MdG – Volume 4 – Capítulo 4 (Parte 5 de 5)

O pensamento do hob era claro. Na verdade, qualquer goblin teria provavelmente pensado o mesmo nessa situação.

Contanto que ele sobrevivesse, isso era tudo o que importava.

A criatura pretendia sacrificar seus companheiros e escapar com a fêmea.

Era apenas o tipo de coisa que um goblin iria pensar.

— GROBO! GOBOOROGB!!

— …

O hob achava que dizia para ele largar a arma, deixar para lá, ou algo assim.

O hobgoblin sorriu horrorosamente para ele, enquanto brandia a machadinha com a mão direita.

Matador de Goblins olhou para a mulher que a criatura estava usando como um escudo. Ele olhou nos olhos dela. E então deu só um pequeno aceno.

— Está bem.

Ele sacou a espada do quadril e a largou. Os olhos do hob seguiram o movimento.

Matador de Goblins avançou de imediato, chutando impiedosamente a criatura na virilha.

— GGROOOOROOBOROOB?!?!

O monstro deu um grito insuportável face ao dano entre as pernas. Matador de Goblins, de fato, sentira algo estourar sob os dedos do pé.

Goblins sempre eram tão convencidos. Mesmo ele nunca tendo a menor intenção de se deixar morrer calmamente.

— Erg… ahh!

— GBBRGO?! GOROOBOGOROGOB?!?!

O hobgoblin jogou a mulher de lado em meio suas convulsões. O capacete de aço olhou para ele indiferentemente.

Assim Matador de Goblins pegou sua espada — segurando inversamente — se apoiando no ombro do goblin e impulsionou a lâmina com força.

— GOOBOR?!

Só houve um berro incoerente. A espada ficou verticalmente na parte de trás do crânio da criatura. Matador de Goblins lhe deu um belo giro.

A espada cortou a coluna com um crac, assim o hob deu uma tremenda sacudida e depois parou de se mover.

— Dezoito… Você está viva?

A mulher descartada tremia. Levemente, com os lábios tremendo, ela murmurou um “si” e “in”.

— Entendi.

Matador de Goblins vasculhou sua bolsa de itens, retirando um sobretudo embrulhado. Ele o envolveu sobre a mulher, e assim que cobriu seu corpo encharcado de imundice, ele a ergueu como uma mercadoria.

A mulher murmurou debilmente alguma coisa, à qual Matador de Goblins disse “entendi” e assentiu.

— Eu peguei a lança — disse ele. — O cabo está quebrado, mas a ponta não.

Matador de Goblins andou silenciosamente para fora da caverna.

Um pranto fraco e desesperado pesou sobre suas costas.

KakaSplatT
☦ Death To The World ☦

4 Comentários

  1. Explodiu as bolas do Goblin por usar ela de escudo humano auhauahuahau
    O bom é que ele é totalmente pratico, a levantou como uma mercadoria hauahuahauha

  2. O MdG é incrível mesmo, sempre achando um meio “diferente” para matar os globlins kkkk

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!