1. Eu odeio esse tipo de capitulo (posfácio), mas me obrigo a ler isso, aqui percebemos os esforços do autor, e então deixamos nossos próprios agradecimentos. Que história incrível.

  2. Tenho dois comentários após ler esse magnífico volume 1, um deles sobre volume em si e outro sobre esse Posfácio.
    Posfácio: Eu como jogador de RPG há quase duas décadas fiquei maravilhado com esses agradecimentos, era nítida a influência do RPG e livros clássicos de fantasia (como O Senhor dos Anéis, uma coisa a dizer Lembas hahaha) durante a leitura do Volume, e é muito bom ver o autor se lembrando dos “antigos mestres” já falecidos como Gygax e Arneson, do grande Ian (se querem uma experiência divertida, procurem seus livros de jogo solo e se divirtam sozinhos com simples dados de 6 faces por algumas horas) e do mestre Steve Jackson, fiquei realmente feliz ao ver essa dedicatória.
    Volume: A poucos meses comecei a me aventurar pelo mundo das Light Novels e andei visitando vários sites por ai e lendo algumas histórias incríveis, e decidi ler o Matador de Goblins após o contato com o Anime.
    Ao me deparar com esse site fiquei chocado com a qualidade. Todos os sites que eu visitei pra ler outras novels possuíam muitos erros de português e uma formatação de texto confusa e pouco coerente o que atrapalhava muito a leitura, no máximo podem ser considerados serviços medíocres (antes de tudo eu entendo que o trabalho é de fã para fã, e na maioria das vezes é executado apenas com boa vontade, sem nenhuma remuneração e com certeza possuem um valor inestimável, e mesmo com todos esses defeitos eu continuo visitando tais sites e usufruindo do seu material, não estou cuspindo no prato em que como), porém essa “critica” aos outros sites se faz necessária para destacar o trabalho dos responsáveis por esta tradução.
    Ao longo de todo o Volume não encontrei um único erro de português, uma tradução muito bem feita e uma formatação para uma versão online impecável, de fácil entendimento. O Trabalho de vocês foi/é primoroso espero que outros grupos se inspirem no que vocês executaram aqui no 3Lobos, uma qualidade invejável.
    Um slogan nunca fez tanto sentido “Webnovels com qualidade!”, vocês definitivamente podem se orgulhar de carregar tal lema pois o que entregaram foi a definição de qualidade.
    Meus mais efusivos parabéns a todos!

  3. Tenho dois comentários após ler esse magnífico volume 1, um deles sobre volume em si e outro sobre esse Posfácio.
    Posfácio: Eu como jogador de RPG há quase duas décadas fiquei maravilhado com esses agradecimentos, era nítida a influência do RPG e livros clássicos de fantasia (como O Senhor dos Anéis, uma coisa a dizer Lembas hahaha) durante a leitura do Volume. É muito bom ver o autor se lembrando dos “antigos mestres” já falecidos como Gygax e Arneson, do grande Ian (se querem uma experiência divertida, procurem seus livros de jogo solo e se divirtam sozinhos com simples dados de 6 faces por algumas horas) e do mestre Steve Jackson, fiquei realmente feliz ao ver essa dedicatória.
    Volume: A poucos meses comecei a me aventurar pelo mundo das Light Novels e andei visitando vários sites por ai e lendo algumas histórias incríveis, e decidi ler o Matador de Goblins após o contato com o Anime.
    Ao me deparar com esse site fiquei chocado com a qualidade. Todos os sites que eu visitei pra ler outras novels possuíam muitos erros de português e uma formatação de texto confusa e pouco coerente o que atrapalhava muito a leitura, no máximo podem ser considerados serviços medíocres (antes de tudo eu entendo que o trabalho é de fã para fã, e na maioria das vezes é executado apenas com boa vontade, sem nenhuma remuneração e com certeza possuem um valor inestimável, e mesmo com todos esses defeitos eu continuo visitando tais sites e usufruindo do seu material, não estou cuspindo no prato em que como), porém essa “critica” aos outros sites se faz necessária para destacar o trabalho dos responsáveis por esta tradução.
    Ao longo de todo o Volume não encontrei um único erro de português, uma tradução muito bem feita e uma formatação para uma versão online impecável, de fácil entendimento. O Trabalho de vocês foi/é primoroso espero que outros grupos se inspirem no que vocês executaram aqui no 3Lobos, uma qualidade invejável.
    Um slogan nunca fez tanto sentido “Webnovels com qualidade!”, vocês definitivamente podem se orgulhar de carregar tal lema pois o que entregaram foi a definição de qualidade.
    Meus mais efusivos parabéns a todos!

    1. Rapaz… que palavras!

      Ficamos felizes em ter o seu reconhecimento. Ler isso de leitores fazem nos lembrar do por que traduzimos. Embora sejamos apenas fãs, fazemos essas traduções porque gostamos, não é algo imposto nem nada, então o trabalho sai mil vezes melhor. Como não é imposto, é quase um dever fazermos com qualidade, pois foi nossa escolha a tradução.

      Esse autor manja dos RPG. Inclusive, a entrevista que ele deu a Crunchyroll é recomendada, ele até usa a camisa do Solaire of Astora! https://www.facebook.com/Crunchyroll.pt/videos/1986074018105838/

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!