MdG – Volume 3 – Capítulo 5 (Parte 4 de 5)

Os goblins não repararam no capacete velho e enferrujado rolar no chão, revelando o rosto que estivera o usando.

Não era uma pessoa?

No instante seguinte, uma roldana pesada entrou em ação e a morte caiu sobre a cabeça dos goblins.

— ………!

— ………?!

A morte chegou sob a forma de estacas afiadas agrupadas em bolas.

As bolas estavam ligadas à roldana por uma corda, e a força da roldana as arremessou impiedosamente sob suas vítimas.

Aventureiros se referiam a essas desagradáveis bolas espinhadas como Guten Tag, popularmente entendido como “Bom dia, agora morra!”.

Depois que elas tinham dado sua primeira passada pelos goblins, as bolas espinhadas voltaram pelo seu próprio peso e velocidade, balançando como pêndulos.

Por mais que quisessem, os goblins se viram incapazes de gritar e falharam em dar o alerta.

De fato, não houve barulho algum.

— Ó Mãe Terra, abundante em misericórdia, nos conceda paz para aceitar todas as coisas…

Foi, se você preferir, um milagre.

O vento desarrumava as vestes de Sacerdotisa enquanto ela erguia o mangual de uma maneira impressionante durante o encantamento da magia.

Silêncio. Prova de que os deuses responderam ao seu coração fiel.

Sacerdotisa foi protegida dos goblins em sua frente pela bênção da Mãe Terra.

Mas os goblins, cujas fileiras tinham sido abatidas pela armadilha, não ficaram apenas assustados.

Eles acreditavam que alguém além de si mesmos deveriam ser prejudicados, e eles arderam de raiva com seus companheiros caídos.

Isso era apenas sua natureza.

— …!!!

Com um grito de guerra mudo, os goblins ergueram suas armas primitivas e tentaram ir para cima de Sacerdotisa.

Em momentos, a donzela seria certamente atacada, pisada pelos goblins.

Eles deviam ter percebido.

Nenhum papel de apoio enfrentaria uma horda de goblins sozinho.

— …?!

Um dos monstros repentinamente tombou espetacularmente no chão.

O que foi isso? Todos eles pararam para ver. Uma flecha protuberava da testa da criatura caída.

De repente uma flecha ponta-broto floresceu da garganta de outro monstro, tendo perfurado até o fim da boca.

Isso trouxe à mente o dizer que uma habilidade suficientemente avançada era indistinguível de magia.

Nada exemplificava essa máxima melhor que Alta-Elfa Arqueira operando sua pontaria élfica. Às vezes, os grandes poetas entendem ainda mais que antigos elfos.

As flechas não faziam nenhum som enquanto voavam, ceifando por entre a multidão de inimigos.

Um após outro era derrubado, semeando uma poderosa confusão, e os goblins não podiam suportar o caos ou emboscada por muito tempo.

Mesmo assim, o último deles se aproximou à passos de Sacerdotisa…

— Tome… isso!

Ela pareceu quase que aliviada quando bateu bem no agressor com seu mangual. Quando ele cambaleou com o golpe, dois, então três flechas o encontraram… E tudo ficou quieto.

— Huff… Huff…

— Bom trabalho. Eu diria que foi muito bem. — Alta-Elfa Arqueira deu uns tapinhas no ombro de Sacerdotisa. A garota ainda estava ofegante, enquanto os restos do seu inimigo desabaram poucos metros de distância.

— Obr-obrigada. — D-de alguma forma, eu…

Suor escorria pelo seu rosto, ainda assim ela sorria bravamente. Ela se esforçava para permanecer de pé.

— Céus. — Alta-Elfa Arqueira riu, acariciando a cabeça de Sacerdotisa.

— Hã?

— Quando alguém diz que seja uma isca, não faz mal ficar um pouco chateada.

— Bem, quero dizer… acho… — Mas, pestanejando, Sacerdotisa concluiu: — Foi só meu papel no plano.

— Você não se importa com Orcbolg, não é? Ele poderia te dar um murro na cara que você o perdoaria.

— Ah… Ah, ha-ha-ha…

Alta-Elfa Arqueira fez um som de nojo e lhe lembrou que os tinha instruído a contar os corpos.

Sacerdotisa não disse nada e pegou o capacete do chão com uma expressão tensa.

Bem usado e coberto de manchas horripilantes, era o mesmo que o capacete de Matador de Goblins. Provavelmente era um dos seus velhos que tinha guardado para uma situação exatamente como essa.

Ela bateu de leve no visor. Céus. Sério. Ela sorriu e murmurou:

— Bem, ele não tem jeito.

E o que essa pessoa “que não tem jeito” estava fazendo nesse momento?

Ele estava matando goblins, é claro.

— Hmph.

Uma pedra silvou através do ar, quebrando um crânio goblin.

A criatura cambaleou e caiu para trás antes de desaparecer na escuridão.

— GOROOG?!

Talvez desaparecer fosse a palavra errada, ou melhor, só uma perspectiva humana. A visão noturna superior dos goblins foi perfeitamente capaz de perceber o que tinha acontecido com seu companheiro.

Ele estava no fundo de uma fenda no solo, um buraco cheio de estacas afiadas.

— GRRROROR!

— GORRRB!

O fosso era apenas um buraco. Mas ainda era um fosso.

Os goblins não sabiam que tais armadilhas tinham reivindicado a vida de muitos aventureiros em vários labirintos.

Mas eles sabiam mais do que avançar aleatoriamente.

Quando o primeiro caiu no buraco da trilha, o bando de guerra parou.

Pedras coloridas se espalhavam pela estrada na frente deles.

Ah, marcações!

O líder do grupo de goblins, satisfeito com sua própria perspicácia, ordenou suas tropas evitarem as pedras.

O primeiro passo que eles deram foi muito bom. Depois o segundo, o terceiro, o quarto. No quinto passo…

Outra criatura foi engolida por uma boca repentinamente escancarada.

 


KakaSplatT
☦ Death To The World ☦

13 Comentários

  1. Será que vão conseguir eliminar todos? Quantos são? Isso descobriremos mais tarde…
    Sinceramente quero saber se eles se dividiram em dois grupos ou três. Acho que foi em três. Sacerdotisa e Alta-Elfa, Lagarto e anão, o Matador de Goblins foi sozinho para a matança.

  2. Essa vai ser uma noite bem longa…

    Só sei que até no calor da batalha as moças não param de pensar no mdg.

    Acredito que só fui eu que pensei que o mdg tirou o elmo dele pra colocar como isca kkkkk já tava pensando que ele ia aparecer a qualquer momento sem elmo.

    1. Vai nada, acabar no próximo, eu acho kkk

      Ele é marcante e inesquecível kkkk

      Não sei, mas eu não esperava ele aparece, porque já mostrou ele com seus elmos antigos e já dava para saber que ele iria usa-los como isca num futuro próximo…

    2. Na próxima parte descobriremos se ele tá com ou sem(o que eu acho que tá com ele e o comentário anterior diz o porquê kkk).

  3. Obrigado pelo capítulo.

    Pelo jeito esses goblins são só aperitivos, o verdadeiro banquete(ou verdadeira ameaça) só vai vim no próximo capítulo.
    E como sempre os goblins continuam estúpidos kkk

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!